A Escolhida Do Alfa. Ilha do Corvo

A Escolhida Do Alfa. Ilha do CorvoPT

J.P Andrade  Recién actualizado
goodnovel18goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
90Capítulos
10.4Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

— Eu não amo você. — murmurei. Ele deixou seu vinho de lado e se levantou, devagar ele diminuiu a distância entre nós, e com a ponta dos dedos tocou meu queixo, seu olhar vagou para minha boca e depois permaneceu em meus olhos. — Eu também não a amo princesa, e nem pretendo. Ele disse essas palavras com total frieza e se afastou se sentando novamente e isso me enfureceu. — Porquê lutar em um torneio pela minha mão então? tudo isso porque sou uma princesa? —disparei. — Você é uma princesa Lancaster e eu preciso de um herdeiro digno. — Eu desejo que meu ventre seja seco como as areias do deserto, comandante. Ele me encarou e vi um lampejo de raiva em seus olhos negros, mas no mesmo instante ele o escondeu e colocou seu sorriso cínico no lugar. — Então nesse caso teríamos que tentar muitas vezes querida, até que seu ventre se torne menos seco, eu tentaria pelo resto da vida até. — rebateu maliciosamente. Em um torneio pela mão da princesa Helena Lancaster ela seu destino se cruzar com John Chase, um comandante e guerreiro temível, com uma personalidade peculiar ele era tudo que ela detestava, possessivo, audacioso, autoritário, e dominante ao extremo, e ele era o que mais tinha chances de ganhar o torneio por sua mão. Mas John Chase era muito mais que um comandante da ilha do Corvo, ele escondia um segredo sombrio, que mudaria sua vida para sempre. Uma Ilha repleta de homens misteriosos, com seus próprios segredos e conflitos, e ela seria senhora deles, logo Helena descobriria que um grande perigo a ronda na ilha, poderia ela confiar no marido para protegê-la?

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
90 chapters
Capítulo 1
Prólogo — Se eu me render será minha ruína. — sussurrou ele. Eu via em seus olhos que ele acreditava realmente naquilo, que em seu coração ele pensava que aceitar os seus sentimentos por mim poderiam torna-lo fraco de alguma maneira, mas como ele havia tão bem dito, ele não era o único que havia sido arrebatado por sentimentos incompreensíveis e avassaladores, eu também havia sido. Eu cruzei as pernas em volta de sua cintura e o pressionei para mais perto de mim. — Você é muito perigosa princesa. — murmurou ele quase as mesmas palavras que eu havia dito há tanto tempo atrás. — De que maneira comandante? Eu senti seu membro se pressionando contra mim, me fazendo ficar úmida e quente. — De todas as maneiras. — respondeu e tomou minha boca em um beijo intenso, perdendo o pouco de controle que possuía. SEMANAS ANTESSEMANAS ANTES Eu estava em um precipício, olhando impotente o homem que amava duelar pela minha mão em c
Leer más
Capítulo 2
Eu encarei John Chase com seu olhar negro e intimidante.Ele se curvou fazendo uma reverencia repleta de cinismo, um sorriso lascivo no canto de seus lábios.— Meu comandante não posso passear com o senhor agora, preciso comparecer ao baile. — falei tentando ser diplomática.Ele me analisou e balançou a cabeça.— Eles vão sobreviver sem a sua presença, além do mais é só um passeio de alguns minutos, princesa. Ele não estava me dando escolha, embora suas palavras fossem polidas e seus gestos delicados, eu via em seus olhos que ele era um homem que ningu&eacu
Leer más
Capítulo 3
John Chase me levou de volta para o salão que antes havia me impedido de entrar, em meu coração a raiva fervilhava, meu sangue queimava, pouco antes das portas do Grande salão se abrirem ele me puxou pela cintura possessivamente diante de todos, seu toque em mim, mesmo que sobre o tecido grosso do vestido, mandou uma corrente elétrica por toda o meu corpo, senti minhas pernas tremerem sobre o vestido e meu coração acelerou novamente, enquanto caminhávamos por entre o salão com os olhares em nós, eu tentei me desvencilhar dele, mas ele me pressionou mais contra ele, então de repente com um sorriso me soltou, me deixando desconcertada com sua atitude.Com uma reverencia ele se afastou, não antes de sorri com alguma piada interna.Mas que homem odioso!Quando ele se foi eu respirei fundo, ainda sentindo o toque dele em minha cintura, essa distração não me permit
Leer más
Capítulo 4
Dimitri me segurava pelo braço em meio a luz tremula da tocha em sua mão, rapidamente descemos pelos degraus de pedra até chegar ao que parecia ser um depósito, então ele me soltou e seguiu direto para outra porta que com outra chave ele a abriu, voltou e me puxou novamente e recomeçamos a andar, dessa vez por um longo corredor cavernoso e ainda mais escuro, eu podia ouvir os insetos e os ratos passando perto de nós, e se não fosse o fato de estar sendo raptada, supostamente para o restante de todos eu estaria fugindo para casar, eu poderia me importar com os ratos correndo no escuro.Eu tentei falar com ele, tentei mesmo, obrigar minha boca a se abrir e protestar contra aquilo, mas meu corpo não me obedecia, eu era apenas uma observadora em meu próprio corpo, e isso era aterrorizante.

Leer más

Capítulo 5
Dimitri caminhou pelo quarto e se deitou na cama, respirou profundamente e fechou os olhos, permaneceu parado em silencio de olhos fechados por vários minutos, enquanto eu o observava.— Então? não quer mais fazer perguntas princesa? — perguntou depois do longo silencio, eu caminhei para perto da janela, tentando manter certa distância entre nós.— Por que está me sequestrando?— Não estou te sequestrando, você está fugindo comigo porque está apaixonada. Eu o encarei frustrada.— Está bem princesa, não precisa fazer essa cara de triste, estou raptando você para que se torne minha esposa.— E porque não lutou pela minha mão? só faltava um homem, e você com essa coisa que faz as pessoas obedecer, ele não teria chance, ainda não é tarde para ganhar minha mão
Leer más
Capítulo 6
Eu acordei com a luz do sol queimando meu rosto, quando abri os olhos vi que estava sobre o cavalo do comandante, seus braços fortes estavam ao meu redor guiando o animal por uma estrada.— Que bom que acordou princesa. — disse ele atrás de mim.— Para onde estamos indo?— Para o palácio é claro, não se preocupe, ninguém sabe que você fugiu, sua cunhada Hera a rainha encontrou sua carta e interditou o andar do seu quarto dizendo que você pegou uma virose muito contagiosa, e que apenas a criada dela cuidaria de você, é claro que com o sumiço de Dimitri eu presumi que ele tinha sequestrado você, e isso se confirmou quando vi a guarda pessoal da rainha recebendo orde
Leer más
Capítulo 7
Quando retornei ao palácio passei as próximas horas ouvindo o discurso da rainha como meu comportamento devasso poderia custar caro para mim e para a imagem e reputação da família real, que graças a bondade do comandante Chase eu havia retornado sem causar mais danos, eu poderia tentar contar a ela que na realidade eu havia sido sequestrada, mas era improvável que ela acreditasse, não tinha como explicar o que Dimitri Sidorov havia feito comigo, aquilo pareceria bruxaria, o que só pioraria tudo, ela pensaria que eu havia sido acometida pelo mal e chamaria padres para um exorcismo, o que eu dispenso.Então me contentei em ouvir suas reclamações sem fim.— Eu espero de verdade que você tenha mantido sua honra intacta, porque se n&ati
Leer más
Capítulo 8
Eu me encarei no espelho com o vestido de noiva, ele era longo com uma calda enorme, todo branco cravejado de pedras preciosas, o decote em formato de coração, e uma tiara cheia de diamantes na minha cabeça, meu cabelo negro caindo como ondas ao meu redor, algumas tranças tinham sido feitas nele. O dia todo o palácio ficou repleto de servos correndo de um lado para o outro, todos ocupados com os preparativos para o casamento da princesa e do comandante Chase, a cerimônia seria realizada no salão da torre sul, era onde ficava a igreja um padre faria a cerimonia, após os dois assinarem o contrato de casamento todos seguiriam para o grande salão onde seria sediada uma grande festa de casamento.Eu realmente não estava preparada para isso, mas que escolha
Leer más
Capítulo 9
Eu arregalei os olhos e meu coração começou a bater descompassado dentro do meu peito, imediatamente senti o calor subir pelo meu pescoço e queimar em minhas bochechas, mesmo que eu não quisesse faze-lo foi inevitável desviar o olhar para minhas próprias mãos.O comandante Chase havia sido direto comigo de uma maneira que nenhum homem jamais foi, e isso foi completamente desconcertante.Eu me movi na cadeira desconfortável com sua audácia, como ele ousava dizer aquilo?Eu me armei de coragem e autoconfiança e levantei o olhar para encara-lo nos olhos.— Como o senhor ousa insinuar essas coisas tão vulgares? 

Leer más

Capítulo 10
Ele me segurou ainda mais firme contra ele, seu olhar estava divertido.Ele estava rindo porque eu estava bêbada.— Me tire daqui. — murmurei me segurando nele.Ele caminhou comigo pelo salão e por todas as mesas que passamos todos os convidados se levantaram e os homens começaram a comemorar, muitos deles gritaram que era hora da consumação do casamento, e riam satisfeitos, mesmo estando fora de mim achei constrangedor, no final do salão ele se virou e acenou para o rei e a rainha, todos os olhares estavam sobre nós e havia muitas vozes ao nosso redor, ele me segurou pela cintura sustentando a maior parte do meu peso e me levou para o corredor, quando saímos do salão e nos encontramos no corredor
Leer más