Banho Gelado

Banho GeladoPT

Symplyayisha  Em andamento
goodnovel16goodnovel
10
Avaliações insuficientes
52Capítulos
66.5Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Para afogar sua dor de uma separação difícil, Jayda foi a um bar tomar todas. Ela conheceu Sebastian Miller, o multimilionário com uma personalidade terrível, mas incrivelmente sexy. Ela teve uma noite com ele, criando um laço que os une para sempre!

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
52 chapters
Capítulo 1
Jayda Wright tentou conter as lágrimas quando o Conselho a anunciou sócia da mais respeitável firma de advocacia dos Estados Unidos; Saunders & Cia.Foi uma posição merecida por Jayda. Ela procurou este cargo desde quando era estagiária como assistente jurídica na Saunders & Cia. Ela trabalhou muito, desistiu de tudo relacionado a sua vida social e se dedicou exclusivamente ao trabalho.Aos 29 anos, ela foi a primeira mulher, e, de quebra, a pessoa mais jovem a se tornar sócia da Saunders & Cia.Sem dúvida, ser sócia vem com muitas responsabilidades, mas ela era uma trabalhadora esforçada e sabia que iria sobreviver.Além das responsabilidades atribuídas com sua promoção, ela era agora uma das proprietárias da empresa, portanto, haveria um grande aumento em seu salário, dobraria os benefícios e, o mais importante, seu nome seria gravado na porta de seu novo escritório. Isso era um sonho se tornando realidade para Jayda!"Muito obrigado, Sr. Tucker, prometo não te decepcionar.” Ela
Ler mais
Capítulo 2
"Você está dando uma de difícil quando estou tentando ajudar você!” Sebastian falou enquanto se sentava em um banco vazio, ao lado da mulher que se recusava a vir até ele.Jayda estava prestes a tomar outra dose quando ouviu a voz, que parecia zangada e irritada, mas, por alguma razão desconhecida, ela se arrepiou.Ela olhou para o dono da voz e se esqueceu como respirar. Quente e sexy seria um eufemismo para descrevê-lo. Ele estava ainda mais sexy em seu terno. Ela teria zombado dele sobre usar um terno no clube, mas ao entrar, ela notou outros dois com ternos também. Talvez todos eles tenham vindo diretamente do trabalho.Assim que Sebastian olhou nos olhos da mulher, ele ficou quieto. Ele nunca esperou que a pessoa que o recusou fosse tão bonita. Ele viu lágrimas secas no rosto dela e, por alguma razão desconhecida, sentiu a necessidade de perguntar o que a fazia chorar, confortá-la e dizer a ela que tudo ficaria bem.Sebastian voltou à realidade quando percebeu que estava pensa
Ler mais
Capítulo 3
Jayda despertou um pouco cansada. Ela corou e enterrou seu rosto no travesseiro assim que se lembrou da noite passada. Ela também estava muito dolorida, mas dolorida de um jeito bom. Lilian, sua melhor amiga, ficará tão orgulhosa quando ela lhe disser que ela teve uma boa foda.Jayda abriu os olhos e viu que o espaço ao seu lado estava vazio, sentou-se com o edredom enrolado em volta de seu corpo curvado e ficou cara a cara com Sebastian que estava se vestindo. Suas costas estavam voltadas para ela para que ele não pudesse vê-la. Ela podia dizer que ele tinha acabado de tomar um banho por causa do aspecto de seu cabelo.Jayda passou os dedos pelo cabelo desarrumado antes de falar. "Bom dia.” Ela disse, mas não obteve resposta.Talvez ele não a tenha ouvido."Bom dia, Sebastian". Ela disse novamente. Desta vez, Sebastian deu uma olhada nela, não disse nada, depois voltou sua atenção para abotoar sua camisa. Ele não fez nenhuma tentativa de responder às saudações dela. Ele também tin
Ler mais
Capítulo 4
Lilian se surpreendeu. Ela não podia acreditar que era sua melhor amiga que estava se abrindo ali na frente dela. Jayda era alguém que não mostrava seu lado fraco. Mesmo em situações difíceis, ela sempre mantinha uma pose forte. Ela não conseguia se lembrar da última vez que viu Jayda chorar.Lily fez o seu melhor para acalmar Jayda. Ela limpou seu rosto com um lenço de papel."Estou aqui se você quiser falar sobre isso, mas não faz mal se não quiser", disse Lilian cuidadosamente.Jayda fungou "Fiquei arrasada depois que deixei a casa de Zach, então fui para o Clube 232.”"Você foi a um clube?" Lilian perguntou, chocada. Jayda acenou com a cabeça. Não importa o quanto Lily tentou convencer a amiga a ir num clube no passado, Jayda nunca cedeu."Fui com a intenção de me embebedar, mas acabei tomando só três drinks antes de ser interrompida por alguém. Ele era muito bonito, mas tem a pior personalidade do mundo. Eu me sinto uma estúpida, porque ele me usou.”"Durante os primeiros mi
Ler mais
Capítulo 5
Sebastian Miller suspirou cansado ao bater o documento que estava lendo na mesa. Por mais que ele tentasse, não conseguia se concentrar em nada. Ele só conseguia pensar em Jayda; na noite apaixonada que eles tiveram juntos, como ele agiu como um idiota com ela na manhã seguinte, as lágrimas nos olhos dela quando ele disse palavras dolorosas.Quanto mais ele se lembrava dela com lágrimas nos olhos, sabendo que ele era a razão de sua tristeza, mais ele se odiava e lamentava não ter ido ao banheiro e ter pedido desculpas a ela.Desde aquela noite, nenhum segundo passou sem que Sebastian pensasse em Jayda. Ela era tudo que ele podia ver em seus sonhos e isso o deixava louco.Ele fez o melhor para esquecê-la, chamando um ex-casinho para encontrá-lo em um hotel, mas por alguma razão desconhecida, ele não conseguiu foder. Ele parou na metade do caminho depois de um pouco de agarração porque percebeu que queria algo mais. Ele não sentiu o calor, a paixão, o desejo ardente que ele tinha com
Ler mais
Capítulo 6
Quatro semanas mais tarde.Estes últimos dias tinham sido os mais movimentados da vida de Jayda. Havia muito o que fazer agora que ela foi promovida. Ela tinha vários casos judiciais para tratar, consultas para dar e contratos para rever.Ela estava feliz por ter tanto trabalho, porque isso mantinha sua mente longe da pessoa que ela deu sua coisa mais preciosa: Sebastian.Quando chegava em casa, normalmente estava exausta e, por isso, ia direto para a cama, cansada demais para pensar nele.Mas havia momentos em que ela não conseguia deixar de pensar nele, e sempre que isso acontecia, ficava furiosa consigo mesma por ter ido para a cama com ele.Pelo menos, uma vez a cada três dias, ela lembrava da noite apaixonada que eles tiveram juntos. Não de propósito, mas ela não podia se controlar. Às vezes, ela ainda podia sentir o pau dele dentro dela e, na medida em que não queria admitir, sentia falta da sensação de seu corpo contra o dela, de como ele envolveu seus braços em torno dela
Ler mais
Capítulo 7
"Como está a minha sobrinha hoje?" Albert puxou Lilian para um abraço.Ela sorriu: "Eu estou bem tio, parabéns a você. Tudo de bom para você.”"Obrigado, querida. Estou feliz por você estar aqui.”"Você se lembra de seu primo, Sebastian?" Albert disse, gesticulando para Sebastian que estava ao seu lado, segurando uma taça de champanhe.Lilian deu uma olhada no imbecil que machucou sua melhor amiga. Como sempre, ele estava muito bonito, apesar de ter um olhar sério no rosto.Lilian nunca o havia visto sorrir, talvez ele fosse mais bonito quando sorria. Sebastian era o oposto total de seus pais e irmãs gêmeas. Isso fez Lilian se perguntar de que planeta ele veio."Eu me lembro dele" Lilian murmurou, olhando de volta para seu tio."Bom. Eu estava perguntando a ele quando ele ia me dar um neto.” Albert disse, o que fez Sebastian gemer."A gente concordou em não falar sobre isso, pai.”"Eu vou continuar falando sobre isso até você me dar um neto. Quero ter um agora que ainda estou
Ler mais
Capítulo 8
"Eu ia ficar brava com você para sempre se não aparecesse hoje à noite.” Grace, a mãe de Jayda, sorriu antes de puxar sua filha para um abraço."Boa noite, mãe.” Jayda riu."Senti sua falta, princesa." Grace murmurou antes de se afastar do abraço."Mãe, eu tenho 29 anos.” Jayda gemeu brincalhona."Ah, eu sei disso. Mesmo com 90 anos, você ainda vai ser minha princesinha.” Grace sorriu."Você parece diferente." A mãe dela a elogiou."Mãe, eu ainda sou a mesma. Acho que o que eu estou diferente porque da última vez que você me viu eu era uma funcionária, e agora sou sócia.”"Não, não é isso. Tem uma faísca nos seus olhos, e acho que você perdeu um pouquinho de peso. Mas graças a Deus você está aqui para o fim de semana. Vou garantir que você coma bem.”"Onde está o papai?" Jayda perguntou enquanto pegava sua bagagem."Seu pai está com seu irmão e suas sobrinhas", respondeu Grace enquanto entravam em casa."Tia Jayda!” Duas vozes gritaram e abraçaram com força as pernas de Jayda
Ler mais
Capítulo 9
Por mais que Jayda estivesse passando por algo delicado que a fazia querer passar o dia todo na cama e continuar chorando de onde parou, ela tinha um trabalho e, apenas isso, era o que fazia com que ela se levantasse relutantemente de sua cama assim que o alarme tocava. Ela fazia seus rituais matinais, colocava sua roupa de trabalho e saía de seu apartamento.Jayda ficava muda o dia todo. Ela só abria a boca para dar instruções de uma só palavra ou respostas de uma só palavra. Ela ficou feliz com o trabalho que teve que fazer e a fez esquecer da gravidez, mesmo que tenha sido apenas por um tempo.Ela mandou sua prima pedir almoço para ela. Felizmente, hoje ela estava com um pouco de fome, e derramou uma lágrima quando se lembrou que a comida que estava comendo seria dividida em dois. Metade iria para ela e a outra metade iria para o serumaninho crescendo dentro dela. Ela não podia acreditar que um bebê estava crescendo dentro dela e, o pior de tudo é, ela não sabia nada sobre ser mãe
Ler mais
Capítulo 10
Na manhã seguinte, Jayda acordou com vontade de vomitar. Ela correu para o banheiro e pôs pra fora o que tinha no estômago.Ela se sentiu tonta depois de terminar e se sentou no chão por um tempo para recuperar a energia.Sentindo-se um pouco melhor, Jayda se limpou, fez sua rotina matinal habitual e se preparou para o trabalho.Jayda achava que hoje foi um dos dias em que ela saiu da cama com o pé esquerdo, porque não estava com disposição de fazer mais nada. Ela se contentou com um simples vestido social até os joelhos e escovou o cabelo. Hoje ela decidiu ir sem maquiagem. Ela pegou sua bolsa e seu laptop, e depois saiu do quarto."Eu estava prestes a te chamar para o café da manhã", disse Lilian, apontando para as panquecas sobre a mesa. Ela também já estava vestida para o trabalho."Você está pálida esta manhã.” Lilian se aproximou dela.Jayda acenou com a cabeça. "Acabei de vomitar, eu me sinto fraca.”Lilian puxou uma cadeira para Jayda e a fez sentar-se, e depois tomou um
Ler mais