Amarrada em meu alfa. Ilha do Corvo.

Amarrada em meu alfa. Ilha do Corvo.PT

J.P Andrade   Atualizado agora
goodnovel18goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
12Capítulos
1.3Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Logo sentiu uma mão em seu ombro, James a virava para ele suavemente até seus olhares se encontrarem, Alice ficou momentaneamente hipnotizada com a imensidão verde que era seus olhos, James possuía um rosto de beleza majestosa. Não precisava de roupas bonitas nem de um trono, ele se parecia um rei muito mais do que qualquer líder que já viu, seu olhar detinha uma força e imponência implacáveis. — Me responda Alice. Pareço um fraco para você? Havia todo um desafio em seu olhar, ela temeu não conseguir repetir as palavras para ele apesar de saber que devia manter sua palavra, James não podia mais continuar a defender daquela forma tão inconsequente, por mais que quisesse fazer isso não conseguiu e acabou se rendendo a verdade. — Não o acho fraco James. Desde criança James Turner sentiu que precisava proteger Alice, uma órfã que cresceu em seu castelo e a quem sua mãe é muito apegada. Ele será o próximo Alfa da Alcateia Turner, mesmo com vários ao seu redor torcendo para o contrário, até seu próprio pai parece não acreditar que ele um dia será apto para liderar a Alcateia Turner, James sofre ao ver o desprezo que sua mãe recebe de seu pai sem entender o motivo sombrio por trás de um casamento com tanto rancor. Quando uma emboscada coloca em perigo Alice ele toma uma difícil decisão, uma que mudará o destino de ambas as vidas e resultará em vingança.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
12 chapters
Capítulo 1
Alice olhou para o céu quando sentiu uma gota de chuva cair sobre ela, enquanto saía do castelo Turner ansiosa para ver a corrida dos jovens lobos ela sentiu mãos a puxarem e para seu total horror era Vlad Villin. Ele a virou para ele suas mãos a envolvendo em um abraço asqueroso. — Olá *Nask! Se eu vencer a corrida hoje você visita a minha cama? — provocou Vlad enquanto a segurava contra sua vontade, ele era alto como a maioria dos lobos e mesmo que ainda não tivesse se transformado em lobisomem ainda era bem mais forte que ela, suas mãos grandes e ásperas apertavam seus braços e seu corpo musculoso se pressionava contra o dela, Alice sentiu asco daquele toque. Ele inclinou seu rosto até o dela, seus olhos castanhos a cobiçando como se não passasse de um pedaço de carne e para ele era isso que uma Nask era. Mesmo que fosse uma Nask adotada pela senhora do castelo, Katherine Turner, Alice tentou se desvencilhar dele sem sucesso.— Tire suas mãos imundas de mim! — esbravejou ela tenta
Ler mais
Capítulo 2
Os dois rolaram pela lama em uma briga violenta, James conseguiu se manter por cima de Vlad e o socou diversas vezes no rosto, o outro garoto tentou usar os braços para bloquear seus socos tão ferozes, mas James estava furioso demais para e acabou por conseguir quebrar sua defesa, seus golpes quebraram primeiro seu nariz, a lama ao seu redor foi tingida de vermelho e James estava possesso demais e não pretendia para de desferir seus golpes contra Vlad, ele agora se parecia muito mais com um animal feroz e sem consciência, disposto a seguir até o final com aquilo sem se importar se todos estavam assistindo toda aquela cena.Sua raiva o havia cegado ao ponto de não perceber que o Alfa estava vindo em sua direção, apenas se deu conta no último instante quando ele o chutou bem no rosto o fazendo cair para o lado inconsciente.James acordou horas depois, sua visão não estava perfeita. Um de seus olhos estava tão inchado que ele nem ousou abrir, ele despertou com o som de vozes femininas ao
Ler mais
Capítulo 3
James não sabia como ela havia chegado aquela conclusão, mas estava de péssimo humor naquele momento e até aquele momento não sabia porque havia colocado tudo a perder pela filha adotiva de sua mãe. Ele bufou e voltou a se deitar na cama fechando os olhos, ouviu os passos irritados dela vindo até ele, ela o chamou uma, duas três vezes até que ele se voltou irritado para ela.— Pare com isso, estou cansado! — esbravejou ele. Alice colocou as mãos na cintura e rebateu decidida.— Não paro até que me responda porque me defendeu dele?Ele franziu o cenho e bufou.— Por que supõe que ele disse algo sobre você?Ela semicerrou os olhos violeta e esclareceu: — Além de eu ter visto o canalha apontando para mim ele mesmo me disse que o provocou. James deu de ombros fazendo pouco caso daquilo, mas, no fundo amaldiçoando aquele macho imbecil.— Julga que bati nele por algo que disse? Que besteira! Bati nele porque não dava a mínima para a corrida e já estava cansado da cara de merda dele. Não t
Ler mais
Capítulo 4
Cinquenta chibatadas... James olhou para Alice que observava de seu lugar com as outras testemunhas, a expressão dela era de preocupação, seus olhos estavam marejados e ele sentiu seu coração se apertar ligeiramente, James não queria vê-la triste muito menos que pensasse que para ele aquela punição o aterrorizava. Ele desviou seu olhar para o rosto de sua mãe que secava suas lagrimas diante da decisão do Alfa. Nada que ela dissesse ou qualquer outro poderia revogar a decisão do Alfa, por fim James encarou seu pai e como sempre Natanael Turner não demonstrava nenhuma emoção, seu rosto era uma máscara gélida.O Alfa decidiu que a sentença seria dada no próximo amanhecer, com essas últimas palavras ele saiu a passos largos pelo salão deixando sua companheira para trás, James imediatamente foi até sua mãe para guia-la para fora do salão enquanto todas aquelas pessoas que haviam comparecido aquilo deixavam o local, alguns conversavam entre si. James passou um braço em sua cintura enquanto
Ler mais
Capítulo 5
Alice não conseguia ficar quieta, Jenny sua melhor amiga e filha da cozinheira do castelo entrou no quarto de Alice no momento que a outra relembrava pela milésima o rosto decepcionado de James ao ouvir suas palavras cruéis demais. Alice sabia haver feito o certo, Vlad deixara bem claro a razão por trás daquela ação impensada de James, ela sabia que o filho do Alfa possuía um grande senso de protetor dentro de si e devido à senhora daquele castelo a tratar como filha ele devia se ver na obrigação de protegê-la como um irmão faria... — Alice não pode ficar assim, o herdeiro do Alfa é forte e não vai morrer por isso, além disso não seria a primeira vez que ele recebe uma punição como essa... — Jenny tratou de lembra-la sem qualquer remorso, imagens de todas às vezes que James recebeu uma punição surgiram em sua mente como várias laminas que a machucavam. Quantas vezes James a protegeu quando outras crianças batiam nela a chamando Nask... E agora ela dizia-lhe que era um fraco. Que óti
Ler mais
Capítulo 6
Jenny havia ficado observando escondida no corredor, aguardando ansiosamente para saber se o herdeiro do Alfa se demoraria no quarto de Alice, alguns minutos se passaram e a jovem fêmea temeu que algo mais estivesse acontecendo, esperava que ele tivesse entendido seus sinais sutis sobre seu interesse, não poderia é claro se iludir sobre se tornar sua primeira companheira quando a hora chegasse, esse posto seria somente concedido a uma fêmea de um Clã nobre, era sempre assim com os lobos, mas Jenny sabia que apenas a vida de uma terceira companheira ou até mesmo de uma concubina seria muito mais vantajosa que a sua sendo filha da cozinheira do castelo e ainda havia que ela realmente simpatizou com a coragem e honra do Oriedreh, então quando viu minutos depois o macho deixar o quarto de sua amiga ela imediatamente o seguiu pelo corredor, teve que correr para acompanha-lo já que ele praticamente corria, não parecia notar a presença dela.Quando a fêmea tocou em seu ombro James se virou so
Ler mais
Capítulo 7
Alice arfou quando o Alfa Turner segurou o chicote, por um mísero segundo seu coração se encheu de esperança ao acreditar que Natanael Turner revogaria aquela sentença, que pararia aquilo, todas as suas esperanças morreram quando observou como ele segurou o chicote... O olhar gelado em seu rosto lhe disse o que estava prestes a acontecer antes mesmo das palavras saírem de sua boca. Seu coração se encheu de dor ao ouvir Natanael Turner proclamar para todos que ele faria aquilo... Pelos deuses não...Ela olhou para o outro lado, Vlad Villin e seu clã esperando ansiosos para o início daquilo, ela os amaldiçoou em pensamento e coração.Não deixe que as coisas aconteçam assim, dessa forma não. Alice rezava para nenhum deus em particular.Ela fechou os olhos, incapaz de presenciar a cena que se desenrolava, alguns segundos depois ouviram o estalo do chicote e com ele ela aguardou que viesse alguma reação de James. O chicote estalou mais uma vez e nada. Apenas silêncio de James.Ela deixou
Ler mais
Capítulo 8
Vlad observou enquanto a fêmea seguia correndo para a estrada, a raiva por ela ter parado a cerimônia o fez desviar o caminho de seu cavalo abandonando alguns de seus parentes que seguiam para a sua propriedade, seguiu a jovem curioso de para onde ela corria tão rápido. Vlad avistou-a entrando na estrada e para não ser percebido deixou seu cavalo preso em uma árvore e continuou a pé se esgueirando pelas árvores, observou-a enquanto corria seus cabelos negros esvoaçantes ao sol, seu corpo esguio era uma bela visão reconheceu ele. De repente ela parou em frente a árvore que todos chamavam Enah, Vlad caminhou mais alguns passos e se ocultou em outra árvore enquanto observou atentamente a fêmea se ajoelhar diante da árvore e chorar.Alice não conseguia conter as lágrimas, Enah mesmo que não respondesse representada algo para ela, uma espécie de conforto do qual ela sempre precisou. Ela repetiu em sua mente novamente o som das chibatas, aquilo a dilacerava... James na infância de Armeni, o
Ler mais
Capítulo 9
— Era seu destino. — respondeu ela puxando suas mãos das dele e tentou se levantar quando James puxou suas mãos novamente e a fez ficar onde estava. Ela quase paralisou com aquela ousadia dele, estava machucado e ainda assim havia saltado da cama.Ela tentou puxar suas mãos das deles, James segurou firme e disse:— Sinto muito por partir. O que ele estava fazendo se desculpando por aquilo? James havia cumprido seu destino como Oriedreh, seu pai havia sido presenteado pelo próprio Supremo com a honra de que seu primeiro filho teria um lugar na Alcateia do próximo Supremo, ele era jovem de mais e não tinha nenhum poder para decidir ficar. Ainda assim ele segurava suas mãos agora e a encarava com seus olhos verdes se desculpando. Anos haviam se passado...De repente sua mente foi transportada para o passado...Ela viu ambos ainda apenas duas crianças, Alice olhava para a árvore e suas mãos tremiam, o vento rugia e a lua subia alta no céu, ela acreditou estar sozinha. Deixou que toda a do
Ler mais
Capítulo 10
James ouviu as palavras da fêmea e foi inegável que aquilo o incomodou. De alguma forma ele queria que Alice ainda não houvesse conhecido nenhum macho daquela forma, o que não fazia nenhum sentido já que ele mesmo estando com John conheceu diversas fêmeas, no entanto, só de imaginar Alice nos braços de um macho ele trincou os dentes. De alguma maneira ele sabia que aquele macho não foi bom para ela, e isso o incomodava como se facas o perfurassem, Alice havia sofrido toda sua vida e pelo menos aquele momento deveria ser com alguém que a amasse, que ficasse no mínimo a tornando sua.James se recusava a olhar para ela como uma fêmea que um macho se deitou e foi embora, sabia em seu coração que Alice queria se cuidada, e ela merecia isso. Ele virou e quando seus olhares se encontraram seu coração se apertou ao ver a vergonha e fragilidade marcada em seu olhar.— Me conte, Alice.Alice respirou fundo e se sentou na cama, seus olhos ardiam com as lágrimas se formando e ela não sabia até qua
Ler mais