Proporcional

ProporcionalPT

Flávia Fernandes  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
15Capítulos
2.1Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Sophia acaba de se formar e consegue um estágio na Califórnia. Com o casamento de seu pai e coincidências do destino encontra o homem que vai tornar sua vida cada vez mais complicada. Seria esse um romance ou um pesadelo?

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
15 chapters
Prólogo
2 anos antes...   — Suzy, você esta pessima! — Sara disse enquanto comia seu salgadinho de olhos fechados, estavamos bebendo em frente ao rio Patapsco des que recebi a noticia do meu aceite para residencia em neurocirugia. — Preste atenção, se vermos a policia, precisamos correr! — Você só bebeu quatro cervejas, como pode estar tão bebada?  — Sara então se levantou cambaleando e eu fui ao seu socorro, a mesma se enroscou em mim. — Seu cabelo esta com cheiro de morte, lave por favor. — Okay, vamos para casa, a festa acabou. — Droga Suzy estou tão felizzz que você não vai embora de Beltimore, deviamos beber mais! — Não vamos mais beber, vamos para casa tomar banho e dormir.  Consegui leva-la até o carro antes que entrasse em seu com
Leer más
Capitulo 1
Muitas vezes perdemos a possibilidade de felicidade de tanto nos prepararmos para recebê-la. Por que então não agarrá-la toda de uma vez? - Jane Austen Vira, vira, vira! E eu virava a próxima dose de.... Não sei estava muito bêbada pra isso. - Hei Prestem atenção. Nossa querida Sophi está formada! - Sara dizia meia embaralhada por estar bêbada colocando a mão no meu ombro. - Agora temos que arrumar um Gatinho pra ela, quem aí concorda? - É! - Soou em um coral, composto por todas minhas colegas de trabalho. Era o dia da minha formatura em medicina, e eu tinha conseguido um estágio na Califórnia. Depois de anos me matando entre trabalhar com meu pai e estudar, me formei. Eu estava feliz e não queria que aquele dia acabasse... mas.... .. - Sophia! Acorda.- Nao...Hum...Tão cansada. - disse me revirando nos lençóis. - Me acorde amanhã. - Seu pai esta esperando você para o café. Acho que ele
Leer más
Capitulo 2
- vou sentir tanto sua falta, sua degenerada. - Diz Sara me dando um abraço caloroso, enquanto meu pai rir  de seu comentário. - Ligue para mim todos os dias, eu te amo e irei te visitar.- Ligarei sim, Até logo, amo vocês. - Digo me virando e caminhando para local de embarque.   Me sento e coloco o cinto, eu tenho medo de avião. Não sei parece que a qualquer hora algo ruim vai acontecer. Sempre foi um defeito ser pessimista de mais, ainda mas para uma pessoa que se formou em medicina.- Olá. - Diz um jovem que se sentou ao meu lado, bem bonito por sinal.- Olá. - Digo sem mostra muita animação. Quando o aviso que o voo decolaria é comunicado. O que me faz apertar as mãos no cinto.- em medo de avião? - Diz o garoto ao lado com um sorriso maroto.- está tão óbvio?- Ah não, você disfar&ccedi
Leer más
Capitulo 3
       Edward Connon- Dani, tem como parar se chorar ?- Quero ir comer no restaurante mexicano hoje, papai por favorzinho? - Me olha com o olhar de cachorro abandonado.- como eu nego isso a minha princesa? Só não me incomoda mais, estou trabalhando, quando eu termina nós vamos, peça a Marie para que lhe de um banho e te arrume. - Digo e vejo minha filha sair aos pulos de felicidade. Ela adora aquele restaurante, necessariamente os tacos que vendem lá. É exatamente como sua mãe, teimosa.Daniele tem 5 anos, sua mãe faleceu á 2 anos, me admira como ela ainda lembra. a pego chorando esperando a voltada mãe, e é como se meu mundo desabasse quando isso acontece. Eu amava tanto Ane. A conheci em sua galeria de arte, não acreditava nessas coisas de amor a primeira vista, eu era jovem de mais. Mas quando à vi Tudo ganhou cores.
Leer más
Capitulo 4
Tony Henwei Ando de um lado para o outro passando as mãos no cabelo, estou extremamente irritado com as coisas que ouvi ontem, depois de anos aturando a filha daquele bastardo pensando que quando ela se formasse eu tomaria o controle, droga, aquele velho idiota!- Como assim? O desgraçado vai aposentar e deixar o controle para o filho de uma mulher que mal conhece? Eu fiquei anos com ele, Anos!- Calma Tony, como sabe disso?- O ouvi falando com a filha ontem, Você entende a situação? Onde me encaixo em tudo isso, fui usado e jogado para o escanteio, Eu, apenas EU devia ser o presidente, eu trabalhei por isso.- Meu amor se acalme, a fusão das empresas não quer dizer que vá haver só um controle.- Claro que quer dizer, Não pensa ? A filha dele não ia querer assumir, então eu assumiria, agora do nada colocará um qualquer. 
Leer más
Capitulo 5
Ligação On Sara- E como é a cidade ? Dizem que Santa Monica tem umas boates mará! A praia também, e a feira livre, me diga que você foi! - Sara estou aqui não faz nem 3 dias, só ando resolvendo problemas e entrando em outros. Está faltando documentação pra começar o estágio, pedi que meu pai mandasse para mim, porém até agora nada.- Lamentável amiguinha, Por isso irei lá agora conseguir essa documentação pra você.- Aí obrigada! Eu te amo, não precisa ser uma cópia original, manda por e-mail por favor. É meu histórico estudantil.- Certo, te ligo depois, Te amo. MensagemEi...   9:00 AmOi? 9:04 AmÉ O Enriko, não salvou meu número? 9:05 AmSalvei por&eacu
Leer más
Capitulo 6
  Edward Connon - Eduardo, Já vai ? - Diz Vany ao se enroscar em minha cintura estava tentando sair de fininho depois do sexo que tivemos, não sou de dormi com mulheres, afinal, tenho minha filha em casa e preciso ficar de olho.- Vou sim, não queria te acordar. Tenho coisas pra resolver, Até mais- Ah que pena, até depois.    Pego meu carro e corro para casa ou quase, o trânsito está péssimo. Tenho vontade de sair passando por cima de todos. tive Tantos problemas e não conseguir ir em Los Angeles resolver a questão do hotel, acabei mandando que Stiven fosse e fizesse o que a acha necessário. - Mamãe, Dani! - Entro na casa a procura das almas vivas mas não acho ninguém. Cadê essas mulheres? - Marie!- Olá senhor, precisa de algo? - Diz correndo ao meu encontro.- Onde está todos?- Estão na sala de musica com a senhorita Sophie. - Era o que faltava, subo as escadas e adentro na sala de musica, e me deparo com Sophie e Dan
Leer más
Capitulo 7
O tempo está péssimo, parece que o céu está caindo. O pior de tudo é que estou na casa de Elizabeth. Vim ajudá-la novamente com o casamento, e fui surpreendida de novo com essa chuva. A cidade parou, Os trânsitos estão interditados. E vem um furacão por aí, pelos noticiários está perdendo a força. Mas o toque de recolher já foi dado. O pior de tudo é que tenho que ficar olhando a cara desse homem, eu não sei por que, mas não gosto muito dele.- Papai! Tia Sophia vai dormi aqui? - Dani pergunta dançando de felicidade esperando uma resposta positiva.- É parece que ela não pode ir. Por isso já pedi que arrumassem o quarto de visitas para ela. - Beth diz entrando na sala. Está vestida uma longa camisola de cetim, é realmente uma senhora encantadora.- Mamãe e Sophie. Vou me retirar, colocar Dani para dormi. Vamos querida? - Edward se levanta se despreguiçando. Seus olhos deixam claro que parece não dormi a dias, com grandes olheiras expostas.- Papai Sophie pode ir junto? E
Leer más
Capitulo 8
- Aí! Doutora, você é muito mal.- Eu? Eu nem toquei a agulha em você ainda - Digo entre risos, comecei meu estágio e no primeiro dia me mandaram para suturas e curativos. Na verdade até que é bom ,conheci várias pessoas hoje, e também como elas podem ser desastradas. O carinha na minha frente de cabelos ruivos caiu pulando um muro e cortou o braço.- Minha mãe vai me matar quando eu chegar em casa. Aí! - Berra quando finalmente começo a sutura, faço 4 pontos e amarro. - Ficaram muito boas, nem parece que estou com um corte horrível.- Porque você Não está. - Digo enfim colocando o curativo. - Prontinho, agora espera a enfermeira que ela vai cuidar do resto.Fiquei o dia todo assim, até ver o médico responsável pela minha equipe passando.- Oi doutor. Você não tem alguma tarefa pra mim ? Não
Leer más
Capitulo 9
- Querida!- Papai!! - Digo correndo e o abraçando. - Que saudades. Quando o solto vejo os olhares em nossa direção- Olá querida? Como foi o primeiro dia de trabalho ? - Beth pergunta me puxando com a mão.- Sophie!! Você não vai acreditar - Diz Dani pulando. - As meninas não falam mais de eu não ter mamãe, elas falaram que você é a mãe mais linda...depois que me levou lá eu fiquei tão feliz.- Ah é mesmo, a mais bonita? Não mais do que você. - Diz Edward tocando no nariz da filha e sorrindo. - Vamos dizer que ela fica em segundo lugar. - Então o bonitão está me elogiando ? Estranho...- Vamos nós sentar e nos servir.- Beth diz se sentando, e vamos todos em seguida.- Então nos diga querida como foi no hospital ? - Meu pai pergunta segurando minha mão, nos seus olhos vejo orgulho
Leer más