Uma Vilã Imperial

Uma Vilã ImperialPT

Juck Olegário  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
25Capítulos
495leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Com um coração partido, Alice além de se afogar em magoas, afoga-se em um rio por acidente, mas ao abrir seus olhos, acorda como uma vilã, conhecida como Lissandra Milton Griffin. Chegando a um acordo com sua nova vida, Lissandra é escolhida como candidata à próxima Imperatriz. No palácio, cheio de oportunistas e mentirosos, ela deve se tornar uma vilã de sangue frio para conquistar seu lugar nobre pelo Príncipe Herdeiro – ou sua nova família entrará em ruinas. Ela conseguirá ser má o suficiente? Afinal, até os vilões precisam de amor.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
25 chapters
01
Uma gota de chá cai sobre meu vestido branco. Dou um leve pulo na cadeira, causando um pequeno solavanco na mesa, virando a xícara. Levanto-me imediatamente fugindo do liquido quente que escorre pela beirada da mesa. Pensei que não chamaria atenção, mas alguns olhares estão voltados para mim. Meus olhos desesperados encontram o olhar julgador e repreensivo do meu pai, mas depois consigo me sentir um pouco aliviada quando minha mãe pede ajuda aos garçons, que correm até a mim.Eles limpam o local, mas toda minha preocupação na verdade, está focada na demora do Augusto em chegar. Um dos funcionários se aproxima de mim para se certificar de que estou bem.— Estou bem! Foi apenas um infeliz e pequeno acidente. — Respondo educadamente com um sorriso.Respiro fundo, pego meu celular em cima da mesa e após pedi licença, vou para a varanda do espaç
Ler mais
02
Mais um dia se passou, no total, foram 4 e eu estava pronta para seguir em frente, sem continuar questionando ou relutando com a minha nova vida. Quero aproveitar essa oportunidade, mesmo eu não acreditando muito nessa situação em que estou enfiada.Disse para minha babá Agatha, que estava disposta a me socializar com o mundo outra vez. A desculpa para eu me isolar esses dias em meu quarto, foi a minha saúde, que ainda estava duvidosa.– Lis!Eu estava na sacada do meu quarto, vislumbrando o vasto jardim da mansão em que agora é minha.– Lis?Alice tinha uma vida bem humilde e agora, pareço viver em um mundo em que minha vida é estravagante. Como vou lidar com tanta mudança assim?Aqui parece ser um passado, é nítido, pelas roupas e decorações coloniais. A tecnologia aqui nunca existiu, então não sei como passar o tempo
Ler mais
03
Hoje é um grande dia... para os outros, porque para mim é uma verdadeira tragedia. Os únicos contatos que tive após ser jogada nesse mundo, foram com os familiares da Lis e os funcionários da mansão. Agora, terei que me socializar com o restante do mundo, nessa festa em que as candidatas à Magna serão anunciadas.Talvez seja uma oportunidade excelente para conhecer do Príncipe Herdeiro e a Danielle. Eu tenho que restaurar minha relação com eles e também com outras pessoas que eu já tratei mal.Encaro a mim mesma no espelho, certa de que vou fazer tudo certinho e ter uma vida tranquila, sem peso na consciência, pelos pecados da Lissandra.– Como está, Milady? – Minha babá pergunta me despertando do transe, mas ao me ver melhor, acabo entrando em outro.Minha beleza...! Na verdade, é a beleza da Lissandra. Ela é de fato mu
Ler mais
04
Dia 22 do Mês 04.– Hmm... O que é isso? Por que você é tão gentil comigo?  Normalmente, você não é assim... – Lissandra falou para sua amiga, na frente do seu pretendente, destruindo a sua chance de se casar.Dia 15 do Mês 05.– Se eu não estou errada, nós duas não tiramos sarro dela no passado? Como vocês são amigas agora? – Lissandra perguntou descaradamente quando viu sua amiga com uma dama, destruindo a amizade delas.E mais uma vez... Dia 03 do Mês 06.– Não interfira! Vamos lá! Diga isso de novo!Ela esbravejava com um rapaz. Não é incomum para Lissandra ficar com raiva na frente de seus amigos.Eram lembranças dolorosas para mim.– Lissandra, porque você não pode ficar de boca fechada? – Eu pergunto para mim mesma, desesperada, s
Ler mais
05
Muitas coisas ainda vão acontecer por aqui e eu não estou muito preparada para enfrentar o que estar por vir, então, antes, quero tentar, pelo menos, me acertar com quem é preciso. Danielle!Após vê-la no jardim com o Brand, mais que nunca eu julgo necessário termos uma conversa, mas parece que Agatha não vai deixar.Em um momento seu de descuido, enquanto prepara meu banho quente, caminho cuidadosamente nas pontas dos pés até a porta principal do meu aposento. Mas quando a abro, ela range bem alto e minha babá aparece atrás de mim.– Milady! – Assusto-me. – Milady, aonde você está indo sozinha?Viro-me um pouco constrangida, como uma criança que acabou de ser flagrada aprontando.– Err... que... Onde vou... – Eu não consigo formar nenhuma resposta para ela.– Você não vai se encontrar
Ler mais
06
Já faz uma semana desde que cheguei ao Palácio, mas não há uma única companhia para mim. Baseado na lei do Palácio, minha atividade é restrita e eu costumo passar quase todo o meu tempo no meu quarto.Depois de pensar novamente sobre a apresentação da lista de nomes das damas de Companhia. Depois de conversar com a minha babá Agatha, as coisas que eu nunca pensei, são cada vez mais visíveis.Quando alguém é a Dama de Companhia de uma Magna, isso significa que a sua família vai apoiar essa magna também.Talvez Ransey não possa derrotar Griffin quando se trata de poder, mas o que acontece quando outras famílias como os Volkov apoiam a Ransey? E se outras famílias poderosas apoiarem Ransey...?O príncipe Herdeiro insiste em capacitar a Família Ransey e coloca a Griffin em uma posição perigosa. Eu tam
Ler mais
07
Ainda no Palácio do Príncipe Herdeiro.– É sobre minha filha! – Abel afirma sentindo arrepios em todo seu corpo. De repente, ele tem um mau pressentimento. – Espero que minha filha possa ter uma Dama de Companhia imediatamente. – Ele fala rispidamente. – Lembro-me de dar-lhe uma lista com nomes várias vezes.O Príncipe Brand ajeita-se em sua cadeira. – Eu entendo... peço desculpas, mas... – Ele tenta dar uma explicação, mas o Duque Griffin e também primeiro ministro o interrompe. – Claro, eu sei que você tem estado ocupado cuidando do problema enfrentado pelo Império, mas há mais pessoas cuidando desse problema.Brand lança um olhar semicerrado para o Abel e por um breve momento, os dois ficam se encarando em silêncio. Ler mais
08
Enquanto isso, na Capital do Império de Decraberom. Residência principal da Família Griffin. – Como o Duque de Griffin, eu concedo-lhe o honroso título de Baronesa.Agatha, como prometido, recebe seu título honorário e após assinar os papeis formalizando a nomeação, comemora com gritinhos. Abel, o Primeiro-ministro, gargalha junto com sua esposa. – Por favor, cuide da Lissandra no futuro. – Ele pede a ela. – Desculpe-me por te dar seu título tão tarde. – Ah, por favor, eu não me importo. – Agatha responde corada. – Eu nunca pensei que o Sr. E a Sra. Griffin me parabenizassem diretamente. – Ela sente-se feliz. – Eu não poderia ser mais grata. – Ah. Não tem problema. – Sra. Griffin fala meigamente. – Por favor, conte-nos como est&aa
Ler mais
09
– Sua Alteza, eu terminei de preparar seu banho. – Marina afirma surgindo do banheiro.– Hmmm? – Desperto de um transe mental.Ah, certo! O banho... eu tinha esquecido disso.Encaro a Marina.– Está bem. – Assinto.Me levanto e caminho até o banheiro. Olho por alguns instantes para a banheira soltando uma fumacinha deliciosa. Adoro banho quente. Viro-me e vejo que minhas Damas de Companhia estão na porta, me observando e esperando alguma ordem minha para começarem a me ajudar no banho, mas dessa vez, farei diferente.– Eu quero ficar sozinha, vocês podem sair. – Ordeno, pegando todas elas de surpresa.– Mas, Sua Alteza... – Marina tenta protestar.– Nós devemos obedecer ao que sua alteza disse, então vamos. – Lúcia retifica com um sorriso patético na cara.– Nós entendemos. &n
Ler mais
10
Danielle fica encarando a Lúcia esperando alguma resposta. Lúcia treme com medo e é notório seu papel de submissão. Eu nesse momento quero me jogar nas duas e bater muito nelas.– Eu sei que não deveria aparecer, mas eu tenho que mostrar isso a você. – Ela responde tremulando, entregando a carta para Danielle... a minha carta, como eu pensei.– O que é isso? – Danielle questiona curiosa pegando o envelope.– É uma carta para o quinto Príncipe. – Lúcia responde em um sussurro.– Para o quinto Príncipe? – Ela parece confusa. – Para que...? – Analisa o envelope todo, frente e verso. Ao ver meu nome, ela pensa. – Hum, certo. Ela me disse que seus sentimentos pelo Príncipe Brand haviam mudado...– E o quinto Príncipe pediu a Lady Lissandra para dançar na festa de apresentaç
Ler mais