Quando o Sol se Põe

Quando o Sol se PõePT

Anny lago  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
26Capítulos
1.3Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Dois jovens com vidas totalmente diferentes, personalidades diferentes mas que por uma ironia do destino estudam na mesma universidade. Ela não era qualquer menina que cairia aos seus pés em um estralar de dedos. Ele o astro da escola que pode ter qualquer uma aos seus pés. Teria esse romance uma chance em meio a tantas diferenças? Tudo o que eu sei é que nem sempre os opostos se atraem, ou será que estou errada. ?

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
26 chapters
Prólogo
Ela nunca foi a garota perfeita, sempre arrumando confusão, vivendo a vida loucamente pois ela sempre dizia a si mesma que a vida era muito curta  para não ser vivida. Durona, Porém divertida, Seria porém carinhosa, muitos há julgavam pelo seu modo de viver a vida, sem limites. E quebrando regras. Mas ninguém era capaz de saber por tudo que aquela menina mulher havia passado. Enquanto a ele, Bom. Ele era o típico estudante de faculdade, o típico play boy. Pegador ao qual todas do campus queriam. Mas foi por ela que ele se encantou ao perceber que seu charme não era o suficiente para conquista-la.Você realmente acha que é o centro do universo. __ Gritou Ava olhando fundo naqueles olhos castanhos meio avermelhados por c
Ler mais
•1• Como tudo começou.
A verdade é que nem sempre foi assim, bom nem sempre eu fui assim. Mas infelizmente a vida tem lá seus preferidos. Me chamo Ava Montego. E essa, bom essa é minha história, mas para que entendam preciso contar COMO TUDO COMEÇOU. Venho de uma família que tem ótimas condições, somos de classe média alta. E bom não tenho do que reclamar. Meus pais são uma Cirurgiã e Um advogado como já se é de esperar eles não são tão presentes assim, devido a correria de suas profissões quase sempre não estavam em casa. E essa foi uma das brechas para me tornar quem sou hoje. Atualmente tenho 20 anos e estou cursando fotografia a profissão dos meus sonhos, moro em um apartamento pequeno aqui em Los Angeles, a poucos minutos da faculdade. Minhas duas maiores paix
Ler mais
•2• Faculdade.
Abro os olhos com certa dificuldade pois a luz do sol clareava o quarto. Passo as mãos ao meu lado e em vez de meu celular sinto músculos ao meu lado e só então me dou conta, não estou no meu apartamento. Na verdade resolvi maratonar alguma série com Jake ontem a noite e apaguei dormindo, talvez o mesmo tinha me trazido para o quarto. Abro os olhos já me acostumando com a claridade, e busco por meu telefone o encontrando em cima do criado mudo. Pego o mesmo e vejo a hora, 07:30 da manhã, precisava estar na faculdade as 08:30. Me levanto e prendo os cabelos em um coque frouxo. Me olho no espelho, estava usando uma das blusas de Jake assim como das outras vezes. Sigo até a cozinha, e procuro na geladeira por algo para comer, faço panquecas e café. Ponho a mesa e me sento para comer quando Jake aparece na cozinha, o mesmo estava apenas com uma calça de moletom e coçando os olhos como quem ainda estava com sono. O mesmo s
Ler mais
•3• Me demito.
Pela milésima vez, vocês devem sempre atender todos com um sorriso no rosto. __ esbravejou meu chefe.Estávamos todos na parte de trás da lanchonete onde ficam os produtos, alimentos e coisas assim estávamos recebendo advertência pois um dos funcionários não havia atendido uma mesa com o sorriso no rosto e o cliente veio se queixar de mais tratos. E sabe aquele ditado horrível o cliente tem sempre rasão, bom por esse motivo cá estamos nos.Vocês me entenderam, sorriam mostrem felicidades afinal quem depende desse emprego são vocês e não eu. __ diz o mesmo com ar superior saindo e nos deixando ali.É difícil sorrir quando somos tratados como animais. __ diz uma das minhas colegas de trabalho concordo com a mesma e voltamos para dentro da lanchonete.A mesma tem um ar dos anos 60 a 70 coisa assim, o balcão e vermelho e com alguns detalhes tem vários bancos por toda a extremidade do mesmo, na outra parede há vári
Ler mais
•4• Festinha ?
(Uma semana depois. ) Faz uma semana que sai daquele maldito emprego e nunca me senti tão livre, naquela noite fizemos uma sessão de cinema na casa da Kiara, e bom digamos que Rick segurou vela. A faculdade está cansativa porém incrível e quanto a mim, bom estou trabalhando junto com o Jake. Tem sido super legal, na verdade trabalho meio período por conta da faculdade, essa semana descobri que teríamos que fazer aulas extra curriculares que valeriam metade da nota para o semestre. Bufei ao saber disso mas não tenho outra escolha, tempo ? Não tenho mas vou ter que arrumar. Nesse exato momento estou aqui no campus, sentada na grama em baixo de uma árvore. Observando a tudo ao redor, hoje não houveram todas as aulas e eu não estou afim de ir para casa agora então estou sentada com meus fones ouvindo uma playlist da banda Queen que traz uma vibe incrív
Ler mais
•5• O amor machuca!
Acordo com a luz do sol invadindo o quarto, sim eu esqueci de fecha às cortinas. Abro os olhos com dificuldade pois os mesmo ainda estavam se adaptando a luz, pego meu celular que estava no criado mudo ao lado da cama e vejo a hora 13:30 da tarde. Me levanto e logo sigo para o banheiro, tomo um banho demorado, e logo em seguida me enrolo na toalha e sigo até meu quarto, visto minha roupa íntima e uma camiseta gigante do Alex, digamos que tenho uma coleção aqui. Sempre que as roupas dele somem ele já sabe onde estão. Deixo meu cabelo solto e sigo para a sala, peço comida no aplicativo e me jogo no sofá ligando a tv e vendo se passava algo interessante. Minutos depois o porteiro avisa o entregador havia chegado, me levanto e pego o dinheiro e o celular, saio do AP e sigo até o elevador, em questão de minutos estou no andar de baixo, pago ao motoqueiro que só faltou babar ao me ver, reviro os olhos e por fim cumprimento o porteiro voltando para elevador, entro no m
Ler mais
•6• Racha/Chuva/Acidente.
Como de costume as corridas sempre aconteciam em locais afastados da cidade, digamos que para evitar polícias ou algo do tipo já que todas elas são ilegais. Estaciono minha moto e desligo a mesma, retiro meu capacete e com uma das mãos jogo meus cabelos para o lado os ajeitando de leve. Ainda em minha moto observo aquela quantidade de gente que ali estavam, cinquenta mil reais. Esse era o valor pelo qual arriscariamos nossas vidas em motos que chegam a mais de 100 quilômetros por hora, para no final restar apenas um ganhador. E algumas pessoas com machucados alguns leves e outros graves. Puxo um maço de cigarros de um dos bolsos da jaqueta junto com o esqueiro e logo acendo um deles levando o até minha boca e dando um trago, prendo a fumaça por um tempo soltando em seguida e observando toda aquela gente ao meu redor que se movimentavam e andavam de um lado para o outro ao som de alguma música aleatória que estrondava ecoando pelo local aberto. Che
Ler mais
•7• Fim de noite.
Assim que Mike estaciona no local onde onde estavam os outros uma multidão se forma em volta do carro, logo Jake vem correndo em minha direção sua expressão era de preocupação e eu entendo bem o por que. Ainda bem que você está bem. __ diz o mesmo me abraçando apertado, pude perceber um certo alívio de sua parte ao me ver bem.Não foi nada comigo, apenas o pateta ali que por causa do ego ferido fez merda. __ digo revirando os olhos e apontando para Aaron que se encontrava desmaiado no banco de trás da picape. Logo avisto Christopher vindo em nossa direção, sua expressão não era das melhores porém o mesmo parou e pareceu controlar sua raiva antes de vim até nos. Como vou está sereia ? __ o mesmo pergunta me observando dessa vez mais calmo. Ainda não sei o por que desse apelido sereia, o mesmo que colocou na primeira vez que vim junto com Jake e do nada ficou . Estou bem Chris, já não posso dizer o mesmo do babaca ali no banco de trás. __ digo
Ler mais
• 8 • Desejo/Convite/ Revelações.
Aaron narrando. Você realmente não tem juízo.__ grita meu pai me fazendo revirar os olhos.__ o que você tem na cabeça garoto se arriscar em cima de uma moto Aaron pelo amor de Deus, sua mãe quase morre do coração ao saber que você estava no hospital. __ grita meu pai apontando o dedo em meu rosto. Hoje é segunda e bom eu não fui a faculdade, digamos que acabei pegando um atestado pelo "acidente" de ontem e meus pais quando souberam, bom digamos que surtaram meu pai nem se fala já que o mesmo invadiu meu apartamento e está a meia hora repetindo a mesma coisa, que eu deveria ter mais responsabilidade, que não sou mais uma criança e blá blá blá. Sim é tedioso ter pais influentes na alta sociedade pois qualquer deslize é um motivo para ouvir meu pai falando por horas sem parar. Christopher não disse aos meus pais que eu havia me machucado tentando correr em um racha, Claro que não. O mesmo é inteligente o suficiente para saber que poria sua carreira em risco caso
Ler mais
Um dia qualquer.
O dia logo amanheceu trazendo consigo a visão de minhas enormes olheiras no espelho, o assunto de meus pais não saiu da minha mente um minuto se quer, e nem a presença de Jake ao meu lado toda a noite foi capaz de me fazer dormir. Bufo em frente ao espelho do banheiro olhando para minha face acabada, a noite não havia sido fácil.Retiro meu roupão ligando o chuveiro água fria para clarear os pensamentos, em seguida e entrando em baixo da água permitindo que a mesma corresse por cada centímetro do meu corpo. Era como se aquilo levasse para longe todos os problemas ao som de alguma música aleatória que tocava em meu celular.Após um longo banho visto meu roupão e seco meus cabelos, logo escovo meus dentes, faço minha higiene e me direciono novamente ao meu quarto, Visto minha roupa íntima e para ir a faculdade, optei por uma blusa branca de alcinha uma calça jeans azul clara com alguns rasgos e um tênis branco. Ponho uma muda de roupa em minha
Ler mais