Meny O Poder da Inocência

Meny O Poder da InocênciaPT

Chrys  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
57Capítulos
979leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Meny foi abandonada ainda bebê na porta de uma boate (uma casa de prostitutas). Sem saber de nada, Meny cresce no porão, sem desconfiar do que realmente aconteceu e o que acontece acima de sua cabeça. Sua mãe adotiva protegeu sua inocência de tudo e de todos, mas quando chega o dia, Meny é vendida para um dos piores homens da face da terra. Está pronta para perder a sua inocência???

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
57 chapters
1. Vamos Voltar No Tempo...
15 anos atrás... Chovia muito forte naquela noite... todos estavam seguros e secos em suas casas, porém uma única pessoa estava enfrentando a chuva... A mulher misteriosa andava ofegante pelas ruas de Londres, com um casaco que lhe cobria a face, ela segurava um pacote, ao se aproximar de um prédio, a mulher bateu três vezes na porta... E em seguida, abandonou o pacote que estava em seu braço e desapareceu naquela chuva forte... A porta logo se abriu e uma jovem mulher apareceu, vestindo apenas um roupão, ela se abaixou e recolheu aquele pacote que foi deixado lá... Em suas mãos, o bebê se mexeu em volto em panos velhos, a jovem mulher sorriu para o bebê e voltou para dentro da boate. E como sabemos que todas as casas de prostitutas a maioria das jovens não se dedicam a cuidar de uma criança na qual evitam até engravidar, pois um bebê na hora errada atrapalha todos seus planos como sabemos né
Ler mais
2. Isolada Mais Uma Vez...
Falta pouco... aproveito ao máximo meus últimos momentos de sol... todos os dias, tenho 15 minutinhos de luz de sol. Quando esses minutos passam, só me restam a sombra daquele porão... onde tudo é escuro e nenhuma luz ilumina o quanto o sol que tenho por 15 minutos. Aqui não é tão ruim, o que quarto é muito bom... tenho uma cama enorme para me deitar, um guarda roupa com muitas roupas... A maioria são moletons folgados, também tenho muitos livros para que eu passe meu tempo... três por dia, minha mãe me traz comida sempre, só a vejo nessa hora na hora de minha refeição. A porta fica sempre trancada para que eu não saia e não faça nenhuma burrada. Faz exatamente 15 anos que estou aqui e nunca fui lá fora, nunca sair deste quarto, a única coisa que eu sei que o meu nome é.... Emelyn porem todas me chamam de Meny! Não sei mais nada sobre mim ou sobre minha família... bem, estou em um prédio gran
Ler mais
3. Minha Primeira Boneca...
Tem momentos que eu me canso de sempre fazer as mesmas coisas, então já me cansei de ler... jogo o ultimo livro na pilha que tem ao lado de minha cama que já estão todos concluídos... olho para a janela, está escurecendo lá fora mais uma vez e mais um dia se foi sem ao menos eu ir lá fora ver o mundo. A porta se abre e mamãe entra... ela substitui a bandeja vazia por uma cheia que seria minha janta... Mãe... digo antes que ela possa ir embora. O que foi, Meny? Eu já estou pronta? Quero muito poder sair daqui deste lugar. Ela se senta ao meu lado da cama... e me diz ainda não. Mas eu quero muito sair daqui mãe, por que nunca posso ir lá fora? O mundo lá fora é perigoso minha filha, quero que esteja pronta pra enfrentá-lo. E quando vou estar pronta? Quando chegar na hora certa... mamãe se levanta e caminha até a porta. Mãe
Ler mais
4. Medo x Medo
Acaricio a boneca com carinho... ela é linda... seus cachos são macios...O sol está se pondo lá fora e já ouço o barulho acima de mim... hoje é sábado...Seu jantar... mamãe entra com outra bandeja na qual pra mim seria meu café da manhã...Estou sem fome...Deve comer, onde conseguiu essa boneca?Caiu pela janela... posso ficar com ela?Pode, é claro... mamãe sorri... amanhã eu vou demorar um pouco pra trazer seu almoço, então vou preparar um café reforçado pra você está bem?Está bem...Durma bem... eu te amo.Ela sai do quarto.Me levanto e vou até a bandeja, as pessoas caminham às pressas pelas ruas.Não sei onde estou... apenas sei que aqui é bonito, às vezes, cai neve do céu, mam&at
Ler mais
5. Virgem e Ingênua...
Mamãe me lavou... durante o banho, ela me explicou o porque do sangue... ao que parece, todas as meninas chegam à maturidade, o sangue representa isso. Não é perigoso, esse sangramento vai durar em torno de 5 a 7 dias, o pior é a dor, mamãe disse que essa dor se chama cólica e que é super normal. Mamãe também disse que a partir de agora, meu corpo vai ser diferente e que agora eu posso engravidar, isso me deixou assustada. Agora, estou pronta... Depois do banho, mamãe me vestiu com um longo e belo vestido vermelho, ele me dá um pouco de frio. Mamãe também disse que um homem virá me visitar, ele é um homem muito importante, mamãe disse que esse homem vai me transformar em uma super modelo, estou super animada com isso. O problema... o homem pode pedir que eu tire a roupa... nunca fiquei pelada na frente de ninguém... apenas de minha Ler mais
6. Presa Mais Uma Vez...
Para qual vai leva-la? Mamãe pergunta... Sei que é ela... apesar de não poder ver... Vou para Paris... preciso de garotas lá... tem certeza de que ela é virgem? A voz grave de Alex é inconfundível... É claro que tenho... se não acredita verifique você mesmo. Vou acreditar na sua palavra... afinal a garota é inocente demais... Você me pediu que fosse. Posso verificar a virgindade dela quando chegarmos, até lá, obrigado. Silêncio... quem a quebra é mamãe... Aqui tem menos do que me prometeu. O resto lhe será entregue quando eu a testar. Está bem. Silêncio... desta vez, é Alex, ele parece conversar com outra pessoa. Tenha cuidado com essa, quero que ela chegue intacta... arrumou a comida? Sim, senhor... está dentro da caixa. Caixa... é onde estou, presa em uma caixa de madeira, só há espaço suficiente para mim e algumas bande
Ler mais
7. Violada Como Sempre...
Está é a Carly ela vai te arrumar, Alex sorri e me entrega para a loira alta e bonita. Mas... e você? Pergunto com medo na voz. Assim que estiver pronta, Carly vai leva-la até mim. Venha comigo... Carly me leva por longos corredores, todos com paredes vermelhas. Entramos em um enorme quarto, ele tem paredes pretas e uma belíssima cama, Carly tranca a porta. Porque trancou a porta? Pergunto. Assim, ninguém irá nos incomodas, este é o meu quarto, pode ficar à vontade. Não me sinto á vontade aqui, quero voltar pra casa. Está é a sua casa agora... ela sorri. Carly me leva até o banheiro e tira a minha roupa, já estou acostumada com isso, às vezes, quando estava com tempo, mamãe me limpava, é claro que as mãos de mamãe eram leves e calmas, ao contrário das mãos ágeis e pesadas de Carly... ela tira me
Ler mais
8. A Grande Verdade...
Alex está no banho... Abraço forte as minhas pernas... A neve cai fina lá fora... Branca... O vento frio atinge o meu rosto e move os meus cabelos... desde que ouvi a verdade, não consegui me mover da beirada da janela.... eu não vou pular, porém ao saber de tudo... a verdade me dá medo... Tudo me dá medo... Eu fui abandonada na porta de uma casa noturna, um lugar pra prostituta, todo esse tempo morando embaixo de tudo... todos esses anos acreditando que aquela mulher me trazia comida era a minha mãe... tudo não passou de uma farsa... ela me criou pra o mundo do sexo... inocente demais... agora todas as peças se encaixam. Eu morava em Londres... passei 6 dias dentro de uma caixa, dentro de um porão... eu um navio de carga... agora estou em Paris. Meu destino é ser "prostituta". Alex é o dono de uma das mais famosas redes de bordeis e bo
Ler mais
9. Minha Amiga...
Então qual foi a tática dele? Carly pergunta. Champanhe drogado... sorrio. É essa é boa, ele usou comigo, eu apaguei na hora. Parece que fiz uma amiga aqui, a Carly me aprece ser bem legal... descobrir muito sobre ela... A família dela era muito pobre, moravam em casa acolhedoras, certo dia o Alex apareceu e ofereceu uma proposta... ele disse que transformaria em uma linda modela e que tiraria minha família da miséria, é claro que Alex mentiu... Ela foi trancafiada em uma caixa e passou um mês me águas internacionais, Carly saio do Brasil e veio para Paris isso foi há 10 anos... Como sabe falar tão bem o meu idioma? Pergunto. Alex nos manda aprender no mínimo 4 idiomas, ele fará o mesmo com você. Mas eu não quero fazer isso, não quero trabalhar pra ele. Acha que alguma de nós quer? Quant
Ler mais
10. Aceito ou Não o Pedido?
Aceitar? Me parece uma palavra com um enorme poder... Deixa-me ver... Me viro para Carly... Você está linda, sabia que essa roupa ficaria bem em você. Quando tiver dinheiro, poderá comprar suas próprias roupas, até lá, não me importo de te emprestar as minhas... ela sorri... Você se acostuma... ela rir... Me olho no espelho pela última vez, o sutiã de couro negro me aperta, mas a saia, também é de couro e que combinação, não é mesmo, o único defeito da saia que ela é um pouco folgada... O sapato de salto negro não é mais um problema, Carly me ensinou a andar neles... Vamos? Vamos... dou um sorriso para Carly... Mas fico me perguntando será que fiz a escolha certa... afinal não sei nem pra onde iria nunca andei se quer na rua quando morava com minha mãe... imagine aqui outra cidade... Mas nesse exato momento a única certeza que tenho é que
Ler mais