Sem Querer - Nosso Caminho de Descobertas

Sem Querer - Nosso Caminho de DescobertasPT

Ninha Cardoso  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
47Capítulos
1.2Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

OBS: Este romance é uma duologia. Este é o livro 1. Um romance carinhoso, com muitas emoções, amizade, família e muito amor. Vitor é um cowboy que tem o coração fechado e não se envolve demais com as mulheres com quem sai. Mas isso muda quando ele acaba fazendo uma besteira... Dorme com a irmã do chefe! \ Pega em uma situação complicada, Juliana não tem muito o que fazer, a não ser aceitar se casar com Vitor para evitar um problema maior. Porém, ela não tinha intenção de levar isso adiante, foi apenas para aliviar a pressão do momento. \ Independente, sonhadora, ela não queria se envolver com um homem como Vitor. Só que ela não pode negar que ele beija muito bem... Entre outras coisas. \ Os dois precisam aprender a conviver com o mal entendido que os uniu e descobrir se existe mesmo um futuro para eles, apesar das diferenças, superando as dificuldades. \ Enquanto tentam uma solução para o problema, eles vão se conhecendo e evoluindo um sentimento que nunca imaginaram antes. Aprendem um sobre o outro e entre brigas, conflitos e até momentos engraçados, eles vão entender mais sobre o amor \ Um romance carinhoso, de descobertas e amizade. Leia e descubra como esse casal se envolveu sem querer em uma história cheia de emoções.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
47 chapters
Capítulo Um
* Este romance é uma duologia. Livro 1.Parte 1 “Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.”*******Quando Vitor se esticou em sua cama e sentiu que estava bloqueado por algo, piscou os olhos rapidamente para focar. Leer más
Continua Capítulo Um
Parte 2 Tentou lembrar direito da noite anterior, mas sua cabeça doeu e sua barriga roncou alto. Era só o que faltava acrescentar no livro de idiotices de sua vida. Pelo jeito tinham transado.E agora teria que dar um jeito de sair daquela situação com um dano menor do que o que já tinha acontecido. Pelo menos com um pouco de dignidade.De vez em quando ela costumava fazer coisas burras e idiotas, mas nunca tanto assim.Vítor percebeu que ela não estava bem. Sua postura encolhida, seu rosto vermelho e a cara de susto mostravam isso. Juliana cobriu o rosto com as mãos e suspirou alto. Dava para ver que ela se sentia enver
Leer más
Continua Capítulo Um
Parte 3 O peito dele era bonito, com pouco cabelo e alto. A barriga era de tanquinho e as mãos fortes e com calos pelo trabalho na fazenda. Mas fizeram milagres em seu corpo.Ela lembrava sim. Não de tudo, mas boa parte já se fazia marcar em sua memória. Lembrava do casamento do irmão mais velho, da farra dos amigos e parentes e claro, do tanto de bebida que ela consumiu sem ter noção do que faria com seu organismo.Raramente bebia, era fraca para qualquer tipo de bebida alcoólica e resolveu fazer essa merda na noite anterior, misturando tudo. Aí estava o final.Ela tinha começado a flertar com Vítor
Leer más
Continua Capítulo Um
Parte 4E se alguém tivesse visto os dois saindo juntos do salão e entrando em sua cabana, com certeza a fofoca iria correr solta pela cidade. Andaluz era um ótimo lugar para se viver, com alguns moradores bem excêntricos, mas ainda assim era um lugar pequeno e o povo fala. E como falava.Ficou desapontado com seu passo em falso e olhando para ela, percebia que também pensava o mesmo. Estava preocupada._ Eu sei que deveria ter parado quando começamos a nos beijar aqui na cama - ele falou devagar _ Mas aí ficou difícil de resisitir à você.Ela o olhou meio de lado.Leer más
Continua Capítulo Um
Parte 5 Ele parecia mesmo querer afastá-la e isso foi chato para ela._ Bom, eu também não planejei cair na sua cama, mas aconteceu. Já você parece querer esquecer._ Como se isso fosse possível - murmurou _ Juliana, me entenda, isso é grave. Eu não tenho nada a ver com você._ Tá, entendi... Só que você fala parecendo um crime._ Depende do ponto de vista - brincou _ Você é uma garota linda, fofa e delicada. É inteligente, tem grana e tem futuro. Eu sou um grosseirão, um cara da roça que adora morar no campo e trabalhar com animais.

Leer más

Capítulo Dois
Parte 1 Jessé entrou no quarto de cabeça baixa, pisando forte e foi logo falando._ Desculpe entrar apressado assim, Vitor, mas estou um pouco preocupado.Vitor ficou nervoso e deu um pulo rápido para ficar na frente dela, assim impedir o irmão de vê-la. Só teve tempo de puxar a calça para cima e nem pegou a camisa, ficando descalço com cara de idiota na frente dela, inchando o peito para tentar escondê-la._ Cara, desculpe ir entrando, mas será que você sabe da Juliana? - tirou o chapéu de couro marrom e bateu na perna, levantando o rosto _ Ela não voltou para casa ontem depois da festa e a Briana se preocupou muito, já que ela não tem
Leer más
Continua Capítulo Dois
Parte 2 Apesar de ser um novo tempo, em Andaluz algumas coisas ainda eram como antes. Tudo bem que eles tinham três clubes voltados ao sexo com eventos e até aulas sobre o assunto, mas no geral o resto da cidade seguia o ritmo de sempre, moldando suas vidas como aprenderam.Ter colocado Juliana nessa situação foi errado e se cara feia matasse, ele estaria seco e esturricado no seu tapete agora com a cara que o irmão dela fazia.Seu olhar era tão penetrante que se fosse possível ele quebraria seus ossos sem nem mesmo tocar nele. Parecia que era um bandido procurado pela polícia e que havia feito o maior crime do mundo. Algo sem fiança.Juliana ficou olhando de um para outro e
Leer más
Continua Capítulo Dois
Parte 3 _ Há um bom tempo - ela disse._ Mesmo? - meneou a cabeça _ E por que você nunca me deu uma dica? - perguntou a Vitor._ Bem... Porque a Ju não queria._ Ju? - Jessé riu _ Ok, então está bem. Mas te aviso logo que se fizer merda com minha irmã, vai ter troco._ Pare com isso, Jessé - ela disse._ Tudo bem, Ju - ele disse _ Seu irmão tem razão._ Peço desculpa por ter sido agressivo, mas você me entende... É minha única irmã e é a mais
Leer más
Continua Capítulo Dois
Parte 4 Ela ficou um pouco corada e paralisou no lugar. Então ela tinha conseguido deixá-lo surpreso? Sua curiosidade pelo que disse a cutucou e quase perguntou há quanto tempo ele não fazia amor e se ela tinha sido mesmo boa de cama. Mas, segurou a língua._ Foi sem querer... Aconteceu e..._ Sem querer? - ele estreitou os olhos _ Então você quer jogar a culpa do acontecido só em cima da bebida? Quer dizer que não houve algo a mais?Ele esperou e ela não respondeu. Isso o deixou ressentido. Ele sabia que mesmo sem beber poderia acabar com ela ali na cama, não precisava desse estímulo._ Ent&ati
Leer más
Capítulo Três
Parte 1 Vitor ficou encarando seu rosto bonito e falando de modo calmo e sério, afirmou:_ Ah, você vai sim!_ Não vou, não!Ela repetiu de modo infantil, como se fosse uma disputa por um doce. Ele quer, ela não quer. Comprimiu os lábios e fez um bico, como se isso adiantasse._ Ju, você vai e pronto - disse como um comando _ Eu não sou um homem de duas palavras e menos ainda um mentiroso, querida._ O que? - se espantou _ E daí?_ Daí, que eu não vou dizer ao seu irmão que tu
Leer más