A Escolhida do CEO

A Escolhida do CEOPT

aly  Completo
goodnovel16goodnovel
9.9
Reseñas insuficientes
56Capítulos
63.2Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Tiffany é ousada, sem escrúpulos e faz tudo o que um homem com dinheiro quiser. Maddie não passava de uma garotinha tímida.O que quase ninguém sabe, é que Maddie e Tiffany são exatamente a mesma pessoa. Durante o dia, a garota com vinte anos é Maddie, uma garota normal. Mas quando a noite chega, ela é Tiffany. Uma das melhores mulheres do bordel Luxúria. A garota é disputada por cada homem que visita a casa e a senhoria lhe manda cuidar daquele que oferecer mais dinheiro. Tiffany, não conta a ninguém sobre seu verdadeiro nome ou seu passado obscuro.Até que o envolvente empresário do ramo da música, Liam White, aparece na casa oferecendo um alto valor só para dormir com a cobiçada acompanhante. Ela não sabe, mas sua vida começará a mudar drasticamente a partir daí.O que ela não também não sabe, é que ele também esconde um grande segredo.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
56 chapters
Um
— Maddie, compareça à sala de sua senhoria para receber seu pagamento. Estico minhas pernas na cama de casal preguiçosamente e largo o livro na mesma. Visto um roupão e calço os chinelos de dedo, antes de descer. A noite passada havia sido cansativa. Cinco homens mega milionários disputaram para ter a chance de passar a noite comigo, mas apenas um deles conseguiu. As vezes era feito uma espécie de leilão. O homem que oferecesse o preço mais alto, era o "sortudo" escolhido para passar a noite comigo. Ser a garota mais disputada da casa me garantia inimigas. Cíntia, uma loira de olhos azuis com um corpo estonteante, era a pior delas. Ela fazia de tudo para chamar atenção daqueles que me desejavam, mas o tiro saía pela culatra. Eles queriam a mim. Eles sempre querem a mim. Bato duas vezes na porta de Marta, antes dela me dizer para entrar. A mulher com seus quarenta e cinco anos, estava atrás da sua enorme mesa de madeir
Leer más
Dois
Eu ainda não conseguia acreditar, no que tinha acabado de acontecer. Sessenta mil! Era impossível conter o sorriso que estava em meu rosto. Eu realmente valia muito a pena. — Boa noite senhor. — digo, com uma voz suave. — Me acompanhe, por favor. Estico minha mão para ele. Liam termina com o líquido do copo, o coloca em cima de uma bandeja e então pega em minha mão, deixando-me conduzí-lo para o segundo andar. Estava um pouco nervosa. E isso nunca aconteceu. Talvez seja, porque essa é a primeira vez que eu realmente me interesso por um cliente. A minha mão estava começando a suar e eu ficando ligeiramente constrangida. Afinal, estávamos de mãos dadas. Assim que entramos no meu quarto, solto sua mão e passo-as pelo corpete. — Fica à vontade. — digo. Fecho a porta e passo a chave. Viro-me para ele, que observava o meu quarto. — Quer alguma bebida? Posso... —  Não. A voz dele é grossa e firme.<
Leer más
Três
Antes que eu pudesse abrir os olhos, já percebia a falta dele na cama. O único rastro de sua presença, era o cheiro do perfume que ainda estava impregnado no travesseiro. Sorrio e passo as mãos pelo meu rosto, relembrando os melhores detalhes da noite passada. Ela havia sido única, maravilhosa e me renderia banhos longos. Pulo da cama e levanto o colchão. Pego a chave do cadeado e vou até o armário. Depois de abrir o pequeno cadeado, retiro uma lingerie, calça jeans e uma blusa de frio. Tranco-o e vou para o banheiro. Só tinha um chuveiro, uma pequena pia com um espelho acima e um vaso sanitário. Coloco minhas roupas em cima do vaso e vou para o chuveiro. Deixo que a água quentinha escorra pelo meu corpo e não mexo um músculo. Estava sentindo umas fisgadas no pescoço. Era como se Liam estivesse por ali, raspando sua barba, enquanto sua mão tocava a minha intimidade. Balanço minha cabeça e arfo. Por que estou pensando nele? Foi apenas um client
Leer más
Quatro
Quando voltamos da rua, elas estão falando sobre a noite passada. Chego no exato momento em que falavam de Liam. — O melhor da noite, foi o da Mad. — ergo a cabeça. — Ele pagou sessenta mil! — Grande coisa. — Ninguém paga sessenta mil, atoa. — Luna diz. — Mad tem algo de especial. Sorrio. — Af. Vocês puxam muito o saco dessa garota! — Cíntia exclama. — Ele deve ser retardado. — Ele é maravilhoso. — Eu sei quem ele é. — Carol murmura, comendo a batata em seu prato. —— Liam Evan White. Um baita empresário no ramo da música. Ele agencia uma banda teen. Hm. — Ele é casado? — Gabriella quis saber. — Parece que não. Ele tem apenas vinte e cinco. Se quiser saber alguma coisa sobre alguém que seja bastante famoso e viva na mídia, pergunte à Carolina. Ela conquistou com muito custo, a compra de um notebook. Uma garota de apenas dezenove anos, com seu sonho de poder entrar em uma faculdade e cursa
Leer más
Cinco
Eu não conseguia me mexer. Quem diria respirar. Ver aquele homem ali, na minha frente, fazia todo o meu sangue se esvair do meu corpo. Ele matou a minha irmã. Matou a minha pequena Tiffany. — Mad? — Gabi me sacudia. — Vamos sair daqui. Eu nem respondo. Apenas deixo que ela me puxe para longe daquele homem. Caminhamos para o outro lado do salão e eu fico parada ao lado de um poste de pole dance. Gabi diz que vai dar uma passeada, antes que Marta cisme com ela. Olho tudo à minha frente. Eram várias as mesas, com um tecido verde e um desenho de cartas. Em todas elas, havia pelo menos quatro homens. Todos gritavam muito. Boa parte estava bêbado e com uma mulher sentada em sua perna. Eu olhava rosto por rosto em busca dele. Quem sabe ele não gostasse desse tipo de jogo. Mas pelo que eu via, ele não se encontrava hoje. Será que ele volta? — Tiffany? — ergo meu olhar, e olho para Marta. — O que faz parada aí? —
Leer más
Seis
O dia seguinte foi pior. Minha mente insistia em me dizer que eu fui fraca, em ter simplesmente me deitado com o homem que havia matado minha irmã. Mas as opções que me era possíveis, era gritar aos quatro ventos o que havia acontecido e chamava a polícia ou simplesmente fazia o que fiz. Eu tomei um banho de quase uma hora e ainda sentia como se estivesse rolado em todas as sujeiras que existe no mundo. Não podia dizer que horas eram lá fora. Eu não conseguira dormir e muito menos ter forças para sair da cama. Gabriella, Juli e a própria Marta, vieram ao meu encontro milhares de vezes, com perguntas sobre a noite passada. Mas eu não as dizia nada. Parecia até que eu estava em estado de choque. Já devia ter mais de vinte e quatro horas que eu estava acordada. Meu estomago urrava de fome, mas eu não tinha forças para sair da cama. Na verdade, eu nem queria sair. — Chega! A porta é aberta com força, mas eu nem me mexo. — Levanta-se dessa
Leer más
Sete
— Entra. Obedeço-o prontamente. O apartamento dele era maravilhoso. Enorme. E pelas escadas que eu podia ver, tinha segundo andar. Caminho pela sala, indo até a enorme estante. Havia várias fotos, com muitas pessoas diferentes. Tinha com um casal mais velho, que supostamente seriam seus pais. Tinha com quatro garotos. Um tinha cabelo colorido. — É a banda com quem você trabalha? — pergunto. — Como sabe que trabalho com uma banda? Viro-me e o encaro. Ele estava parado perto da porta, com os braços cruzados. — Tem uma menina lá... que pesquisou a sua vida. Mas eu não pedi! — me defendo. — Acredito em você. Balanço a bolsa em minha mão e suspiro. — Então... vamos começar? — Para que a pressa? Não vamos a lugar nenhum hoje. Nem amanhã. Sorrio. Vou passar a noite toda com ele. Gostei. — Vamos conversar. — diz. — Oi? — Vamos conversar. — repete e desgruda da par
Leer más
Oito
Acordo sentindo uma respiração pesada no meu ouvido. Abro os olhos lentamente e vejo que estou no quarto de Liam. Não lembro de ter vindo para a cama. Lembro de beber vinho, comer pizza e assistir um filme de comédia. Como ele havia prometido. Agora vir para o quarto, não. Ele estava abraçado a mim de uma forma tão forte, que me faz pensar que qualquer coisa seria incapaz de nos desgrudar. Depois que lhe contei meu nome e o que havia acontecido, Liam não me fez pergunta alguma. Eu sentia que tinha sido precipitada em contar aquilo a ele tão rápido, mas meu coração estava em paz por ter finalmente falado sobre. Eu queria que fosse possível sair daquele abraço. Liam havia sido tão gentil comigo, que eu tinha planos de lhe fazer um café da manhã. Só para agradecer tal cavalheirismo. Mas ele não me soltava. O abraço dele era muito apertado. E bom. Depois de um tempo, eu desisto. Passo minha mão pelo seu braço e entrelaço meus dedos aos dele. Liam
Leer más
Nove
— OLHA QUEM CHEGOU!Assusto-me com a barulhenta recepção de Gabriella. Ela e as outras meninas estavam limpando o salão.— Oi. — sorrio e aceno. — Querem ajuda?— Claro que não. Queremos informações.— Ahhh, Gabi, eu estou cansada.— Ele é mesmo quem a Ca disse ser?Ela parece não se importar com o que acabei de dizer.— É. E muito mais.Elas ficam eufóricas e falam entre si. Aproveito a deixa e escapo para o quarto. Estava quase chegando, quando a voz dela me faz parar.— Fez tudo certinho?Reviro os olhos.— Direitinho, Cíntia. Não há nada com o que se preocupar.— E ele te pagou?Franzo o cenho e me viro.— Que?— Ele pagou os seus serviços?— Não. Deve ter resolvido tudo com Marta. P
Leer más
Dez
Eu observava de longe, enquanto Ryder falava com o filho. Nunca imaginei que veria esse tipo de coisa acontecer. Não atualmente.Quando percebo que o homem mandou que o garoto viesse até mim, termino de beber o drink em minha mão e deixo o copo de lado.Não sabia o que falar ou como agir com aquele menino tão inocente.Ele para na minha frente e eu lanço um sorriso encorajador.— Sou Ethan.Ele tinha uma voz rouca e fofa.— É um prazer conhecê-lo, Ethan. Podemos subir?— Já? — pergunta, assustado.Solto uma risada.— Não precisa se assustar. Só vamos sair daqui. Ir para um lugar silencioso.— Tu-tudo bem.Eu só conseguia achar graça daquilo.— Apenas me siga.Ethan pisca algumas vezes e assente.Caminho na direção da escada, capturando os olha
Leer más