Presente Divino

Presente DivinoPT

Dawn Rosewood  Recién actualizado
goodnovel18goodnovel
9.6
Reseñas insuficientes
132Capítulos
113.7Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Aria era a Luna da alcatéia Névoa de Inverno, famosa por suas conquistas em estratégia de guerra. Sua contribuição foi crucial para que sua matilha se tornasse o mais poderoso de todo o país. Tudo em sua vida deveria ser perfeito. ... Só que não era. Na verdade, a vida de Aria foi tudo menos um sucesso. Ela estava presa aos caprichos de seu abusivo companheiro Alfa e sua amante. Um companheiro que nunca a amou. Enquanto via o relacionamento deles crescer, suas opções eram fugir ou morrer tentando manter sua posição de Luna. Mas esta não é a história de como Aria mexe com o coração fechado de seu companheiro até que ele, finalmente, a corresponda. Não, esta é a história de como Aria morreu. Quando a oportunidade de voltar no tempo e tentar de novo a alcança... ela aceitará? ...Ou está fadada a reviver seus erros? "...E se eu recusar?" Perguntei hesitante. "Você permanecerá no Abismo, revivendo para sempre suas memórias terrenas." Minha mente recordou as imagens que me atormentavam, me mostrando como eu morria, uma vez e de novo e de novo. Sabia que era uma estratégia mental para que eu tivesse um gostinho de como seria se eu me recusasse. "Eu não quero ser Luna novamente... e eu não quero ser a companheira de Aleric," eu disse, surpreendendo até a mim mesma por estar negociando com uma Deusa. Mas eu não conseguia afastar a sensação de que algo parecia estranho. "Esse é o destino que eu escolhi para você." "Eu não aceito", argumentei. "Eu acho que há algo que você não está me dizendo. Uma razão pela qual você precisa tanto que eu volte." Ela ficou em silêncio, seus olhos prateados me olhando com cautela. "... Então eu estou certa," eu disse, entendendo o silêncio dela como confirmação.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
132 chapters
Capítulo 1
"Parece que todo mundo está aqui", disse Aleric, observando a multidão. "Estamos reunidos aqui hoje para testemunhar o julgamento de Ariadne Chrysalis, ex-Luna da alcatéia da Névoa de Inverno."Seus olhos percorreram os rostos de todos ao redor antes de finalmente repousar em mim."Você jura pelo nome da Deusa, Ariadne, que vai contar toda a verdade durante este julgamento?" perguntou.Encontrei seus olhos verdes penetrantes, um arrepio percorreu minha espinha. Como aqueles olhos me assombravam."Eu juro", respondi alto e confiante."E como você se declara?"Prendi a respiração, meu coração disparou no peito."Inocente”. ** Duas semanas antes **“Ela está grávida” Aleric me contou.Olhei para ele em choque, meu rosto empalidecendo. Meu companheiro destinado, o amor da minha vida, estava me dizendo que havia engravidado alguém. Alguém que não era eu.Foi como um soco no estômago. O vínculo do nosso compromisso fez o peso de suas palavras insuportável para mim e minha loba int
Leer más
Capítulo 2
Ela era vários centímetros mais alta do que meus 1,60m, cabelo loiro e olhos castanhos caramelo suaves. Thea era impressionante, qualquer um diria. Suas pernas longas e esbeltas estavam sempre visíveis, e suas roupas sempre acentuavam suas melhores características. Era fácil ver porque Aleric se apaixonou por ela."Ária!" ela me gritou.Estava no final do corredor na direção da sala de estar da comunidade, parecia estar esperando por mim. Mas não parei para falar com ela. Não, em vez disso, escolhi fingir que não a ouvi e saí em direção ao meu quarto."Aria, espere!" ela chamou novamente. Eu podia ouvi-la começar a correr atrás de mim rapidamente.Thea era a última pessoa com quem eu queria lidar nesse momento. Por que ela estava tentando colocae sal na ferida antes que eu tivesse tempo de processar completamente o que havia acontecido?Mas antes que eu pudesse chegar às escadas, sua mão agarrou meu pulso, me forçando a me virar para encará-la. E instantaneamente, eu rosnei brusca
Leer más
Capítulo 3
Um arrepio percorreu minha espinha. Eu conhecia bem essa expressão.... Ele estava furioso comigo.Eu imediatamente tentei me afastar dele, mas sabia que era tarde demais. Ele andou a passos largos e rapidamente agarrou meu pescoço em sua mão, prendendo-me contra a parede atrás de mim. E, instantaneamente, a dor alcançou meu ombro, onde atingiu a parede com força."Aleric... Por favor...", eu choraminguei contra seu estrangulamento, lutando para respirar.Sua mão afrouxou um pouco, mas apenas para garantir que eu o ouvisse corretamente.Era uma loucura, mas mesmo em um momento como este, o vínculo do companheiro ainda fazia faíscas irromper de onde sua mão tocava minha pele. Era doentio como uma Deusa podia fazer isso com seus filhos, fazê-los sentir essas sensações mesmo em uma situação como essa."Você acha que é tão importante que pode tratar Thea dessa maneira?" ele rugiu na minha cara."Aleric... ela veio até mim primeiro e𑁋.""Já chega!" ele me cortou. "Eu não quero suas
Leer más
Capítulo 4
A briga se desencadeou causando pânico em massa dentro da sala de reuniões.Todos rapidamente se levantaram para se afastar o máximo possível deles e da briga, mas não havia muito espaço para trabalhar. Em pouco tempo, rosnados e batidas eram os únicos ruídos ouvidos vindos do lobo do meu pai enquanto Aleric lutava contra ele em sua forma humana."Brayden!" Aleric finalmente gritou, ofegante pelo esforço da luta.Meu pai era forte, quase tão forte quanto Aleric. Era verdade que Aleric venceria no final durante uma luta cara a cara, mas meu pai o deixaria com ferimentos graves. Ele não seria derrubado facilmente.Brayden não hesitou nem por um segundo antes de agarrar meu pai por trás e jogar ele no chão. Junto com Aleric, eles usaram o peso de seus corpos para prender o grande lobo."Traga-me algemas de prata e leve-o para as celas imediatamente!" Aleric ordenou furiosamente a todos na sala.Todos se dispersaram rapidamente para obedecer ao Alfa, não querendo perturbá-lo ainda ma
Leer más
Capítulo 5
As celas eram frias, úmidas e sujas, desconfortáveis. Apenas uma cama, vaso sanitário e pia me foram dadas, sendo um único cobertor a única coisa para me aquecer. Havia espaço mínimo, cada cela com três paredes de pedra e grades ao longo da parede onde ficava a porta.Sete dias haviam se passado e então hoje, finalmente, eu iria ser julgada perante a alcatéia pelo meu suposto assassinato. Eu sabia que as provas estavam empilhadas contra mim. Na verdade, seria quase impossível para mim ganhar. A única esperança que me restava era que Sophie ainda estivesse viva. Se ela pudesse testemunhar dizendo que como eu estive dentro de meus aposentos a semana toda, tornando impossível ter envenenado Thea, então eles seriam forçados a aceitar a possibilidade de eu não ser a culpada."Levante-se," um guarda ordenou rispidamente do lado de fora da minha cela. Eu o reconheci. Seu nome era James e eu visitei sua família em várias ocasiões em nome dos membros classificados ao longo dos anos.
Leer más
Capítulo 6
"Ariadne é acusada de assassinar o herdeiro alfa com ervas venenosas", continuou Aleric. "Ao fazer isso, ela também pôs em perigo a vida de um de uma membro da alcatéia, Thea Woods. O julgamento de hoje examinará as evidências para determinar se ela é culpada desses crimes." Um suor frio se formou na minha nuca enquanto eu discretamente examinava com meus olhos o redor, tentando ver se conseguia localizar Sophie. Mas não consegui encontrar seu rosto familiar em nenhum lugar. Isso me deixou mais nervosa a cada segundo que se passava. "Você jura pelo nome da Deusa, Ariadne, que vai contar toda a verdade durante este julgamento?" Aleric perguntou, trazendo minha atenção de volta para ele. Encontrei seus olhos verdes penetrantes, um arrepio percorreu minha espinha. Como aqueles olhos me assombravam. "Eu juro", respondi em voz alta e confiante. "E como você se declara?" Prendi a respiração, meu coração disparado no peito. "Inocente." Um murmúrio perco
Leer más
Capítulo 7
A última fagulha de esperança que eu tinha dentro de mim morreu com suas palavras.Sophie me traiu, me expulsou e mentiu descaradamente para todos. Como ela pôde fazer isso comigo depois de tudo que passamos? Eu a amava tanto, confiava nela de todo coração, mas agora ela estava agindo como se eu não significasse nada para ela.Os olhos de Sophie começaram a se encher de lágrimas enquanto sua voz vacilava na multidão."Ariadne ficou perturbada com a notícia da gravidez da srta. Woods e eu vi como isso começou a corroer sua sanidade. E suas mudanças de humor eram ainda piores. Às vezes ela era tão doce, outras vezes ela mudava como um interruptor de luz, ficava irritada e zangada sem aviso.Eu não podia acreditar no que estava ouvindo. Ela estava pegando um pequeno incidente e ampliando-o, distorcendo-o com mais mentiras para se adequar ao discurso. Será que ela realmente não gostava tanto de mim esse tempo todo?"Ela me convenceu a tentar fugir com ela, mas agora sei que ela não me
Leer más
Capítulo 8
Estava frio. Não havia luz. Apenas a escuridão me cercava.Eu não tinha certeza do que eu esperava quando morri, lobisomens não pareciam ter nenhuma hipótese real sobre o que vem depois da morte. Tenho certeza de que os humanos pensariam que deveríamos ser lançados no inferno, todo o nosso ser sendo uma criatura oposta às formas de suas leis naturais. Mas não tínhamos nenhum pensamento ou valor sobre isso.Eu esperava que a Deusa me abraçasse e me conduzisse a portões perolados. Ela havia me abandonado em vida, eu só podia supor que ela me abandonaria também na morte.Fiquei enrolada na escuridão por mais tempo do que eu poderia dizer. Pareciam dias, ou mesmo anos, mas o tempo não parecia passar da mesma maneira aqui. Inferno, pelo que eu sei, pode ter passado apenas alguns segundos neste abismo eterno.Mas de repente, sem aviso, uma luz me cercou e eu comecei a cair.Ao meu redor haviam imagens das minhas memórias, flutuando por mim enquanto eu caía. Vi minha infância, minha mãe
Leer más
Capítulo 9
Havia um alarme tocando na minha cabeça. Era tão alto, batendo agressivamente contra meu cérebro já dolorido. Me virei para a fonte e abri os olhos, percebi que era um despertador. Um despertador que eu não via há anos. Imediatamente me sentei na cama e olhei ao redor. Este era o quarto da casa da minha família, o quarto em que vivi até minha maioridade. Tudo parecia exatamente igual. Foi tudo um sonho? Eu realmente tinha morrido? Pulei da cama, correndo em direção ao meu espelho e, instantaneamente, pude sentir a diferença quando me movi. Eu estava mais baixo, mais leve. Meus membros não pareciam tão musculosos. ...E eu me senti estranha. Como se algo estivesse faltando. Ao olhar para o meu reflexo, percebi rapidamente que eu era jovem. Muito mesmo. Minhas bochechas estavam mais carnudas e meus olhos mais redondos. As linhas de estresse que acumulei ao longo dos meus anos de maus-tratos desapareceram completamente. Eu parecia quase... bonita. Eu já tinha pensa
Leer más
Capítulo 10
Era exatamente como eu me lembrava. Mas suponho que era de se esperar, pois, em minhas memórias, vi este lugar pela última vez há apenas três anos. A escola consistia apenas de lobisomens. Na verdade, todo o nosso território era desconhecido para os humanos, tínhamos total sigilo e segurança. Passei pela multidão de crianças que estavam conversando em seus grupos, ignorando que eu estava lá, mas isso não me incomodou. Sempre foi assim na escola. Todo mundo ou me odiava ou tinha muito medo de falar comigo por causa da hipótese de que eu seria a futura Luna. Isso era bom. Eu estava sempre muito ocupada com os estudos para dar muita atenção a toda parte social. Entrei direto no prédio principal, cheio de confiança, antes de perceber que nem sabia para onde estava indo. Eu não conseguia nem lembrar onde era meu armário, muito menos quais eram minhas aulas do dia. Não era mesmo normal lembrar de tudo isso dez anos após ter vivido. Desajeitadamente, peguei meu diário esco
Leer más