O Noivo da mãe

O Noivo da mãe PT

Dado Martins  Completo
goodnovel18goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
58Capítulos
949leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Fabiane pegou uma corrida num aplicativo de carro conheceu o homem mais incrível de sua vida! Eles tiveram a noite mais arrebatadora e sensual que ela poderia lembrar! Ela só não podia imaginar que aquele motorista misterioso era noivo de sua narcisista mãe! E que por detrás desse noivado, existia um acordo que sua mãe não estava disposta a abrir mão, muito menos cumprir!

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
58 chapters
O plano
Fabiane tirou a calcinha e jogou na cama. Aquele vestido não pedia uma calcinha.Ele se moldava sob seu corpo delgado dando aparência sexy e arrebatadora.Até a data de hoje ela havia ficado calada, vendo as loucuras e maldades da mãe.Dessa vez ela veria quem era Fabiane e que também sabia chamar atenção quando queria. Não gostava de escândalos, porém seria isso que ela faria na festa de cinquenta e cinco anos de sua mãe.Elas nunca tiveram bom relacionamento e nunca ligou em não ser convidada para nenhuma de suas festas fúteis, mas naquela ela queria ir!Ahh como queria!Dez anos haviam se passado sem que elas tivessem algum tipo de contato físico. Ela não se importava e tinha certeza que a mãe também. Dez longos anos!Olhou sua imagem no espelho e fez uma leve careta.Ela era muito parecida com sua mãe.
Leer más
Um encontro mais que inesperado
Fabiane tirou a calcinha e jogou na cama. Aquele vestido não pedia uma calcinha.Ele se moldava sob seu corpo delgado dando aparência sexy e arrebatadora.Até a data de hoje ela havia ficado calada, vendo as loucuras e maldades da mãe.Dessa vez  veria quem era Fabiane e que também sabia chamar atenção quando queria. Não gostava de escândalos, porém seria isso que ela faria na festa de cinquenta e cinco anos de sua mãe.Elas nunca tiveram bom relacionamento e nunca ligou em não ser convidada para nenhuma de suas festas fúteis, mas naquela ela queria ir!Ahh como queria!Dez anos haviam se passado sem que elas tivessem algum tipo de contato físico. Ela não se importava e tinha certeza que a mãe também.Dez longos anos!Olhou sua imagem no espelho e fez uma leve careta.Ela era muito parecida com sua m&
Leer más
Não resistindo a tentação
Oscar fitou sua boca. Ela tinha uma boca carnuda e aquele batom realçava mais ainda a sensualidade dele. Ele engoliu em seco tentando se concentrar no percurso. Ah, aquela boca, pensou ele desnorteado, sentindo que estava entrando numa batalha vencida. O carro parecia agora que estava em chamas e sentia seu corpo arder. Seria perceptível o que ele sentia?Ela encarava aqueles olhos escuros querendo ter coragem de dizer o efeito dele sobre ela.- Fica tranquila sou apenas um motorista...Fabiane não sabia como, mas, ouviu-se dizendo:  -Eu acho você muito atraente e acho um desperdiço eu estar sentada aqui atrás!Pronto! A coragem dessa vez veio a galope e ela percebeu quando seu olhar passou de confuso para surpresa. Seus olhos tinham agora adquiriu um brilho perigoso. Um olhar felino!Ela estava saindo para fazer um escândalo na festa da sua mãe, porque não ser atrevida com aquele ho
Leer más
Percebendo a loucura da paixão
Tremendo, ambos nada diziam. Estavam apenas mergulhados naquele prazer que os havia transportado para o mesmo lugar.Ela queria dizer algo, mas o que dizer?Ofegantes eles se beijaram e ela deitou a cabeça sobre seu ombro forte.Ele acariciava suas costas devagar.Apertando sua pele, sentindo a textura e percebendo a loucura que havia feito.Oscar cheirou a desconhecida e mordeu levemente seu ombro.Ela estava calada, mas ele percebeu que ela também estava assustada com o que havia acabado de acontecer com eles.Ele tirou os cabelos dela de seu rosto bonito e a beijou novamente.Era tudo o que ele queria:Beijar aquela mulher!E aquilo foi seu maior erro, pois ele de novo sentiu seu sangue correr por suas veias e seu membro ficar completamente ereto novamente. Ele esperava as carícias daquela mulher e ela como uma gata no cio correspondeu ao beijo e de novo os dois estavam se agarrando e trans
Leer más
Um trabalho de risco
Oscar não podia acreditar!Adorou ter aceitado ficar no lugar de seu amigo de faculdade. Eles haviam apostado que ele nunca suportaria uma noite trabalhando como motorista de aplicativo, afinal um cara que era um dos melhores advogado do país, filho de uma tradicional família de advogados, jamais aceitaria aquele trabalho.Juan teria que passar a noite no hospital com sua esposa, que acabara de ganhar o quarto bebê do casal e eles haviam rido imaginando Oscar como motorista. O amigo havia falado que ele nunca aceitaria ou aguentaria a função. E ele acabou aceitando para ganhar a aposta e ajuda.Ele sabia que suportaria. E talvez até fosse divertido. Tudo para não ir a uma determinada festa!Olhou para fora da janela vendo o movimento. Pessoas de todo tipo indo e vindo. Ser motorista era até mais tranquilo que ser advogado. Então ele estava tirando de letra e podia dizer que estava at&eac
Leer más
Quem será ela?
Oscar estacionou o táxi na garagem do amigo.Estava suando e nervoso.As últimas horas haviam sido bastante emocionantes e tensas. E ele não pôde dizer que estava arrependido!Ele havia dado graças a Deus quando sua passageira misteriosa havia deixado o táxi e ido embora. Mas a bandida havia retornado ao táxi e jogado em seu colo uma calcinha.A bendita calcinha agora estava no bolso de sua calça, fazendo-o lembrar da noite incrível que tivera com ela. Uma das melhores horas de sua vida.Mas e se elas tivessem realmente algum parentesco com Marlene Costa?Marlene nunca havia falado de filhas ou sobrinhas.A vida daquela mulher era um mistério.Ele poderia facilmente descobrir. Bastavam algumas perguntas aqui e ali.Ponderou que ele jamais se interessou por sua vida, sua família, pouca coisa sabia dela. E aquilo não era bom. Seu avô s
Leer más
Reencontrando a mãe
Fabiane chegou à festa e foi recebida por um rapaz que abrira a porta do apartamento.Ele ficou olhando para ela parecendo reconhecê-la.Logo atrás dele Fabiane ouviu a voz melodiosa de sua mãe.Ou odiosa?-Robby meu lindo, quem chegou?O rapaz que se chamava Robby nada respondeu e deu passagem para que ela passasse e ficasse bem de frente a mãe.A fisionomia dela foi de espanto a raiva, mas ela disfarçou rápido.Ela era assim...Dissimulada.E só quem conviveu com ela sabia desse seu lado. Ela conseguia passar de furiosa para uma mulher doce e serena. Aquilo sempre deixava Fabiane com medo e depois extremamente irritada, pois com isso a mãe se passava por a boa pessoa e ela a filha mimada e incompreensiva.E lá estava ela, bem ali na sua frente e como sempre Fabiane ficou nervosa. Tentando disfarçar ela passou pelo rapaz que agora olhava
Leer más
Antigas mágoas
Mas sua mãe estava nesse momento rindo e conversando com um grupo de pessoas.Fabiane se aproximou.- A gente precisa conversar mamãe.- Depois meu anjo, depois... Eu tenho que entreter meus convidados...- Agora Marlene!Fabiane falou firme olhando na direção das pessoas que começavam a perceber sua presença.Forçando um sorriso ela continuou falando somente pra mãe ouvir:- Ou quer que eu comece a falar aqui mesmo? A mãe sorriu, mas Fabiane sabia que queria esbofeteá-la.Pegando-o pelas mãos e a conduzindo para seu escritório, ela foi abrindo caminho no meio das pessoas fazendo uma piadinha aqui e ali.Alguém perguntou se ela iria apresentar a nova convidada e ela apenas respondia que depois.Empurrou gentilmente a filha pra dentro do escritório. Fez um sinal para Robby, que apareceu de repente e fechou
Leer más
A descoberta
Oscar massageava a fronte enquanto conversava com seu amigo pelo celular. Morria de dor de cabeça.- Não Oscar, ninguém telefonou querendo falar contigo!Comentou Jean rindo.-Hei é a terceira vez ou mais que você me pergunta se alguém te procurou! E eu já te respondi que não...  Riu e ele pode ouvir o choro do bebe ao fundo.- Vê lá hein amigão, a Marlene vai te matar...Só em ouvir aquele nome a dor de cabeça aumentava e ainda teria que ir à casa dela mais tarde para almoçar. Como não havia ido a sua festa de aniversário, decidiu ir para evitar algum tipo de problema no futuro.- Você conheceu alguém naquela noite, só pode cara. Vai, me conta! Só não me diga que transou no meu carro que eu te mato!O amigo riu do comentário e ele riu também.Se e
Leer más
Mãe e filha
Marlene sentou fazendo sinal para que os outros a imitassem.Oscar esperou Fabiane sentar e se pôs na frente de ambas.Se não fosse o corte de cabelo diferente e algumas décadas da mais velha as duas mulheres a sua frente eram parecidas. Mas a filha tinha um brilho diferente, a doçura, meiguice e sensualidade que a mãe jamais teria. Ele adorava o jeito de olhar e em como colocava os cabelos por detrás da orelha. Ou como agora apertava as mãos numa cena clara de nervosismo.Ele queria ficar a sós com ela.Abraça-la e explicar todo aquele mal entendido. Mas sabia que nada poderia ser explicado!Mas ele não suportava ver aquele olhar de desprezo e ódio que ela lhe lançava.- Oscar meu amor irei precisar de sua ajuda. Eu vendi a casa que era minha e do pai de Faby e preciso que a parte dela seja...Fabiane a interrompeu:- A casa não era sua m
Leer más