O Livro dos Desejos

O Livro dos DesejosPT

Dan Yukari  Completo
goodnovel18goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
129Capítulos
2.3Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Após uma breve e conturbada temporada na agitada Nova York, a escritora de romances adultos Sky decide recomeçar, buscando novos sonhos e inspirações. Vagando por diversos lugares diferentes, a jovem se apaixona por uma velha e solitária casa na pequena e aconchegante cidade de Camden, no Maine. Pela primeira vez depois dos eventos turbulentos na cidade grande, a ruiva sente que pode se estabelecer em um lugar e voltar a sua grande paixão, a escrita. A coisa fica ainda melhor quando ela encontra sobre uma mesa no interior da casa, um caderno com suas páginas em branco e uma caneta. Parecia um sinal de boa sorte. o verso da capa, pequenas e estranhas anotações: "Os personagens aqui criados serão mais que simples imaginação. Escreva se tiver coragem. E encare as consequências". Deveria ser apenas uma brincadeira – pensara a escritora. No entanto, o tom desafiador reacendera a chama da inspiração que parecia ter se apagado. Era tudo que a jovem precisava. Antes que percebesse, lá estava Sky novamente mergulhada em mundos de romance e erotismo. Que consequências teriam excitantes histórias que apenas tinham como objetivo deixar seus leitores molhados?

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
129 chapters
Prólogo
Serenity Sinclair. Apelido: Sky.Com um nome como Serenity, talvez apelidos fossem desnecessários, mas tão logo a doce garota de cabelos cor de fogo começara a escrever, ainda na adolescência, percebera que a melhor forma de não ser massacrada pela crítica era usar perfis fakes e um nickname para manter sua identidade segura.Funcionou. Por um tempo.Na adolescência a garota escrevera dezenas de contos, todos românticos e sonhadores. Mas tão logo perdera a inocência com um amigo da escola, notara que seus pensamentos e sua arte caminhavam para um novo nível, algo mais quente e molhado, com palavras e ideias que nem todos aprovavam.Fora nessa época que nascera Sky, escritora de romances eróticos com um blog super visitado, elogiado e vulgarizado por homens, apreciado e criticado por mulheres. Havia todo tipo de leitores e o melhor era
Leer más
I - Um novo começo
A linda ruiva reduzira a marcha do Jeep Renegade logo depois da curva que a colocava na longa ladeira que era a Avenida Kennedy. Normalmente dirigia em baixa velocidade e gostava de apreciar as coisas por onde passava, fosse uma árvore, um animal ou uma criança brincando em um quintal. Ao contrário de quando era criança, seus cabelos agora eram muito claros e ela reforçava a cor com pinturas. Havia aprendido a gostar de seu estilo ruiva e sexy após a adolescência. Os olhos verdes, que já eram claros, tinham ficado ainda mais claros com o passar do tempo e sobre isso não havia o que fazer. Ainda não conhecia a cidade, mal sabia o caminho até sua nova casa, mas encontrar uma loja de produtos femininos de qualidade já estava em sua lista de prioridades. De qualquer forma, da primeira vez que estivera ali com a corretora, podia jurar ter identificado uma discreta loja de bebidas e torcia para se lembrar bem do lugar. Aquela noite pretendia degustar um bom vinho ao pé da
Leer más
II - Amor e outras drogas
Sky saíra do armazém abraçada às duas garrafas que havia ganhado. Tinha de admitir que aquilo parecia um sinal de boa sorte, conhecer gente simpática e ganhar presentes logo que chegara na cidade. E teria de voltar ali para provar a comida de Elliott ou fosse lá quem cozinhasse naquele lugar. Porém, nem tudo parecia ser sorte. A garota mal dera dois passos e pisara em falso, desequilibrando para a frente. Antes mesmo que soltasse as garrafas para tentar se equilibrar de volta, sentira quando uma sombra a envolvera. Mãos fortes e quentes a seguraram com firmeza pelos ombros, a mantendo em pé até que recuperasse o equilíbrio. Do fim da longa avenida abaixo, uma lufada vento soprara, esvoaçando seus cabelos e carregando diversas folhas secas pela calçada. —Essa foi por pouco – dissera a ruiva, apertando as duas garrafas contra os seios com o braço esquerdo enquanto levava a mão direita até a face para mover a mecha de cabelos cor de fogo que o vento colocara sob
Leer más
III - Sexy Notes
Sky seguia pela trilha entre as árvores ouvindo The Black Eyes Peas no rádio e pensando em como seria sua rotina do dia seguinte em diante. Certamente os primeiros dias seriam agitados, teria de ir à cidade comprar coisas novas para a casa e fazer anotações de tudo que precisava ser consertado.Contudo, calculava que dentro de um mês as coisas estariam resolvidas, aí então a vida seria de pura tranquilidade. Isso se sua mãe não decidisse aparecer. Joana, ou como preferia ser chamada, Melody, estava sempre disposta a fazer todo o possível para canalizar as energias do ambiente e isso significava mudar tudo que Sky organizava para um lugar diferente.A ruiva costumava pensar que ela era o mar calmo e sua mãe o tsunami. De qualquer forma, não podia negar que as coisas sempre ficavam bem no final.Logo após o portão de entrada da proprie
Leer más
IV - Primeira noite na casa nova
A jovem escritora vira sua inspiração retornar de forma mágica ao ter aquele caderno em suas mãos. Não era de seu feitio escrever manualmente. Como toda garota de sua geração, anotava o mínimo possível em papel com caneta. Até as listas de compras eram digitadas no celular ou notebook. Porém, não conseguia deixar a esferográfica de lado quando começava a esboçar um novo livro. Escrevera até adormecer exausta. Havia sido um dia longo e conturbado. Acordara com o som da campainha. Abrira os olhos devagar e percebera que sequer tinha apagado as luzes do quarto. A primeira coisa de que se lembrara fora do caderno de anotações e quando não o vira em lugar nenhum, se sentara na cama apavorada tentando lembrar onde o havia guardado. Felizmente Sky tinha um jeito simples de organizar as coisas e lá estava o caderno na gaveta do enorme criado-mudo com o abajur de cor creme ao lado da cabeceira. Ouvira novamente o som da campanhia na porta e deduzira, contra a vontade,
Leer más
V - Desejos à flor da pele
—Não sou casada – respondera a garota – Na verdade, comprei a casa tem pouco tempo e moro sozinha. Gosto de espaço, solidão, privacidade. E todos os ambientes têm câmeras que registram tudo vinte e quatro horas por dia a fim de garantir minha segurança no caso de assalto ou coisas assim.—Câmeras escondidas? – comentara o advogado varrendo cada canto da cozinha com o olhar – Devo dizer que a ideia é genial, mas acho um desperdício uma mulher tão linda gostar tanto de solidão como diz.E lá estava o sujeito lançando seu charme irresistível novamente. Era como um predador que caçava por prazer e não escondia as presas. Sky sabia para onde aquele jogo de flertes seguiria e era exatamente o que desejava. Contudo, não havia mais um coração indefeso para ser partido em seu peito.—Quer um pouco? &nd
Leer más
VI - Lábios molhados e surpresas
As bolas também eram grandes. O saco, completamente depilado, fora o primeiro ponto de parada da garota com sua língua sedenta de desejo. Sky não pretendia demorar muito por ali. O tempo continuava correndo e o que desejava era aproveitar como se o mundo fosse acabar dali meia hora, ainda mais depois que sentira aquele colosso pulsando entre seus dedos.A boca gulosa e insaciável da ruiva explorara cada centímetro em menos de um minuto. Sky não sabia dizer exatamente o tamanho daquele maravilhoso brinquedo para adultos em suas mãos, mas a julgar por outros amigos com quem já estivera, calculava uns vinte e quatro centímetros. E a grossura se destacava entre os maiores que já tinha visto!A chupada durara menos de cinco minutos. A intenção da mulher era apenas o deixar lubrificado o suficiente para que, ao se sentar, as coisas rolassem sem problemas. A calcinha já estava
Leer más
VII - Gênios que não batem
Ângela Sant’Anna Del’Aventura. Quando ouvira o nome pela primeira vez, Sky precisara se controlar para não rir. De alguma forma, para a escritora, aquele parecia o nome de alguma protagonista de novela mexicana.Contudo, a verdade era um pouco mais complicada e séria.Agente Del’Aventura. O título não fazia o nome parecer menos engraçado.Ângela, como pedira para ser chamada, era uma agente do FBI e segundo explicara brevemente, estava à frente de uma operação para capturar o homem com quem a ruiva havia passado a noite.Quando ouvira que o advogado com quem transara era procurado pelo FBI em três estados, acusado de oito homicídios, Sky começara a ponderar se havia tomado a decisão certa na noite anterior, pouco antes de aquele belo espécime de homem bater à sua porta.Entretanto, não conseguia se concentra
Leer más
VIII - Inspiração perigosa
—Estamos lidando com um assassino. Chegamos aqui após muito trabalho e investigação de muitos profissionais. Pessoas morreram porque não podemos prever o futuro, então, independentemente do que acredite, sorte ou não, está viva e não teremos mais mortes nesse caso – respondera rispidamente.—E quanto à última garota que mencionou? – perguntara Sky.—A encontramos no porta-malas do carro. Não chegamos a tempo para ela.Por fim, a mulher vestindo roupas negras saíra, caminhando no chuvisqueiro em direção à SUV que a esperava. Todos os demais agentes já aguardavam em seus veículos. Sky continuava em pé à porta da frente da casa, agora vestindo calças, blusa de moletom e chinelos.De braços cruzados, via os veículos manobrando e deixando a propriedade. Esperava que aquele evento
Leer más
IX - O assustador poder do Sexy Notes
Após Ângela e sua equipe deixarem a residência, Sky subira para o quarto e se agarrara ao Sexy Notes. Passara a chamar aquele estranho caderno pelo nome de seu antigo blog, pois a única coisa que restara do que havia feito tinha sido o título com letras douradas na capa. A ruiva mordia o lábio inferior de leve, nervosa, curiosa, pensativa. Fechara os olhos e ficara assim por mais de trinta minutos com o livro colado ao peito em um abraço. Se dizia todo o tempo que não estava louca. Era uma mulher jovem e saudável, plenamente no controle de suas faculdades mentais. Não havia dúvidas, ela sabia que tinha escrito grande parte da cena junto de Ricardo naquele caderno. O encontro, a transa, tudo correra perfeitamente até a equipe do FBI surgir em sua casa. Agora, tudo que restava era a certeza de que havia transado com um assassino serial. A confusão em sua mente se dava quanto ao poder daquele caderno. Tudo o que havia escrito tinha acontecido. Contudo,
Leer más