Tirana

TiranaPT

Blue  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
22Capítulos
553leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Priscila Hunter, carrega na alma o peso da maldade humana, desde muito cedo teve que aprender a conviver e a crescer para que pudesse cuidar da irmã gêmea e assim para fazer com que sua irmã não poder saber da maldade do mundo quanto tempo durasse , mas então o tempo passou e as duas tiveram que crescer e desenvolver passos para longe uma da outra. Priscila acabou se tornando algo que nunca quis ser, uma pessoa que não tinha verdade de outra, realmente um verdadeiro soldado de guerra e guarda dentro do peito toda maldade que ela causou e de todas as pessoas que ela tirou vidas, sempre fiz o que pude para que sua irmã pudesse ter uma vida boa, uma vida longe de tudo aquela maldade e se sacrificou por isso, mas mesmo que tenha feito coisas horríveis Por Amor, não esperava que a vida pudesse voltar para cobrar um preço alto demais pelo que ela fez, às vezes a vida é como se fosse um restaurante, nunca vamos poder sair sem pagar a conta e ela vai descobrir de uma forma cruel quando uma tempestade de olhos verdes vier para buscar Vingança pelos seus erros do passado e Priscila vai ter que aprender que às vezes a vida é mais do que cruel, ela é tirana...

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
22 chapters
Sinopse
Priscila Hunter, carrega na alma o peso da maldade humana, desde muito cedo teve que aprender a conviver e a crescer para que pudesse cuidar da irmã gêmea e assim para fazer com que sua irmã não poder saber da maldade do mundo quanto tempo durasse , mas então o tempo passou e as duas tiveram que crescer e desenvolver passos para longe uma da outra. Priscila acabou se tornando algo que nunca quis ser, uma pessoa que não tinha verdade de outra, realmente um verdadeiro soldado de guerra e guarda dentro do peito toda maldade que ela causou e de todas as pessoas que ela tirou vidas, sempre fiz o que pude para que sua irmã pudesse ter uma vida boa, uma vida longe de tudo aquela maldade e se sacrificou por isso, mas mesmo que tenha feito coisas horríveis Por Amor, não esperava que a vida pudesse voltar para cobrar um preço alto demais pelo que ela fez, às vezes a vida é como se fosse um restaurante, nunca vamos poder sair sem pagar a conta e ela vai descobrir de uma forma cruel quando uma
Ler mais
Capítulo-1- Solidão Ou Liberdade
Pov- PriscilaPriscila- O problema da guerra , na verdade é saber como ela muda a gente, depois de muito tempo indo para várias guerras e matando pessoas, eu acabar deixando boa parte da minha alma a cada corpo que eu teria que deixar para trás e no final das contas eu era apenas uma casca vazia que não podia sentir mais nada, Pelo menos era isso que eu tava mostrar pelo lado de fora do meu corpo, pelos meus olhos que ainda parecia ter um certo tipo de brilho, a única coisa que isso me salvar das pessoas ficarem fazendo várias perguntas eram rosto infantil e o jeito de falar, minha voz mais fina do que uma mulher adulta como e por isso as pessoas acreditavam que eu era uma pessoa gentil e bondosa, que eu era uma criança caridosa ou uma adolescente feliz.O problema da maldade humana é que ela acaba ficando impregnada na alma da gente, como s
Ler mais
Capítulo-2- Fardo
Pov- Priscila.Priscila- Eu estava deitada olhando para o teto enquanto esperava que o sono pudesse chegar, mas durante esse tempo todo eu estava pensando nos olhos daquele homem quando olhou para mulher que acabou caindo logo depois que eu atirei contra ela, tenho certeza absoluta de que vou ficar com o fardo na consciência por toda minha vida de ter tirado o amor da vida daquele homem mas, isso não significa que eu me arrependo do que fiz até porque eu atiraria nela outra vez pois eu tenho certeza absoluta de que aquela mulher iria atirar contra mim e contra minha irmã Gisele poderia ser a minha irmã mais velha mas isso não significa que eu queria que ela pudesse ficar viva, eu acabei voltando de Cartagena com apenas uma única bala na minha arma, era a única bala que eu tinha para colocar na cabeça daquela mulher e não pensei duas vezes em fazer isso para sal
Ler mais
Capítulo-3- Sem Coração?
Pov- Priscila.Priscila- Depois de tomar a minha xícara de chá, eu me sentei no sofá olhando para a televisão que estava falando sobre o jornal local, pelo menos assim eu teria paz o suficiente para pensar na minha vida, era pelo menos um pouco de liberdade que eu teria para pensar em uma forma de sair da cidade eu sei que aquele cara poder vir atrás de mim porque para falar a verdade estava tão cansada que é outra coisa que eu queria era ter paz e também parar de ficar correndo das pessoas.Eu ainda não sei o nome daquele homem que tentou salvar Gisele, mas para falar a verdade ele não passava de Um maluco na minha visão que poderia fazer qualquer coisa para ter uma boa vida e ainda assim estava fazendo graça por causa de uma mulher psicopata que tentou uma Paulo e o pior, ainda estava fazendo de tudo para se vingar de mim por ter salvo sua vida, eu sabia q
Ler mais
Capítulo-4- Pesadelo?
Pov- Priscila.Priscila- Eu olhei para a rua durante alguns minutos, Eu estava olhando para o lado de fora para ter certeza absoluta de que o carro da polícia não iria voltar atrás de mim, com sorte ninguém havia me visto então estaria segura pelo menos por enquanto.Eu não sabia que estava acontecendo naquele beco mas pelo menos tinha certeza absoluta de que aquela mulher estava bem, eu acho que era prêmio o suficiente para mim por enquanto, Não tenho certeza mas pelo menos eu não iria conseguir dormir durante a noite sabendo que eu poderia ter feito alguma coisa se tivesse deixado que aquele homem pudesse ter feito aquilo com ela mas querendo ou não eu vou acabar dormindo mais uma noite como outra morte anotada na minha lista de mortes que já estava se arrastando atrás de mim. Aquela lista enorme que estava pensando na minha consciência como se eu foss
Ler mais
Capítulo-5- Acidente
Pov- Priscila.Priscila- Olhei para a janela vendo as pessoas andando de um lado para outro como se o mundo fosse a coisa mais perfeita do mundo, eu tenho que admitir que o mundo era lindo, ele era perfeito, o mundo era maravilhoso, mas infelizmente eu acabei aprendendo muito cedo que os humanos é a doença desse planeta e nós somos as únicas criaturas criadas por Deus que fica feliz com as morte do nosso semelhante ficamos felizes com a tristeza e a humilhação que nós mesmos fizemos para alguém que é igual a nós.O tempo estava muito ruim do lado de fora eu tinha certeza absoluta de que a chuva não iria parar tão cedo mas pelo menos assim iria diminuir as chances de alguém cantar vir atrás de mim, Pelo menos eu gostava do tempo chuvoso porque tinha uma coisa boa, não ser encontrado aí também acho você entra pagava meus rastros pois eu sempre fui uma pessoa p
Ler mais
Capítulo-6- Quase
Pov- Priscila.Priscila- Ele começou a me puxar pelo cabelo para fora do ônibus pelo vidro e aquilo estava doendo tanto e cortando tanto a minha pele que eu quase gritei de dor, apenas fechei meus olhos quando as lágrimas estavam ardendo enquanto eram derramadas pelo meu rosto.Ele forçou meu corpo para fora e logo em seguida me jogou fazendo para poder se bater de costas na lataria outra vez, antes que eu pudesse perceber e levantou a mão e acertando um soco no rosto que automaticamente fez com que eu pudesse cuspir sangue pelo fato de ter acabado cortando a minha gengiva.Puxou meu cabelo fazendo com que pudesse levantar a cabeça para cima e olhar para o seu rosto, ele estava se aproveitando do fato que eu não conseguia me defender porque estava muito machucada porém eu não ia desistir, comecei a passar a mão pelas minhas costas para te
Ler mais
Capítulo-7- Loucura
Pov- Priscila.Priscila- O delegado olhou para o marido da minha irmã e não falou nada, mas eu tinha certeza absoluta de que ele estava escondendo alguma coisa de mim, minha irmã também estava olhando estranho para eles porque ela também queria saber o que estava acontecendo e parecia mais perdida que cego em tiroteio, infelizmente Presciliano era desse jeito, ela não via maldade nas pessoas e só conseguia enxergar a bondade e por isso ela acabou sofrendo muito quando eu éramos crianças.Eu passei a mão pelos meus cabelos olhando para a criança que estava dormindo apenas esperando que o delegado pudesse parar de ter aquela conversa silenciosa junto com Adrian, eu queria que eles pudessem me dizer o que estava acontecendo aqui porque não queria que eles escondem mais as coisas de mim eu já estava com um assassino na minha cola e principalmente aquele cara Ent
Ler mais
Capítulo-8- Instinto
Pov- Priscila.Priscila- Olhei para o lado e lá estava ele, seu olhar completamente cruel na minha direção e por instinto eu entrei na frente para que seu olhar não pudesse entrar em contato com a criança, eu queria ter certeza absoluta de que esse cara não iria conseguir chegar perto dela porque era minha responsabilidade de mantê-lo seguro e eu vou fazer qualquer coisa mesmo que curte a minha vida para que essa criança possa ser feliz. Ele ficou quase cinco minutos olhando para mim parado perto da porta para que não pudesse se aproximar de mim eu respirei fundo fechando as mãos em punhos porque tinha que fazer alguma coisa para proteger o bebê, mas eu não podia desviar os meus olhos dele porque queria ter certeza absoluta de que não iria me machucar ou machucar a criança agora que eu ainda não tinha tanta força para me proteger. Ele ficou parado até q
Ler mais
Capítulo-9-Realidade?
Pov- Priscila.Priscila- Destruído, eu acordei na manhã seguinte desse jeito e sentindo meu corpo assim,Eu estava novamente com a camisola no meu corpo então diria que ele basicamente ele depois que terminou, eu acabei dormindo de cansaço e ele colocou a camisola em mim novamente, senti alguma coisa arder na minha raiz quando olhei para o lado vendo o bebê acordado com a chupeta na boca e brincando com o meu cabelo. Olhei para o lado percebendo que estava sozinha mas o quarto não era o mesmo que eu estava dormindo na noite passada quando eu acordei, então vai ficar mente aquele cara acabou se pegando durante a noite esperando que eu pudesse dormir aqui depois do que aconteceu e pelo fato de estar com as pernas doloridas e meu ventre ardendo Então significa que ele ficou em cima de mim durante a noite toda , eu só vou descansar quando o senhor já estava quas
Ler mais