Gravidez inesperada

Gravidez inesperadaPT

Renata Gonzaga  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
65Capítulos
39.8Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Isabelly Blanc é filha do dono de uma empresa de carro, mais como seu relacionamento com seu pai nunca foi dos melhores quando se refere a negócios, ela tomou a iniciativa de trabalhar na empresa de Henry Benet, um dos solteiros mais lindo e cobiçados de Londres, a quase três anos que ele tem uma paixão por a senhorita Blanc, mais a mesma era comprometida lhe deixando em uma situação de completo respeito por seu relacionamento. um homem de poucas palavras, mais nenhum pouco arrogante como muitos CEO. mais as coisas são diferentes do que esperamos, Isabelly finalmente fica solteira lhe dando passagem para uma abordagem, mais algo esta errado com a mesma, quando ela passa mal em sua sala .

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
65 chapters
prologo
Isabelly Blanc é filha do dono de uma empresa de carro, mais como seu relacionamento com seu pai nunca foi dos melhores quando se refere a negócios, ela tomou a iniciativa de trabalhar na empresa de Henry Benette, um dos solteiros mais lindo e cobiçados de Londres, a quase três anos que ele tem uma paixão por a senhorita Blanc, mais a mesma era comprometida lhe deixando em uma situação de completo respeito por seu relacionamento. um homem de poucas palavras, mais nenhum pouco arrogante como muitos CEO. Mais as coisas são diferentes do que esperamos, Isabelly finalmente fica solteira lhe dando passagem para uma abordagem, mais algo esta errado com a mesma, quando ela passa mal em sua sala.
Ler mais
cap 1
 As vezes me pergunto... por que passei dois anos da minha vida com o Richard, nos não eramos o casal perfeito que nossos pais tanto sonhava, e achei um alivio quando ele me disse que iria embora e que não tinha mais como nos ficarmos juntos, na verdade queria ter soltado fogos, mais seria muito exagero. então agora cá estou eu, me arrumando para ir para uma boate, lá será minha volta para o mundo dos solteiros, solto meus cabelos pretos que vai ate a cintura e por ultimo passo o batom. estou pronta para pegar algum gato na festa. chamo o uber e passo as coordenadas da boate, minha amiga lice já esta me esperando la. "Gata tu arrasou na produção em? Pergunta já cheirando a álcool  Entramos e vamos direto para o bar, hoje esta bem lotada, as pessoas cantam e dançam bem agitadas, peço uma BLOOD MARY, só para começar. Ele adivi
Ler mais
cap 2
 já se passou um mês que fiquei com o Henrique, não fui mais na boate dele, não vou me apegar a mais ninguém, já basta o tempo que passei com o Richard, visto minha saia e minha blusa social.  Hoje temos um almoço com os sócios da empresa, tenho que esta apresentável, depois de arrumada vou para a garagem e pego o carro, a roupa esta mais apertada do que imaginei, não tinha nem prestado atenção que estou engordando, tenho que voltar para minha dieta. depois de uns minutos chego na empresa, falo com as meninas na recepção e com alguns colegas de trabalho, ate mesmo os zeladores, por que eles também são colegas de trabalho, se não fosse eles não seriamos nada, por que eles quem deixa tudo brilhando e cheiroso para nos.   Subo para o ultimo andar e vou ate a sala da minha amiga, ela esta com cara de poucos amigos, pel
Ler mais
cap 3
Henry  Vejo ela sair da sala e então me apresso para entrar no elevador junto com ela, no almoço o Caleb falou uma coisa que achei bem interessante. "So descobri que kate estava gravida da Perola por ela ter passado mal na faculdade, mais ou menos assim, ela correu para o banheiro e então fomos eu e Lorena atrás" Fala sorrindo se lembrando do momento, assim que soube que seria pai, ele mudou completamente, começou a trabalhar e hoje toma de conta de fechar negócios, hoje a Perola esta com dois anos. aquelas palavras dele me chamou muita atenção, por que soube que ela não esta mais namorando, qual a possibilidade dela esta gravida, passei o dia pensando sobre isso, e quando a vi sair para ir embora achei a oportunidade de perguntar, sei que não tenho nada haver com sua vida, mais precioso saber se tenho a
Ler mais
cap 4
A conversa entre eu e Henry flui naturalmente, ele rir das coisas que eu falo até mesmo quando não fazem muito sentindo para mim, sei que ele conhece minha família por ser do ramo de negócios também, ele em nenhum momento tocou no assunto, eu também não me interesso muito por sua família. "Eu quero falar uma coisa para você" Ele diz e meu corpo fica tenso, não quero ser demitida agora, tenho que completar pelo menos cinco anos de trabalho para mostrar para meu pai que eu posso conquistar minhas coisas, ele respira fundo duas vezes e eu fico pensando o que eu fiz de errado. "Faz muito tempo que quero falar isso para você, mais eu nunca achei uma oportunidade boa o suficiente para fazer isso" Meu corpo fica tenso, ele respira fundo mais duas vezes e então segura minha mão que estava pousando no sofá" Sabe quando entrou no meu escritório a primeira vez, a três anos atrás... Eu fiquei admir
Ler mais
cap 5
 Ela sem dúvidas é a mulher mais corajosa e perfeita de todas, sua pele macia, seu olhar que me domina a cada investida que dou nela, seus gemidos são músicas para meu ouvido, estoco mais uma vez e ela chega ao ápice, não demora muito e sinto meu orgasmo se aproximar também, dou mais duas investidas fundas e gozo, ela estava de quatro, saio de dentro dela e tiro o preservativo, dou um no e enrolo num pedaço de papel e jogo no lixo, ela está deitada de bruços, me aproximo dela e deito ao seu lado, ela está calada olhando para um ponto fixo. "Aceita tomar um banho comigo, ou essa é a hora que você manda eu ir embora e esquecer isso? Pergunto e ela se vira para mim, seu sorriso me chama a atenção "Eu aceito tomar banho com você" Ela levanta e caminha devagar até o banheiro, sigo ela, a mesma já está embaixo do chuveiro, olho ela pas
Ler mais
cap 6
 Eu sabia que a Isa não queria precipitar as coisas entre nos, mais ela não tem noção o quanto eu espero por isso, terminei de organizar algumas pastas no computador e então minha secretaria avisou que o senhor Blanc tinha chegado, sai da minha sala e fui para a sala de reunião esperei alguns minutos ate ele entrar na sala acompanhado de sua esposa. "Que prazer receber o senhor e a senhora aqui" Digo indo ate o casal "Fiquei curioso com a proposta que o senhor me fez senhor Bennett" Ele fala olhando para todo o ambiente  "Vou deixar os senhores cuidado de negócios e vou ver minha filha... se me dão licença" Ela sai da sala deixando apenas eu e seu esposo, mostro uma cadeira para ele que logo senta, me sento de frente para ele, começo a falar o que tinha imaginado para uma
Ler mais
cap 7
 O dia já começou uma maravilha para mim, além de ter experimentando uma dúzia de roupas e nenhuma ter ficado boa, ainda estou com uma dor de estômago terrível talvez por ter comido um hambúrguer na janta, já acordei com ânsia de vômito, hoje por mais que eu queira muito não vou conseguir trabalhar, nada para no meu estômago.  Tentei falar com o Henry durante a noite mais ele não me atendeu, ontem tive uma emergência e não  pude ir em sua sala para me despedir. Minha irmã como a louca da família estava aprendendo andar de moto e caiu, acabou quebrando o braço e fraturando duas costelas, mal tive tempo de arrumar minhas coisas e sai correndo para o hospital, ele deve está pensando várias coisas no momento.  Depois de horas deitada já me sentia melhor, preparei um suco natural de laranja e até que ficou bem agradável
Ler mais
cap 8
 O silêncio no carro estava insuportável, assim que descemos do carro ele veio me ajudar, subimos para meu apartamento e já tirei meu salto logo em seguida. "Você comeu alguma coisa hoje, pelo visto sua cozinha está intocável" Ele fala abrindo a geladeira, se eu não estivesse com tanta dor de cabeça eu acharia engraçado "Não, eu não estava muito bem" Falo e ouço seus passo vindo da conzinha "Você acha que o ser humano vive de que? "Apenas de brisa? Pergunta me fazendo sorrir  Era evidente sua preocupação comigo, sento no sofá e bato no lugar vazio para que ele faça o mesmo, ele parece pensar por alguns segundos até vim até mim e sentar onde indiquei. "Quero pedir descu
Ler mais
cap 9
 Quando entrei no quarto ela já estava dormindo, então resolvi deixar ela dormir um pouco para ela poder descansar, meu celular tocou no bolso da minha calça então fui atrás dele, quando finalmente consegui pegar ele o mesmo já tinha parado de tocar, o nome que apareceu na tela me fez respirar profundamente, eu não estava com paciência para essa conversa agora, então apenas joguei o celular no sofa, vesti a calça e fui ate a sacada do apartamento, o vento bateu forte em meu rosto, os dias estava frios, uma das épocas do ano que mais gosto.   Fiquei um bom tempo observando o movimento da rua, meu celular mais uma vez começou a tocar, sera que ele não desisti, já estava ficando mais estressado, ele não tem o direito de me roubar e ainda ficar me enchendo o saco, varias vezes chamei ele para vim trabalhar comigo, mais não, ele preferiu a vida fácil e as noites de mulherada e
Ler mais