Minha Rosa

Minha Rosa PT

SOSdrica123  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
24Capítulos
791leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Livro 2 Trilogia Feras Primeiro livro: Minha Fera Vênus e uma garota cheia de vida e luz, sua vida não podia ser melhor, tinha uma família amorosa, poderes sensacionais e um ex melhor amigo gato. Warrior nunca imaginou que iria achar sua companheira naquele laboratório e que iria fazer de tudo para mante-la segura,inclusive se afastar dela e a fazer lhe odiar. Duas pessoas que passaram por altos e baixos para ficarem juntas e que descobrirám que o passado nem sempre fica escondido.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
24 chapters
Capítulo 1
Vênus POV Olho pela janela do avião e penso se estou fazendo a coisa certa, há dois  meses atrás recebi uma carta de aceitamento na faculdade Juilliard em nova York.Fiquei super feliz com a notícia, convenci meus pais de me deixarem ir para lá e agora estou dentro do avião indo para a casa de meus tios, Julian e América.Minha mãe me faz prometer que não iria para outro lugar a não ser lá. Pelo que meus pais me contaram, a tia América salvou a vida da minha mãe no passado e elas se tornaram amigas depois. Já meu pai se tornou amigo dela, quando ela precisou da ajuda dele para salvar Warrior.Warrior, esse nome traz más lembranças para mim. Quando éramos crianças vivíamos grudados, mas com a chegada de seu aniversário de 10 anos, nossa amizade acabou.Ele simplesmente chegou em mim e falou que não queria ser mais meu amig
Ler mais
Capítulo 2
Quando o carro para em frente à casa, eu literalmente babo! A casa é simplesmente a porra de uma mansão, desço do carro e fico encarando ela até ouvir um risinho de deboche.Me viro para Warrior vendo ele me olhar divertido. Sem eu ver dou um sorriso para ele que balança a cabeça e volta ao sei atual olhar de raiva.Não sei porque mais me sinto um pouco chateada por isso, dou um suspiro e ando em direção a porta da frente.Warrior abre a porta e logo vejo tia América beijar a bochecha do mesmo, que sorri de modo carinhoso para ela. Um sorriso que eu não recebo dele desde os 6 anos!Depois de cumprimentar o pessoal tia América vem até mim e me dá um forte abraço, a abraço de volta cheirando seu pescoço e sentindo o cheirinho doce que ela exalava.Tia: pelo visto você não perdeu a mania de cheirar as pessoas quando abraça - comenta rindo.Sinto meu rosto esquentar e coloco as
Ler mais
Capítulo 3
Assim que acordo no dia seguinte percebo a besteira que fiz ao deixar que Warrior me carrega-se. Ele nunca mais falou ou se importou comigo depois daquele dia, quando fez 10 anos.Me estico na cama procurando a coragem para levantar e depois de uns dois minutos consigo. Vou no banheiro, faço minha higiene e escolho uma roupa que dê para ir ao shopping. Tenho que comprar meus matérias já que as aulas começam semana que vem e também tenho que  comprar uma moto já que a minha ficou em casa.Escolho uma blusa branca de ombro a ombro e uma saia preta acima dos joelhos. Pego também meus tênis branco e estou pronta.Saio do quarto e ando em direção a cozinha onde encontro todos sentados e comendo.Comprimento tia América e tio Julian com beijos na bochecha, Shado com um tapa na nuca e os outros com acenos.Me sento e começo a comer, pensando em qual moto irei comprar.Tia: ent
Ler mais
Capítulo 4
1 semana depois Nessa semana que se passou, em nenhum momento encontrei Warrior, para a minha sorte!Hoje é meu primeiro dia de aula e eu estou quase subindo pelas paredes de ansiedade.Shado: será que dá pra parar de andar de um lado para o outro? - pergunta raivosa.Eu: não, não dá! - digo andando em direção ao guarda-roupa - só de saber que eu não conheço ninguém, da um arrepio na barriga.Shado: nossa obrigada por me chamar de ninguém! - murmura se jogando na minha cama - e para sua sorte você está no nosso grupo, e nós somos os populares da escola. Ou seja você será automaticamente popular!Paro para pensar no que ela disse e vejo que é verdade, mas mesmo assim ainda da um medo e uma ansiedade danada.Finalmente e para a felicidade de Shado, acho uma roupa que eu goste. Coloco um vestido preto rodado até as coxas, uma jaqueta preto por cima
Ler mais
Capítulo 5
Warrior olha para Dom de uma forma que eu nunca pensei que veria. Ela exala raiva por todos os poros de seu corpo, Dom sorri ladino e me puxa para si, colocando um braço possessivo ao redor da minha cintura.Warrior: acho melhor largar ela peixinho - fala dando um pingo de sarcasmo e raiva na última palavra.Dom: e se eu não quiser soltar sanguessuga? - fala me apertando ainda mais contra ele - você não pode fazer nada, estamos em público.O olhar de Warrior passa de mim a Dom repetidas vezes, enquanto seus amigos estão tentando o acalmar temendo algum problema ou pior, uma briga em público.Cançada e com raiva dessa afronta besta, empurro Dom e saio andando deixando os dois me olhando com cara de tacho!Bufo enquanto pego meus matérias, não sei porque Warrior se manifestou daquela forma, ele nunca, nunca agiu comigo daquela forma, até quando éramos amigos ele sempre agia como um príncipe n
Ler mais
Capítulo 6
Acordo sentindo meu pescoço dolorido e meu corpo pesado, me sento devagar na cama, me lembrando da noite anterior e meu rosto toma uma coloração vermelha.O chupão em meu pescoço mortra que a noite anterior não foi um sonho. Warrior realmente se alimentou de mim e ainda me fez ficar exitada.Depois de me recompor, vou ao banheiro e faço minhas higienes. Visto uma regata com um short Jeans preto e me preparo mentalmente para sair do quarto.Quando a coragem chega abro a porta e vejo o corredor vazio. Vou andando lentamente até a cozinha e quando chego vejo toda a família reunida, até Júpiter que tinha ido viajar.Eu: bom dia - falo me sentando em frente à Warrior, já que o único lugar disponível era ali.Todos: bom dia.Começo a comer tentando não olhar para o homem a minha frente que me encara com a mesma cara fria de sempre. Não sei porque ainda me surpreendo!T
Ler mais
Capítulo 7
Depois daquele dia no barco Warrior passou a me ignorar e até mesmo vem me tratando mal.Hoje eu voltaria para a faculdade, estou muito ansiosa para ver Dom. Eu e ele sempre conversávamos por mensagens e até por chamadas de vídeo.Termino de me arrumar e gosto do resultado, meu look se resumia em um top branco e um macacão vermelho. Nos pés resolvo colocar uma botinha/cuturno vermelho de saltoPeguei minha mochila e saio do quarto, indo para a cozinha, minha família me olha quando chego e um assobio é ouvido.Shado: Caralho mulher, você tá gostosa pra caramba - fala com a boca aberta - se arrumou assim só pra ver o Dom né sua safada.Coro com sua fala e me sento ao lado de tia América, olho para Warrior e o mesmo me olha com cara de mau. Abaixo o olhar e começo a comer, quando acabo, escovo os dentes e vou em direção a garagem.Coloco a chave na ignição da minha moto e vou em di
Ler mais
Capítulo 8
Deitada na banheira, começo a pensar em o porquê de as pessoas serem tão fúteis. Aquela garota com certeza poderia ter um futuro brilhante se parasse de arranjar brigas, uma hora ou outra ela ia se dar mal e hoje foi esse dia.As vezes o ser humano sabe ser burro!Suspiro fechando os olhos tentando tirar os pensamentos da minha cabeça e dormir, mas a  porta do banheiro se abre e Warrior entra furioso.Warrior: como você teve coragem de fazer aquilo Vênus - grita enfurecido e vermelho - a garota ficou cega de um olho e ainda teve 80% do rosto queimado.Eu: oras essa era a intenção- murmuro ainda o olhando cínica- ela uma hora ia se dar mal por ser como era e hoje  foi seu dia de sorte. Não vou deixar uma simples humana me humilhar.Termino de falar o olhando seria, Warrior parece que viu um fantasma, sua boca se abre, mas nada sai. Sei que posso ter parecido aquelas vilãs de contos de
Ler mais
Capítulo 9
Saio do táxi e encaro a porta da casa de minha mãe, confesso que estou com medo dela pensar mal de mim pelo que fiz.Bato e em uns segundos minha mãe abre a porta me olhando com carinho, largo minhas malas e pulo em seus braços. A abraço forte matando a saudade que estava dela, minha mãe também me abraça e nos seus braços posso dizer que esqueci de todos os meus problemas.Me afasto lentamente e olho para ela que sorri para mim.Eu: estava com saudades mamãe - murmuro.Mãe: eu também meu bebê - faz carinho na minha bochecha - agora posso saber o que a senhora aprontou para estar tão triste!?Sorrio minimamente e passo as próximas duas horas explicando desde a minha chegada, até ontem e em momento algum mamãe me interrompe.Mãe: bom, o que você fez foi errado meu amor - fala me fazendo abaixar a cabeça- eu no seu lugar teria torcido o pescoço dela.Arregalo os olh
Ler mais
Capítulo 10
XX: Olá minha VênusTenciono meu corpo ao ouvir a voz do meu tão amado admirador secreto. Coloco minhas mãos por cima das suas em minha cintura e olho para cima.Um suspiro de insatisfação rasga meus lábios ao ver um rosto coberto por uma máscara preta.Coloco meu nariz em seu pescoço e tento sentir seu cheiro como faço ao abraçar as pessoas, mas não sinto nada. Provavelmente ele está usando um feitiço.Eu: quem é você ? - pergunto com a esperança que ele me diga pelo menos seu nome - por favor pelo menos me diga seu nome.XX: eu sou só um homem tentando conquistar sua amada - fala me deixando com o rosto quente - e pode me chamar de amor!Olho chocada para ele e escuto seu riso, tiro seus braços da minha cintura de viro de frente para o mesmo.Eu: ok se não quer me
Ler mais