A filha do magnata

A filha do magnataPT

Jandira Padre  En proceso
goodnovel18goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
38Capítulos
2.6Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Apesar de não cumprir com nenhum dos requisitos do anúncio, Tessa é contratada para ser a mais nova babá da herdeira de Collin Greenford, um magnata londrino severo que preocupa-se apenas com o seu estatuto e à sua riquesa. Indignada com a forma como ele negligencia a sua filha, Tessa propõe-se a aproximá-los, o que ela não esperava era deparar-se com segredos torpes e grandes conflitos escondidos pela família.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
38 chapters
Secção 1
Londres, Inglaterra. Ano de 2016 O homem à minha frente recosta-se no espaldar da sua poltrona executiva giratória e solta o seu quinto suspiro desde que eu lhe entregara o meu currículo e a carta de recomendação escrita à mão. No seu rosto havia uma expressão sisuda que denotava impaciência. __ Teresa Drumong.__ ele pronuncia o meu nome com rispidez.__Em circunstâncias normais eu teria jogado à sua candidatura ao balde do lixo, nunca vi um currículo tão pobre em toda à minha vida. Estou a quase vinte minutos dividindo o mesmo cómodo com ele, e é a primeira vez que me fita, seus olhos estão carregados com uma mescla de desaprovação e aborrecimento.Eu não o respondo. Foi à sua tia, madre superiora do orfanato " Our Lady of Fatima", que me recomendara para ele. Eu estava sendo entrevistada
Leer más
Secção 2
A alguns quilômetros de Cotswolds, Inglaterra;Depois de horas sentada no banco traseiro do elegante suzuki sx4 cinza, o chofer do Senhor Greenford finalmente para o carro. Meio atordoada, contemplo a casa monstruosa erguida no topo da montanha, onde a estrada alcantilada terminava. Uma construção em estilo gótico-vitoriano, com várias extensões numa mistura excêntrica de estilos e eras. __ Chegamos senhorita. O homem de cabelos preto, mas já grisalho com um corte "estilo militar" declara após descer do carro e abrir à porta para mim, de modo cavalheiresco. __ Obrigada. Desço do carro engolindo em seco e olho com mais atenção para a casa que chamarei de lar durante os próximos meses, enquanto o chofer retira de dentro do porta-bagagens minha mala vintage retrô. Aquela não era uma mala de que eu pudesse me orgulhar. Era velha e possuía inúmeros selos postais puídos, sem contar no tanto de ferro
Leer más
Secção 3
O relógio marcava sete e meia da noite. Batidas irromperam pelo cómodo, enquanto eu terminava de fechar o zíper da saia lápis cinza. Eu estava com a mente vaga, a ameaça de Génesis não parava de rondar pela minha cabeça. Caminhei até à porta e abrí-a, dando de caras com lady Armstrong.__ O Senhor Greenford acabara de ligar para avisar que não poderá voltar para casa hoje devido a uma viagem de última hora. Então, mais uma excepção será aberta para Senhorita hoje. Poderá sentar-se à mesa da sala de jantar para acompanhar à menina Génesis. Ela proferiu as palavras de forma ácida. Somando dois mais dois era possível chegar a conclusão de que Génesis não era a única que estava incomodada com à minha presença.__ Está bem, lady Armstrong. Juntarei-me a menina em breve.Ela dá-me as costas e encaminha-se para a direção oposta a do meu quarto, mas acaba detendo-se no caminho.__ Pelos vistos terei de falar com a costureira para que lhe ceda
Leer más
Secção 4
De manhã, eu fui informada que teria de acompanhar novamente a senhorita Génesis durante à refeição. Eu estava sonolenta e com leves olheiras que me proporcionavam um ar de cansaço. As manchas avermelhadas na minha pele estavam camufladas com um cropped de gola alta e manga longa.Mas, não era de todo um problema usar aquela peça. O dia amanhecera frio e o céu escuro ameaçava uma chuva fina.Dirigi-me até a sala onde seria servido o desjejum, encontrando a movimentação das copeiras, e Génesis de pé a um canto, perto da janela, conversando com lady Armstrong. Quando a mais velha notou à minha presença murmurou-lhe algo, e de seguida fitou-me com uma expressão séria.__ Bom-dia, miss Drumong. Está atrasada para o desjejum. Eu olhei as senhoras terminando de ajeitar as xícaras de porcelana com o cenho franzido.__ As copeiras ainda não terminaram de organizar a mesa.__ pontuei.__ A senhorita também é uma funcionária, não deve achar
Leer más
Secção 5
Embora eu tivesse a plena noção de que Collin Greenford era o patriarca da mansão em que eu me encontrava, a mim ainda soara como uma grande novidade vê-lo adentrando pela porta principal. Ele mantinha o telefone em uma mão e na outra segurava a valise preta. O seu cabelo castanho escuro estava bagunçado, e no momento vestia um terno preto de três peças que o deixara bastante elegante, embora o nó da gravata estivesse desfeito e o colarinho desabotoado. __ Senhorita Tessa.Ele pronunciou o meu nome num tom surpreso. Guardou o telefone no bolso da sua calça e fitou-me com atenção.__ Boa-noite, senhor Greenford. É um prazer revê-lo. Afirmo com um sorriso polido.__ Senhorita Drumong? A voz de lady Armstrong soou bem atrás de mim. Eu virei-me para o lado, vendo-a caminhar até nós.__ Oh! Senhor Greenford, eu não sabia que já se encontrava em casa. Ela aproximou-se dele às pressas e recebeu à sua valise
Leer más
Secção 6
Eu abandonei o quarto da senhorita Génesis com à sua frase martelando em minha cabeça, fiquei boquiaberta com o que dissera e não soube o que lhe responder no momento, restando-me apenas a opção de desejar-lhe um "boa-noite" pesaroso e retirar-me.__ Senhorita Drumong?Lady Armstrong chamou-me quando estava prestes a adentrar o quarto. Soltei um suspiro discretamente e virei-me para ela com um sorriso que não condizia com o meu estado de espírito.__ Deseja alguma coisa, senhora?Ela passou as mãos por cima do uniforme com cuidado, tentando não demonstrar a curiosidade avassaladora que parecia lhe entorpecer a alma.__ Nada de mais. Vi que acabara de sair do quarto de Génesis, ela já está dormindo?Eu fitei-a com o sobrecenho franzido.__ Não, ela está lendo um livro. Mas, creio que daqui a nada irá deitar-se. Porquê?Ela empinou o nariz de forma
Leer más
Secção 7
Embora eu não fosse uma exímia apreciadora de matemática ou de qualquer outra área que envolvesse muito esforço mental, eu havia me dedicado para explicar sobre composição e decomposição de números naturais à menina Génesis, ainda tendo de carregar o fardo de ter as palavras de lady Armstrong ecoando pela minha cabeça.__ Então... Qual é mesmo a diferença entre a composição e a decomposição?Pergunto a ela como forma de revisarmos uma última vez e de afastar os sentimentos ruins que começava a nutrir por aquela mulher desagradável.__ A composição é a junção de dois ou mais elementos que quando unidos ou subtraídos formam um só e decomposição é quando decompomos em dois ou mais elementos um número natural.Fito-a com um sorriso.__ Muito bem, alguma dúvida relacionada a matéria?Ela repousa o queixo na palma da mão e nega com a cabeça.__ Se quiser pode tirar um
Leer más
Secção 8
Um silêncio perturbador tomava conta da sala de jantar enquanto a copeira chegava com um prato de salada de folhas mistas, salpicadas de nozes, damascos e pedaços de salmão defumado.O Senhor Greenford ligara minutos atrás para avisar que não dormiria em casa, pois tivera uma viagem de última hora a Veneza. Pelos vistos as suas viagens de última hora são bem recorrentes já que não pareceu gerar surpresa aos empregados ou à sua filha.Eu entendo que ele é um homem muito ocupado e importante, algo que se reflete em suas vestimentas elegantes e moradia pomposa, mas seria bom se ele dedicasse também um pouco de tempo a filha. Mas quem sou eu, uma mera babá que acabara de chegar para opinar?__ O que acha de eu pegá-la amanhã, depois das suas aulas para irmos passear? Podemos ir ao shopping ou ao cinema.Génesis larga os talheres ruidosamente e fita-me com um grande sorriso, mas logo volta a conter-se e olha para o
Leer más
Secção 9
Com os olhos semicerrados leio o título do livro que Génesis acabara de me entregar, no seu rosto havia uma expressão de divertimento. __ O que é isso?__ pergunto com a minha feição evidenciando a confusão que sentia. Génesis revira os olhos ainda mantendo o belo sorriso. __ É um livro, Tessa. Não é óbvio? Ela caminha até à sua cama e senta-se à beirada. __ Eu sei que é um livro, mas por quê está me oferecendo? Soltando um suspiro, ela bate com a palma da mão no espaço ao seu lado chamando-me para sentar ali. __ A Senhorita confidenciou-me que tem dificuldades para ler, por isso estou-lhe oferecendo esse livro, ele é bastante especial para mim. Foi minha avó materna quem mo ofereceu para me honrar pelo meu sétimo aniversário, nele havia uma bonita carta de despedida.__ assinalou ela com um brilho nos olhos. Eu franzi levemente os lábios, confusa.__ Carta de despedida?__ Quan
Leer más
Secção 10
Eram quatro horas da tarde e um quarto quando Génesis chegou da escola, vestida com o uniforme de educação física e com o rosto denotando cansaço. Ela abriu um sorriso quando me viu à sua espera no foyer.__ Boa tarde, Tessa.O abraço que ganhei seguido do seu cumprimento deixou, não só a mim, como também lady Armstrong, que descia as escadas, boquiaberta, com a demonstração de afeto espontânea.__ Boa tarde, pequena pupila.__ sorri-lhe, retribuindo o abraço.__ Pelos vistos o dia na escola foi bom.Ela afastou-se com um sorriso no rosto.__ Tenho algo para lhe mostrar!__ exclamou entusiasmada.Com um leve pigarro, lady Armstrong fez-se notar, parada no último degrau da escadaria.__ Boa-tarde, menina Génesis.Sem um pingo de ânimo Génesis respondeu ao seu cumprimento:__ Boa-tarde, lady Armstrong.__e olhando-me de volta, inquiriu:_
Leer más