O pior geminiano

O pior geminianoPT

Ludmila Bahia  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
35Capítulos
806leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Marcelo pode ser quente como o sol ou frio como o gelo. Meu chefe é um geminiano idiota. Minha irmã diz que as arianas gostam de se aventurar sem pensar muito nas consequências. Então, ou meu mapa astral está muito errado ou estou sem tempo para isso. Em dois anos vi diversas mulheres tendo seus corações partidos por Marcelo, sinto pena delas e, por isso, para o meu bem me blindei. Sei que não preciso entendê-lo, mas... realmente quero. Talvez com isso consiga amenizar a aceleração no meu coração que ocorre toda vez que o vejo.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
35 chapters
Capítulo 1
Eu desejo que Marcelo F. Moreira morra!O meu chefe é o cara mais idiota do mundo. Eu não deveria estar fazendo o papel de babá dele, não importa o quanto ele diga que irá me pagar por esse "favor", que não é o primeiro que tenho que fazer fora do horário de meu expediente, já que esse idiota não pode ver uma mulher linda e gostosa.Eu tenho certeza que o “F” abreviado no cartão de visitas dele não é de Farias, mas sim de filho da puta.— Obrigada — agradeço à motorista do Uber, reforçando o pedido para que ela me espere.Parece que meu chefe não entende que não possuo uma carteira de motorista e muito menos tenho um ve&iac
Leer más
Capítulo 2
Se tem uma coisa que amo é ser carioca. Como amo essa cidade. Adoro todo o ar boêmio e vívido que ela possui. Morar em Santa Tereza foi uma das minhas melhores escolhas. Eu tenho uma lista grande de porquês para ser feliz aqui. Aliás, eu tenho várias listas, para tudo, uma mania que acabei adquirindo na época da faculdade de Administração e que só piorou com minha segunda graduação em Secretariado Executivo.Puxo uma mecha do meu cabelo, próxima da orelha, e a enrolo ao redor do restante, prendendo-o por completo em um rabo-de-cavalo improvisado. Amo os meus cabelos soltos, ele é escuro, crespo e volumoso. Seu comprimento vai abaixo dos meus ombros. Eu o mantenho preso o dia todo por causa do trabalho, mas quando chego em casa ou saio ele se torna livre, assim como eu. Acontece que está muito calor e a po
Leer más
Capítulo 3
Hoje o dia começou muito complicado. O senhor Edson, pai de Marcelo e nosso chefe, está no escritório. Ele chegou cedo e não houve nenhum contratempo até ele descobrir que Marcelo não deu as caras. Logo hoje, véspera da viagem. O Sr. Moreira está no meu pé desde a hora do almoço para que eu localize o filho, porém ele não atende ao telefone. Já enviei inúmeras mensagens no WhatsApp, SMS, e-mails e nada de Marcelo.Confesso que estou um pouco preocupada. Marcelo vive em noitadas e até onde eu sei tinha compromisso marcado com uma fulaninha na noite passada, sobre a qual não sei nada. Também não é meu dever saber. Puxo uma mecha dos meus cac
Leer más
Capítulo 4
O café da manhã em família foi maravilhoso, com direito a minha amada mortadela e outras gostosuras que fartavam a mesa. Tudo estava ocorrendo bem. As conversas fluíam entre todos nós. Havia um interesse sobre o meu trabalho, ultimamente, e a vida corporativa. Adriana, minha irmã, sempre ficava responsável por nos contar histórias que presenciou durante sua atuação clínica. Havia as mais tensas e as mais bonitas. Sem dúvida ela é uma médica excepcional, sempre tentando dar o seu melhor, pelos seus pacientes e por sua equipe. Ou seja, orgulho puro.Quando o pai dela, meu padrasto, colocou a mão no peito e fez uma cara de dor, eu pensei que fosse algum tipo de brincadeira, mas os instantes seguintes revelaram o que realmente estava acontecendo. Eu paralisei. Tudo transcorreu em câmera lenta para mim
Leer más
Capítulo 5
— Para ser sincera, não. Contudo, não será por muito tempo. Com certeza minha irmã está planejando me encontrar alguém bem interessante e que combine com meu signo.Marcelo solta uma gargalhada alta, recompõe-se e me olha seriamente para logo em seguida voltar a rir de novo.— Ela é bem fissurada nisso de signos, não é?! Lembro-me de você ter comentado, mas não sabia que ela agora era casamenteira. Seria bom se ela encontrasse uma boa mulher para mim — ele brinca, mas sua expressão se fecha.— Você é de gêmeos, ela nunca entregaria alguém para ter o coração destruído por você.Ele desliza um sorriso pregui&
Leer más
Capítulo 6
Eu poderia sonhar com qualquer pessoa, com o Padre Fábio de Melo ou até com o Faustão, mas não com o Marcelo. Não faz sentido nenhum!Estou andando de um lado para outro desde que me levantei esta manhã. Penso e repenso em busca de respostas para esse sonho repentino. Não encontro nada. Quero ligar para a minha irmã, mas contar a ela não vai me ajudar em nada, Adriana só irá falar um monte de coisas que nem quero imaginar.E, então, tomo a decisão de ligar para única pessoa que pode me entender nesse momento: minha amiga do ensino médio, Carolina.— Carol? — Minha voz soa cansada. Estou exausta e mal levantei da cama. Que sentimento Leer más
Capítulo 7
Marcelo passa por mim presenteando-me com um sorriso preguiçoso.Ele está acompanhado de uma mulher que é muito bonita por sinal. Eles se dirigem para os fundos do bar, enquanto eu evito continuar olhando para os dois.Com tantos bares no centro do Rio de Janeiro, ele escolhe o mesmo que eu?Que azar! Volto para minha mesa um pouco frustrada, experimentando aquele sentimento de ter sido pega no flagra quando você sabe fazer algo legal na sua vida particular e as pessoas não sabem. Bem, agora sabem.— Arrasou, amiga. Gente, você samba muito! — Brenda se volta para minha cadeira toda empolgada e continua. — Até o seu chefe parou para te ver sambando.&mda
Leer más
Capítulo 8
Quando acordo ao som do terrível galo do despertador, tenho medo de que tudo o que vivi na noite anterior não tenha passado de um sonho esquisito. No entanto, ao olhar para mim com as mesmas roupas e sapato, percebo que a chance de ter sido tudo real é bem grande. Minha cabeça ainda está doendo, não sou muito forte para a bebida.No lado de fora ainda está escuro e minha irmã não chegou do plantão. Quero ligar para Carol, mas ela me mataria se eu fizesse isso agora, às quatro da manhã.Tomo o café da madrugada depois de um bom banho. Me arrumo com cuidado, optando por um vestido leve. Capricho na maquiagem mais suave do que o normal, além de colocar o meu melhor perfume e um hidr
Leer más
Capítulo 9
  Os dias seguintes passaram rápido, firmando a certeza de que eu tinha feito a escolha certa ao me mudar para a casa da minha mãe. É incrível como mãe cuida da gente de outro modo, melhor do que podemos cuidar de nós mesmos. Não tinha percebido o quanto sentia falta de seus cuidados. Graças a ela, nunca senti falta de um pai biológico. Dentro do que podia, Zé Carlos, meu padrasto, supriu essa necessidade. Existem muitas coisas que nos distanciam, como o fato de eu ser uma lembrança de um período em que ele esteve separado da minha mãe. No entanto, com o passar do tempo, aprendi a compreendê-lo.Não nego que houve ocasiões em que necessitei muito mais de um afeto paternal, mas o carinho e o cuidado de minha irmã e mãe abrandavam o vazio.Leer más
Capítulo 10
— Um compromisso? — Marcelo pergunta curioso enquanto garçons passam de um lado para outro atendendo as outras mesas.— Sim. — Não quero meu nome sendo envolvido em mais fofocas, então não dou detalhes.— É uma pena. Pensei que poderíamos sair para algum lugar e nos divertimos. Mas já que tem um compromisso, deixa para outro dia.Percebo que Marcelo tem me convidado mais vezes que o normal e eu só recuso. Ele dá uma rápida olhada na tela do celular e sorri de um jeito que não entendo. — Mas, pensando bem, ainda temos quarenta minutos do seu horário de trabalho, acho que você não poderia recusar já que até lá ainda
Leer más