Emilly

EmillyPT

Autora-Web  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
95Capítulos
1.8Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Ser do mundo apenas faz parte do direito de exercer a liberdade, e não me confundam com libertinagem, sou até mais criativa que isso.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
95 chapters
Prólogo
🌼Emilly🌼E mais um dia ralando pra levar o sustento pra mim e pro meu filho de 2 anos meu príncipe Gael meu parceiro da vida ,moramos de Aluguel no morro da Maré Eu vendo água no sinal e as vezes vendo bala ,ou até mesmo faço uns salgados e doces pra vender no portão da minha casa A pensão que meu filho ganha do pai mal dar pra comprar as coisas dele ,mas ele acha que a merreca que ele dar, sustenta meus luxos Vai eu não trabalhar ,acorda as 05:00 da manhã e vim pro sinal vender minhas coisas não, nos mulheres gastamos muito ,como nos vai luxar com 200 reais de pensão?isso não dar nem pra uma compra do mês imagina pagar salão Esses homens tem cada ideia que eu fico indignada.Eu e o pai do meu filho nunca se demos bem ,por isso que estamos separados,se separamos quando eu tava grávida de 5 meses do Gael Ele vivia na farra não tinha hora pra chegar em casa ,me chifrava eu grávida dentro de casa e ele nem aí Até que eu cansei passar por isso arrumei minhas coisas toda
Ler mais
Capítulo 1
🌼Emilly🌼Mas um dia de pé gracas a deus,deixei meu filho com a minha tia,pra eu ir trabalhar agora na parte da manha, eu to descendo pro asfalto pra vender água no sinal,infelizmente è o meu ganha pão de hoje em dia,e eu me orgulho muito disso,bati em várias portas pedindo emprego e ninguém me deu,espalhei currículos e ninguém me chamou, eu não podia ficar parada né. Tomei um banho rápido, tà um calor absurdo hoje,arrumei os gelos no isopor,botei as águas e fui pra minha luta diária,o caminho é longo ,eu pego é dois ónibus até o centro da cidade,e depois é tudo na canela mesmo,e aja coluna viu, pra aguentar esse isopor,è um peso que vocês não tem nocão.Depois do meu longo trajeto eu cheguei no meu ponto,sinal cheio,aqui tem muitas pessoas vendendo como eu,ou até outras coisas mesmo,mas cada um tem seu espaço ,não tem briga,o clima é até legal,o que mata é o sol quente,cumprimentei todos e fiquei ali esperando o sinal fechar,e quando fechou foi aquela correria,eu gritando
Ler mais
Capítulo 2
🌼Emilly🌼Cheguei em casa era quase as onze da noite ,ônibus lotado e um trânsito do caralho ,assim que cheguei em casa cai na cama com tudo só deu tempo de pegar meu menino na minha prima e fomos dormi agarradinhoAcordei com pique ,um domingo desse com um calor de dar moca já acionei as primas pra comprar uma geladas e beber aqui no quintal de casa mesmo ,o Pilantra do pai do meu filho ficou de vim buscar ele hoje a noite pra sair então vou aproveitar pra ir pro baile ,tô precisando sair um pouco, ralo pra caramba mereço dia de diversão Celine: Chegamos em bonita - veio com 7 latas de cervejas Emilly- só isso ? Vai dar não cara tem pouquíssima coisa ai nao dar nem pra tirar o fígado da miséria Tâmara: minha filha esse aqui é o que a gente pagou, quer mais vai ter que comprar, que isso em maior abuso - eu riEmilly - piranhas ,vai lá comprar tâmara- dei o dinheiro na mão dela Tâmara: tá me achando com cara de empregada ,vai me pagar? Cobro com juros - riu de deboche Em
Ler mais
Capítulo 3
Fellipp/ FlSou o Fellipo,tenho 28 anos e sou o pai do filho da Emilly,segurança do frente do morro,filho mas velho de dois comerciantes,atualmente aposentados, entrei no crime por ganância, minha parada sempre foi ter dinheiro facil,sem ter trabalho com nada,comecei de baixo no crime como aviãozinho, e tô ai até hoje,não tô no patamar que eu queria,mas to ganhando digamos que bem pra caralho,meu chefe tá preso,e como eu tenho conhecimento e conceito to fazendo os corre pra manter meu padrão de vida.Meus pais nunca me apoiaram nessa vida não, mas cada um sabe de si e eu sei o que eu quero, isso e muito mas pra mim,foi até um dos atritos que levou eu e a minha ex mulher se separar,eu me juntei com a Emilly ela tinha 13 e eu 22,candango velho viu, e a novinha e se apaixonou,ela sempre foi cavalona ,corpuda e tal ,chamava atenção de geral,nos ficou foi quase seis anos juntos,sendo que no crime mermo tu nao querendo o poder sobe pra cabeça. Quanto mas tu sobe de cargo mas
Ler mais
Capítulo 4
🌼Emilly🌼Aproveitei que o Yan saiu com o pai e fui agilizar as coisas aqui pra sair ,eu e minhas primas arrumamos o quintal e varremos porque fizemos uma bagunça danada ,Cilene já tava doidinha ela é fraca pra bebida não aguenta nada ,e mesmo assim tava querendo ir pra baile só inventa modaTâmara: Celine você tá sem condições para de ser maluca ,quer ir pra que ? Chega lá vão achar que tu é drogada do jeito que tá- eu riCeline : ava Tâmara tomar conta da sua vida, da minha cuido eu palhaça- falou tudo enroladoTâmara: vou nem dar confiança ainda mas pra bêbado, ou plima - quando chega assim já quer pedir essa kenga- maior preguiça de ir lá pra casa tem como tu me me emprestar uma roupa aí nãoEmilly: tem como não, tu pega as coisas e depois não devolve - riu a safadaTâmara: devolvi sim sua piranha ,pode demorar o tempo que for mas devolvo- ridícula cara - e nem tem como não devolver depois do baile vou dormi aquiEmilly: é assim agora ? Não pede mas não tá com muito abuso
Ler mais
Capítulo 5
Felippo / FlTava tranquilao de base com meu menor,garoto ta pintando desda hora que chegou,ja levei ele na casa dos meus coroas,estavam tudo com saudades do neto,e se eu nao trouxer o menor pra ca,eles nao procuram na casa da Emilly,minha irmã é outra baba ovo do moleque ,mas só procura quando ta aqui ,por problemas que tem com a mae ai nao vai ver o sobrinho,se eu ficar papo de cinco meses sem ver ele geral fica tambem,pegaram uma implicancia com a Emilly e levaram essa parada pra frente mermo,as vezes nem entendo a palhacada toda.Mandei vir um lanche pra nos dois e fiquei vendo desenho com o Yan,só assim pra ele da uma acalmada,acalmou tanto que dormiu,quando o lanche chegou tive que acordar ele pra comer mesmo assim o moleque nem comeu tudo eu tive que comer o lanche dele e o meu pra nao desperdicar,dei um banho nele cheio de medo dele desperta e comecar a pertubar de novo,mas eu dei a mamadeira moleque me agarrou e dormiu tambem,falo que é carente,eu ainda fiquei vend
Ler mais
Capítulo 6
🌼Tâmara🌼Sai do baile afoita atrás da emilly desesperada ,proucurei em todos os becos ,meu celular tocando sem parar os capachos do Braulio me pertubando Xxx: oh garota porra ,vou ficar atrás de tu não, o chefe quer falar contigo e se eu fosse tu atendia a merda do celular quando tocar Nem dei ideia não tinha cabeça pra raciocinar só tava com medo do que o Felippo poderia fazer com emilly, me deu uma crise de choro ,sentei na calçada de uma casa próximo o baile e abaixei minha cabeça e chorei muito Toninho: ou Tâmara o que aconteceu? Tâmara- o felippo levou a emilly, saiu arrastando ela quando eu fui atrás, ele já tinha levado ela colocado dentro do carro e metido o pé Toninho: e tu acha que chorar vai adiantar alguma coisa ?? Não vai não porra ,se eu fosse tu melhorava essa cara aí e ligava pro Braulio , a gente não pode nem se meter no bagulho se não sobra pra nós tendeu , se emilly chegasse nos caras e desse Rl la no lance do Felippo eu poderia ate chegar e cobrar
Ler mais
Capítulo 7
🌼Emilly🌼Eu dormi no chão da casa do Felippo não tive nem forças pra levantar ,acordei no dia seguinte pois estava entrando caridade pela janela,tentei levantar mas não consegui então fui me rastejando com dificuldade pois estava com o corpo todo doloridoProcurei minha bolsa, e estava jogado debaixo da cama a primeira coisa que peguei foi meu celular pra ligar pra Tâmara Ligação: plima ❤Tâmara: alô emilly aonde tu tá caralho? Já tava achando que aquele desgraçado tinha te matado porra ,estávamos te caçando desde de ontem -saiu falando um monte de coisa Emilly: me ajuda Tâmara, não tô conseguindo nem levantar - comecei a chorar - ele me bateu tanto mas tanto que meu olho esquerdo não consigo nem abrir direito Tâmara: eu vou matar esse filho da puta, aonde tu tá? Enilly: estou na casa dele Tâmara: vou aí- desligou a chamada Eu fiquei um bom tempo sentada no chão, até ouvir a voz da Tâmara e de um homem , assim que abriram a porta a Tâmara veio correndoTâmara: prima
Ler mais
Capítulo 8
Arthur/ ReiFamoso por ser um dos maiores contrabadistas do mundo,sou o fornecedor de droga que já foi em varios países atravessei fronteiras,Rj todo tem abastecimento meu ,sou um cara cotado pelo governo que sonha em me pegar mas eles nao tem nem capacidade pra descobrir quem eu sou,nunca conseguiram nem um retrato falado meu,eu to do lado deles praticamente e eles nem se liga,é foda,morro de rir com eles expeculando que eu sou um monte de gente menos eu mesmo.Mas papo de visão sou um cara ruim não, subi nessa vida sem pisar em ninguém parada foi pelo meu potencial mesmo,eu estudei ,fiz faculdade e os caralho,o que eu falo e faço tem fundamento,não é nada do nada não, e os cara que me abriu portas pra esse mundo que eu to hoje via isso em mim,potencial e sagacidade, modéstia a parte ,sou um cara treinado, capacitado pra tudo que se eu tocar faço expandir, sei que essa vida que eu vivo não é fácil e nem honesta, mas porra eu gosto do perigo, a drenalina de atravessar uma f
Ler mais
Capítulo 9
🌼Emilly🌼Dia hoje foi cheio, sexta feira o sinal fica daquele jeito,movimentado abessa,o bom é que rende um dinheiro melhorzinho,nada como um salário minimo,mas dá pra fazer uma graca,essa semana foi uma correria todos os dias eu estava ficando até tarde pra fazer um extra,tava precisando de mil coisas,de là pra cá nunca mas vi o Fl,e muito menos o boy misterioso,o tal do Rei.Cheguei em casa arrumando a bagunçada, meu filho estava com a minha mãe dormindo no quarto,um milagre esse menino ta apagado a essa hora,mas também não durou muito Tamara chegou aqui gritando horrores acordou minha mãe e o Yan fiquei puta,bem na hora que eu iria sentar pra comer Yan já acordou vindo grudar em mim né, ai comeu eu e ele,depois que a gente vira mãe, a gente nunca mas come sozinha.Mona inventou de brotar na praca,tava tendo agito lá e como ela não tinha companhia queria me arrastar pra lá com ela,fiquei entre ir e não ir,mas acabou que eu me arrumei peguei um dinheiro e fui,iria marcar
Ler mais