A Lenda do Gênio

A Lenda do GênioPT

Otávio Gebin  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
15Capítulos
691leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Erick se acha bem comum para um adolescente de 14 anos. Anda de skate, joga videogames e odeia matemática. Mas ele logo descobre que, as histórias e mitologias que ele sempre achou serem fantasia, são reais. Após encontrar a lâmpada de um Djinn, ou Gênio, no porão do museu de sua cidade, ele vai descobrir muito mais sobre o mundo e sobre ele mesmo.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
15 chapters
Episódio 01 – Bem-vindo à Piracema
O mundo é vasto para achar que tudo já foi explorado. Mesmo com similaridades, há sempre algo que muda de lugar para outro. Uma pessoa, uma paisagem, um objeto. Mas o que realmente faz a diferença é o quanto a sua alma está disposta a se manifestar.No colégio Dom Pedro I da cidade de Piracema, um rapaz pardo e magro passa com seu skate pelos colegas na saída. Em uma de suas mãos, um papel branco balança com o vento, seu primeiro boletim de provas. Os cabelos negros também ficam bagunçados com o vento.  E os olhos castanhos escuros se espremiam com o sol do meio dia, ofuscando sua visão.Sentiu o celular vibrar, o pegou e viu que seu pai mandou uma mensagem, dizendo que o buscaria na escola, mas o menino avisou que o encontraria no museu. Ao pisar no asfalto com seu tênis negro de camurça, ele guardou seu boletim no bolso de trás da calça jeans, e
Ler mais
Episódio 02 – O Garoto e o Djinn
Erick ficou paralisado. Um homem musculoso, com pele azul, túnica branca, braceletes dourados nos braços, uma barba preta forte, um turbante na cabeça e olhos brilhando surgiu de uma lamparina de óleo antiga em meio de feixes de luz e fumaça. Um turbilhão de coisas passava na cabeça do menino, mas depois que conseguiu dizer “Bem-vindo a Piracema”, Erick tremia e encarava o Djinn.Djinn ou Jinn são antigos seres místicos, também conhecidos como Gênios da Lâmpada. Erick sabia o que aquele homem era antes mesmo de se apresentar, e não aguentou mais o silêncio constrangedor:– Você é real? Desde quando você existe? Você conhece Aladim? Como ele era? Como você conhece minha língua? Ah! – Erick não estava assustado, estava animado.– Como... Quem... O quê?! –  O Djinn ergueu uma sobra
Ler mais
Episódio 03 – O Herói Mágico
Erick ficou paralisado de início. Até que correu ao escritório, onde sua mãe guardava em um armário uma caixa com todos os remédios, pomadas e gazes que ela sabia exatamente como usar. Ele a pegou e voltou para mesa correndo, e seu susto logo virou confusão.Seus pais levantavam as cabeças e tossiam um pouco. Pareciam que tinham bebido todo o champanhe da inauguração, ou que estavam gripados, mas depois de algum tempo, eles limparam a garganta com um copo d’água e voltaram ao normal.Erick colocou a caixa de remédios na mesa, com uma sobrancelha erguida. Só depois percebeu que ele poderia ter criado aquilo tudo, e foi aí que Massin Al’Amus resolveu explicar:– (Isso não é bom.). – Começou o Djinn, com um tom meio constrangido. – (Sabia que os humanos tinham abandonado a magia, mas sofrerem com a presença dela
Ler mais
Episódio 04 – Um Troll na Ponte
Erick fez o possível para explicar o que aconteceu com ele no fim de semana ao amigo. A voz no museu, o encontro com Massin Al’Amus, como a magia era algo relacionado com alma, que ele ainda não entendia tudo direito. Mas quanto mais pessoas chegavam na sala, mas Erick tomava cuidado para não ser ouvido:– Você viu que ele voava? – Disse uma voz feminina no quanto da sala.– Isso não é nada! Ele tirou uma espada do nada! – Respondeu, outra moça da turma.– E ele lutou contra dois ladrões de uma vez! Parece que ele tem nossa idade! – Um colega entrou na conversa.No entanto, Erick percebeu que não estava só recebendo elogios. Gabriel e Matheus chegaram também e sentaram perto dele. Gabriel tinha uma expressão mais séria e Matheus, como sempre, mais sorridente e amistoso:– Isso é trabalho da polícia!
Ler mais
Episódio 05 – Magia e Humanos
Sorte de Erick estar dormindo. Enquanto ele descansava dos procedimentos médicos que sua mãe realizou nele, Ricardo e Luana, conversavam com Alexandre e Ana, pais de Lucas.Eles derem discursos de preocupação, reprimindo o filho por ter seguido Erick, e ainda brigaram com o casal de amigos, pelo fato de terem omitido sobre a magia para eles. Os pais de Erick pediram perdão e agradeceram que Lucas ajudou o filho deles.Luana deu o completo diagnóstico dos hematomas de Erick. Ombro deslocado, pulso torcido, fibras musculares desgastadas e um leve trauma na cabeça. Lucas ficou em silêncio a maioria do tempo. O que era difícil, já que ele era sempre bem agitado.Erick estava de volta no deserto estrelado de sua alma. Sentado na areia com roupas leves, observando as estrelas. Atrás dele, apareceu Massin Al’Amus, olhando também para o céu.O menino voltou seus olhos
Ler mais
Episódio 06 – A Manada de Unicórnios
Erick acordou e se sentiu diferente naquela manhã de segunda. Havia se passado uma semana desde o incidente com o Troll. As feridas sumiam pelo corpo, e sentia que ainda havia mais perigo vindo em seu caminho.Comparado com há um mês, ele apenas se preocupava com notas escolares. A rotina parecia à mesma, mas tinha mudado. Seus pais, por exemplo, ao invés de dizer “tenha um bom dia”, diziam “nada de usar magia na escola”.Era diferente, e mesmo vivendo com Massin Al’Amus por mais de duas semanas, não tinha se acostumado com tudo aquilo ainda.Durante a aula de história, pela qual Erick realmente gostava, Massin decidiu quebrar o silêncio da manhã e finalmente puxar uma conversa necessária:– (Ainda não encontramos nenhum ponto onde a magia se concentrasse. Por enquanto, percebi que a magia nessa cidade é mais forte em três lugares: o
Ler mais
Episódio 07 – O Mundo Mágico
No dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, era uma terça-feira naquele ano, emendaram o feriado com a segunda-feira, e no dia 3 de maio era aniversário da cidade de Piracema. Então seria uma semana de descanso. Mas ainda faltando uma semana para as comemorações, a cidade já movimentava os preparativos para a festa.Erick assistia as notícias em seu celular, e o Prefeito dizendo a repórter: “A festa vai acontecer sim, e as pessoas não tem que se preocupar com os incidentes recentes, que estamos preparando segurança para que seja um dia de pura celebração”.Ele se referia aos acontecimentos mágicos. O troll e os unicórnios fizeram estragos na cidade e as pessoas ficaram preocupadas, mesmo com o ‘Herói Mágico’ agindo para amenizar as coisas.Erick desligou o celular e foi até o quarto de seus pais. Ricardo e Luana ficaram d
Ler mais
Episódio 08 – A Revanche
O feriado de Dia do Trabalhador passou e chegou o único dia de aula da semana. Aquela quarta-feira estava comum, menos para Erick. Ele foi andando até sua sala e viu João. Arregalou os olhos ao ver a energia escura de magia ao redor dele. João apenas o encarou furiosamente em retorno.Não sabia como, mas João tinha uma magia estranha. Erick sentiu o gosto de bife de fígado na boca e sentiu seus músculos contraírem.Mas, impressionantemente, a aula foi tranquila. João ficou calado por maioria do tempo. Só conversou com seus amigos de sempre e fez os comentários idiotas, que eles achavam engraçados, como o fato de Erick nunca ter beijado uma garota, ou que Lucas parecia um homem das cavernas. Incomodou, mas eles optaram por ignorar.Depois da última aula, o grupo caminhava até a saída e combinavam de se encontrar na festa pública de amanhã:
Ler mais
Episódio 09 – Presos
Erick e João foram para a delegacia de Piracema, algemados e com tropas policiais cobrindo seus rostos. O centro estava um caos. As pessoas estavam curiosas e preocupadas. A polícia impedia que se aproximassem da escola. Jornalistas tentaram pegar depoimentos.Jogaram os dois rapazes em uma apertada cela com grades de metal e dois guardas armados com fuzis em vigia. Erick e João estavam cansados demais para resistir e tentar qualquer coisa. Ninguém falou nada até que o Prefeito, Emerson Visconde, chegasse à delegacia e visitasse os dois na cela:– Crianças?! – Gritou ele indignado. – Que ótimo! Agora eu sou o prefeito que prende adolescentes na festa de aniversário da cidade!– Nós conseguimos captura-los! Eles são perigosos e causaram confusão na praça central. Considere isso uma vitória! – Respondeu firme, o delegado. – Identifi
Ler mais
Episódio 10 – O Djinn Zahar
Era uma segunda-feira ensolarada, mas nada boa. A cidade estava em luto pelos policiais feridos e mortos na luta contra Zahar.O Prefeito foi acusado como cúmplice de Zahar, que desde seu ataque à prefeitura, não tinha sido visto. Erick e João foram liberados, com todas as acusações sendo voltadas contra Zahar.Mas nenhum dos dois estava feliz com a liberação. A escola estava fechada pela destruição que eles causaram e praticamente todos da cidade estavam com medo de sair de casa, ou até de ficar na cidade.Erick e João retornaram a suas casas. Erick foi bem recebido pelos pais, que já sabiam de toda a situação, enquanto os pais de João o castigaram.Preocupados e desapontados, João ficou proibido de usar magia, sendo apenas liberado para treinar futebol. O olheiro estava quase desistindo de investir nele, após as últimas no
Ler mais