Meu Pet Preferido

Meu Pet PreferidoPT

G. Grant  Completo
goodnovel18goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
88Capítulos
1.7Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Um jovem milionário ganha de presente algo um tanto diferente para nós mas perfeitamente normal em seu país. Quando olho em seus olhos tudo para meu coração acelera de maneira estranha, o que será isso? Ele nos chama de Animaizinhos, será que ele nos vê como bichinhos de estimação ou ele realmente sente amor por nós?

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
88 chapters
1
Me chamo Rey Nolan bem me chamava assim até bem...Vou contar minha história tinha uma família vivíamos bem até que um acidente mudou toda minha vida fiquei só no mundo como era de menor fui para em um abrigo.Quando cheguei lá eu tinha medo daqueles garotos procurava sempre ficar sozinho fazia minhas obrigações, ir a escola colaborar com a limpeza do abrigo.Então em uma noite escutei pessoas conversando estava num canto da sala de TV. E então entraram uns homens e ficaram olhando para nós. Pelo jeito que estavam vestidos parecia gente de dinheiro não sei por que, mas me senti incomodado e sai de fininho sentei-me na rua estava cansado queria dormir, mas só podíamos subir para os quartos com autorização.Percebi desde que cheguei regularmente esses homens vinham e
Leer más
2
– Levanta pra trocar essa água. - fiz o que ele me pediu cobrindo minha intimidade- pronto sente-se lave bem esses cabelos. - meus cabelos eram abaixo do ombro bem no abrigo não havia xampu então estava um horror.– Você pode me dar um pouco de xampu?– Aqui esta. – ele estendeu o frasco.– Obrigado. - pus o xampu na mão e passei na cabeça nossa quando cheguei a minha nuca doeu muito devia ter algum corte ali.– Um caminhão te atropelou?– Uns garotos me fizeram de saco de pancadas.– Vou arrumar curativos pra você termine o banho. – ele sai ai me lavei por completo a água estava vermelha pus a mão em minha cabeça estava sangrando e escorrendo por minhas costas. XXXXXDarién vai até a sala onde Leon esta observando tudo pelos monitores que tem no quarto do garoto.– Qu
Leer más
3
Escutei um barulho na porta e a luz se ascendeu. Fechei os olhos por causa da luz.– Oi. - Darien aproximou-se com uma bandeja nas mãos- nem tocou na comida que eu trouxe.– Não quero.– Duvido que não esteja com fome.– Deixe-me em paz!– Coma um pouco pelo menos. - ele sentou-se na cama com um pão na mão.– Não sai de perto de mim. - Tentei sair, mas quando pisei no chão minhas pernas não agüentaram e eu cai de joelhos.– Vê só nem consegue para em pé.- ele veio até mim tentando me levantar empurrei ele.– Me larga.– Sinceramente não seio que Leon viu em você faça como quiser se não quiser comer não coma. - ele saiu bravo do quarto.E assim se passaram os dias nem sei quantos, mas eu não tinha vontade de comer queria ficar mal quem
Leer más
4
Darien estava na sala sentado vendo TV quando sua atenção foi chamada por escutar alguém se aproximando temeu que fosse o Roberto, mas era Leon.– Você veio mais cedo!– Estava com saudades. - Leon aproximou-se dele.– Não eu e estou gripado não quero que pegue. - Darien levantou-se afastando dele não podia deixar que ele visse como estava como iria explicar?– Esta mesmo um pouco abatido deveria se deitar.– Sim me desculpe.Leon observou ele sair pelo corredor foi até a sala de vídeo ver como estava Rey quando olhou para a tela aumentou até a cama notou algo estranho saiu de pressa até o quarto do garoto. Acendeu a luz e olhou para ele que contorcia estava tendo convulsões ele pegou o celular e ligou para o médico seu amigo que aconselhou a levá-lo ao hospital estaria esperando por ele lá. Ele o fez. Duas ho
Leer más
5
– Estamos vasculhando tudo.– Em quantos estão?– Quinze.– Quero-o de volta estão me ouvindo!- ele se lembrou que no casaco tinha o celular dele- escutem meu telefone esta com ele ligue o rastreador.– Sim senhor.Eles o fizeram uns 5 minutos depois tiveram a localização todos partiram pra lá era um beco a umas quatro quadras do hospital. Eles cercaram o lugar estava escuro. ReyEu estava em um beco escuro assustado estava descalço já tinha cortado meu pé não sei quantas vezes sentei-me em um canto entre duas caçambas de lixo ficaria ali até amanhecer. Mas então escutei um telefone me assustei senti algo vibrar no bolso era o celular dele. Desliguei o troço tocou de novo isso aconteceu umas cinco vezes então atendi, mas não disse nada.– Saia daíagora!– ... - er
Leer más
6
– Esta bem. - sua cara estava furiosa.– Deixe me ver isso.– Por favor, me ajude.– O que foi?– Ele me roubou de minha casa, por favor, me ajude a ir embora.– Esta falando a verdade?– Sim e o médico é amigo dele veja rasparam minha cabeça pra ninguém me reconhecer dos cartazes ele a abusa de meninos, por favor, me ajude. - eu estava aos prantos.– Não posso me mandarão embora.– Ensine-me a como sair daqui ninguém saberá que me ajudou sairei em um horário que não esteja aqui.– Esta bem. Estamos reformando a lateral deste corredor lá tem um tubo onde jogam o material pode tentar por ali.– Obrigado.– Boa sorte.Depois que ela saiu decidi que precisava comer pra ter forças pra fugir iria pra minha casa quem sabe minhas coisas ainda estivessem
Leer más
7
ReyNão tinha idéia de que tipo de emprego Leon tinha, mas sei que viajava muito nos deixando apenas com os seguranças e o cozinheiro que tirava folga sempre nas terças. Cinco meses tinham se passado. E todas as terças aquele homem abusava de Darien ele me trancavam no quarto. XXXXXDarien estava deitado em seu quarto quando escutou barulhos na sala saiu temeroso, mas era Leon que tinha chegado ele estava sentado no sofá.– Veio mais cedo?– Sim.– Quer algo?– Tire meus sapatos estou muito cansado.– Claro- “ainda bem ainda estou dolorido aquele desgraçado ainda mato ele”– Darien?– Sim.– O que é esse roxo?- ele segurou em seu rosto onde havia um hematoma na bochecha.– Eu bati sem querer.– É muito descuidado.– Vou tentar me cuidar.
Leer más
8
XXXXXLeon estava no banho, mas ao escutar o telefone. Sai atendendo o mesmo.– Alo!– Leon de uma olhada no seu e-mail.– O que viu algo?- ele ligou rapidamente o link e viu a na sua sala a cena toda.– Porque não atendeu antes?– Estava no banho mande alguém lá.– Sim já o fiz.Leon pôs as roupas e saiu apressado. Ligou pra o Dr. para que ele fosse até lá. Quando chegou encontrou com seus homens na porta de casa entraram a cena era bem difícil de se ver Darien estava inconsciente no chão e Roberto estava encima de Rey despindo ele. Quando percebeu a movimentação tentou se recompor.– Leon?– O que esta fazendo?– Eu... veja encontrei eles assim.– Levem ele.– Sim senhor.– Espere o que estão fazendo?– Tirem esse verme
Leer más
9
Darien acorda e olha em volta Leon não esta, olha na direção da cama de Rey esta se sentindo culpado pelo que ouve aprendera a gostar do garoto sentia um pouco de ciúmes dele com Leon. Ao pensar nesse nome começa a temer o que será dele agora?– ...“Ele vai me por na rua o que vou fazer?”- seus olhos pinicam ele tenta controlar o choro mas não consegue.Rey que esta na cama ao lado acorda-se e escuta os soluços dele. Mas mantém-se quieto. Leon entra no quarto seu olhar encontra o de Darien. Ele se aproxima da cama sendo seguido pelo olhar atento de Darien.– Esta mais calmo?Apenas um soluço escapa de sua boca ele evita o olhar do maior que estende a mão em sua direção, mas Darien se afasta.– O que foi?Darien mant&eac
Leer más
10
– Não.– Não quer me abraçar?– Muito.– Então?- ele o abraça retomando o beijo quando Darien esta bem distraído ele o puxa de volta ambos caem no chão já que o outro tentou relutar.– Você me enganou?- ele estava ofegante devido ao esforço levanta-se e corre pra grade, mas Leon o agarra puxando ele de volta.– Esta fora de si.– Me solta! - ele puxava o braço– Não!.- Ele segura firme no braço de Darien.– Ai ta me machucando Leon.– Por que se importa não estava aponto de se lançar lá em baixo?- ele aperta mais firme.– Ai.- sua respiração estava entre cortada.– Engraçada essa sua forma de me dizer que sente amour (amor) por mim.- Ele solta Darien que cai sentado no chão.– Já
Leer más