Para Sempre no Passado E Para Sempre no Futuro

Para Sempre no Passado E Para Sempre no FuturoPT

Neener Beener  Completo
goodnovel16goodnovel
9.8
Reseñas insuficientes
221Capítulos
72.4Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

FILHAS DA LUAKas Latmus não é nem mesmo uma ômega do clã Lua de Prata. Ela é uma escrava. Seu Alfa tem abusado dela por anos. Em seu décimo sétimo aniversário, sua loba acorda e insiste que a Deusa da Lua é sua mãe. Kas sabe que isso não pode ser verdade, mas está muito fraca para discutir, até que ela começa a passar por uma transformação incomum e exibir habilidades que não são normais para um lobisomem. Assim que Kas está pronta para desistir da vida, o cruel Bronx Mason, um lobisomem Alfa com uma reputação de matar lobos fracos aparece e a reivindica como sua companheira. Kas será capaz de superar anos de abuso e aprender a amar o Alfa ameaçador que é seu par ou ela já sofreu tanto que não será capaz aceitá-lo e se tornar a Luna que sua loba acredita que ela deveria ser?

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
221 chapters
Capítulo 1
A maioria das pessoas nem ao menos se lembram que a Casa do Clã tem um calabouço, mas eu sim. Eu tenho um pequeno quarto nos fundos que costumava ser um cela solitária, ela cheira a xixi velho, vômito e sangue, mas com o tempo você se acostuma com isso, tenho uma cama estreita e um velho cobertor esfarrapado para me manter aquecida, ainda peguei um abajur do lixo que ainda funciona, então eu tenho luz para estudar. Lar doce lar e todo aquele jazz, né? Quer dizer, pelo menos eu não sou uma selvagem.A sim, eu deveria me apresentar. Meu nome é Iokaste Latmus, mas todos me chamam de Kas, ninguém me chama de Iokaste, a não ser meus professores no primeiro dia de aula. Eu sou uma lobisomem no alcateia Lua de Prata, tendo em vista que eu sou órfã não sei exatamente quantos anos eu tenho, mas tenho quase certeza de que é 16. Eu também sou uma ômega, o que quer dizer que sou uma serva, meu trabalho é fazer as refeições para os lobisomens que vivem na Casa do Clã. Entre fazer o café e o jantar
Leer más
Capítulo 2
Olho para a enfermeira que está me encarando, quando ela percebe que a peguei no flagra, vira o rosto. O que está acontecendo? Ok, senhora. Grosseria.“Vou te deixar agora.” Ela diz. “Você pode ir ao banheiro e se lavar, Apenas leve este tripé com a solução IV com você. Tem um shorts e roupas intimas limpas na bolsa, você precisa ficar com a bata do hospital até que suas costas estejam curadas. Entendeu?”“Sim, senhora. Obrigada, Diane.” Ela balança a cabeça e sai da sala.Essa é a primeira vez na minha vida que as pessoas estão sendo gentis comigo. Quer dizer, acho que faz parte do trabalho, mas ainda assim. Tudo que eu conhecia até agora eram insultos, miséria física e trabalho pesado, nunca nenhuma gentileza, nunca nenhum amor. Eu sinto que posso confiar no médico, mas ainda fico com um pé atras com a enfermeira Diane, o jeito que ela me encarava ainda a pouco me deixou desconfortável. Pego a mochila e vou para o banheiro, evito olhar para o espelho, não tenho certeza se estou
Leer más
Capítulo 3
Eu ouço os passos de Alfa Graham voltando para o saguão enquanto ele sai do calabouço. Ryan aumenta seu aperto em meu pescoço, alongando as garras de lobo e me fazendo gritar.Assim que a porta bate, Ryan solta meu pescoço e se ajoelha na minha frete, seu rosto está contorcido de raiva, seus olhos piscando negros enquanto seu lobo, Dagger, vem para a superfície. Ele me agarra pelos ombros e balança bruscamente. “O que diabos você fez para deixá-lo tão bravo?Por que ele não está me batendo como ele disse ao Alfa Graham que faria? Eu enrijeço meu corpo inteiro evitando olhá-lo nos olhos. Eu estou tremendo tanto, que não consigo nem falar no momento, a ideia de duas pessoas me batendo regularmente pelo resto da minha vida... isto não podia ser real, podia?Como a Deusa podia permitir que isso acontecesse? Eu quero morrer, não é exagero, não sou eu fazendo drama, por favor, Deusa, não deixe isso acontecer, apenas me deixe morrer.Eu tremo tanto que caiu de joelho, começo a soluçar his
Leer más
Capítulo 4
O seguinte um mês e meio foram os piores da minha vida, mas agradeço a Deusa pela Lex, ela quem me fez continuar, toda e qualquer motivação que eu tinha já não existia mais. Ao invés de apenas o café e o jantar, agora eu também tinha que fazer almoço, além de continuar com o trabalho nas despensas, cada momento do meu dia era preenchido com trabalho da hora em que eu acordava até a hora em que caia na cama. Lex me convencia a aproveitar o tempo que nós duas passamos juntas, ou seja, enquanto eu estava cozinhando.Descobri que gosto de cozinhar enquanto a Lex está comigo. Ninguém vem me perturbar, então conseguimos ter ótimas conversas sem interrupções, no fim acabei criando algo que as pessoas vão gostar, até mesmo achei alguns livros de receita no fundo dos armários da cozinha e aprendi algumas novas técnicas e pratos para fazer.Todo o resto na minha vida é uma merda. Alfa Graham permite que os membros do alcateia me batam e me xinguem, coisa que eles fazem sempre que tem oportunid
Leer más
Capítulo 5
**Alerta de gatilho – Este capítulo tem conteúdos sensíveis relacionados à A.S.**Sam ajeita as costas de olhos arregalados, se levanta e foge para longe o mais rápido que consegue.De repente sou empurrada de volta ao meu estado normal de espírito e caio no chão exausta, minhas mãos não estão mais brilhando, mas eu sinto como se elas estivessem pegando fogo e cheias de eletricidade.  “Lex! O que foi isso?” Eu a repreendo, principalmente porque isso me assustou.“Não consegui evitar, ele estava nos ameaçando.”“Ok, mas o que foi esse brilho roxo, mãos queimando e tudo mais? Isso não é normal!”“Kas, já falamos sobre isso, nós somos filhas da Deusa Lua, somos especiais. O ‘brilho roxo e as mãos queimando’ são presentes da nossa mãe e tem muito mais. Você vai descobrir depois que nos transformarmos pela primeira vez, até lá, eu não sou forte o suficiente para te mostrar. Além disso, não é como se eu tivesse machucado ele, o lobo dele vai curá-lo antes que ele volte ao escritório.”
Leer más
Capítulo 6
Eu terminei meu dever com as despensas garantindo que tudo estivesse arrumado nos quartos de hospedes, pedi para Sam buques para dar um toque final e na suíte do Alfa convidado adicionei uma garrafa de champagne. Se essas fossem as últimas coisas que eu faria, queria que elas deixassem alguém feliz.Eram quase uma e meia da manhã quando eu finalmente cai na cama exausta, tinha sido um dia de merda e se dependesse de Luna Caroline seria meu último. Lex também estava exausta, ela não para de ficar emburrada por me dizer que eu preciso me transformar, mas eu não posso, não tenho tempo ou energia, então continuo prometendo a ela que eu vou, mas sinto que vou quebrar essa promessa. Eu flutuo para o sono enquanto ela choraminga na minha mente e eu choro no travesseiro.Para minha surpresa, meu alarme me acorda pela manhã, Lex me faz prometer aguentar por mais um dia e nós seguimos para as tarefas da vida que eu odeio. Enquanto eu me arrumo olho para o espelho e vejo meu cabelo completament
Leer más
Capítulo 7
Faço uma refeição de quatro pratos com salada Caesar, aperitivos de camarão enrolados em bacon, bife Wellington com couve de Bruxelas refogada no prato principal e uma torta de limão na sobremesa. Também fiz bruschetta, crostinis, bolinhos de tomate, mini calzones, bandejas de vegetais variados com molho e trufas de chocolate para servir para a festa. Terminei as sobremesas e as bandejas vegetarianas entre o café da manhã e o almoço, então havia menos com que me preocupar agora.Percebi que o conselho de Lex sobre ser feliz cozinhando me ajudou a gostar de fazer esse jantar, talvez seja porque eu estou fazendo comidas diferentes para pessoas que não são da minha alcateia, ao invés de das coisas comuns que costumo fazer? De qualquer não me importei em trabalhar hoje, senti orgulho do que fiz.Tinham garçons para servir o jantar, já que era um evento formal, eu fiquei na cozinha e garanti que todos os pratos saíssem de lá em perfeitas condições. Estou na zona, como eles dizem.Espreit
Leer más
Capítulo 8
Eu acordo me sentindo tonta, deitada de bruços na minha cama. Que diabos? A noite passada foi algum tipo de sonho estranho? Acho que o Alfa de Rio de Sangue me atacou. Não, isso não parece certo. Por mais que tente, não consigo me lembrar dos detalhes.Ouço uma voz desconhecida no corredor, mas também ouço o doutor e a enfermeira Diane. Parado de costas para mim na porta tem um homem grande vestido todo de preto. Percebo que não estou usando camisa, estou coberta apenas pelo lençol e minhas costas está cheia de bandagens.“Lex, você está ai?” Pergunto, sentindo medo de repente.“Estou aqui Kas.” Sua voz é suave e distante.“Você está bem, Lex? Eu sinto muito.” Posso sentir sua fraqueza e cansaço, lágrimas surgem nos meus olhos.“Você não te do que se desculpar, Kas, eu vou ficar bem, você é forte, aguentou o quanto pode. Eu tentei desacelerar o tempo, para te dar mais algum tempo para conseguir ajuda, mas isso me deixou fraca.”“Espera, então aquilo foi você?”“Bom, sim, mas não
Leer más
Capítulo 9
Bronx PV (PONTO DE VISTA)Assim que meu guarda Tyree me disse que uma ômega estava tentando entrar em minha suíte, saí da festa e corri escada acima. Meu lobo, Saint, me disse para me apressar.“Tem algo errado, precisamos chegar a ela agora.” Ele rosnou.Eu não tenho nenhum segredo da alcateia na minha suíte, o que não quer dizer que eu queira estranhos entrando nela sem minha permissão. Assim que viramos a esquina vemos uma garotinha magricela no final do corredor lutando para abrir a pesada porta da minha suíteO cheiro de chuva fresca e lilases flutua no ar, de alguma forma me deixando menos zangado.A garota olha para cima sob seu boné de baseball quando Tyree grita com ela, não consigo ver seu rosto por causa da sombra do boné, mas eu não preciso. Eu sou imediatamente atraído por ela, meu coração quase erra a batida.“Par.” Saint diz em voz alta, tomando controle do meu corpo. Ele se aproxima e a empurra com força contra a porta, sinto minhas presas saindo enquanto inalo pr
Leer más
Capítulo 10
Bronx PVDepois de quase quinze minutos de tentativas falhas de convencer Kas a sair de baixo da cama, eu chamo Lenora e uma enfermeira para ajudar a persuadi-la. Vou para o meu quarto tomar banho e me trocar enquanto elas fazem isso. Lenora me encontra no corredor antes que eu volte para a suíte de Kas.“Ela está bem?” Eu pergunto, procurando verdade nos olhos de Lenora.“Sim, mas essa coisa toda a deixou cansada. Ela está dormindo na cama novamente.” ela admite enfiando as mãos nos bolsos.“Bronx, eu sei que eu disse para você estar aqui pela Kas, mas talvez você devesse ir dormir um pouco.” ela me olha com simpatia. “Eu não consigo acreditar que você estava tão distraído a ponto de ela conseguir quebrar seu nariz. Você precisa se cuidar se quiser cuidar dela.”Suspiro frustrado e esfrego as mãos no rosto. "Estou bem, Lenora."“Não. Você não está bem. Uma loba com menos de quarenta quilos quebrou o nariz de Bronx Mason, isso parece bem para você?” O tom dela era enérgico. “Vo
Leer más