Meu Primeiro Amor

Meu Primeiro AmorPT

Ana Luiza Teixeira  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
38Capítulos
583leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Existe aquele famoso ditado em que dizem que o que lhe pertence sempre voltará para ti, não importa quanto tempo se passe, se estiver destinado á ser seu, será. Mas será que devemos mesmo nos apegar a esse ditado popular quando se trata da pessoa que você mais amou na vida? Essa é uma das dúvidas de Clair, pois apenas ela sabe o significado que Louis teve em sua vida, após um romance adolescente digno dos seus livros preferidos de romance com final devastador. Vale mesmo a pena esperar por ele mesmo que dez anos se passe? E quais serão as consequências que as falsas promessas trarão para os dois?

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
38 chapters
Capítulo 1
Clair HaleQuando somos crianças temos a tendência de almejar muitas coisas, desde as mais simples como um doce, até mesmo as mais complicadas como amigos ou um pai presente. Sempre fui muito tímida com pessoas desconhecidas e lutar contra isso sempre foi um grande impecílho pra mim conseguir fazer novas amizades. Talvez o fato de sempre ser vista com meu irmão Caleb e seu melhor amigo Leon desde sempre e não com alguma amiga - que eu não tenho - fez as pessoas nem se quer tentarem se aproximarem. Acho que era melhor pra eles me ignorarem, e infelizmente isso me deixa mais mal do que eu gostaria. Caleb é meu irmão mais velho, temos uma diferença de um pouco mais de um ano somente, e bem, ele é o meu melhor amigo. Eu e C
Leer más
Capítulo 2
Clair HaleApós comer duas fatias enormes de pizza acabei saindo da sala despercebida pelos meninos que mantinham uma conversa animada e fui pro meu quarto. Vi que já se passava das dez horas da noite, então fui até o meu banheiro e tomei um banho rápido, coloquei um pijama de frio de moletom grande e largo em meu corpo, meu estilo preferido de roupas para dormir. Saio do banheiro e me deito na minha cama jogando pro chão as almofadas e ursinhos que estavam em cima da cama e não demoro a adormecer profundamente.A claridade em meus olhos me faz despertar aos poucos, passo as pontas dos dedos na região para despertar-me. Demoro um tempinho olhando pro teto pra acordar direito e sinto a minha garganta seca. Me levanto com preguiça e vou até a cozinha em passos arrastados para beber um pouco de &aa
Leer más
Capítulo 3
Clair HaleA garota que conheci em minha nova escola me enviou seu endereço por mensagem, constatei que ela realmente mora bem perto da minha casa. No momento ja me encontro na porta de sua casa de dois andares, passo a mão pela minha blusa preta e larga em uma tentativa falha de parecer um pouco mais arrumada e me distrair da leve ansiedade que se aponderou do meu corpo. Toco o interfone após respirar fundo e criar coragem suficiente para tal ato e não demora para Melanie abrir na porta da entrada com um sorriso enorme na face. Ela veste um vestido soltinho amarelo que lhe trás um ar ainda mais vivo contrastando com sua animação ao me ver, os cachos balançam pelo vento de uma tarde em Londres conforme caminha ate o portão para me receber.- Oii Clair! - Nos abraçamos brevemente.- Oie Mel, vamos? Pensei em lhe mostrar o bairro, o que acha?- Pode ser.- Tem um p
Leer más
Capítulo 4
Louis TerryFaz somente alguns dias que eu conheci pessoalmente a irmã de Caleb, eu até já tinha conhecimento da existência dela pois o garoto já havia comentado por cima esse fato, mas eu não a conhecia. E bem, agora que eu conheço a menina mais linda, dona dos olhos azuis mais profundos, o cabelo naturalmente loiro que brilha sob a luz do sol, a pele pálida que cora facilmente quando está envergonhada, o estilo de roupas diferentes... Eu não consigo tirar Clair Hale dos meus pensamentos!Não deveria me permitir pensar tanto assim em uma menina que mal conheço, mas esse é o diferencial de Clair, sua personalidade me instiga a querer conhecê-la cada vez mais. Seus olhos possuem um pesar e um brilho melancólico que me deixa curioso para saber o que se passa por tr
Leer más
Capítulo 5
Clair HaleAs palavras de Louis ainda ecoavam em minha cabeça desde o dia anterior no parque, causando-me enorme impacto no meu interior, me fazendo ver o meu mundo de uma forma diferenciada. Eu preciso parar de me martirizar pela morte da minha mãe e me permitir experimentar os prazeres da vida. Irei lutar pelos meus sonhos e pelos sonhos da mãe, prometo a minha mesma que farei ela ser lembrada eternamente enquanto eu estiver capacitada para isso.Seu nome era Maura, uma mulher incrível segundo as palavras de papai. Graduada no curso de Jornalismo fazendo o que mais amava da vida, escrevendo artigo para uma revista de moda. Assim como eu puxei à ela na aparência, também herdei o dom e a paixão pela escrita.Minha mente se ilumina como uma lâmpada no es
Leer más
Capítulo 6
Clair HaleMuitos minutos depois em total silêncio e um choro silencioso, Caleb me solta minimamente e respira fundo para conseguir falar algo, seu rosto adquiriu uma tonalidade avermelhada pelas lágrimas. - Eu ja havia pensado em seguir uma carreira musical, e após essa mensagem da mamãe eu sinto que é o certo a se fazer. Eu irei me tornar músico Clair. Ainda não sei como, mas vou me esforçar para realizar o meu sonho e o da mamãe. - Ele diz decidido e eu apenas sorrio feliz pelo meu irmão. - Você tem todo o meu apoio irmão. - Passo os dedos pela sua bochecha secando um pouco as lágrimas e ele sorri pra mim.- Você também tem todo o meu apoio para s
Leer más
Capítulo 7
Caleb HaleQuando Clair de Lune nasceu, eu tinha apenas um ano e nove meses de idade, era bem pequeno e por isso não tenho recordações da minha mãe em minha memória. Ela faleceu no mesmo dia em que Clair nasceu por complicações no parto. Presenciar o quanto a Clair se culpa por esse incidente me deixa muito triste. Triste porque quero ver ela feliz plenamente, com aquele brilho único no olhar e não se culpando por algo que não tem nada a ver diretamente com ela. E pelo que nós vemos nas fotos, elas possuem muitas semelhanças! Nosso pai Bobby não é muito presente na nossa vida, somente para nos bancar, como se isso fosse o suficiente. Então é somente eu e a Clair. Quando éramos crianças tínhamos um empregada doméstica que
Leer más
Capítulo 8
Clair HaleDuas semanas se passaram desde aquele fim de semana inesquecível. Acabei conhecendo a mãe de Louis naquele mesmo dia junto com as meninas e ela é muito simpática, linda e radiante assim como ele. Eu e o garoto de olhos azuis temos conversado por mensagem todos os dias, pessoalmente não conversamos tanto por estarmos com nossos amigos, e bem, não rolou mais nenhum beijo infelizmente, já que não tivemos oportunidades de ficarmos sozinhos.Estou muito feliz pelo meu irmão e os meninos, eles ja estão ensaiando alguns dias por semana e juntos decidem todos os detalhes das músicas e das peformaces inventadas por eles - que consiste em brincadeiras basicamente, eles são péssimos em dançar, só Leon salva um pouco - e todos estão satisfeitos com os res
Leer más
Capítulo 9
Clair HaleAcabei indo embora da casa de Melanie no fim da manhã para poder passar o resto do dia com Caleb. Durante meu caminho eu mal prestei muita atenção no mundo ao meu redor de tanto sono que ainda se encontrava em mim. Não demoro a chegar em casa e ao abrir a porta de casa deparo-me com os cinco garotos adormecidos na sala de estar. Alguns sem camisa, inclusive Louis. Caleb e Gregory estão somente de cueca.Começo a rir da cena a minha frente e me controlo para não olhar pra onde não devo. Vou até meu quarto em passos silenciosos e deixo minha mochila em cima da cama. Ao retornar pra sala eles ainda estavam apagados nas mesmas posições. Pego o meu celular do meu bolso e tiro uma foto para quem sabe um dia eu usar contra eles. Resolvo acordar eles com meio jeito carinhoso de ser e c
Leer más
Capítulo 10
Louis TerryTive semanas exaustivas. Na escola estávamos tendo muitas provas e trabalhos que tomaram muito do meu tempo para estudar para conseguir ótimas notas. Infelizmente não vi a Clair nesses dias fora da escola, ambos estávamos muito ocupados. Além disso, eu ainda precisei cuidar das minhas irmãs mais novas por vários dias sozinho, já que a nossa mãe precisou fazer uma viagem à trabalho. A única coisa que me fazia desacelerar um pouco, trazendo alegria para os meus dias e melhorando meu humor eram os ensaios com os meninos da banda. Estávamos nos dedicando muito e nos encontrávamos na casa do Greg três vezes por semana para ensaiar.Chego em casa cansado da escola e após ser recepcionado pelas gêmeas eu sigo até meu quarto para me trocar. Lott
Leer más