o cara da porta ao lado

o cara da porta ao ladoPT

Kayce  En proceso
goodnovel16goodnovel
9.9
Reseñas insuficientes
40Capítulos
7.7Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Depois de sua mãe ir para o segundo casamento apos à morte de seu pai, Sofia vê sua vida ir mudando completamente, agora morando em um prédio de luxo onde no seu andar há somente dois apartamentos, um deles vazio e outro é seu novo lar, ela começa a pensar que a vida quer derruba-la, seu novo padrasto a olha de um jeito que não deveria olhar, sua amiga lhe trai e quando ela se vê apaixonado por um homem mais velho não sabe oque fazer. Dylan Cross, CEO, filantropo, 30 anos e solteiro, já em idade para casar é cobrado a todo momento por sócios e familiares, ate que ele decide se mudar pois a mídia estava muito em seu pé, assim que ele compra um vistoso apartamento e vê uma bela jovem que mora em frente, ele começa a duvidar da sua própria razão, oque será dele se não resistir essa jovem e pequena tentação? quais são as reais intenções do padrasto de Sofia para com ela?

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
40 chapters
capitulo 1
Subo as escadas do pequeno prédio correndo, minha mãe disse que tinha algo a me falar, mas assim que abro a porta de casa ouço sua risada da cozinha.Parece que temos companhia.- Mãeeeee!!! - grito da soleira da porta.- Já disse para você não gritar assim.- ela diz aparecendo na  sala. - Vem, cumprimente o Jorge.Ao entrar na sala vejo um senhor, creio que da mesma idade de minha mãe.Cabelos negros escuros, rosto jovial.Assim como o analisei ele fez o mesmo comigo e ví um pequeno sorriso brotar em sua boca.- Muito prazer.- digo fazendo oque minha mãe mandou.- O prazer é todo meu. - ele responde com uma voz estranha enquanto me encara.- Vem, vamos comer. - minha mãe fala nos levando para a mesa de jantar que fica entre a sala e a cozinha.Assim que nos sentamos minha mãe começa a nos servir.- Sofia certo? - ele pergunta e eu afirmo.- sua mãe me disse que  gosta de escrever.- Sim, quero me torna
Leer más
capitulo 2
- Sr. Cross?Levanto minha cabeça dos papéis e vejo minha secretaria Ana na porta.- Sim, Ana.- Alguns acionistas solicita sua presença na sala de reuniões.- ela diz.- Diga que estou indo.- respondo.É uma manha de sábado, meu aniversário e aqui estou eu na empresa trabalhando.Vim ate mais cedo para me livrar dos poucos papéis restantes que faltavam para ter meu dia livre, mas parece que os acionistas tem outros planos.Sou o acionista majoritário, possuo 55% das ações da empresa.Hoje faço 30 anos e mal posso ir curtir meu dia com minha família.Ando ate as salas de reuniões, mas não era trabalho que me esperava e sim uma pequena surpresa preparada pelos meus acionistas.Tem muito disso no rama empresarial, pelo menos pros velhotes ainda tem.Uma linda garota de seios fartos me espera sentada na mesa.- Sr. Cross? - ela pergunta querendo que eu confirme minha identidade.- Sim, sou eu.- Muito pr
Leer más
capitulo 3
Já fazem duas semanas que nos mudamos, hoje Jorge e minha mãe voltaram para a nossa cidade para ver alguma coisa sobre papeis e só voltarão em 3 dias.Como eu ficaria sozinha minha mãe me deixou bastante dinheiro, que creio eu Jorge havia dado. Decido então sair para me divertir e talvez conhecer pessoas.Como já anoiteceu vou me arrumar.Tomo um banho quente e lavo meus cabelos.Meus cabelos eram enormes, mas há algum tempo eu o cortei nos ombros, havia ficado bom mas ele cresce rapidamente e já estava bem abaixo deles.Assim que acabo meu banho separo minha roupa.Uma saia jeans e um cropped de faixa com alças finas.Para eu calçar pego meu coturno. Só falta a maquiagem, passo preto no contorno de meus olhos deixando-os bem chamativos e batom vermelho.Não ficou muito cheguei, mas também estou arrasando.Pego uma jaqueta jeans que combina com a minha saia, tranco a porta e vou para o elevador.Assim que saio do prédio vou
Leer más
capitulo 4
Duas semanas passam rápido e quando os idiotas dos meus amigos descobrem que vou me mudar decidem que a primeira vez que eu entrar em casa tem que ser bêbado.Não concordei com a ideia, mas quando eles colocam algo na cabeça não à força de vontade minha que as tirem.Então aqui estou eu  me arrumando para ir a uma boate de um amigo.- Esta pronto cara? - Henrique entra no quarto e vejo que esta animado.- Fique avisado que não vou servir de babá para você.- digo.- Nos dois sabemos que isso não é verdade, agora se troca logo e vamos.- ele fala e sai do meu quarto.20 minutos depois estou saindo escondido da minha própria casa por causa dos repórteres.Paramos em frente a boate e descemos do carro.A boate é muito conhecida e para provar isso tinha uma fila enorme na porta.- Vamos cara.- diz Henrique.Passamos pelo Pitt que é segurança e depois entramos.Como sempre ficamos na ala VIP, Henrique gosta de ficar na
Leer más
capitulo 5
Pensar que aquele grosso mora bem aqui do lado é estranho.Ele é um homem bem bonito e acabou de se mudar, espero não o ver muito.É tentação de mais para uma jovem como eu.Assim que chego em meu quarto vou para o chuveiro tomar um banho para relaxar o corpo.Visto um robe e vou para a cozinha fazer uma caneca de chocolate quente para mim.Assim que acabo, pego a caneca e vou para o meu quarto em direção a minha pequena varanda.Me encosto a beira do parapeito e observo o parque e as luzes que o ilumina.- Oi.- ao ouvir a voz me cumprimentando da sacada ao lado levo um susto.- Ai meu deus, você quase me matou de susto.- digo com uma mão no peito.- Desculpe.- ele diz com um sorriso.- ai é seu quarto?- ele pergunta apontando para a porta.- É o que parece.- respondo.-As nossas sacadas são bem próximas.- ele afirma.- Sim?- pergunto ironicamente tentando entender onde ele quer chegar.- Só quero dizer que
Leer más
capitulo 6
Dylan:Pensam em como minha noite foi difícil por causa de pensamentos pecaminosos com uma certa garota.Agora pensa em como fiquei quando atendi uma ligação desconhecida distraído, por que eu não faço isso, e ouço sua voz do  outro lado da minha dizendo que esta no hall.- Oque faz aqui e como conseguiu meu numero?- pergunto, pode ter soado meio grosseiro, mas não, eu estava muito curioso.- Você consegue ser bem escroto as vezes né.- ela diz do outro lado da linha.Acho que ficou brava.- Desculpe, pode dizer oque faz aqui?- pergunto tentando soar educado.Ouço um suspiro de indignação do outro lado.- Vem aqui em baixo e descubra.- ela diz antes de desligar na minha cara.Ela desligou mesmo na minha cara?-Algum problema Dylan?- Henrique me pergunta.Tivemos uma reunião mais cedo e agora ele estava aqui querendo jogar conversa fora.- Nada que eu não possa resolver, só preciso descer lá pra baixo.- digo
Leer más
capitulo 7
Estávamos tendo uma conversa agradável no carro enquanto Dylan dirigia pela enorme cidade de São Paulo.Conversa vai e conversa vem, ele começa a se aproximar do prédio, mas antes que possamos virar a nossa rua, alguém atravessa a rua correndo e faz com que Dylan freie com tudo.O sinto de segurança me segurou em meu lugar, mas não posso dizer o mesmo da minha mão.Quando o carro parou com tudo segurei no primeiro lugar em que minha mão tocou.- Você esta bem?- ele pergunta preocupado.Eu respiro fundo tentando me acalmar depois do surto, acabo apertando minhas mãos que ainda estão no mesmo lugar.- Estou, eu só me assustei.- digo e olho para ele que olha para minha mão.Assim que me toco que minha mão esta em sua perna muito próximo a sua virilha eu a retiro rapidamente.- Me desculpe.- digo envergonhada.Ele apenas limpa a garganta e se remexe no banco.- Acho que já podemos ir.- ele diz olhando para os lado antes de come
Leer más
capitulo 8
A conversa era agradável no carro enquanto eu dirigia.Enquanto conversamos vejo o prédio se aproximar, mas antes que eu possa virar a rua, alguém atravessa a rua correndo e faz com que eu precise frear com tudo.A minha primeira preocupação foi Sofi.- Você esta bem?- pergunto para ter certeza de que ela no se machucou, mesmo eu não vendo arranhão nenhum.Acho que ela se assusta, pois respira fundo.Mas enquanto ela se acalma percebo que sua mão aperta minhas coxas, isso não é bom.- Estou, eu só me assustei.- ela diz retirando sua mão de mim.De algum jeito queria que sua mão pequena continuasse em mim.- Me desculpe.- ela se desculpa envergonhada ficando vermelha.Apenas limpo a garganta e me remexo no banco.- Acho que já podemos ir.- digo olhando para os lado antes de começar a dirigir novamente.Assim que entramos na garagem do prédio eu estaciono e nos saímos.- Obrigada pela carona.- ela agradeço.
Leer más
capitulo 9
Depois daquele quase beijo passo a tarde toda pensando nesse homem maravilhoso que é meu vizinho.Senhor, ele é velho.Digo para mim mesma tentando achar algum resquícios de repugnância. Não, ele é gostoso de mais.Se precisar ate compro uma cadeira de rodas.Rio com meu próprio pensamento.Meu celular vibra em cima da bancada e eu o pego.Uma mensagem no WhatsApp de um número desconhecido me chama atenção.Abro a conversa.Numero salvo. Abro a foto de perfil e sorrio ao ver a foto do meu vizinho com uma garotinha.Será que é filha dele?Salvo também sr. Cross.Espero mais alguns segundos antes da resposta vir.Já disse para não me chamar de senhor, Sofia. Sorrio antes de o responder.É sinal de respeito já que o SENHO
Leer más
capitulo 10
Ao deitarmos em minha cama, posso dizer que beijar ele em cima de mim e com seus dedos apertando minha coxa é a experiência mais prazerosa da minha vida.Seus beijos que saem da minha boca e morde minha orelha me causa arrepios.Ele faz um caminho de beijos pelo meu pescoço enquanto eu puxo seus cabelo.No meio de seus beijos pelo meu pescoço ele descobre uma parte erógena que meu faz gemer.Ele captura minha boca e me beija com muita vontade. Seus beijos são cuidadosos mas brutos.No escuro de meu quarto meu corpo pertence a ele nesse momento, mesmo estando de roupa me sinto entregue a ele.Depois de um longo tempo se pegando nós nos desgrudamos.- Acho melhor dormimos.- ele diz para mim.Concordo com ele.Fico o observando tirar a camisa e se deitar ao meu lado oferecendo seu braço para mim de travesseiro.Me deito em seu braço e coloco uma mão em seu peito.- Você é irresistível sabia? - ele pergunta acariciando mi
Leer más