Pacto de Sangue- a revanche

Pacto de Sangue- a revanchePT

FaiteckAdams  Em andamento
goodnovel18goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
38Capítulos
713leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Coleção lobos de Hécate No terceiro volume da série, muitos problemas acontecem depois que Morgan é condenado a morte por sua traição. Tempos de paz. A guerra longa trouxe grandes perdas. O castelo Escarlate comemora a chegada da herdeira de Richard Morgan. O nascimento de Ayla traz grandes mudanças quando os feiticeiros se reúnem em busca das peças sagradas para trazer mais uma vez Ichichos a existência. Depois de anos sem filhotes, a matilha comemora o nascimento da primeira criança filha do alfa da matilha e da feiticeira que caminhava entre os lobos. A família estava para crescer. Depois de todas a reconstrução do castelo, todo o clã comemorava a chegada dos gêmeos a família. Richard Morgan estava para enfrentar seu pior inimigo. O ciúmes de sua primogênita com a chegada dos novos irmãos. m*l sabia ela que pela primeira vez o legado da família daria a uma mulher a liderança da matilha.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
38 chapters
Arrependimentos
O constante adernar do navio o tinha feito adormecer. E os sonhos eram repletos de monstros ferozes e sanguinários. Eles acompanhavam os seguidores da Ordem da Luz. Nenhum feiticeiro havia decidido intervir. E quanto a Cassie...Richard acordou banhado de suor.Tudo havia saído miseravelmente errado. O som do grito da mulher ecoava em seus ouvidos de forma alucinada. Abriu as pálpebras pesadas sem conseguir se localizar no primeiro momento. Aquele era o Gaia. Sozinho na cabine principal do navio, ele observou o luar prateado que iluminava a noite.Esticou as lonas pernas se espreguiçando e alongando músculos como um felino teria feito. Cauteloso e atento. O olhar firme de um tom azul escuro- todos os homens da família exceto Michael tinham olhos daquela tonalidade - buscou o cinturão deixado à cabeceira. As pistolas longas de cano de prata estavam carregadas.Era estranha a sensação de
Ler mais
Traições
O constante adernar do navio o tinha feito adormecer. E os sonhos eram repletos de monstros ferozes e sanguinários. Eles acompanhavam os seguidores da Ordem da Luz. Nenhum feiticeiro havia decidido intervir. E quanto a Cassie...Richard acordou banhado de suor.Tudo havia saído miseravelmente errado. O som do grito da mulher ecoava em seus ouvidos de forma alucinada. Abriu as pálpebras pesadas sem conseguir se localizar no primeiro momento. Aquele era o Gaia. Sozinho na cabine principal do navio, ele observou o luar prateado que iluminava a noite.Esticou as lonas pernas se espreguiçando e alongando músculos como um felino teria feito. Cauteloso e atento. O olhar firme de um tom azul escuro- todos os homens da família exceto Michael tinham olhos daquela tonalidade - buscou o cinturão deixado à cabeceira. As pistolas longas de cano de prata estavam carregadas.Era estranha a sensação de
Ler mais
Planos frustrados
-É uma vida longe de combates e desafios que almeja?Ah, com certeza absoluta. Nada mais dessas malditas Peças amaldiçoadas. Tudo o que importava para ele era a segurança de Cassie. Talvez filhos...-Sabe que inferno foram esses meses?O cigano não ouvia. Observava a lenta mudança no temperamento do homem. Rick nunca demonstrara o dom da transformação. Seu controle era férreo ao recusar as antigas tradições. No entanto seu controle estava bem precário. A fúria natural incitava seus instintos básicos. Aquilo poderia se tornar promissor. Ele seria um aliado forte na batalha.-Pois então sugiro que se apresse.-O que...Ela ainda está viva. A sombra da morte ainda é forte em seu caminho. Ela nada tem a perder em seus combates. Isso ás vezes pode ser um problema.Richard mirou o velho incrédulo. Suas vis&oti
Ler mais
Um covarde taberneiro
O taberneiro tinha reforçado a segurança da prisioneira com ordens categóricas. Ninguém deveria entrar naquela cela a não ser criadas que preparariam a jovem odalisca com roupas transparentes para os leilões orientais. Só o pensamento era capaz de deixar Garro excitado, só que a covardia era mais forte. Não tinha interesse algum em morrer por causa de uma mulher. Richard Morgan não era um oponente com o qual ele apreciaria cruzar espadas. A vingança era doce. Tão logo a mulher fosse comprada e conduzida para qualquer um daqueles haréns, Richard nunca mais a resgataria. Richard Morgan poderia estar furioso. Ele nunca correria o risco com a vida daquela garota. Não depois de ter descoberto que a infernal garota que todos acreditavam estar morta estava viva. E isso era uma pequena precaução no caso dos planos não saírem bem. O navio de Pirata Sangren
Ler mais
Traições e mentiras
Aquele homem continuava intratável como sempre. Talvez menos tolerante. Só que a intenção de Garro não era negociar. As ordens de James eram para que os irmãos Morgans estivessem ocupados com o paradeiro de Faith. E ainda havia a questão do dinheiro. Aqueles olhos de ametista eram raros. Valeriam uma fortuna considerável entre os orientais. -Olhe, seja razoável. - o taberneiro defendia-se muito apressado. - Não toquei em sua mulher. Sou um homem de palavra. Richard rosnou, franzindo a testa ao enfrentar o homem assombrado por lembranças. Tinham revirado tudo: taberna, prisão e todo oporão sem nada encontrar. Meneou a cabeça irredutível. -Onde Garro? – rugiu implacável. - Onde está Cassie? Garro suava profusamente. - Ela... ela está viva. Juro a você! - ele falava aos tropeções. A declaraç&at
Ler mais
Quando coisas estranhas acontecem... tudo queima...
Meses antes...  Richard Morgan O’HARA abaixou a luneta e observou a pequena escuna de longe.               O Estrela do Amanhã atacava a embarcação. Podia sentir no ar pesado o cheiro de pólvora. Ele observava os combates armados na tentativa dos tripulantes, que transportavam o contrabando, salvarem a preciosa carga. Uma carga que ele poderia muito bem imaginar o destino: Chabone.               No último instante sua mente foi invadida pela recordação de uma pele impecavelmente suave, cabelos ondulantes e rebeldes e lábios tentadores que pareciam como rosas.               O cheiro de sangue, pólvora e mar dera lugar a outro: delicado, i
Ler mais
Nas profundezas de Ravlen
Ele podia sentir a expectativa da batalha aquecer seu sangue. Havia esperado tanto aquele momento. Como comandante passaria mais tempo em terra firme. Teria tempo suficiente para o que mais havia desejado naquele último ano.               Iria encontrar aquela garota. Não sonhara com outra coisa naqueles meses. Agora que parecia perto de seu objetivo tudo era irreal.               Aquela mulher seria dele. Não daria ouvidas as brincadeiras dos irmãos. A mão involuntariamente tocou o bolso do gibão. Com o lenço bordado. Cassie. Ele a encontraria, nem que fosse preciso fareja-la.               Richard Morgan olhou ao redor. Os corsários estavam felizes e sorridentes com a expectativa d
Ler mais
Pedacinhos do céu
               - Não foi o que combinamos. Nosso trato jamais incluir entregar a mulher a um caçador de recompensas. - O homem quase gritava à beira da fúria.               O nobre que o encarava ainda vestia as roupas de viagem e fez pouco caso.               Thalagar odiava aquele homem. O próprio capitão não era tão diferente dele assim. Ah, maldito fosse Philip Morgan! Na busca pelo poder alguns sacrifícios eram exigidos e tolerados. Tinta trinta e dois anos e era o capitão do Estrela do Amanhã. A vida havia oferecido tudo o que um jovem ambicioso poderia almejar: uma carreira privilegiada e poder. Aliás, quase tudo. Ultimamente o velho Will, seu tio mirava o
Ler mais
De pé, herói?
               Thalagar cerrou os punhos. Não respondeu. Teria que conquistar a confiança de Kassuim... Inferno! Aquilo ia ser difícil depois de tudo. E quanto aos lobos... Se ele fosse descoberto, não seria apenas exilado. Aquilo seria considerado traição. Iriam condena-lo a morte. Talvez...               - Vamos. Tudo está sobre controle. Deixe os acontecimentos tomarem saiu rumo. Voltaremos a nos encontrar em Garrone.               Thalagar pretendia protestar. Era arriscado para ele. Coçou a testa desanimado. Apenas assentiu.  A primeira explosão que atingiu a escuna não chegou a atingir o porão de pólvora, mas avaliou seriame
Ler mais
Assassinato a sangue frio...de um traidor
O capitão revirou os olhos mais insatisfeitos ainda. Não conseguia ver o garoto com as chamas altas que ardiam no convés. Aquilo parecia um inferno. Ele pouco se lembrava daquele garoto durante as reuniões da Armada. Faith ainda passava parte do ano em terra firme no castelo de Escarlate, mas aquele garoto... Ah, ele havia praticamente crescido a bordo do navio. Havia os comentários, era claro. O menino tinha pavio curto, encrenqueiro e era um excelente espadachim. Nunca desistia de uma luta.Um novo estrondo ensurdecedor ecoou. O cheiro ácido de pólvora e enxofre enchia o ar. Outra vez a figura esmirrada amparava golpes da mesma forma que ataca e aquilo era com certeza uma rapineira. Rick estava pasmo. Ele próprio era conhecido por sua perícia com espadas, mas aquele garoto... Seus reflexos e agilidade... Poderia até mesmo ser um lobo, pois não pareciam humanos. Ele poderia se igualar com desen
Ler mais