Destino

DestinoPT

Angel de Oliveira   concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
61Capítulos
1.4Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

... Chegou o dia da mudança. Apesar de estar triste por ficar longe de seus amigos, Viviam estava empolgada, pois tudo o que ela mais desejava era decobrir quem era seus novos vizinhos e o que o destino havia lhe preparado; assim que ela viu Jensen Ackles

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
61 chapters
01.
Ricardo, o pai de Vivi, viajava entre Phoenix e Dallas toda semana a trabalho, e só estava em casa nos finais de semana. Só via sua esposa e filha nesses dias, e isso o deixava bastante triste, pois as amava demais para só vê-las dois ou três dias na semana. Então, decidiu se mudar definitivamente para Dallas, levando-as consigo.Vivi tinha dez anos quando sua mãe a avisou que iriam se mudar de Phoenix, no Arizona, para Dallas, no Texas. Ela não tinha idade suficiente para entender o que aquilo realmente significava, só sabia que não veria mais seus amigos com tanta frequência como ultimamente, e possivelmente não os veria mais.- Mas por que vamos nos mudar? – ela perguntou com um tom de tristeza na voz.- Filha, seu pai foi transferido e precisamos nos mudar, mas será só dessa vez, eu prometo! – Verônica respondeu com carinho para a filha.- M&a
Ler mais
02.
- Suspense, você gosta? – questionou como se estivesse conversando com alguém da sua idade.- Ahh, não – respondeu, quando ouviu um carro chegando.Joshua inclinou a cabeça e viu que era seu pai com seus irmãos.- Mãe, o pai chegou! – ele gritou da sala.- Estou indo – ela gritou de volta para ele.Jensen carregava a mochila de Mackenzie, e ela corria na sua frente, para entrar logo em casa. Alan vinha atrás deles.Mackenzie abriu a porta e viu Vivi sentada no sofá e Joshua no outro móvel.- Oi – ela disse olhando para Vivi, se aproximando.- Oi – levantou-se para cumprimentá-la, avistando Jensen e Alan entrando na sala.As duas deram um beijo na bochecha uma da outra.- Mas que menina linda – Alan disse olhando para Vivi, e viu sua esposa vindo da cozinha com Ricardo e Verônica, e sorriu. Cumprimentou o
Ler mais
03.
Mackenzie não tinha ido à escola durante toda a semana, ficou muito gripada e estava sem condições de sair de casa. Vivi todo dia visitava a amiga, lhe contava sobre o que acontecia na escola, passava os deveres para ela, e a ajudava no que fosse preciso. Ficava praticamente a tarde inteira na casa dela. Cada dia, ela se surpreendia com Jensen. A forma que ele tratava a irmã era linda, cuidava, dava remédios na hora exata, brincava com ela. Vivi realmente estava ficando completamente encantada por aquele rapaz.Nesse dia, especificamente, Vivi não foi à casa de Mackenzie à tarde porque tinha muitos deveres da escola para fazer.Vivi ajudava a mãe a com a louça do café da tarde. Verônica lavava, e ela enxugava.- Mãe, depois que eu terminar posso ir visitar a Zie? – perguntou enquanto enxugava um talher.- Claro que pode, eu vou com você tamb
Ler mais
04.
- Nos acompanhe até o hospital? – ele perguntou.- Sim – ela falou. Estava confusa com tudo que estava acontecendo.Chegaram ao hospital, e os policias a levaram até o médico responsável pelo atendimento de seus pais.- Como eles estão? – Vivi perguntou aflita.- Minha querida, sua mãe está bem, ela só sofreu alguns cortes, mas não foi nada grave.- Ai, quem bom – ela sentiu um alívio, que não durou por muito tempo.- Mas eu sinto em lhe dizer que seu pai... - ele continuou, mas Vivi o interrompeu.- Meu pai o quê? Doutor me fala, cadê meu pai? – perguntou, começando a chorar.- Seu pai não resistiu aos ferimentos e faleceu – o doutor disse, colocando a mão no ombro de Vivi, tentando confortá-la.- O quê? – não acreditava no que estava acontecendo.<
Ler mais
05.
Vivi foi avisada que era para estar pronta às oito horas, mas não tinha idéia de onde seria a festa, de como chegaria até lá e nada. Não tinha informação nenhuma.Saiu do banho, e se assustou. Viu em sua cama um vestido todo sofisticado, e um sapato mais ainda. Mackenzie estava em pé do lado da cama.- O que está acontecendo aqui?- Nada demais, Vivi, vim te ajudar a se vestir – Mackenzie disse sorrindo.- É, realmente, para conseguir entrar nesse vestido, eu vou precisar de ajuda – zombou.- Não comece, Vivi – a olhou furiosa.Vivi riu.- Você sabe que eu não sou disso, sofisticação, gosto de coisas simples e confortáveis, não de roupas que até para vestir são complexas.- Vivi, vamos. – Mackenzie disse, segurando o vestido.- 'Ta certo - resmungou.- Agora
Ler mais
06.
Vivi começou a se debater para tentar se livrar de Mark, que ficou furioso com a recusa dela e deu um soco em seu rosto. Ela ficou zonza com a força do soco, ficando sem ação. Mark saiu do carro, indo em direção à porta dela e abriu.- Saia do carro, agora! – ordenou.Vivi hesitou.Mark puxou-a pelo braço com força, fazendo a gritar. Tropeçou e caiu no chão.- Seu desgraçado, como fui uma anta em acreditar que você tinha mudado? – perguntou irritada levantando-se do chão.- O que você disse? – puxou-a pelo braço e a trouxe para perto de si.- Isso mesmo que você ouviu – disse furiosa e cuspiu em seu rosto.- Sua vadia! – gritou limpando seu rosto, e lhe deu um tapa, a empurrando com força, o que a fez cair novamente no chão.Vivi ficou um tempo ali, no chão, sentada olhando aquel
Ler mais
07.
- Isso não vai dar certo - Vivi dizia rindo da amiga, que estava sentada em cima da mala, não conseguia fechar de jeito nenhum.- Droga, essa porcaria tem que fechar – reclamava.- Talvez se você diminuir umas vinte peças de roupa... – zombou, ajudando Mackenzie a fechar a mala, o que foi em vão.- Não comece, Vivi - disse brava.Vivi gargalhou.- Já sei - Mackenzie disse sorrindo, saiu do quarto e voltou com outra mala.- Zie do céu, nós vamos ficar uma semana em Vancouver e não dois meses. Você vai mesmo levar três malas? – a questionou.- Vou – disse convicta.- Vai pagar pelo excesso de bagagem – Vivi falou rindo.- Será? – perguntou preocupada.- Você ainda tem dúvidas? – ironizou.- E agora? – falou desanimada, fazendo Vivi rir ainda mais.- Que tal se
Ler mais
08.
Jensen estava se cansando de bater na porta e Vivi não responder. Resolveu entrar no quarto e a viu deitada. Dormia tão profundamente, que nem o ouviu batendo. Jensen sentou-se na beirada da cama.- Vivi, Vivi – dizia enquanto tentava acordá-la.Ela se virou, abriu os olhos, e com a visão ainda embaçada, perguntou.- Que foi? – questionou sonolenta.- É que eu estou indo para o set gravar, vim te avisar.- Que horas são?- Seis e meia.- Nossa, é cedo – falou, tirando o cobertor de cima do corpo. – E a Mackenzie? – indagou assim que olhou para a cama do lado, que estava vazia.- Não chegou.- Ah, 'ta.Jensen ficou olhando para Vivi como se tivesse algo para dizer ou perguntar. Ela não gostava quando isso acontecia.- Aconteceu alguma coisa? – o questionou curiosa.- Não, por quê?-
Ler mais
09.
Duas semanas haviam se passado desde que Vivi e Mackenzie voltaram de Vancouver. Vivi estava radiante, e todos podiam notar isso, mas ela queria fazer segredo de tudo que estava acontecendo. Falava com Jensen pelo telefone praticamente todos os dias, contava sobre seu trabalho, como tinha sido o dia e como sentia falta dele.Ele também sentia muita falta dela, então resolveu fazer uma surpresa, voltando alguns dias antes do combinado, e trouxe Jared junto com ele, para a felicidade de sua irmã.Jensen bateu na porta e Verônica atendeu, ele queria contar tudo para ela antes de pedir Vivi em namoro.- Oi, Jensen – falou, dando um sorriso e o abraçando.- Tudo bem, dona Verônica?- Tudo, meu querido, mas, por favor, não me chame de dona – riu.- Está certo. Eu queria falar uma coisa com você - disse assim que se sentou no sofá.- Algum problema? – pergu
Ler mais
10.
I've got sunshine(Eu tenho o brilho do sol)On a cloudy day(Num dia nublado)When it's cold outside(Quando está frio lá fora)I've got the month of may(Para mim é como se fosse a primavera)I guess you'll say(Bem, você vai me perguntar)What can make me feel this way?(O que me faz me sentir desse jeito?)My girl, my girl, my girl(Minha garota, minha garota, minha garota)Talking about my girl, my girl(Eu estou falando da minha garota, minha garota)Vivi reparou que todos olhavam para ela. Virou-se para trás e viu Jensen, ele segurava um urso gigante, um buquê de rosas vermelhas e uma caixa de bombom em formato de coração. Ela ficou tão surpresa que ficou sem ação. Jensen estava com um sorriso estampado no rosto, colocou o urso e o bombom em uma c
Ler mais