Into the Woods

Into the WoodsPT

Chessie  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
21Capítulos
687leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Violet Tessy é uma princesa que, em seus catorze anos de vida, raramente foi além dos muros do castelo. Mimada e sempre fazendo piadinhas sobre tudo, nunca se adaptou com a rigidez com a qual precisa viver e espera um dia realmente poder sair daquele lugar por conta própria e viver as aventuras com as quais tanto sonha. Porém, seus pais superprotores insistem em assombrá-la com histórias descaradamente falsas sobre monstros que se escondem do lado de fora. Mas não é isso o que a impede de, em uma manhã tediosa, fugir para um bosque do outro lado do muro em busca de Ginger, seu gato de estimação. O que Violet não imaginava é que, com o misterioso desaparecimento de Jack Mitchell, filho do conde de seu reino, talvez as coisas estivessem mais perigosas que o normal. Seriam os "monstros" dos quais seus pais tanto falam? Ou somente coincidências estranhas? Mas o quê, afinal, pode se esconder por entre as árvores?

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
21 chapters
Prólogo - Costure, costure...
Olhos da cor das ametistas estão a brilharCosture, costureE ponha os de vidro no lugarSua pele remendada,A repare de ano em anoE seu pobre coração já não passará de um bolo de panoSeus cabelos claros que brilham e voam com o ar,Logo mais, lã irão virarCosture, costureAté acabarPerfeita a senhorita deve ficarPois se a minha Rainha a quer,Então ela teráPobre bonequinha,Perden
Ler mais
I - Alteza
Venha, venha...                                                      ~ ♣ ~Violet deslizava os dedos pelas teclas do piano com rapidez, mostrando que seus seis anos de aulas realmente haviam dado resultado. As ondas louras quase que prateadas de seus cabelos caíam por cima do ombro direito, impedindo que seus pais, Carl e Valentina, vissem seu rosto enquanto a ouviam e observavam do sofá ao lado, colado na parede bem abaixo de uma janela.

Ler mais

II - A Porta
Tenho um pouco de queijo para você...                                        ~ ♣ ~– Alteza – uma voz feminina a chamou, chacoalhando Violet pelos ombros, e a menina choramingou, abrindo lentamente os olhos inchados por conta do sono. –  Vossa Majestade a está esperando para o café.– Hum... Aham... Sim, estou indo, obrigada Lorie – ela resmungou mais uma vez, sentando-se na cama ao ouvir os passos da criada se distanciarem, seguidos do som da porta pesada de seu quarto se fechando.Ela fez uma careta ao passar o dorso da mão abaixo da boca e senti-la umedecer com a saliva pegajosa que escorria por sua pele. Ótimo, já estava começando o dia bem.Depois de se arrumar com uma preguiça quase torturante, desceu as escadas em espiral até o salão principal com a maior lentidão possível, levantando a barra de seu vestido rosado com as mãos en
Ler mais
III - Bolos e Bonecas
Você deve gostar como a bela ratinha que é...                                                                 ~ ♣ ~– A senhorita acabou de... descer por essa escada? – O garoto de cabelos brancos perguntou e apontou para a escada atrás de Violet, permanecendo sério apesar das costuras que formavam um sorriso em suas bochechas pálidas.– Bom, tecnicamente eu meio que rolei por ela e não desci... Mas sim, eu vim por ali – Violet respondeu assentindo.– Hum... Isso é um caso sério... Devo levá-la à Rainha? – O rapaz indagou como se falasse consigo mesmo e Violet se pôs de pé, batendo as mãos na saia de seu vestido e fazendo uma nuvem de terra e pedaç
Ler mais
IV - O Garoto no Quarto
Oh, está com medo dos gatos?Não se preocupe, não irão te atacar...~ ♣ ~Violet ria de maneira despreocupada enquanto Dollie contava mais uma de suas histórias de muito tempo atrás.Ler mais
V - Cada Vez Mais Curiosa...
Nós te deixaremos fugir por hora, ratinha...                           ~ ♣ ~– Aaron... – Violet pronunciou lentamente como se não tivesse entendido e desviou o olhar para o chão rapidamente ao perceber que o garoto ainda a encarava de uma forma quase que intensa demais em sua opinião. – Por que está aqui? Por que não está junto dos outros?– Porque eu era um Perfeito, mas agora sou um Quebrado e Quebrados não servem para ela, até que tenho sorte por ainda estar vivo, os outros foram todos... – ele parou ao ver os olhos arregalados de Violet e riu.– Ela quem? Dollie? – A menina perguntou franzindo as sobrancelhas e Aaron assentiu.– Ela aceita os Defeituosos mas nunca um Perfeito que se quebra, não pode aceitar que um de seus falsos sonhos de perfeição se corrompeu.– O que é um Perfeito? E um Quebrado? Desculpe, não compreendo – Violet admitiu baixinho e ajoelhou-se
Ler mais
VI - Teias no Escuro
Só que você sabe qual é o problema dos ratos, não sabe?~♣~Violet xingou mais uma vez quando uma teia de aranha se prendeu em seu rosto e ela precisou morder com força o lábio inferior para não gritar ao ver o aracnídeo pendurado no teto do túnel, remexendo as patas longas bem à frente de seu rosto.Ela engatinhou para trás, esperando alguns segundos até aquela coisa subir por sua teia e sair andando pelas paredes de terra batida do túnel.A menina suspirou aliviada e, novamente, praguejou contra os deuses e todas as forças sobrenaturais que poderiam ter culpa de seu estado no momento.Ela não aguentava mais andar e andar por aquele lugarzinho claustrofóbico e sujo e nunca chegar a lugar algum. Seus joelhos estavam mais arranhados do que nunca e seus braços doíam já que o lugar não tinha espaço o sufi
Ler mais
VII - E no Final...
Eles sempre, sempre fogem... ~ ♣~– Como chegou aqui? Você... Você não estava naquela sala? E-eu... – Violet gaguejou confusa, seu cerébro se recusando a acreditar que aquele ser que lhe estendia a mão para finalmente tirá-la do túnel era o irritante e folgado Jack Mitchell.– Um garoto-boneco colorido, Aaron, me deu uma chave e disse para encontrá-la aqui – Jack disse e chacoalhou a mão estendida pra a princesa, seus olhos arregalados tinham pressa. – Vamos logo! Contamos tudo um para o outro depois que estivermos fora daqui!– Mas eu... Ah, que se dane! – Ela segurou a mão de Jack e o garoto a puxou para cima, desviando o olhar constrangido ao ver que a única coisa que Violet vestia era uma camisola. – Ora o que foi? Sou linda demais para você? – Violet zombou, limpando as mãos sujas de terra na seda rosa-bebê de sua roupa já encardi
Ler mais
VIII - Você Será Minha.
Para serem mortos no final.~ ♣ ~Violet só parou de correr quando avistou algo suspeito no final do corredor, andando lentamente até o objeto para observar mais de perto. Jack estava ofegante ao seu lado, sem um pingo da energia que agora corria pelas veias de Violet.A menina se abaixou e deu uma risadinha amarga ao conseguir identificar que era uma pequena boneca de pano que a observava do chão, seus olhos roxos de botão brilhando sob a luz da lua. Ela a pegou pelos cabelos de lã amarela como se fosse a coisa mais grotesca que já vira na vida e leu o que estava bordado em seu vestidinho colorido: "Você sabe o que é melhor nesses joguinhos? Uma rainha nunca perde"Jogou a boneca longe usando toda a sua força e Jack se aproximou, as sobrancelhas franzidas pela curiosidade.– O que foi? O que era?– Aquela desgraçada pensando que pode me assustar – ela respondeu e analisou a palma de sua mão por um tempo, pas
Ler mais
IX - Falso Final Feliz
Coisas ruins acontecem o tempo inteiro,E, consequentemente, as pessoas pensam coisas ruins o tempo inteiroMas então, coisas boas voltam a acontecer, como uma distraçãoEntão, me diga:Se eu fosse embora, até quando minha falta seria motivo de tristeza para você? Não chore mamãe, ainda estou aquiE, de um jeito ou de outro, farei com que se lembre.                                                                                ~ ♣ ~As horas e os minutos se passaram, lentos e incontáveis, e Jack permanecia encostado sobre o tronco úmido de uma árvore, os jo
Ler mais