Uma Mulher de Sorte

Uma Mulher de Sorte ES

Diuliélen M. Ilha Dos Santos  En proceso
goodnovel12goodnovel
10
Reseñas insuficientes
5Capítulos
943leídos
Leer
Añadido
Resumen
Índice

Uma Mulher de Sorte é uma história de Romance, Drama, Mistério... Ficção bem detalhada, com personagens todos com as suas personalidades que foram inspirados em determinadas pessoas da realidade da autora do livro, porém a empresa (um Shopping, aliás) do personagem principal é completamente ficcional e criada pela própria escritora da obra. Uma moça comum, tímida, nerd, que tem deficiências e dedicada à sua família, conhece um homem comunicativo, trabalhador e cavalheiro, ambos se apaixonam. O que ela não sabe é que ele é o chefe dela e o próprio dono da empresa onde ela encontra um emprego — o primeiro. Lucas e Luiza começam um lindo namoro. Há muitos conflitos, preconceitos e desafios para o casal enfrentar ao longo de sua caminhada. A questão é: Será que vai dar certo o romance deles? Será que o casal tem futuro? O diferencial da história, que a torna única e atraente, é, sobretudo, o amor, a paciência, o cuidado, a amizade e o respeito que o personagem principal, Lucas, tem por Luiza. Além do apoio e admiração que, como é possível notar nos detalhes da escrita desta obra, que Luiza tem de muitas pessoas ao seu redor e, em especial, de sua família. Por outro lado, é um tanto inspirador amaneira como Lucas se esforça para permanecer ao lado de Luiza, enfrentando todos os obstáculos e preconceitos e, tentando sempre fazê-la feliz e ajudando-a realizar todos os seus sonhos.

Leer más
Uma Mulher de Sorte Novelas Online Descarga gratuita de PDF

Último capítulo

También te gustarán

Libros interesantes del mismo período

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
5 chapters
Cap.1: Quando nos Conhecemos
Luiza estava a sair do escritório do Departamento Pessoal de Recrutamento & Seleção, mas, desta vez — e por mais incrível que pareça —, ela não se sentia nem um pouco nervosa, nem mesmo ansiosa. Estava mais calma do que jamais esteve para uma entrevista de emprego. Enquanto Luiza descia as escadas, e abaixou-se para endireitar a Bota Ortopédica que ela usa no seu pé direito, desde sempre, para deixá-la menos manca e, ao levantar-se, de repente, esbarrou com um homem que subia muito ás pressas nas escadas e, quase caiu, porém, aquele homem segurou-a com firmeza e delicadeza. Luiza ajeitou logo os seus cabelos que foram parar na frente do seu rosto e, quando este homem constatou o seu rosto — olhando olho a olho com ela, foi possível, até mesmo para ela, perceber que os olhos daquele homem brilharam. Depois de alguns segundos segurando a mão de Luiza e olhando-a, o homem finalmente despertou para a realidade.— Oh! Desculpe-me. A senhorita está bem? Perguntou o homem, finalmente soltand
Leer más
Cap.2: Coincidência ou Destino?
LuizaChegando na empresa, direcionei-me para as escadas e já "dei de cara" com Lucas que estava, desta vez, descendo lentamente às escadas. Ele deu um sorriso torto e tímido.— Olá! Cumprimentei-o. — Boa tarde! Há quanto tempo?! Exclamou Lucas, aproximando-se. — Quase duas semanas, mas, retornei, pois, passei para a segunda etapa do processo de seleção. Contei. — Parabéns! Excelente... Vá com tudo. E conseguirá... — Obrigada. Dê-me licença, faltam só 05 minutos. Pedi. Ele fez um gesto, com a mão, para que eu passasse para frente. E fui a subir e, cheguei à sala da recepção de Recursos Humanos e chamei por Juliana que, já é aquela moça — com um sorriso encantador, de olhos castanhos escuro, cabelos castanhos-claro e bem crespos e pele branca e é de mesma altura que eu, mas, tem mais peso e já tem menos volume nos seios e bumbum — que me atendeu e, também, é a mesma com quem falava por mensagens de texto através do W******p anteriormente. Tão gentil, Juliana avisou o gerente da em
Leer más
Cap.3: Preparativos para o Emprego
. Lucas Muito embora Luiza não tenha aceitado sair comigo – nem mesmo que fosse só para tomamos um café juntos – assim que nos conhecemos, estava empolgado e feliz, por ter tido a oportunidade, na segunda vez que nos vimos, de conhecê-la melhor. Tenho que admitir... Ela é extremamente linda, mesmo usando uma Bota Ortopédica no seu pé direito. Pelo que notei, ela é formal por educação mesmo e, também, devido à sua timidez. O que deixa Luiza ainda mais linda, é o fato de ela ser sempre bem alegre e ter um sorriso meigo de cativar qualquer pessoa que a vê. Já, na primeira vez que vi Luiza, havia dado o meu cartão de contatos para ela, e não recebi nenhuma ligação e/ou mensagem dela. É a primeira garota que faz isso comigo, e isso mexeu muito comigo. Além de recusar o convite para irmos tomar um café, não “pegou no meu pé”, ou seja, não entrou em contato comigo, mesmo tendo o meu cartão de contato (pessoal). Então, na segunda vez que a encontrei, me permiti, e diretamente,
Leer más
Cap.4: Primeira Noite
. Luiza Depois de terminamos de comer o nosso lanche, fomos andando até o Mundo á Vapor, que fica localizado na Avenida Don Luiz Guanella, no bairro Carniel da cidade de Canela e somente á três quadras do mini ‘shopping’ Grupo Castro, onde eu estava prestes a começar a trabalhar. Fiquei muito encantada e surpresa, ao ver a preocupação de Lucas que, para eu não ter que caminhar três quadras apenas, já estava prestes a chamar um carro. Expliquei a ele, então, que não me prejudicaria por caminhar; pelo contrário, estando com a Bota Ortopédica, fazer uma caminhada até me faz bem. Se não estivesse com a bota ortopédica, daí, sim, causaria desconforto na coluna por ficar mancando muito.— Se você diz… Disse ele, fazendo menção com o braço para que eu me apoiasse nele. Por impulso, eu acabei me apoiando nele, mesmo não precisando. E percebi que ele sorriu. No meio do caminho, paramos em frente a um quiosque que vendia sorvetes.— Dois cascões, sabor chocolate… Lucas pediu.— Prefi
Leer más
Cap.5: Troca de Mensagens
Luiza Ao amanhecer, Ryan, meu irmão, veio deitar comigo, na minha cama. Eu estava com preguiça, e então visualizei o relógio do meu ‘smartphone’ e eram somente 6(h)45min em pleno sábado. — Vou sentir a sua falta! Exclamou, o meu irmão. — Ainda nem comecei a trabalhar. Disse, com uma risada meio debochada.No fundo de meu coração, fiquei feliz de ouvir o que Ryan acabou de dizer, e sei que foi essa mesma a intenção dele. — Já lhe disse que você é o meu exemplo?! Ele falou. — Farei o meu melhor para ser uma irmã exemplar, para que você possa seguir os meus passos. Garanti á ele. — Mas você já é! Eu me inspiro em você. Afirmou, ele. — E você também precisa conhecer alguém, namorar... Brincou ele. Abracei-o, emocionada. Ryan é um menino tão ‘fofo’, que não me aguento para conter todo o encanto e afeto que tenho por ele. É meu irmão adotivo, mas nos apegamos muito um com o outro, e até demais. Há exatamente três anos e onze meses atrás, os meus pais receberam definitivam
Leer más