Dançarina Particular

Dançarina Particular PT

Lu Mendes  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
15Capítulos
2.3Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Dançarina particular é uma linda história amor entre um homem poderoso e milionário que é Vitor Ferreira e uma professora de dança, Mariana Lopes. Eles se conhecem quando Vitor precisa aprender valsa para dançar no casamento do irmão caçula. Embora seja um roqueiro tatuado que faz parte de um clube de motoqueiros rudes e um tanto selvagens, Vitor é como um pai para o irmão e não pode magoálo O pai dos três irmãos tinha falecido de infarto há cinco anos. Vitor era o mais velho dos irmãos e teve que assumir a presidência da construtora a todo custo, mesmo que para isso tenha sacrificado sua liberdade de estar em sua moto, no meio do asfalto quente das estradas do país que é o que realmente gostava de fazer. Mariana recebe a ajuda incessante de Vitor durante todo o processo de se libertar de um namoro tóxico e agressivo. É um alerta a todas as mulheres que estão nessa condição e não sabem avaliar os primeiros sintomas de um relacionamento abusivo, que pode levar a um feminicídio. De roqueiro selvagem e dono de um Império a um anjo da guarda, Vitor salva Mariana de todas as formas que consegue. Dançarina particular é uma homenagem ao amor recíproco, da sensualidade à leveza da valsa, do primeiro beijo ao romance nada clichê que cresce devagar, meio sem querer, meio sem pensar. Afinal não é assim que tudo começa? A mais bonita história de um casal começa sem certezas e continua com algumas concessões. Essa é a história que eu quis contar.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
15 chapters
Prefácio
Prefácio   Esta história foi baseada em uma música que gosto muito, Private Dancer de Tina Turner. É uma linda história de amor entre um homem poderoso e milionário que é Vitor Assis Ferreira e uma professora de dança, Mariana Lopes da Silva. Eles se conhecem porque Vitor precisa treinar valsa para dançar no casamento do irmão caçula. Os seus motivos são muito importantes para que precise aprender a dançar valsa, embora sendo um roqueiro tatuado que faz parte de um clube de motoqueiros rudes e um tanto selvagens. O pai dos três irmãos tinha morrido de infarto há cinco anos. Vitor era o mais velho dos irmãos e teve que assumir a presidência da construtora a todo custo, mesmo que para isso tenha sacrificado sua liberdade de estar em sua moto, no meio do asfalto quente das estradas do pa&iacu
Leer más
Um encrenqueiro sedutor
Capítulo 1   Um encrenqueiro sedutor   Meia noite e meia. Sexta-feira. O rapaz de cabelos longos castanho-claro até abaixo dos ombros e de olhos azuis escuros se esforçava sobre o corpo de uma modelo muito bonita, loira, de olhos castanhos. Os outros frequentadores do motel de luxo, deveriam estar ouvindo os gritos de prazer da mulher que suava sobre os lençóis caros enquanto emitia grunhidos sem se importar com a vizinhança. O homem deslizava as mãos pelas ancas largas e alvas da loira a puxando contra seu corpo enquanto ouviam o barulho surdo de seus corpos se chocando no meio da noite. O casal já estava ali há horas entre o suor e os aromas que subiam de ambos os corpos naquele frenético sexo rude e grosseiro. Os cabelos longos dele molhavam-se no suor do peito tatuado por vezes grudando e ficando
Leer más
Entre homens e moleques
Capitulo 2                   Entre homens e moleques     Vitor e Mariana ainda acertavam os seus detalhes na academia. Aquela era uma conversa decisiva para seu aprendizado. Vitor precisava aprender e rápido. O seu jeito meio rockeiro, motoqueiro anti-social o impedia de ter certas conversas sobre comportamentos normais para outros.   - Quanto tempo o senhor tem até o casamento? - Perguntou ela - Um mês mais ou menos. - Ele a olhava enquanto ela disfarçava os olhares nos bíceps dele que saltavam da camisa justa. - Certo, você pode fazer toda segunda, quarta e sexta, podemos combinar depois. Agora eu preciso ir.  &nb
Leer más
Fora de controle
Capitulo 3   Fora de controle      Ao chegar em casa naquela noite, Vitor se deparou com uma mãe bêbada na sala ao telefone com um homem. Vitor parou a olhando cruzando os braços.    - O perigoso sou eu?  - Eu sou sua mãe, cala a boca!   Ele foi até ela e pegou o telefone de sua mão.   - Babaca, vai caçar a mãe de outro para comer, essa daqui tem gente olhando por ela! - Vitor? - Disse a voz do outro lado - Bem que ela disse que você dá trabalho ein bebezão! - Não me interessa quem você é, chefe, se você se aproximar da minha mãe de novo eu pes
Leer más
O Salão Cristal
 Capitulo 4  O salão Cristal  Mariana teve dificuldades diante da polícia. Alguns policiais riram de suas queixas, como em algumas situações. Ela se sentiu profundamente humilhada e triste. Vitor se irritou. - Custa abrir um boletim de ocorrência pela vidraça quebrada? A moça foi demitida por causa do namorado que fez escândalo na porta do trabalho dela!- Pelo nervosinho aí, é você o namorado abusador dela? Vitor se irritou de verdade e mandou chamar o delegado, que era seu amigo. - Pode me chamar o Guedes?- Conhece o Guedes? Vitor deu um sorriso sarcástico e Mariana olhou para ele. Conhecia um delegado de polícia também? Pensou ela. - Conheço o Guedes e eu quero o boletim fe
Leer más
O milionário
Capítulo 5  O milionário  Aquela noite Mariana deveria cantar no bar. Assim que os dois terminaram a aula, ela avisou a Vitor que precisava trocar de roupa em algum banheiro do hotel para sair. Vitor ficou bastante interessado em saber onde Mariana iria. Ele esperou que ela se trocasse e se ofereceu para levá-la. - Não, não precisa.- Eu faço questão, é balada?- Não é balada, Vitor mas eu vou sozinha para trabalhar. Ele foi andando com ela até a recepção. Vitor falou com algumas pessoas e pôs-se a andar ao lado dela até o lado de fora. - Tem certeza de que não quer que eu te leve? Naquele momento o telefone dele começou a tocar. Vitor olhou o visor, franzindo o cenho, contrariado. Era Laís. Maria
Leer más
Jovem demais para se apaixonar
Capítulo 6  Jovem demais para se apaixonar  Já eram onze horas da manhã quando Vitor buzinou na porta da casa de Mariana. Ela estava pronta, vestida de bermuda jeans, uma camiseta branca, Jaqueta jeans e tênis. A mãe, ainda preocupada, aconselhou milhares de vezes e fez dezenas de perguntas sobre quem era. Mariana apenas se limitou a dizer que era um amigo, o que sua mãe não “engoliu” de forma alguma. Já no carro, Mariana entrou olhando para Vitor com um sorriso tímido. A partir do momento em que soube quem era, sentiu-se extremamente intimidada. Vitor vestia uma calça jeans e uma camisa estampada, estrategicamente desabotoada no peito e chinelo. Mariana reparou nos chinelos dele e riu. - Gostei do look... Ele sorriu um pouco triste. - É...para onde eu fui não
Leer más
Um chefe dos sonhos
Capítulo 7  Um chefe dos sonhos    A Avenida Ataulfo de Paiva no Leblon era uma das ruas mais movimentadas e bonitas do bairro. Assim que Mariana desceu do ônibus, viu o Pão de açúcar de frente para a avenida e sorriu. Ela nunca tinha estado ali. Era difícil que acreditassem nela quando dizia que muitos lugares do Rio de janeiro ela não conhecia. Era perfeitamente normal que a maioria das pessoas não conhecessem todo o Rio de janeiro enquanto cidade grande, já que a cidade é caracterizada pelas discrepâncias regionais, topografia e segmentação de classes. A professora de dança foi caminhando olhando os números dos prédios, atenta ao nome dado por Vitor. Cidade do Leblon. Logo Mariana parou em frente ao enorme prédio e bufou. - Para que tanta riqueza? - Reclamou.<
Leer más
Uma difícil decisão
 Capítulo 8  Uma difícil decisão  Aquela semana foi difícil para ambos. Vitor tentava ignorar Mariana, assim como ela tentava o ignorar, mas se flagravam pelos cantos da empresa observando um ao outro por muitas vezes. Nenhum dos dois queria dar o braço a torcer que estava encantado um pelo outro. Mariana ia para as reuniões com Vitor no escritório e se sentava mais afastada a cada dia, sofrendo calada a paixão que sentia. Por sua vez Vitor sempre reparava nas roupas sofisticadas que ela tinha adquirido. Calças sociais combinando com blusas pretas de bolinhas ou listras discretas, saias lápis com terninhos ou blusas sociais que valorizavam o belo corpo dela. Era difícil para um homem como ele ficar afastado de uma mulher tão bonita quanto Mariana, mas tinha que respeitar a vontade dela de não o querer ou pelo meno
Leer más
Felizes acasos e tristes surpresas
Capítulo 9  Felizes acasos e tristes surpresas  A manhã chegou.Mariana era acordada pelo toque de notificação do celular de Vitor e notou que tinha se esquecido totalmente de avisar sua mãe. Viu que ele dormia calmamente ao seu lado na cama e foi para a sala ligar para a sua mãe. Marta estava desesperada e Mariana se sentiu um lixo de deixar a mãe naquele estado. Enfim ela se acalmou com a mentira de que Mariana tinha dormido na casa de uma amiga depois do bar e que tinha se esquecido de avisar. Mariana voltou ao quarto de Vitor e ficou observando aquele belo homem dormindo, com os cabelos compridos espalhados pelo travesseiro e o peito talhado em academia que subia e descia com a respiração calma. O quarto cheirava a sexo e Mariana sentiu vontade de acordá-lo para se amarem mais uma vez até que chegou outra notificaçã
Leer más