A LUZ DAS VELAS

A LUZ DAS VELASPT

franco.rovedo  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
37Capítulos
2.6Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

O jovem empresário e caçador de aventuras, Giulio Dougan, decide fazer uma viagem de volta ao mundo em solitário com seu veleiro Cutty Sark. Antes de partir, Paula, sua amiga especial, vira as cartas do Tarô e lhe previne sobre os desafios que pode encontrar pela frente. Uma tempestade obriga o jovem marinheiro a se abrigar em um iate clube para fazer a manutenção do seu barco. Em sua primeira noite em terra firme, Dougan enfrenta Athos, o poderoso presidente do clube. Na urgência de conseguir recursos, o jovem assume a vaga de capitão do luxuoso iate de um milionário estrangeiro. Um mistério perigoso joga o jovem comandante dentro de uma rede de intrigas mas também lhe apresenta o primeiro verdadeiro amor de sua vida: Marine, uma jovem advogada local. Uma relação contraditória mas cheia de sensualidade e amor que deve superar os caprichos do destino e ensinar que nem tudo na vida já está escrito.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
37 chapters
1
A pressão atmosférica baixava rapidamente e a temperatura aumentava. Sinais evidentes de uma tormenta chegando. O relatório do serviço meteorológico já havia alertado e me preparei para o pior.Amarrei tudo que poderia soltar-se, inspecionei as presilhas que suportavam a força do mastro sobre seus cabos e fiz o checklist de emergência iminente. As velas seriam recolhidas antes de o vento passar da velocidad
Leer más
2
Quando acordei, o mar já havia sossegado completamente. Calculei minha posição e parti em busca da terra firme. O ruído estranho do motor me preocupava, mas havia pouca coisa a ser feita a não ser tentar chegar com ele funcionando devagar e com cautela. Com o brandal partido, içar qualquer uma das velas seria muito arriscado. Só o faria se o motor parasse de vez. O local apropriado mais próximo anotado na carta náutica era um Iate Clube particular de uma pequena cidade po
Leer más
3
por PaulaEle vai partir mais uma vez, só que agora vai ficar muito tempo longe de mim. Estas sensações eu já conheço bem: vazio, ansiedade, preocupação, saudade. Diversos sentimentos embaralhados e uma vontade louca de pedir que fique.Leer más
4
Continuação por Paula Pedi para ficar concentrado, mas já sabia que isso seria quase impossível.Enquanto separava o material, ele andava atrás de mim como um gatinho sorrateiro, pronto para me pregar uma peça. Ele não acredita, mas já me conhece bem e sabe que nestes
Leer más
5
Quando entrei na pequena baía, a maré estava correndo forte ainda. Eu me aproximei do píer diagonalmente, esperando a correnteza contrária empurrar a popa e terminar a atracação. Lancei as defensas para fora e quando a proa tocou o estrado flutuante, pulei por sobre a amurada e amarrei o cabo naquele antigo e tradicional cunho de madeira do trapiche. Reparei também nos cabos que estava usando e eles pediam substituição. Mais um item na já enorme lista de compras. Aquela interrupção da viagem fugiu do crono
Leer más
6
Uma viagem de barco é interessante e carregada de emoções, porém o conforto não vai junto. A água é geralmente fria, a comida é racionada e o sono é picotado. Quando o vento está bom, abrimos as velas e o barco aderna, fazendo o nosso mundo ficar desconfortavelmente inclinado por horas. Depois de comer bem e tomar um bom banho, a vida ficou mais colorida. Sei que abusei, mas não pude abandonar aquela água quente e forte me massageando. Fiquei pelo menos uma hora no chuveiro. Parece incrível que depo
Leer más
7
Em vez de parar no meu lugar, passei reto e fui sentar na varanda, na mesma mesa que havia estado naquela tarde. A vista era ainda mais linda à noite. O farol de entrada do canal decorava o amontoado de pedras que se estendiam formando uma baixa muralha abrigando a marina.O cheiro do mar me trazia a melancolia de outros tempos passados na beira do cais. Longas conversas sobre coisas da vida e da morte. Lições que haviam me formado em uma universidade na qual poucos tiveram a chance de conhecer. Estudos que exigiram um pouco das inteligências que todos têm,
Leer más
8
Dormi muito. O sol já estava alto quando acordei. Era o primeiro sono completo que tinha desde a última parada, há duas semanas. Permaneci na cama pensando na noite anterior. Estava inconformado com o fato da mulher mais fascinante que eu tinha conhecido nos últimos tempos, era filha de um idiota completo. As regras impostas por ele para este iate clube não existiam em nenhum lugar do mundo. É totalmente errado obrigá-lo a abandonar a embarcação por motivos tão estúpidos. O barco está mais seguro com a tripulação dentro e não em terra, longe da vista.Leer más
9
Salve! Capitão artista. Pronto para se mudar? – Marine perguntou como se fosse a coisa mais comum do mundo abrigar um estranho em sua casa.Coloquei minha pequena mochila no banco de trás, sentei e já coloquei o cinto.– Muito bem! – Exclamou. – Difícil ver alguém por aqui com esse hábito.

Leer más

10
A despeito da preguiça, levantei assim que abri os olhos. Eu era hóspede da minha amiga e não convinha levantar mais tarde do que ela. Os pesadelos não me deixaram aproveitar a cama macia e estável. Embora tivesse tido uma noite mal dormida, consegui descansar bastante.Levantei decidido a não sofrer tanto quanto o velho pescador de Hemingway, a começar pela aparência. Nem me toquei que poderia tomar outro
Leer más