O Amanhecer Das Feiticeiras

O Amanhecer Das FeiticeirasPT

Nielee Bloom  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
30Capítulos
597leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Bruxas, vampiros e caçadores estão empenhados em descobrirem quem está matando pessoas inocentes e violando o Tratado de Paz entre as espécies, por isso, se tornam alvos de um inimigo oculto. Uma profecia anuncia que uma escolhida entre as bruxas trará a salvação às espécies. Começa então a busca por aquela que porá fim a escuridão. "Todas as coisas tem um propósito, mesmo o mal vem para o bem, é preciso que haja trevas para que surja a luz".

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
30 chapters
1. Perdido na escuridão
|16 de abril de 2014Era uma manhã fria em Large Field. Poucos estudantes tiveram coragem de deixar suas camas aconchegantes para irem ao colégio. São Marcos era um prédio de quatro andares com uma quadra grande de basquete, um campo de futebol e um salão de natação. Os jardins eram bem cuidados, os pátios e corredores amplos. Mas, apesar de seu tamanho, estava longe de ser o colégio perfeito. O quarto andar estava em reforma desde o ano passado. As carteiras estavam rabiscadas com palavrões e desenhos obscenos. Os muros foram pichados e vez ou outra sumiam computadores ou coisas do laboratório. Sem contar as brigas que aconteciam durante o intervalo ou em campo. Sem dúvida, São Marcos era o inferno.Enquanto o professor Armando enchia a lousa de ex
Leer más
2. Desaparecido
|16 de abril de 2015Harriet:Me chamo Harriet Sullivan. Não sou popular como as outras garotas. Sou mais na minha, sabe?Na verdade tenho dificuldade em me socializar. Logo que comecei a estudar em São Marcos, me senti como um peixe fora d'água. Tudo era tão grande, barulhento e confuso… Não falava com ninguém e ninguém falava comigo. Até que, um dia, “ele” se mudou para o apartamento em frente ao meu. Jake Hawley é o seu nome. Ele é lindo! Alto, branco, com olhos azuis e cabelo castanho escuro. É tão gentil e bem-humorado e me trata muito bem. Saber que ele sabe que existo é a melhor coisa no mundo. Sei que nunca terei uma chance com ele porque, infelizmente
Leer más
3. A volta de quem não foi
Três meses depois....Jeremy:Meu nome é Jeremy Hawley, sou o irmão gêmeo de Jake. Somos iguais e ao mesmo tempo, diferentes. Duvida?Jake adora festa e em qualquer lugar que vá, faz amizades facilmente, já eu detesto sair do meu quarto. Também, por que sairia quando tenho tudo o que preciso, meu computador, meu X box, etc? Dinheiro nunca foi um problema na minha família. Nunca nos faltou nada. Mesmo assim, Jake nunca esteve satisfeito. Parece que sempre desejou algo a mais e foi isso que o levou a querer sair de casa. Nosso pai foi contra, mas nossa mãe, não – ela sempre preferiu o Jake a mim, e por isso, sempre fez tudo o que ele lhe pediu -. 

Leer más

4. Nunca esquecerei
Alexander:Quando morri, pensei que ficaria preso para sempre no porão do colégio porque toda vez que tentava sair dali, não conseguia. Era angustiante e eu pensava que nada poderia ser pior. Estava errado!Brittany e meu pai me “puxavam” para a casa com seus lamentos e eu ficava ora aqui, ora no porão do colégio. Não sabia onde era pior estar, no lugar onde fui assassinado ou em um lar onde via meu pai e minha “irmã” definhando por mim. Eu tentava consolá-los, mas eles não podiam me ver, sentir ou ouvir, já que eu não passava de um maldito fantasma.Um dia, os vi partir e senti meu coração se partir em mil pedaços. Que engraçado! Um morto com coração… Isso está errado. Eu não devia sentir mais coisa nenhuma, mas continuei sentindo. Quer dizer, algumas coisas… Posso me jogar escada abaixo qu
Leer más
5. Meu bebê
Dois dias se passaram e Luciana não teve problemas com Alexander. Ele foi puxado várias vezes até onde Brittany estava e se manteve ocupado o suficiente para não aborrecer ninguém.Luciana foi matriculada em São Marcos e aquele seria seu primeiro dia de aula. Kimberly também estudaria no mesmo colégio, mas não significava que elas iriam juntas nem que se sentariam ao lado da outra na cantina ou que sequer trocariam uma palavra, porque Kimberly tinha vergonha de dizer que era “irmã” de Luciana. Luciana sempre acabava chamando mais atenção para si do que pretendia e isso incomodava alguém como Kimberly, que só queria ficar na dela e ser minimamente notada.Luciana se levantou sobressaltada quando o despertador a acordou. Levou uns cinco minutos para se acalmar. Ela ficou sentada na cama, encarando o closet, até se levantar. 
Leer más
6. Deus abençoe a América
Na sala de aula Marion DiAngele vigiava Henry Dornelles que vigiava Danica Foster que por sua vez, vigiava Lizzie Dornelles.“Parece que todos estão tramando alguma coisa e nenhum confia no outro”, foi o que pensou Mary Ann Simons enquanto os observava de seu canto. Ela estava sentada logo atrás de Luciana e fingia ler um livro de Wicca quando prestava a atenção em todos os alunos a sua volta, os analisando mentalmente para não se aproximar depois de pessoas que julgava “detestáveis”. Só havia duas pessoas em sua classe que Mary simpatizava: Harriet Sullivan e Christopher Morrison, os únicos que não eram esnobes.Pagie percebeu que Danica não parava de encarar Lizzie e sussurrou isso para ela. Lizzie se virou para trás e encarou Danica. Nervosa, Danica disfarçou rápido e virou o rosto. Lizzie rabiscou algo em uma
Leer más
7. Uma dose de sangue e chocolate, por favor?
Amanda empurrou Henry, mas não conseguiu se livrar dele.— Me solta! — Ela disse.— Só depois que responder a minha pergunta. — Falou Henry.Amanda usou sua habilidade para se esquivar dele. Levantou-se e saiu correndo, porém, Henry a surpreendeu ao aparecer na frente dela.— Como você…? — Disse ela recuando, espantada.— Acha que é a única aqui que tem poderes? — Falou Henry.— Você é como eu? — Perguntou Amanda.— Isso depende… O que você é? — Perguntou Henry.— Eu não… Sei. — Disse ela nervosa.— É uma vampira? — Perguntou ele.Amanda riu, nervosa.Leer más
8. Encontros
— Caramba! Esse era o quarto dele? — Falou Harriet quando Luciana levou Mary e ela até seu quarto.— Sim. — Respondeu Luciana.Mary Ann encarou o closet como se tivesse algo assustador escondido nele. Luciana percebeu e ficou arrepiada. Será que Mary também podia sentir coisas que pessoas comuns não sentiriam nem que se esforçassem?— Escuta, tem algum pertence dos antigos donos aqui? —Perguntou Mary se voltando a Luciana.— Um pertence? — Ela repetiu. — Bem, tinham uns pôsteres nas paredes que eu rasguei e… — Luciana se lembrou que sua mãe dissera que havia algumas coisas que os antigos moradores deixaram no sótão. — O sótão… Minha mãe disse que tem coisas lá.— Será que nós podemos ver? — Perguntou Mary parecendo mais preocupada que curiosa.
9. Invisível
Assim que Catrina adormeceu, Marion a deixou no berço – Christopher comprara um para Catrina ficar à vontade sempre que viesse passar a tarde com ele, uma vez por semana, para que todos pensassem que ele, de fato, se importava com aquela criança, não que ele não se importasse, mas precisava convencer Eva Little – e foi até a biblioteca, onde Christopher ainda lia.— Você não se cansa de ficar com a cara enfiada nos livros? — Ela disse sorrindo.— Olha quem fala? — Disse Christopher rindo e deixou o livro de lado. — E a Catrina?— Dormindo como um anjo.— Humm. Que bom. Olha, se você quiser ir embora, eu entendo. Mas preferia que passasse a noite aqui, como havíamos combinado. Eu não levo muito jeito com crianças.— Falou Christopher.— Não se preocupe. Eu já m
Leer más
10. O que homem não estava lá
Michelle despertou Brittany e lhe deu um chá de gosto amargo para beber.— Tome? Isso vai fazer com que se sinta melhor.— O que é? Tem um cheiro horrível e um gosto pior. — Falou Brittany com uma careta.— Não importa. Apenas beba. — Disse Michelle impaciente.Brittany tomou metade do chá.— Eu vou cuidar de você. Confie em mim? — Michelle  beijou o rosto de Brittany.Brittany sorriu.— Obrigada. Eu gosto que cuide de mim.— E eu gosto que me deixe cuidar de você. — Michelle passou a mão no rosto de
Leer más