Prisioneiros da solidão

Prisioneiros da solidãoPT

Piter Cezepauski  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
23Capítulos
468leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Prisioneiros da solidão, é o segundo ato da saga de ficção cientifica, que envolve muito mistério e suspense. Poderá acompanhar e entender os acontecidos por trás dos planos científicos e experiências intergalácticas de um grupo de cientista maluco, com muito conhecimento e dinheiro. Durante o período de testes científicos no espaço sideral, um grupo de jovens adultos que vivem normalmente na terra, terão seus caminhos prejudicados que darão novos rumos as suas vidas. Com o fim da experiencia cientifica intergaláctica, mesmo sem saber os jovens adultos protagonistas deste segundo ato, terão seus destinos traçados de uma maneira que mudará suas vidas, e seus pensamentos para sempre. Contos, lendas urbanas, histórias alheias, relatos bizarros, revelações surpreendentes, documentos jornalísticos, fatos históricos, farão parte desta obra, assim como mistério, suspense, terror, investigação, diálogos e reflexões. Ira ler nesta obra, a realização de um dos mais ambiciosos objetivos, e sonho científico que todo cientista louco desejar realizar. Assim como irá conhecer um dos mais terríveis e assustadores rituais já feitos na terra. Acima de tudo, um ótimo conto, uma ótima história de ficção cientifica, um esplendido enredo de muito mistério e suspense, que o fará tremer de medo.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
23 chapters
INTRODUÇÃO
                                          PRISIONEIROS DA SOLIDÃO                                                                                        Escrito por Piter Cezepauski       Introdução     Prisioneiros da solidão, é o segundo ato da saga de ficção cientifica, que envolve muito mistério e suspense. Poderá acompanhar e entender os acontecidos por trás do
Leer más
CAPÍTULO I – UM NOVO ENREDO
  CAPÍTULO I – UM NOVO ENREDO      As sete horas da manhã, o relógio desperta, está na hora de levantar-se, tomar um bom banho e me arrumar para ir trabalhar. Não costumo comer algo tão cedo da manhã, apenas tomar um copo de água gelado. Quando o relógio marcava sete horas e quarenta e cinco minutos, eu saia de casa, deveria pegar um ônibus, e após quase uma hora de viagem, eu pegava mais um trem, que daria cerca de trinta minutos, para enfim chegar ao serviço. Essa era minha rotina, meu emprego é bom e algo que eu gosto de fazer, sou técnico em informática, as vezes dou algumas palestras sobre o assunto, mas a maior parte do meu trabalho, é ficar em meu escritório, mas o que faz um técnico em informática afinal? Um técnico em informática é o profissional que está apto a realizar configurações de sistemas informáticos, a instalar equipamentos e a verificar as causas de falhas na programação de computado
Leer más
CAPÍTULO II – HISTÓRIAS ALHEIAS
  CAPÍTULO II – HISTÓRIAS ALHEIAS      Finalmente chegamos até a casa de Chad, toco a buzina, então ele aparece, entra no carro saúda Ashley com um selinho e cumprimenta Drake e eu. Ashley nos apresenta dizendo – Esse é meu namorado Chad, e esses são meus amigos, Dean e Drake - Simpática.      - D&D? – Diz Chad com risadas e acrescenta – É uma piada – Simpático. Novamente na estrada, tento puxar assunto com Chad.      - Então Chad, a Ashley nos disse que você é eletricista, certo?! – Digo, mentindo, mas testando Chad.      - Dean! – Exclamou Ashley      - Não, não, eu sou coordenador de engenharia elétrica – Respondeu Chad      - Isso, foi isso que ela disse, eu devo ter me confundido – Digo, disfarçando. “O Coordenador de Engenharia Elétri
Leer más
CAPÍTULO III – UMA NOITE QUASE PERFEITA
  CAPÍTULO III – UMA NOITE QUASE PERFEITA      Chegando no parque onde encontraríamos Maggie, estacionei e descemos do carro, caminhamos um pouco então Drake pergunta – Onde ela disse que estaria? Consegue ver ela? –      - Sim, como não ver aquela mulher linda na nossa frente – Digo, encantado, vendo a Maggie de longe.      Ao contrário de Drake e Chad, Maggie nasceu em um berço de ouro, com a vida ganha, frequentou a melhor escola, a melhor universidade. Seus pais são advogados renomados, reconhecidos, e Maggie está seguindo os passos de seus pais, se tornando uma ótima advogada. Sua família vem de uma geração incrível de advogados. Drake e eu conhecemos a Maggie através da Ashley, a qual os pais de Maggie, ganharam um caso a favor dos pais da Ashley. Em dois anos de amizade com a Maggie, tivemos um momento incrivelmente maravilho juntos.
Leer más
CAPÍTULO IV – RELATOS DE DRAKE
  CAPÍTULO IV – RELATOS DE DRAKE      Em uma noite fria de inverno, fazia 11 graus, Drake havia ido embora do restaurante, dizendo ao Dean que tinha trabalho pela manhã. Recusou carona, e foi andando, até um ponto onde pegou o ônibus e foi para casa.      Durante o caminho, refletiu sobre sua vida, o ônibus não estava cheio, havia poucas pessoas, e quando chegou em casa, seus pais haviam saído, e deixaram um bilhete na porta da geladeira. “Saímos e só voltamos amanhã de manhã, tem comida para esquentar na geladeira, se comporta, beijos! Mãe.”.      Drake estava sozinho, com o coração ferido, e pensamentos confusos, pensou em tudo que ouviu durante o dia, até mesmo da conversa sobre a história dos jovens no trem. Correu para olhar o relógio, e ainda não batia 23:23, assim decidiu. Trocou de roupa, com intuito de que a hora passasse, mas faltava apenas algun
Leer más
CAPÍTULO V – HISTÓRIAS CURTAS
  CAPÍTULO V – HISTÓRIAS CURTAS      Drake e Rich atravessaram a avenida, caminharam um pouco e se sentaram em uma praça, a qual havia muitos pombos, algumas barracas de lanche, e pessoas passando para lá e para cá, havia alguns artistas de rua e expositores com belos artesanatos.      E assim Drake conta - Digo eu sinto um medo de alguma coisa, constantemente, mas não há nada para temer. Eu tenho tomado sustos do nada, o que nunca ocorria antes de ontem a noite. Parece que algo está sugando minha coragem, posso dizer que passei o dia assustado, com essa expressão no rosto de pavor.   Tudo porque meu amigo Dean ouviste no trem uma história a qual ele contou para o grupo, e essa história me deixou perplexo, quase sofremos um acidente quando ele terminava de contar, foi estranho. Dean dizia que ouviu os sujeitos conversando no trem, sobre uma simpatia, ou seja, lá como se cham
Leer más
CAPÍTULO VI – A ORDEM DO GOLFINHO
  CAPÍTULO VI – A ORDEM DO GOLFINHO      “O leitor pode querer consignar essas especulações totalmente ao domínio da ficção científica. Propomos, em vez disso, que essa linha de argumentação demonstrasse que a presença de sinais interestelares é inteiramente consistente com tudo que sabemos, e que, se os sinais estivessem presentes, os meios para detectá-los estão agora à disposição. Poucos negarão a profunda importância, prática e filosófica, que a detecção de comunicações interestelares teria. Nós, portanto, sentimos que um esforço discriminado por sinais merece uma atenção considerável. A probabilidade de sucesso é difícil de estimar; mas, se nunca buscarmos, a chance de sucesso é zero.      Em dois dedos de prosa, Cocconi e Morrison apresentaram a justificativa clássica para todos os esforços hoje coletivamente conhecidos como SETI. Não que os financiadores governamentais de pesquisa con
Leer más
CAPÍTULO VII – A DESCOBERTA DE RICHARD
  CAPÍTULO VII – A DESCOBERTA DE RICHARD      Após Rich terminar de contar essa pequena história, Drake suspira aliviado, diversas vezes achou que desmaiaria de tanto ouvir.      - Você está suando, nem está calor – Analisa Rich.      - Olha cara, pode apenas me dizer o que você quer dizer com tudo isso? Vai logo ao ponto – Diz Drake, em um tom brabo.      - Eu já ia chegar nessa parte. Bom como posso resumir ainda mais. – Diz Rich, pensando, e acrescenta – Com todo esse conhecimento por ciências, me despertou a ingressar nesse ramo e aplicar as descobertas em minhas teorias, e tem funcionado muito bem. Poucos são os cientistas que conhecem a fórmula fwp, que faz a contagem para mundos paralelos. Com essa descoberta, foi um grande salto para minha carreira. Um grande homem acreditou em mim, e me deu a oportunidade de pô
Leer más
CAPÍTULO VIII – A INFLUÊNCIA DE NETUNO
  CAPÍTULO VIII – A INFLUÊNCIA DE NETUNO      Enquanto o grupo de Dean caminha pelos campos abandonados de alta vegetação, chamado Pompeia, Maggie e Chad distraem com histórias de terror, sobre alguns relatos que circulavam. Estamos todos bêbados, e o intuito deles é assustar mesmo, mas a história é verídica, o que torna mais assustador.      Saíste no jornal há uns dias, notícias sobre o desaparecimento de 12 jovens há anos, a qual jamais foi descoberto, e o caso na época, ganhou muita mídia. As notícias recentes declararam que esse é o caso mais misterioso do mundo.      Maggie conta sobre e questiona o grupo, que os rumores levam a crer em abdução alienígena, onde seleciona jovens de signos diferentes para os experimentos macabros e dolorosos. – E somos cada um de um signo diferente – Acrescenta Maggie.      - Para Maggie, es
Leer más
CAPÍTULO IX – RELATOS DE DRAKE II
  CAPÍTULO IX – RELATOS DE DRAKE II      O senhor Hughes, arrumou um carro importante hoje em sua mecânica, junto ao seu filho Drake. Assim saiu com sua esposa para levar o carro para o dono, que é um sujeito importante. Drake estaria sozinho novamente. E isso confirmou o que Drake tinha certeza do que precisava ser feito. Mas mal sabia que o mal tem suas artimanhas para o jogo continuar a ser jogado. Com muita ansiedade, aguentou firma até o horário que é preciso ser feito. Preparou sua refeição rápida, e assistiu um pouco de TV, o noticiário comentava sobre o a morte de três jovens, e um desaparecido. Mudou para o canal de desenhos, mas não conseguia se concentrar, a ansiedade tomava seu corpo por completo. Assim desligou a TV, tentou escutar um pouco de música, mas não conseguia ficar parado, a ansiedade tomava seu corpo. Desligou a música e saiu para o pátio, para ver a linda
Leer más