Meu eu submissa

Meu eu submissa PT

anne oliveira  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
43Capítulos
7.5Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Dançarina a noite e estudante de psicologia de dia Ana luta com garras e dentes para ter uma vida melhor desde que seus pais expulsaram ela de casa. Ela aprendeu a sobreviver e conseguiu jogar com a vida. Ela conhece Vicente um dom na comunidade BDSM que faz uma proposta a ela, será que ela vai aceitar? Obs: No livro tem trisal, cenas de orgias, se é sensível a isso não leia. Possui alguns cenas que podem ser gatilhos.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
43 chapters
Introdução
       INTRODUÇÃO Toda vez eu paro e penso se o que faço é realmente certo, me pego pensando no quão minha vida mudou. Eu era apenas uma garota quando fui colocada pra fora de casa porque não esperei até o casamento para perder a virgindade. Meus pais são totalmente religiosos e preconceituosos tanto que eu tive que fazer minhas aulas de dança escondido. Se eles me vissem aqui estariam tendo uma ataque cardíaco.          Quando uma música sensual começa a tocar e a luz foca em mim giro na barra de ferro com toda sensualidade que ensaiei em casa.É sempre assim, todas as quintas eu danço na boate  Bird, não faço isso porque gosto de fazer, eu não odeio mas também não é o emprego dos sonhos. Porém foi o único trabalho decente que arrumei, então para não passar fome estou aqui dançando para um bando de homens bêbados e ridículos que traem suas esposas com o primeiro rabo de saia que vê pela frente. &
Leer más
O conhecer
Acordei cansada e com dores pelo corpo.Fiz minha higiene matinal, me arrumei e fui rumo a faculdade.Tomarei café na Lanchonete de lá, caso dê tempo.Peguei meu celular na bolsa e chequei minhas mensagens, tinha inúmeras ligações e mensagens de Joanna. "Ana, você está aonde?" Digitei rapidamente quando parei no ponto de ônibus."Estou indo para a faculdade"Joanna: A palestra começa em 10 minutos."Não vou chegar a tempo"Joanna: Sabe que psicologia precisa de muito esforço.Eu simplesmente odeio o fato dela dizer essas coisas, se eu tivesse a vida que ela leva se esforçar não iria ser o problema. Mas eu tenho uma casa para manter, uma faculdade para pagar, eu realmente vou ter que correr atrás de outro emprego para complementar a renda.Não respondo ela e coloco meu celular na bolsa.      O ônibus demora a chegar e com isso me atrasei mais ainda.Dentro do ônibus fico pensando no que aconteceu ontem,
Leer más
O conhecer(parte dois)
Depois que almoçamos juntos, ficamos conversando um pouco, ele não é tão intimidador como pensei. Descobri que ele é 13 anos mais velho do que eu, sendo que eu tenho 20 anos.Ele disse que se eu aceitar ser sua submissa vou ter mais duas irmãs de coleira.São outras submissas, eu acho que não me importarei com isso, não vou ter contato com elas. No BDSM as sessões não são voltada ao sexo, mas pode haver se a submissa concordar.ー Quer saber alguma coisa pessoal minha? - ele me perguntou me tirando dos meus devaneios. A verdade é que eu tenho mil perguntas mas isso não é uma entrevista. ー deixa fluir naturalmente. -falei e ele concordou com a cabeça.ー Por que dança naquela boate? - ele perguntou pegando um cookies do prato.Saímos da mesa e sentamos em um sofá de couro com uma mesa de centro em sua frente.O escritório dele é bem aconchegante, descobri que ele é um dos donos da rede de hotel Ferri's, o outro dono é o tal Jonathan que é pr
Leer más
Sensual
A noite havia chegado e eu já estava cansada, tinha feito dois trabalhos e estava concluindo mais um.Resolvi tomar um banho e comer alguma coisa.Hoje será uma daquelas noites em que eu fico em casa lendo ou assistindo alguma coisa.A arrumação da casa está em ordem e isso me tranquiliza.Tinha colocado o meu pijama de ursinho quando o celular começa a tocar, é o dono da boate ou sócio dele. ー Alô! - atendi.ー Tem como você vim cobri a Marilza? - ele nunca cumprimenta vai logo direto ao ponto. ー Tem sim. - digo.ー Ótimo, venha logo que hoje teremos uma festa de aniversário aqui. - ele disse e desligou.Fiz um sanduíche correndo e comi com café.Coloquei meu vestido preto colado ao corpo e peguei meus pertences.Antônio sempre me liga para cobrir alguém pois moro perto da boate, então entra mais dinheiro para mim.Ele diz que minha obrigação é deixar os homens sedentos por mim que a boate ganha mais e eu também. Apesar dele ser um dos
Leer más
Um momento a dois
Acordei com um peso em cima das minhas pernas. Abri meus olhos e Vicente estava com as pernas em cima de mim.Seus cabelos estavam soltos com algumas mechas tampando seu rosto. Ele parecia um anjo dormindo, não falo por ser bonito mas a tranquilidade da sua respiração e seu rosto sereno é relaxante de se olhar. Empurrei ele devagar e fui para o banheiro.Tomei um banho, peguei a escova que eu sempre levo na bolsa e escovei meus dentes, coloquei meu vestido e voltei pro quarto.Vicente estava sentado na cama com a cara amassada.ー Bom dia! - falei e fui pegar o salto que deixei perto da cama.ー Bom dia, que horas são? - ele perguntou e eu dei de ombros.Coloquei meu salto ー Eu vou embora. - comuniquei.ーAntes você vai tomar café. - ele falou se levantando e indo em direção ao banheiro.ー Não precisa, tomo em casa. - por alguns minutos não tive resposta mas depois ele saiu.  ー Sem negociação para isso, vamos tomar café. - ele dis
Leer más
Expectativas
ー Definitivamente essa é a melhor pizza que eu já comi. - Vicente morde mais um pedaço.ー Você tem cara de que fala isso em todas as refeições. - digo comendo a pizza de quatro queijo. ー Todas as refeições são maravilhosas. - ele revirou os olhos.Ele esta todo jogado no sofá e com aquela cara que acabou de ter um orgasmo culinário. A pizza é maravilhosa nisso eu tenho que concordar, acompanhada de um suco de maracujá bem gelado é perfeita. ー Precisamos fazer isso mais vezes. - ele diz bebendo o suco. ー Eu realmente estou gostando da sua companhia.ーDifícil alguém não gostar. - dou um sorrisinho.ー Convencida. - ele ri. ーSabe, vai ter um evento semana que vem, você quer ir? ー Que evento? - levantei uma sobrancelha.ー BDSM, é bem legal, você poderá ir conhecendo as práticas.- ele disse me olhando.ー Ok, eu vou. - falei e ele sorriu.Quando acabamos de comer, fui até a cozinha colocar os copos e guardar o que sobrou da pizza.Quando v
Leer más
Surpresas e alegrias
O domingo passou muito rápido e cá estou eu esperando que me chamem para minha entrevista.O consultório ficava no centro do Rio de janeiro, não muito longe da minha casa.trouxe tudo que é necessário para a entrevista, confesso que estou nervosa. É a primeira vez que  vou fazer uma entrevista para uma clínica e que eles irão pagar, sei que as perguntas são padrões e que não tem muito ao que temer.ー Senhorita, pode entrar. - uma mulher loira e alta me direcionou a sala.Chegando lá estava um doutor de meia idade, porém muito Bonito e robusto.ー Bom dia, senhor. - cumprimentei. ー Bom dia senhorita Maia. - ele se referiu a mim com o  sobrenome, lendo uma prancheta que com certeza estava com os meus dados. Ele apontou para a cadeira que estava na frente da mesa dele e eu me sentei.ー Estava lendo seu currículo e suas recomendações, bom, vejo que é uma excelente aluna e tenho certeza que será uma excelente profissional. -ele diz e
Leer más
Um pouco de intimidade
Como hoje não fui a aula, Joanna me mandou o conteúdo por e-mail e eu estou colocando em dia.Tem mais dois trabalhos para fazer e eu já estou cansada, esgotada na verdade.Hoje o dia passou rápido, isso foi bom, mas ficar sozinha em casa não é muito legal.Hoje recebi uma mensagem de Ester me chamando para um jantar na casa dela amanhã, estou pensando se vou. Acho que não vai cair muito bem eu ficar me envolvendo com a família do Vicente.Li um dos artigos que ele me enviou, eu nunca imaginei o tanto de práticas que existem, não sabia que existia tantos fetiches. Claro que algumas me chamaram a atenção, gostei bastante do shibari e da privatização do orgasmo.Fico imaginando como é a sensação de não poder gozar na hora que seu corpo decidir, ter que ficar se controlando, controlando as sensações ao mesm
Leer más
A mulher de vermelho
Depois de vestida comemos os hambúrgueres e as batatas, estavam maravilhosas!Assistimos o filme, na verdade eu assisti, Vicente dormiu em menos de meia hora do filme.Agora estou aqui, sentada no sofá com ele dormindo com a cabeça sob minhas pernas.Faço um carinho no cabelo dele e ele se mexe um pouco.Passo meus dedos em seu rosto e ele esboça um sorriso. Parei de imediato mas ele falou ー Contínua. - E eu continuei fazendo carinho nele.ー Sua mãe me chamou pra jantar amanhã na casa dela. - digo alto o suficiente para ele ouvir.ー Amanhã é aniversário do Jonathan. - ele diz ainda com os olhos fechados. ー Ela chamou outros amigos nossos, inclusive o Daniel. - ele suspira.Nem me lembre desse Daniel, a única punição que ele ganhou por enquanto foi ficar longe de mim. Por isso que muitas mulheres morrem no nosso país, denunciam o ag
Leer más
Jogo de sedução
Depois que  Jonathan e Vicente saíram de perto de mim, Joanna, Ester e Jasmim veio me chamar para dançar e eu fui.Elas sabiam dançar mas quando eu comecei pararam para me observa.Infelizmente eu não consigo me controlar na dança, mesmo que eu me segure meus movimentos ainda são sensuais.A medida que a música da Beyoncé ia tocando, eu me envolvia mais e mais com o ritmo.Foi quando Joanna veio dançar comigo, nossos corpos num ritmo sensual.Cada toque eu me sentia  atraída por ela e isso me deixou um pouco confusa, nunca senti isso.Dançamos algumas músicas juntas com a Ester e a Jasmim, mas o cansaço bateu e eu fui pegar uma bebida e tomar um pouco de ar.   Foi quando a submissa ruiva com cara de inocente veio falar comigo.ー Queremos que você não aceite o convite do meu Senhor. - a voz calma e a postura impecável dela me fez fervilha de raiva.Quem ela pensa que é?Será que o Vicente sabe dessa opinião del
Leer más