Índice
121 chapters
1
Papermint High schoolLocalizada na Alemanha, especificamente em Lindetal, um grande campo revolto por uma floresta repleta de grandes árvores, onde a cidade mais próxima é Neubrandenburg, Papermint High School é um colégio interno masculino com uma ótima reputação, há décadas foi o melhor em preparar os alunos para uma boa faculdade. Por sua fama de melhor colégio, a Papermint recebe alunos de todos os países com frequência.Logo o ano se iniciaria, contudo os alunos já estavam a caminho da escola, todos os anos era pedido para que os estudantes fossem para o colégio uma semana antes do início das aulas para obter total conhecimento do local e suas regras. As principais eram:1- A cada quatro alunos um quarto em um corredor correspondente à sua série.2- O uso do uniforme é obrigatório, e só podem ser dispensad
Leer más
2
Quando estou com ele me sinto bem e feliz, é como se não houvesse problemas e todas as brigas que enfrento em casa nunca houvessem existido.O Ivan é meu único amigo e eu realmente o amo, mas não apenas como amigo, desde que o conheci senti algo forte entre nós, a forma com que ele me observava toda sua preocupação e seu jeitinho doce de ser sempre fizera meu coração disparar. Foi ai que decidi silenciosamente demonstrar através de olhares meus sentimentos, e para minha surpresa ele sempre correspondeu.Lembro-me como se fosse ontem, estávamos no segundo intervalo e decidimos matar os dois últimos horários, então seguimos para o banheiro do terceiro andar, onde todos achavam que estava interditado, podia até mesmo estar, mas isso não vem ao caso. Trancamos a porta por dentro com uma mesa esquecida lá, nos sentamos no chão, e ficamos bons
Leer más
3
Pouco depois paramos o beijo lentamente, suas pernas haviam enlaçado as minhas e seu corpo quente me aquecia. Olhei em seus olhos e ele sorria de um jeito fofo que me fazia derreter.— Achei que eu fosse passar o resto da minha vida sonhando com esse momento. — Ele me disse com um lindo sorriso no rosto. Sorri com seu exagero e acariciei seu rosto delicadamente.— Se depender de mim, esse momento se repetirá a todo minuto. — Sorri e mordi meu lábio inferior, Ivan me olhou com os olhos brilhando e inverteu as posições tomando meus lábios em mais um beijo.Após alguns minutos fomos surpreendidos com o estrondoso sinal que indicara o final da primeira aula, paramos o beijo e sorrimos, nos levantamos e decidimos dar uma volta, Ivan se levantou primeiro e me puxou com ele, caminhamos de mãos dadas por todo o local, logo encontram
Leer más
4
— Bom é que... — Começou o garoto de cabelos pretos, mas o loiro logo o cortou.— É que, bom Ian já que eles não ficaram bravos... Quer dizer não tão bravos. — Corrigiu-se ao olhar para Ivan e prosseguiu. — Acho que não há problemas em falar o que realmente houve. — O outro garoto concordou e prosseguiu.— Okay, okay, o que aconteceu foi o seguinte, estávamos matando as primeiras aulas la no bosque e a situação ficou muito quente, mas tão quente que caímos da árvore em que estávamos sobre um morro de folhas secas, fez um grande estrondo e ouvimos passos daí corremos mais para o centro do bosque.— Só que... — Continuou o outro rapaz. — Hoje é o dia da inspeção, ou seja, é hoje que o secretário vai no bosque com uns agentes de saúde e ao f
Leer más
5
Três Meses Após o dia citado anteriormente.Após alguns meses nosso relacionamento se intensificou ainda mais, todo o amor que sentíamos um pelo outro crescia e as nossas demonstrações de afeto em público estavam cada vez mais explícitas, mas não nos importávamos, todos os preconceituosos da escola cansaram de nos espancar por termos assumido. Ian e Serg estavam sempre conosco e também tiveram paz após nossa união como grupo, eles eram nossos melhores amigos e desde então confiávamos nossas vidas uns aos outros.Agora nossa maior preocupação estava em esconder de nossos pais, eles eram intolerantes e por serem extremamente brutos poderiam, sem dúvida, nos espancar até a morte. A mãe de Ivan nos flagrou no quarto do mesmo enquanto comemorávamos dois meses de namoro e a cena que ela viu não foi muito conveniente, mas cor
Leer más
6
Voltei à atenção a janela e a sala estava calma, os médicos removiam os instrumentos usados e retiravam itens de proteção tais como máscaras, luvas e toucas de cabelo, uma enfermeira estava a cobrir todo o corpo de Ivan com o lençol, ali ele jazia sem vida. Senti como se um buraco negro crescesse em meu interior, estraçalhando todo meu coração e levando toda a luz e cor do meu mundo, o grande amor da minha vida havia partido, e eu não pude fazer nada para impedir, gritei com todas as minhas forças e esmurrei a parede nada podia amenizar a dor que eu sentia, meu mundo acabou junto com os batimentos cardíacos dele, o vidro da sala se quebrou cortando meus braços, senti meu sangue quente escorrer, mas não senti dor, nenhuma dor nos cortes, apenas a imensa dor que me consumia por dentro, a dor da perda, eu havia perdido o amor da minha vida eu havia perdido Ivan
Leer más
7
Assenti e me sentei em sua cama o abraçando em silêncio, nada do que eu dissesse poderia confortá-lo naquele momento. Portanto eu apenas o abracei apertado para que ele tivesse certeza de que não estava só. Permanecemos abraçados por mais uns minutos, nada parecia forte o suficiente para acalmá-lo, a cada minuto ele chorava mais e mais até que o cansaço falou mais alto e ele apoiado em meu peito caiu em um sono profundo acompanhado de soluços.Acariciei seus cabelos, enquanto ele dormia vencido pelo cansaço repentino provocado pela perda de sangue. Após alguns minutos a enfermeira voltou para ver como ele estava.— Com licença, vejo que ele acordou então como ele está?— Sim, ele despertou e está péssimo como você pode ver, quando ele terá alta?— Suponho que em breve, os cacos de vidro perfuraram todo seu br
Leer más
8
A manhã se iniciara mais uma vez, acordei com a luz do sol entrando por entre os espaços da cortina, me sentei na cama, acomodando o travesseiro em minhas costas, havia uma enfermeira em meu quarto que me ajudou a me posicionar, olhei por todos os lados do amplo quarto branco com aquele cheiro de hospital e não encontrei o Ian.— Então como está se sentindo hoje jovem? — A mulher veio sorrindo em minha direção, parecia atenciosa.— Melhor, eu acho. Cadê o Ian? — Perguntei-a e ela parecia confusa.— Oh deve se referir ao Chatwin certo? Ele saiu agora a pouco. E como o doutor me recomendara, trouxe seu café da manhã. Está com fome?— Ah, não obrigado, acordei sem fome.— Tudo bem, mas vou deixar assim mesmo, se sentir fome não deixe
Leer más
9
Ele sorriu e se retirou ao lado de Sergey, voltei minha atenção ao terno preto que eu havia retirado do armário, o coloquei sobre cama e o completei com camisa e gravata na cor vinho, não exatamente na mesma tonalidade, mas. Ah que seja, procurei usar tudo em cores escuras. Após tudo organizado fui para o banheiro tomar um banho. Minutos depois estava pronto. Parei na frente do espelho, minha imagem estava péssima, peguei meu delineador e contornei meus olhos repetindo o gesto inúmeras vezes, minha pele pálida destacou. Em meu quarto comecei a andar de um lado para o outro, minha mente vagava por tudo o que acontecera, eu não estava bem, me sentia sufocado por meus próprios pensamentos, encostei-me na parede e deixei meu corpo desabar permanecendo naquele canto até que Paul e Sergey voltassem.Aquele canto sempre fazia com que eu me sentisse mais protegido, era ali que eu sempre ficava todas as vezes
Leer más
10
Todas as pessoas saiam do cemitério lentamente, mas eu fiquei observando a lápide que colocaram para identificar seu túmulo, ou melhor, seu novo lar."Aqui jaz um pequeno sonhador, que veio para nos mostrar que o amanhã é um novo dia, e que o amor nunca morre. Com ele tudo é possível!"Ivan Malkovich.*15 de Maio de 1995☥23 de Setembro de 2010Após mais alguns minutos voltamos para casa, Paul e Sergey me acompanharam até meu quarto e só se foram depois que eu tomei os remédios e adormeci.No dia seguinte os dois voltaram a minha casa, era cedo e eu já estava acordado. Passamos a manhã conversando e decidimos nos mudar para o colégio interno Papermint High School, que fica na Alemanha aos arredores de Neubrandenburg em um grande campo distante de tudo e de todos.— Então? — Perguntei. — Vocês topam vir comig
Leer más