Índice
43 chapters
Prólogo
Em todos os meus nove anos de juventude, dos quatorze aos vinte e três, eu nunca havia surtado.Eu juro.Sempre fui uma menina calma, aquela que observava as outras crianças interagirem, esperando que conversassem comigo para realmente me envolver com algo. Quando cresci, não foi diferente. Eu analisava, esperava e escutava mais do que falava, isso até hoje. É mais fácil. Eu não preciso dar opinião antes de ninguém, tenho tempo para analisar todos os pontos de vista antes de colocar o meu próprio. Se isso se fizer necessário, é claro.Mas, de repente, eu estava me olhando no espelho e me via vestida em um pedaço de pano a vácuo, de cor preta, que acentuava os meus quadris largos, tinha o cabelo recém-pintado em várias mechas douradas, soltos em cachos, uma maquiagem que eu, em discordância da minha melhor amiga, considerava de puta barata. Tentava
Leer más
UM
Fiquei chocada com a apresentação, mas ao menos eu estava dando boas risadas. Ainda nem tinha visto os gorilas de sunga e gravata borboleta e, bem, eu não estava pensando no babaca do Mark. Ao menos não muito, o que era um grande avanço, considerando que ele havia terminado comigo havia pouco mais de vinte e quatro horas.De repente, comecei a ficar animada com a situação, não tanto quanto Leeta e Becca, que quicavam em suas cadeiras, mas realmente empolgada com o que aconteceria logo a seguir. Levantei minha mão, chamando o garçom, e pedi mais duas taças de espumante para mim e uma garrafa de água.– Está quente aqui. – Falei, agitando um pouco meus cabelos. As meninas nem me deram atenção, pois, naquele mesmo momento, Lolita Parker anunciava a primeira atração:– Então, senhoritas. Deem as boas-vindas ao Doutor Robert,
Leer más
DOIS
O Senhor Príncipe Encantado me disse para aguardar na sala de espera, que ficava entre a recepção e o salão principal da OK. Eu me sentia para lá de bêbada e precisava de ar para levar isso adiante, então o avisei que nos encontraríamos na entrada da boate. Não querendo correr o risco de encontrar Leeta e Becca ali, mandei uma mensagem para elas avisando que pegaria um táxi com o meu programa e iria para o meu apartamento, o que significava que Lee não deveria se aproximar por algumas horas. Vou passar a noite com Becca, mas estarei em casa pela manhã, com toda certeza. Sua puta. Use proteção. Lee respondeu me dando carta completamente branca para continuar com o plano. Não me dei ao trabalho de responder de volta. Me sentia um pouco melhor, ao menos não estava mais a ponto de desmaiar nos braços do meu
Leer más
TRÊS
Eu contei ao todo seiscentos dólares, aquilo daria para pagar. Tinha que dar.Peguei um táxi até a boate e fiquei decepcionada quando cheguei. OK estava fechada. Todas as poucas luzes em volta do prédio estavam desligadas, e o letreiro também. Eu pensei que o clube funcionasse no final de semana todo.Frustrada, esperei até que um táxi passasse novamente e voltei para casa. Cheguei por volta das onze horas, não tive sinal de Leeta, talvez estivesse em seu quarto. Senti um misto de alívio e solidão tão grande, que não consegui evitar chorar.Peguei meu telefone em minha bolsa e liguei para Mark sem nem raciocinar o que estava fazendo.– Paige?– Ei. – Funguei, tentando me recompor.– Você está bem? Posso ajudar em algo? – Seu tom não era frio. Ele não parecia um babaca total, mas também não
Leer más
QUATRO
Príncipe Encantado dançou a música inteira comigo e não fez como da primeira vez, quando chamou duas ou três pessoas para compartilharem o palco durante a música lenta. Antes de se separar de mim, colocou novamente seus lábios em meu ouvido e beijou levemente.– Não vá ainda, me espere. – Pediu.– Ok.Claro que ele não receberia o dinheiro naquele momento. Eu esperaria até o final da apresentação.Logo a batida de uma música dance começou, e Becca se posicionou atrás de Príncipe Encantado. Eu a odiei por isso. Muito. Eu não deveria ser possessiva com um cara que sequer era meu, mas e a regra de não atrapalhar o programa dos outros? Tudo bem que isso não poderia ser considerado um, uma vez que ainda não estávamos nesse momento, mas ainda assim, ela estava declarando guerra comigo
Leer más
CINCO
Seu nome é Oliver Mason. Oh! O nome era tão bom quanto ele.Depois de me dizer o seu nome, eu lhe disse o meu.– Paige McAvon... Combina com você, definitivamente combina. – Disse Oliver, se aproximando e colocando suas mãos em meus quadris.Meus olhos tremularam à medida que Oliver se aproximava de mim. Eu queria que ele me beijasse, eu queria demais. Mas a imagem de Mark apareceu de repente para mim. Seus dentes levemente tortos, seus olhos azuis brilhantes e risonhos, sua boca fina, mas que preenchia tão bem a minha...Me afastei com um suspiro leve e o olhei, tentando me desculpar sem realmente dizer nada. Ele pareceu entender, pois assentiu com a cabeça e colocou as mãos nos bolsos de seu jeans, curvando seus ombros.– Então... você está entregue.– Obrigada pela carona e pela conversa. – Sorri tristemente. Ainda que eu estivesse pen
Leer más
SEIS
Demorou ainda alguns dias para Oliver me convencer a sair com ele. Eu não estava me fazendo de difícil, eu tinha medo, na verdade.Enquanto os dias passavam, trocamos mensagens e ligações. Ele não tentou ser sedutor, simplesmente manteve uma conversa amigável comigo. Falávamos principalmente de música e surfe. Ele disse que gostaria de me levar para surfar; eu falei que haveria um concerto ao ar livre de bandas legais de rock que tocam cover, mas não queria ir sozinha. Lee não iria comigo, então entramos em um acordo: eu iria surfar com Ollie – sim, eu o chamava assim, mas ele não sabia – e ele me acompanharia no show.Eu tive uma sensação desagradável quando ele perguntou se o show era a noite. Eu disse que não, era um festival pequeno na orla principal de San Diego e aconteceria durante o dia. Eu sabia o porquê da sua pergunta. E esse era
Leer más
SETE
– Eu quero um cachorro quente! – Exclamei, animada enquanto me preparava para levantar.– E eu preciso de mais uma cerveja. Vamos. – Oliver se levantou e estendeu a mão, me colocando em pé na sua frente.– Cerveja e cachorro-quente, posso ter um orgasmo agora mesmo. – Falei antes de perceber o que estava dizendo. Meus olhos saltaram imediatamente, e olhei para ele com evidente embaraço. Ollie sorriu da mesma forma de quando está no palco, mas não se aproximou.– Paige, se você ficar desconfortável a cada conversa ou piada que envolver sexo, nossa amizade ficará realmente tensa. Relaxe, não pensarei que você quer pular em meu colo quando falar algo sobre isso.Aí estava o “x” da questão.Eu queria muito pular em seu colo. Pra caralho!Não apenas quando falávamos sobre sexo, mas o tempo todo. Eu
Leer más
OITO
– Segure com força. – Ouvi sua voz rouca em meu ouvido. Procurei algo em que me segurar, mas só tive a borda superior da cama, então foi ali que me segurei enquanto o sentia puxar minha bunda para cima e se afundar em mim com força e rapidez.Closes, de Nine Inch Nails, tocava e enchia seu quarto com uma atmosfera quente e erótica. A luz estava desligada e as janelas fechadas, mas a claridade do dia entrava entre as frestas da janela, tornando tudo muito claro. A música estava me deixando desconfortável. Como se lesse meu pensamento, Oliver parou de se mover e se esticou para o lado da cama. Segui seu movimento e vi que ele pegara o controle remoto de algo. Rapidamente Sex on Fire, de Kings of Leon explodiu no local, e Ollie se moveu novamente. Eu gemi um pouco quando o senti investir mais duro em mim enquanto segurava meus quadris e os puxava de encontro a ele. Estávamos fazendo isso h&aacu
Leer más
NOVE
– O que significa isso? – Leeta levantou o cartão preto com escrita laranja diante dos meus olhos, quase esfregando o objeto em meu rosto.– Nada. Onde conseguiu?– No seu quarto, quando fui pegar seu secador de cabelo emprestado. Você tem passe livre na Orange Kiss desde quando?– Desde que Oliver me deu. Não importa. Não vou usá-lo, se é por isso que você está saltitando como louca na minha frente. – Passei por ela e fui até a cozinha, abrindo a geladeira para desviar do assunto.– Como assim, não vai usá-lo?– Exatamente da forma que falei. Você é retardada?– Eu só estou achando ridículo você não usar o passe que lhe foi presenteado porque o cara...– Foi um imbecil.– Vamos lá, P, você sabe que exagerou um pouco.– N&at
Leer más