O olhar de um psicopata

O olhar de um psicopataPT

Fran Alves  Em andamento
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
20Capítulos
562leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Sinopse

Princesa

O implacável serial killer, Norberto Bastos está matando muitas mulheres. Seu principal foco são as lésbicas. Após ter sido deixado por sua noiva Katerine, o maníaco começa uma caçada tenebrosa ás lésbicas do Rio De Janeiro. Nessa história cheia de suspense, onde quem vence é o mais forte. Ele desafia a polícia, a mídia e também os seus pares, fingindo ser outra pessoa. Ele engana a todos ao seu redor. As vezes um psicopata está ao seu lado e você nem desconfia. Será que nascemos psicopatas, ou nos tornarmos um?

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
20 chapters
PREFÁCIO / PERSONAGENS:
PREFÁCIOO implacável serial killer Norberto Bastos está matando muitas mulheres. Seu principal foco são as lésbicas.Após ter sido deixado por sua noiva, Katerine, o maníaco começa uma caçada tenebrosa às lésbicas do Rio de Janeiro.Nessa história cheia de suspense, quem vence é o mais forte.Ele desafia a polícia, a mídia e também os seus pares, fingindo ser outra pessoa. Ele engana a todos ao seu redor. Às vezes, um psicopata está ao seu lado e você nem desconfia.Será que nascemos psicopatas ou nos tornamos um?Ler mais
PRÓLOGO:
PRÓLOGOTeófilo Otoni, Minas Gerais, 198920h23— Betinho, vem, filho, o jantar está na mesa. — A mulher terminava de arrumar os pratos na mesa. — Norberto, anda logo, filho.Não houve resposta.— Marido, por favor, vá atrás dele. Nosso filho está quieto demais, a comida vai esfriar.Ele foi.— Filho, o que você está fazendo? — Disse o pai do menino, batendo na porta do quarto. — Vem logo!
Ler mais
TRINTA ANOS DEPOIS:
— Fala, quem é ele? Anda, me diz, Katerine, quem é o cara por quem você se apaixonou? Anda, fala logo.— Não tem nenhum cara, Norberto.— Mas por que você está terminando comigo? Você me disse que está apaixonada por outra pessoa, não é? Então quero saber quem é ele.— Você não entendeu, Norberto. Não é ele, é ela.— Mas como assim, “ela”?— É sim, Norberto. Me apaixonei por outra mulher. Dá para entender? Não tem homem nenhum e sim uma garota.—
Ler mais
Capítulo um:
CAPÍTULO UM:Norberto era um homem muito bonito. Olhos claros, cabelos louros, pele branca, corpo sarado, acabara de fazer 34 anos e tinha quase um metro e noventa de altura. Vestia-se muito bem. Adorava blazers, tinha uma coleção em seu armário. Costumava vestir-se com roupa social e casaco por cima dos ombros, assim chamava atenção das mulheres.Era um perfeito cavalheiro. Tratava as pessoas com cordialidade, ajudava as velhinhas a atravessar a rua e era voluntário em uma ONG. No trabalho era todo organizado, nunca se atrasava, era assíduo, benquisto por todos. Tinha uma inteligência desmedida, era minucioso e metódic
Ler mais
Capítulo dois:
                        CAPÍTULO  DOIS:Já fazia dois meses que a polícia estava tentando pegar o psicopata do vibrador, mas as pistas estavam escassas. O que a delegada não sabia é que sua namorada seria a próxima vítima.— Então, quer dizer que a polícia está no meu encalço. Muito bem, eu vou me divertir um pouco com isso, esses idiotas não vão me pegar.Norberto já havia descoberto que a polícia estava a sua procura, mas ele não tinha medo. Era muito inteligente e metódico e não seria fácil pegar esse maníaco frio e calculista.— Vou preparar um bife
Ler mais
Capítulo três:
                           CAPÍTULO TRÊS:Melíade andava de um lado para o outro no apartamento, com o telefone sem fio pendurado em sua orelha. Já havia tentado várias vezes, mas Luciana não respondia. Havia ligado duas vezes para a delegacia, mas Lima dissera que ela havia saído há muito tempo.Deu um pulo quando a porta da frente bateu com força e correu para a sala. Acalmou o seu coração quando viu Luciana passando a chave tranquilamente e deixando sua pasta sobre o aparador.— Quer me matar do coração, Luciana Antunes? Demorou uma vida pra chegar e ainda por cima sem o celular?Ler mais
Capítulo quatro:
                CAPÍTULO  QUATRO:O homem forte arrastava Melíade para o quarto pelos cabelos.— Cala a boca, sua piranha. Ou eu estouro os seus miolos.— Me solta. O que você fez com a minha namorada, seu louco? — Melíade chorava de pânico enquanto tentava se soltar.— Cala a porra da boca ou eu atiro. Agora me dá o dinheiro, anda. — Ele a jogou com violência na parede, perto do cofre. — Abre essa merda aí.— Tá bom, tá bom. Só não atira. — Melíade tremia e tropeçou algumas vezes até chegar ao cofre na parede.Ler mais
Capítulo cinco:
           CAPÍTULO CINCO:Rubem já tinha uma lista de suspeitos para o caso. O gerente de um supermercado, o dono de uma rede de farmácias, o universitário Wagner de Obregom, o cardiologista Rafael Bittencourt da rede Copa D’Or e, por último, o bem-sucedido publicitário Norberto Bastos Miller.— Doutora, Pode dar uma olhada nestes perfis? Acho que estamos perto de pegar o maníaco. — Rubem entregou algumas folhas para ela.— Muito bem, Rubem, esse maníaco está por um fio.Ela analisou cada página minuciosamente.Ler mais
Capítulo seis:
Norberto estava com fome, sim, muita fome, mas não era fome de comida normal, não, claro que não. Sua fome era de um delicioso bife de lésbica. Bife de gótica, uma gótica chamada Melíade que ele sabia exatamente onde morava e também que ela também tinha medo do escuro. Escuridão era seu ponto fraco e ele se aproveitaria disso.O maníaco especulou por que uma gótica teria medo do escuro. Pensou em algo e desceu para a garagem do prédio.Abriu o porta-malas de seu carro e tirou de lá um taco de beisebol todo sujo de sangue.Da porta do elevador, Hule o observava. Ela o achava um homem estranho. Era
Ler mais
Capítulo sete:
      CAPÍTULO SETE:Esse foi o seu maior trauma de infância.Ela e Luciana se conheceram em uma festa na Lapa. A gótica era tímida, mas algo brilhou dentro dela quando viu Luciana dançando e decidiu que tinha de falar com ela. Ficaram juntas durante toda aquela noite e depois seguiram seus caminhos. Encontraram-se novamente alguns meses depois, em uma cafeteria perto do conservatório e, depois de um jantar, começaram a namorar.Melíade acabara de completar vinte e cinco anos e não se importava que sua amada fosse cinco anos mais velha.Luciana achou curioso o nome da moça e, em seu reencontro, teve co
Ler mais