Libertai-Vos

Libertai-VosPT

Micael Pinto  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
14Capítulos
756leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Quem poderia nos libertar, das nossas fraquezas, seríamos capazes de evoluirmos, sem a necessidade de terceiros, a que ponto a compreensão tangível da razão, pode nos libertar, quando o Criador, tem a necessidade de transformar suas criaturas, em pessoas de moral elevada, quem nos libertaria das algemas frias de nossos erros? Libertai-vos é uma dialética a respeito do rompimento de barreiras em nossas vidas.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
14 chapters
Rompimento
Com o pesar no coração, que amizade, relacionamentos amorosos são interrompidos, acabados e muitas vezes, o companheiro de épocas atrás não possuí o direito de retórica nem o elo de amizade existe entre ambos, como poderíamos demonstrar o amor universal, “amar o próximo, igual a si mesmo”, se em muitas tradições nos pregam um amor por trocas de vínculos de interesses, saciar o prazer, ou se aproximar de uma compreensão no raciocínio que possa ser confortável para as partes envolvidas, as pessoas deixaram a verdadeira força desse sentimento que é o amor, se romper, por meios de jargões atuais, compreensíveis, calhordas que aproveitam da fragilidade emocional, não satisfazem a conduta, são preconceituosos em suas tradições, a falsa ilusão da supremacia do romance é rompida, pois
Ler mais
Caridade
 A fé está entre a emoção e a razão, o que uma não compreende sem a necessidade pulsante do sentir, equilibra-se na fonte de água viva, ao qual nossas angústias serão saciadas, eleva-nos até a Deus, da forma que o compreendemos e sentimos, na forma simples, singela, lírica, culta ou coloquial, na periferia e na alta burguesia.Devotarmos nossas existências ao ser que criou o Universo, seria o ideal de retribuirmos a dádiva da existência, mas nos tornamos rebeldes, por erros de gerações passadas, através do primeiro casal existente na Terra, ainda erramos, ao direcionar o mal pensado, ao elevar os vícios da carne, para satisfazer nossa necessidade de fugirmos da realidade.Negar a existência do Supremo,
Ler mais
Salvação
Qual aspectos que rompem nossa realidade, nos transportam para um mundo de certezas, de paz, tranquilidade, onde a maldade não impere, onde os irmãos não precise matar seus próprios irmãos, onde já não exista diferenças, entre raças e classes financeiras, quando iremos prosseguir com nossas certezas, onde todos alcançarão o conhecimento supremo ao lado de Deus.Quantas voltas o planeta Terra terá que dar, para provar que o sentimento mais forte no homem é o amor, amor que negamos em virtude de supertições modernas sobre nosso bem estar, quando teremos que virar o rosto para tomarmos outra bofetada, até quando seremos agentes passivos na transformação social?Carlos João, gostaria de compreender as máximas, do Budismo, Cristianismo, Espir
Ler mais
A Era da Luz
Após passarmos por um período de turbulência, em ideologias, aos quais defendiam superficialmente, outros respaldados, pela intelectualidade e pela a Luz, irmãos que entraram em conflitos por devaneios, premissas e satisfações de falsas ilusões políticas, para completar o caos social, Deus outorgou a existência de um vírus que dizima vidas após vidas.Seriamos a existência do que está por vir, por ocasionar as questões da nossa alma, a existência latente nesse quesito, demonstra-se como são os devaneios superfluos, daqueles que defenderam uma bandeira partidária, entristeceram pela glorificação, daquele que há por vir, gerir gerações vindouras, pelo dom da Palavra.Alguns diziam que ele estava em um surto psicótico, mas
Ler mais
Ceticismo
A indagação em forma afirmativa, sobre os conceitos e a história suja da igreja vaticana, despertou a dúvida, naquele ser, porque Deus estaria em um Duelo contra sua criação em resgate de nossas almas, até então nesse ponto observava, como a divindade, compreender o que era o espírito fora uma jornada longa, sabíamos que existia diversas explicações para a doutrina cética, acreditarmos ou desacreditarmos, saberíamos exatamente como proceder, ele se adentrou na escola da vida, teve um ar de malandro, no mesmo tempo que se debruçava em tratados filósoficos, uniu o gueto com a academia, era um ser do suburbio.Essa dúvida esteve em sua consciência por muito tempo, até que pontos continuaria, renegar a existência de Deus, até que se viu em um labirinto, um grande amigo, lan&
Ler mais
Necromancia
Eles desapareceram, as almas que retornaram para matéria depois de um período demasiadamente turbulento nos ciclos infernais, tiveram que regressar ao plano material, em busca de resguardar a imortalidade do espírito.Em prol da evolução, em prol das virtudes divinas, que não pereceremos eternamente, pois não nos pôs a criar-nos, e condenarmos até os fins dos dias, apostasia em desuso, a batalha do ser de luz e das trevas, pela nossa existência, existe algo além do infinito, além dos corriqueiros dizeres, da imoralidade, de consagrar a Dama, que despede de seu marido, pela terceira vez, no túmulo eterno, tormento por ter beijado um ser renascido das trevas, e sua cosmo aura, ser invadida pela escuridão.Comunicar com os mortos seria possível? Os dizeres da vida, dos anci&at
Ler mais
Espiritualismo
Quando nos aproximamos da morte, ou alguém querido se aproxima também, Deus nos aproxima de nós. Muitos ainda crendo essencialmente na ciência não que refute tais cálculos e certezas, mas existe uma lacuna imensurável não explicada pelo conhecimento mais moderno que se tem, existe algo maior de explicações aqueles que ingressam em centros universitários em busca de um sonho e um lugar no futuro na divisão de riqueza, a lacuna inexplicável, já existe antes mesmo de nossa concepção, um vazio és erguido de forma imensa, o que ocorreu previamente a nossa concepção, na transformação de um feto, do nascimento, poderíamos retornar ao ato reprodutivo ou a conceitos históricos, mas digo na vertente, o que nos fez concebermos vida, propriamente dita, o que nos fez tornamos seres viventes e pensantes, se até pensar nos dias atuais está em desuso e quando nos afundamos em certeza, paira sobre o ar, as incertezas, a Fé nos vem bater a porta, dizendo – Seja Forte, períodos obscuros virão, quando
Ler mais
Espiritualismo, parte II
Até quando teremos necessidade de nos embriagar-nos, ensandecer a consciência, procurarmos algo nas vielas perigosas do nosso subconsciente, se à ele está ligado mundialmente todas as pessoas, não seríamos vontade própria exaltar um carrasco da colonização, se ainda nos restam as migalhas do império capitalista, se somos capazes de louvarmos a Deus, qual seria o motivo de nos envaidecermos com o alicerce dos narcóticos, se eles esgotaram todas nossas réplicas de um mundo amaldiçoado, quando pessoas negaram os entorpecentes, vivendo de forma digna perante ao social, sendo que o social o devorava, com palavras, calúnias, e julgamentos a quem prostramos também julgarmos o próximo, se no mesmo vício da embriaguez nossa alma, também encontra suja da maledicência e murmuração, quando nos tornaremos seres felizes, capazes de frequentarmos os lugares mais belos de nossa mente, se a Deus devemos devotar todo o tempo nessa existência que não sabemos se és única ou plural.
Ler mais
A Alma
O que une nossa consciência, as conjecturas, nossos pensamentos, o que une a matéria, o que une o pensar a massa cerebral, se um discerne fisicamente e ao outro já está atrelado ao mundo espiritual, o que seria alma? Conceitos precipitados sobre tal essência em cada humano, seria o ponto que converge o Espírito a Matéria, o espírito a fonte universal da fé, seria nossa essência um elemento principal ou seria apenas peças em tabuleiros, como poderíamos saber se na juventude somos seres canibais, sem motivos banais, somos escravos de um sistema capital que nos acorrentam, em busca da conquista, em busca do status, em busca do ouro, seríamos jovens eloquentes, em elaborarmos outra constituição? Ou seríamos apenas seres na moléstia de batalhas celestiais, padecendo em um conceito breve de vida, já ditado na mente de um Supremo. Como poderí
Ler mais
O Erro
Muitas vezes quando erramos é uma virtude para ser corrigida em o nosso ego é um ego inflado é topado por linhas falsas e nesse marasmo da vida continuamos tristes, uma tristeza  que nos vem a todo momento seja o estado feliz ou triste, somos frutos dos nossos erros dos nossos acertos e também somos frutos de uma Seara maior que está está álem de tudo isso que possamos imaginar como vida não podemos desafiar a vida, a vida é bela a vida é simples na sua simplicidade cada ato de viver é um ato de conquista é um ato de vontade e conquistamos a cada dia o pão o feijão mas também temos que conquistar o amor e nem essas conquistas temos os nossos erros, erros que asseguram ao Senhor pois deles sabemos o quanto é era previsível a vontade do maestro destro em sua funcionária nos galardoar a todo momento com vontade de sermos fortes, sermos perfeitos seres iguais a Cristo porém o que nos separa de Cristo um ser perfeito em perfeição és o pecado original da árvore do fruto do bem do mal
Ler mais