Contos de uma Fada 4 - A Nascida das Trevas

Contos de uma Fada 4 - A Nascida das TrevasPT

Letícia Black  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
9Capítulos
299leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Algo de estranho aconteceu com a rainha Kathelynn enquanto a princesa Michelle, das fadas e dos elfos, resolvia os problemas da linha sucessória dos humanos em Estamina e ela precisa assumir as rédeas do reino com uma iminente ameaça de guerra entre os humanos e os magos enquanto vê os planos de seu futuro se alterarem.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
9 chapters
Capítulo Um: A Notícia
Capítulo UmA Notícia Ainda era começo da noite quando atravessei os portões do castelo. Os humanos estavam correndo de um lado para outro, tentando consertar o que tinha se quebrado, limpar o que manchara e tudo o que eu tinha pensado era em como eu gostaria de ir embora logo. Levaria semanas para que o castelo voltasse à sua glória e a coroação de Melissa fosse realmente consumada e apesar de ter gastado minha lábia e diplomacia por algumas horas, meu trabalho ali estava feito.Encontrei meus companheiros em uma barraca improvisada um pouco mais ao leste da entrada do castelo e caminhei para lá, despreocupada. Os humanos mantinham uma distância segura e respeitosa de mim depois de minhas demonstrações de poder e sentia o temor e admiração deles no ar; inesperadamente, isso me deixava confiante.— Pela maldita mã
Leer más
Capítulo Dois: O Medo
Capítulo DoisO Medo — Michelle! Michelle! — Kieran estava me seguindo e me chamando enquanto eu entrava em passos decididos e revoltados na cidade. Ainda estávamos há uns dez minutos de caminhada da entrada do castelo e ele havia deixado nossos cavalos com alguma das guardiãs, saindo em disparada atrás de mim. — Michelle! — respirei fundo e parei, esperando que ele me alcançasse. Conseguia ouvir Lorena atrás de nós dois, junto com Karmark e um leve burburinho das poucas fadas que estavam por ali e acabaram notando nossa presença com os gritos de Kieran. — O que nós vamos fazer?Minha cabeça estava explodindo e o fogo ainda não tinha se acalmado depois da batalha do dia anterior, e ao perceber meu estado emocional após a notícia, estava querendo sair para brincar. Duvidava que pudesse usar Kieran de filtro, me
Leer más
Capítulo Três: A Reunião
Capítulo TrêsA Reunião Foi Siena que resolveu metade dos meus problemas naquela tarde. Apresentou Guilherme como representante de Estamina para algumas fadas e conseguiu um quarto para ele no mesmo corredor em que Kieran, eu e minhas conselheiras dormíamos. Isso facilitou para que ele desse uma escapada em meu quarto ao fim da noite, com uma pequena ajuda de Fernanda e Carolina, as gêmeas azuis que estavam em treinamento para serem da minha guarda real, por quem tinha grande apreço. Assim, pude desabafar meu coração para fora e chorar em seus braços de desespero.Apresentei Guilherme para Lil, que surtou assim que pôde me ver. Tinha ficado na corte com Siena nos últimos meses e me perdoou assim que lhe contei sobre Guilherme; ela o adorou assim que pôs seus olhos neles e decidiu que seus cachinhos eram um ótimo lugar para dormir, para desespero do meu marido
Leer más
Capítulo Quatro: O Máximo
Capítulo QuatroO Máximo Eu ainda não sabia exatamente o que minha mãe fazia o dia inteiro, mas rumei para o escritório dela assim que saímos da reunião do conselho, com todo mundo atrás de mim. Quando vi que eu estava com uma caravana de sete pessoas atrás de mim, com Karmark se acrescentando assim que cruzamos a porta de saída, percebi que não ia dar muito certo.O escritório era grande, mas estava adaptado para apenas duas pessoas trabalhando, minha mãe e Violeta e ver toda aquela gente me seguindo para dentro do escritório estava me dando falta de ar. Karmark foi quem percebeu minha cara de pânico e acariciou meu cabelo.— Acalme-se, criança — pediu.Violeta pareceu perceber o meu olhar ao redor da sala, contando todo mundo que me seguia e sorriu.— Entendi — riu. — Sua mãe
Leer más
Capítulo Cinco: A Revelação
Capítulo CincoA Revelação Havia um consenso geral em minha família de que nada poderia ser feito pela minha mãe, apesar de ninguém jamais ter proferido uma palavra sobre o assunto. Com Guilherme, deixei-me desabafar e cheguei a questionar o porquê não se encerrava a gravidez, se parecia ser isso que estava deixando a morrer, mas Guilherme me pediu para pensar no que eu estava dizendo e percebi que ele tinha razão. Eu estava sendo egoísta e estava com medo, mas a verdade era que o bebê não tinha culpa e se minha mãe escolhera tê-lo, ninguém poderia fazer nada.Nós mantínhamos uma rotina de visitas para que minha mãe sempre tivesse alguém com ela, Kieran a visitava ao primeiro horário da manhã, contava-lhe sobre o dia e fazia piadas, tentando fazê-la se sentir bem; dependendo de como estava, ele ia
Leer más
Capítulo Seis: O Segredo
Capítulo SeisO Segredo — O... O quê? — gaguejei.Ela continuou, ignorando o meu choque e minha interrupção.— Não pude contar pra ninguém mais, só você pode fazer isso — ela apertou minha mão mais uma vez. — Kieran é muito novo e seu pai... seu pai é inteligente, ele suspeita da verdade, mas não vai dizer nada enquanto puder me proteger. Eu não o mereço.Eu ainda estava tentando controlar minha respiração enquanto ela falava sobre as implicações em nossa pequena e disforme família.— Mãe... — interrompi-a, meus olhos arregalados. — Como... Como você pôde?Ela abaixou o olhar, envergonhada. Vi-a desconfortável com meu julgamento e, embora não quisesse lhe causar nenhum mal, não pude me conter. Um E
Leer más
Capítulo Sete: A Princesa
Capítulo SeteA Princesa — O que você vai fazer? — Kieran perguntou, me vendo descer as escadas, deixando-os para trás.Já estava um lance abaixo de meu pai e Kieran quando me virei, olhando para cima. Sabia que os vestígios do choro não tinham sumido, mas não podia me preocupar com aquilo agora.— Me preparar para o pior — respondi.Mais dois lances e eu estava no escritório. Abri a porta com rapidez, chamando a atenção de Lorena e Sophia, que pareciam estar iniciando uma partida de xadrez em minha ausência.— O que houve? — Lorena se assustou.Meu pescoço ainda estava em repetição de negação e fiz o gesto mais uma vez, não querendo responder.— Preciso que você reúna um grupo de boas lutadoras confiáveis — ordenei a ela. Ela f
Leer más
Capítulo Oito: A Restrição
Capítulo OitoA Restrição — Petra, essa é nossa mãe — eu disse à pequena bebê em meus braços, sentando-me de volta na cama com a ajuda de Violeta. — Ela foi muito forte e lutou por você — Minha conversa com Petra chamou a atenção de Kieran que levantou os olhos verdes chorosos em nossa direção, enquanto eu a sacudia. — E esse é seu irmão. Você vai descobrir que ele chora muito, mas, no geral, é bem legal.Leer más
Capitulo Nove: As Mudanças
Capitulo NoveAs Mudanças Apoiei minhas mãos contra a murada do mirante da torre da quebra, respirando fundo para conter minha ansiedade. Um mês tinha se passado desde a morte de minha mãe, quando o título de rainha chegou até mim. O país inteiro ainda estava em choque, não acostumado a saber sobre mortes de fadas tão jovens, principalmente rainhas. Ao que eu tinha sabido, as rainhas se entregavam à passagem além das montanhas após uma grande festa de coroação.Nós tivemos um enterro no lugar. A maioria dos líderes compareceu, mas foi meu pai que atendeu a todos, não havendo mais motivos para esconder o envolvimento dos dois depois que Kieran e eu fomos revelados. Também não tive motivos para esconder Guilherme, que permaneceu ao meu lado em todo o momento.Fui protegida, poupada e consolada.At&eacut
Leer más