A Herdeira da Máfia

A Herdeira da MáfiaPT

A Herdeira   En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
74Capítulos
1.9Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Ingrid Santana tornou-se a responsável pela casa e pelos seus 5 irmãos muito jovem. Ela sempre foi determinada a ser a base da família, mas, ao ter que lidar com uma gravidez inesperada, Ingrid vê-se obrigada a fugir, deixando para trás tudo o que conhecia, e passando a viver por sua filha, Angel Camille. Angel Camille não teve uma infância fácil ou tranquila. Seu pai é um alcoólatra agressivo, sua mãe uma viciada ausente e sua irmã recém-nascida que, como consequência do destino, acaba virando sua filha. Após ser atacada pelo próprio pai, Cami é mandada embora, junto com sua tia e sua irmã, e então a realidade do mundo cai sobre ela como um balde de água fria. Nos anos que se seguem, a vida dela se resume a trabalhar muito para possibilitar que sua irmã, conhecida como sua filha, tenha um futuro melhor e que não lhe falte nada. Cami é focada e esforçada, trabalhando dia após dia, sem olhar para o mundo ao seu redor, mas tudo isso muda quando Andres Ivanovich, um mafioso arrogante e muito bonito, aparece em sua vida. Do seu jeito sarcástico e pretencioso, Andres mostra para Cami o outro lado do mundo, onde há diversão e, quem sabe, um amor de verdade, daqueles que, além de lindo, nos acompanha para o resto de nossas vidas e é mais forte do que qualquer obstáculo.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
74 chapters
Prefácio
            Escrever é um ato mágico, é maravilhoso, pois podemos derramar nas páginas toda a nossa criatividade e a nossa loucura. Criamos mundo, cidades, pessoas com personalidade e características tão nossas... É bom demais.       Nessa obra, criei um universo dentro do nosso universo, tendo apenas o amor como magia, e agora mostrarei um pouco deles para vocês.       Cidades onde se passa a históriaAs cidades de Celosia, Deoiridh e Ariante não existem realmente, são apenas fruto da minha imaginação. Elas possuem ruas, escolas, restaurantes e pontos turísticos inventados, tudo para se adequar à história dos personagens.       Máfia &nb
Leer más
1 - Ladrilhos Brancos
 Ingrid 20 de janeiro de 1999 - 20h30minDepois de terminar de limpar o quarto que está sendo ocupado por Bianca Martinelli, que novamente dormiu em um quarto separado do marido, praticamente corro pela casa, mantendo-me discreta, de cabeça baixa e escondida dos membros da máfia do norte que estão espalhados por toda a mansão.      A casa é enorme, dizem que com mais de 800 m2, e possui dez quartos, seis suítes, quatro lavabos em cada um dos três andares, duas cozinhas, três salas e tudo isso se não contarmos o SPA, a área de lazer, o chalé perto da piscina, bibliotecas e as salas, sim, as salas, no plural, mas nada disso se compara ao tamanho da “família”.      Igor Martinelli é o chefe da família que forma a máfia do norte. Ele é casado
Leer más
2 - O Jogo da Sedução
 Ingrid 20 de janeiro de 1999 - 22h30min- Meu nome é Ingrid. Ingrid Santana. - Cruzo os braços sob meus seios, de modo a deixa-los em evidencia. Funciona. Lucas imediatamente desvia o olhar para meu decote, engolindo em seco.      - Certo, prazer em conhecer você, Ingrid. - Ele balança a cabeça e a expressão confiante volta a aparecer em seu rosto. - E então, o que há com a pedra? - Descruzo os braços, e volto a analisar o anel em meu dedo.      - É uma aliança de ouro branco, dezoito quilates. - Aproximo mais a mão de meu rosto, para poder analisar melhor o diamante. - Diamante... Realmente uma bela pedra... Tamanho... - Lucas abre a boca, mas eu o interrompo com um gesto dramático, pois meu show ainda não terminou. - Cento e cinquenta pontos. Não está sujo, machado
Leer más
3 - A Filha do Ourives
 Ingrid 08 de dezembro de 1999 - 05h30minAcordo e imediatamente me sento, com cuidado, tentando não acordar Anne, Lina e Louise que dormem comigo em uma cama de casal. Ao nosso lado, em uma cama de solteiro, estão espremidos meus outros irmãos, Camille e Angel, o caçula.      Ainda zonza de sono, olho para o relógio na parede e suspiro, em frustração, pois já são 05h30min, o que significa que tenho que levantar se não quiser chegar atrasada no trabalho novamente.      A vida de uma empregada doméstica não é nada fácil. Cheguei em casa quase duas da manhã e já estou tendo que sair novamente, antes das sete. Embora, para ser bem honesta, eu não estava limpando até tão tarde, e sim fazendo outras coisas... Ok, admito, eu estava no
Leer más
4 - O Resultado dos Testes
  Ingrid 08 de dezembro de 1999 - 06h20min Abro a porta da cozinha, entrando como um vendaval, indo até onde Agnes e Ama se apressam em terminar de preparar o café da manhã dos Martinelli. Quando as alcanço, as duas parecem perceber que algo não está bem, então apenas lhes mostro a sacola com os três testes de gravidez.       - O que é isso? Um presente para nós? - Agnes brinca, mas para de rir imediatamente assim que vê minha expressão, percebendo que estou falando sério.       Tiro os testes e mostro para elas. Só há duas pessoas além de mim e de Lucas que sabem sobre nosso caso, que vem se intensificando cada vez mais no decorrer dos meses, então elas entendem, sem que eu precise lhes explicar nada, o que está acontecendo.       - Ah, minha criança, como pôde ser tão tola. - Ama larga o que está fazendo e vem até mim e então as lagrimas começam a esc
Leer más
5 - Isso é a Realidade
 Angel Camille01 de junho de 2015, 06h45minAcordo ouvindo os gritos de minha mãe vindos da sala e, imediatamente, ponho-me de pé e saio do quarto, desesperada, indo em direção ao som de seus gritos para saber o que está acontecendo e tentar ajuda-la, mas, quando entro no cômodo, a cena que se desenrola a minha frente me faz parar, boquiaberta, tentando assimilar o que estou vendo.      Minha mãe está deitada no chão, protegendo sua barriga com as mãos, enquanto meu pai grita com ela. Estou tão assustada que fico momentaneamente congelada, sem entender uma palavra do que eles falam, apesar do volume elevado da discussão.      - Mãe. - Saindo de meu transe, tento chegar até ela, mas um dos empregados de meu pai me agarra pelo braço, impedindo qu
Leer más
6 - O Primeiro Emprego
 Angel Camille15 de março de 2016 - 22h40minFaz cerca de três horas que tia Agnes foi embora, levando Anne Louise com ela e me fazendo prometer quer, assim que eu chegar em casa, vou ligar para ela para lhe contar como foi meu primeiro dia de trabalho.      Nesse momento, já de banho tomado e cabelo escovado, estou de pé em meu quarto, analisando o uniforme de bartender que Leopoldo me entregou a tarde e disse para eu vestir para a noite.      A roupa é ridícula, não há outra forma de descreve-la. Para “trabalhar”, terei que vestir uma saia de couro preta de, no máximo, 35 centímetros de cumprimento, um top de lantejoulas prateadas e com alças finais, uma meia calça arrastão e uma bota preta de cano alto com um salto agulha de dez centímetros.    &nbs
Leer más
7 - A Minifloresta
 Angel Camille16 de março de 2016 - 07h30min- Camille? Cami, acorde. - Tia Agnes balança meu ombro suavemente para me acordar.      Abro os olhos, confusa, tentando desviar da claridade ofuscante do sol que ameaça me cegar a qualquer momento. Olhando ao redor, percebo que estamos estacionadas em uma rua residencial, mas não é qualquer rua.      Nunca andei muito pela cidade onde eu morava antes, era apenas de casa para a escola e da escola para casa, visto que a boate de meu pai ficava logo abaixo, mas, ainda assim, tenho certeza que lá não haviam prédios como estes.      É como se, ao construí-los, os arquitetos e engenheiros quisessem desafiar as leis da física e da lógica. Os prédios que ficam do lado esquerdo da rua, todos com mais de cinquenta metros de altur
Leer más
8 - Casa de Poeira
 Angel Camille16 de março de 2016 - 08h30minQuando tia Agnes para o carro, engasgo e começo a tossir, tentando disfarçar minha surpresa, ou melhor, meu susto, enquanto olho para a pequena, velha e encardida casa a nossa frente.      Quando morei em Deoiridh, a nossa casa não era das melhores, mas ao menos era nova e bem cuidada. Essa é o contrário, mas, olhando mais atenciosamente, ao menos parece aconchegante.      O telhado é feito de telhas de barro marrom escuro desbotado e as paredes, outrora pintadas de branco, estão com manchas de umidade e bolor por toda a sua extensão. As janelas e a porta da frente... Não há o que falar, estão em péssimo estado.      - Não está tão ruim assim, para ser bem honesta. - Digo, enquanto minha tia me olha,
Leer más
9 - Comida Francesa
 Andres27 de abril de 2017 - 11h30min- Comprou tudo, mãe? - Pergunto, entrando na cozinha de mármore preto, decorada com madeira de diferentes tons de marrom escuro e creme, e indo até a pia lavar as mãos.      Nosso apartamento é uma cobertura e é ridiculamente grande... Já notei isso, é óbvio, visto que moro aqui desde que nasci, mas não consigo deixar de pensar nisso toda vez que entro aqui.      O apartamento tem quatro suítes, todas ocupadas, e dois quartos de hóspedes, dois lavabos, dois escritórios, um para cada um de meus pais, uma biblioteca, sala, cozinha, sala de jantar e uma área com uma vista linda do topo das árvores da minifloresta que fica na frente do prédio e das casas mais simples do outro lado das árvores... Ou seja, ridiculamente grande.<
Leer más