A Garota Que Não Tinha Cores: RED

A Garota Que Não Tinha Cores: REDPT

Cris Santos  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
40Capítulos
2.0Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Segundo livro da serie: A Garota Que não Tinha Cores: RED "Tudo era intenso.... Vermelho." Após a humilhação que seus colegas de escola a fizeram passar, Kristen Dink encontra-se com o trauma de ter sido jogada na lixeira da escola por Noah. Como não bastassem os problemas escolares, ela também terá que enfrentar a realidade de sua família, a gravidez de sua mãe e a chegada de um novo amigo. O segundo livro que continua a contar o drama da adolescente, abordará temas como abandono, uso de drogas e depressão. Kristen Dink estará disposta a quebrar o silencio?

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
40 chapters
Prefácio
Nós mentimos muito. Você não concorda?A minha vida toda foi uma mentira. Aquelas palavras foram em vão e sabemos disso. Por isso, não minta para si mesmo, dizendo que você não é culpado pelo o que aconteceu. Nós sabemos o tamanho da nossa culpa. As coisas não estão tão fáceis quanto pensamos, certo? Afinal, que culpa você tem, por eu ser assim? Agora você sabe o meu nome, mas não funciona assim. As coisas não mudaram muito. Ser conhecido e tratado como um estranho é muito pior do que ser tratado como invisível. Mas existe uma maneira de deixar as coisas mais claras, ou pelo ângulo que você vê, mais vermelhas.
Leer más
01: Eu estou bem
Um tom de cor assume os meus olhos e vejo as pessoas à minha volta cada uma de uma cor diferente.Faço uma análise rápida de todos aqueles que parecem rir, aos meus olhos, esses são os cinzas. Então encaro para aquele que disse que gostava de mim, que me escreveu cartas, poemas e que disse que meu olhar dizia quem ele realmente era. Infelizmente, eu nunca consegui conhecê-lo. Mas agora, diante da realidade, posso dizer que é como a cor das cortinas na sala dos consultórios odontológicos. Ele é branco ou beje? Eu não sei, nunca consegui perguntar para algum decorador se aquela cor é clara ou moderada.As pessoas como o Noah são assim, nós não podemos e não somos capazes de dizer em que estado de cor ela se encaixa, porque sempre estão mudando de posição. Por um lado, eu também sou como ele.Pisco os olhos calmamente e escuto a voz da minha nova professora de literatura pedir que eu leia meu poema num tom mais alto."Querida, você pode ler um pouquinho mais alt
Leer más
02: A garota ma
Durante esses meses que passaram eu me perguntei: Por que eu acredito que as coisas podem mudar algum dia?Minha mãe está grávida de seis meses, o bebê, que também é o meu irmão, é um menino. Não é que eu não gosto dele, mas continuo me perguntando: como será a minha vida quando ele nascer?Eu sei que muitas coisas vão mudar, já não serei a filha única, eles não vão me ouvir - algo que nunca me fizeram - muito menos vão se preocupar em perguntar como eu me sinto sobre isso, eles ainda vão discutir muito, quase sempre sobre as mesmas coisas. O meu pai ainda vai "acariciá-la” -moderadamente - mas minha mãe vai continuar dizendo que ela é quem é culpada por atormentá-lo tanto.Em suma, é como se minha vida inteira estivesse sendo reproduzida no jogo de DVD.O controle está quebrado, então nunca seguiremos ir para frente ou para trás. Tudo é o mesmo.As camas ainda rangem, os copos de vidros ainda são jogados pelas paredes, os vizinhos nos vêem com olhos es
Leer más
03: Como nos Filmes
A mamãe não explicou muito por que o papai teve que viajar, tudo o que sei é que ele obteve uma oferta de emprego e aceitou.Desde a partida dele, as coisas ficaram um pouco mais calmas, no entanto, eu nunca vi a minha mãe tão irritada como esteve nos últimos dias.Eu acordei com as mãos delas medindo a temperatura dos meus pés. Ela certificou que a água do chuveiro estava quente o bastante e verificou a minha garganta antes que eu pudesse tomar meu café da manhã.“Não esqueça o cachecol, por favor, não quero ver ninguém doente depois, hein?” Ela disse, servindo-me o café. A minha mãe é um pouco paranoica, acho que superprotetora também.“Tudo bem." Respondi, tomando um gole de café. Estava amargo, mas eu nunca gostei de coisas muito doces mesmo."O que estava fazendo ontem? Vi você subir as escadas tarde, estava sem sono? " Mamãe puxou uma cadeira e sentou-se."Hu um." Apenas resmunguei."Não fique acordada até tarde filha, isso prejudica m
Leer más
04: Saindo do Casulo
O ônibus parou quando ele me ofereceu o livro."Você não é de falar muito, é?" o aquarela sorriu, pegando sua mochila. Ele guardou os fones de ouvido na bolsa, levantou-se e me entregou o livro nas mãos. "Toma, você me entrega quando terminar."Balancei minha cabeça, aceitei o livro e caminhei ao lado dele para fora do ônibus. Ele era tão diferente ... Eu não sabia muito qual era a dele, mas por algum motivo, ele me seguiu até o meu armário. Eu guardei o livro que ele emprestou, peguei outros livros para aula de biologia e fechei meu armário, observando-o de pé ao meu lado. O que devia dizer ou fazer? Eu não tinha ideia do que dizer e muito menos o que fazer sobre ele estar dois passos à frente de mim."Nós nos vemos por aí." Foi tudo o que ele disse, seguindo caminho à frente.Fiquei por alguns minutos tentando entender o que realmente aconteceu. Suspirei profundamente, enfiei um fio de cabelo atrás de minhas orelhas e sorri de um lado para outro. Pelo que e
Leer más
Primeiro dia de leitura
Diz-se que a leitura antes da hora de dormir é um grande remédio para a insônia e é por isso que dormi muito bem depois de ter devorado todo o livro praticamente em um único dia. Eu não fiquei irritada com a minha mãe tentando ler os parágrafos do livro enquanto ela assistia sua telenovela e eu lia, pelo contrário, mantive minha leitura e soltei algumas risadas.A Mamãe comeu pipoca, assistiu a sua novela e não me perguntou nada sobre como consegui o livro. Ela nunca tinha me visto com um livro diferente nas mãos, mas pelo título, suponho que ela pensou que era a mesma coisa que os outros. Mas ele era diferente, sem fadas, gnomos ou princesas, o livro era sobre a Segunda Guerra Mundial. Mesmo assim, senti-me presa com ele durante a leitura. Guardei comigo uma de suas frases: "A infância é medida por sons, aromas e visões, antes que o tempo obscuro da razão se expanda."Com essa frase, coloquei o livro na minha mochila, deitei-me na cama de barriga para cima e pe
Leer más
05: Livros
Os raios do sol perfuraram as fendas na janela do meu quarto e me fizeram acordar.De alguma forma, minha mãe entrou no meu quarto à noite, tirou os meus sapatos e me cobriu com o cobertor.Desde o que aconteceu, esta foi a primeira vez que eu dormi bem. Não sei o porquê, mas eu sei que o livro que o garoto Ki-suco me emprestou, tem a ver com isso. Ninguém nunca emprestou um livro, nem uma caneta, nem uma borracha ou qualquer coisa e sem me conhecer, ele emprestou.Ontem no ônibus, foi como uma dessas cenas de filmes, ou livros, como em “Eleanor e Park”, só que o Aquarela não é mestiço, eu não sou ruiva e não nos parecemos nada como o livro. Ele é... distante e sorridente, porém ainda distante.Com os meus pensamentos á mil, separei minhas roupas para o Colégio e fui para o banho.Antes de ligar o chuveiro, despi-me e me observei com o espelho. Se as pessoas percebessem bem, talvez notariam que eu perdi 4 quilos e que minhas roupas estão começando a se
Leer más
Segundo dia de leitura
O Bruno tem uma irmã insuportável, mas por outro lado, a chatice da irmã é compensada na amizade entre ele e o Shmuel. A sua ingenuidade é muito clara, porque com certeza, o menino de oito anos não tinha ideia de que ele estava morando no fundo de um campo de concentração.A minha leitura foi um pouco mais curta do que a noite passada, mas ainda foi boa e agradável.Ao me aproximar do Capítulo 10, encontrei um pedaço de papel que marcou o lugar que ele deixou de ler com a seguinte frase:Alerta de Spoiler:A irmã do Bruno vai se apaixonar pelo soldado, e sim, vai ficar ainda mais chata.Talvez o Ki-suco já tivesse terminado de ler o livro, pois todas as outras páginas tinham um pequeno spoiler na introdução em um pequeno pedaço de papel azul, colado no canto da página.Nós não nos veremos amanhã, nem depois de amanhã e muito menos no dia depois de amanhã. Porque estamos à véspera do final de seman
Leer más
06: Outra vez
Hoje é terça-feira e é março. Isso significa que faltam exatamente quatro meses e meio até o final do ano letivo.“Filha, você ficou na sala ontem, viu se o seu pai ligou?" A minha mãe perguntou, vendo-me amarrar o cabelo de frente ao espelho."Não, eu não vi.” Respondi, sentindo me mal por vê-la tão infeliz."Huhum." Resmungou, mudando o olhar. "Você está diferente, filha. O que aconteceu?""Diferente como, mamãe?” eu perguntei de volta. Na noite passada, eu vomitei tudo o que eu tinha comido por conta de uma crise de ansiedade, talvez, talvez, ela me viu entrar no banheiro."Não sei dizer, mas o seu cabelo, desde quando está prendendo-o?""Oh, sim, o meu cabelo ...” Olhei no espelho, vendo meus ouvidos livres. O meu rosto se sentia mais leve, meu peito estava carregado, mas o meu carinho parecia convincente. Eu estava bem, aparentemente falando, já o meu interior, estava cheio de espinhos, eles derrubaram a minha garganta, me fizeram
Leer más
07: Boatos
As pessoas sempre acreditam em rumores. Essa é uma das verdades mais verdadeiras que eu já ouvi, por quê? Toda a verdade, por si só, é verdadeira, mas as pessoas não gostam da verdade, são mais fantasiosas e preferem algo maior, por isso, preferem acreditar no que um número maior de pessoas fala do que ouvir a versão verdadeira.Quando entrei na sala de aula, fiz o que sempre faço antes da chegada do professor, peguei o meu material, coloquei-o sobre a mesa e esperei.Geralmente, a Kate e os amigos dela se sentavam no fundo da sala e ficavam me perturbando e dessa vez eles estavam distantes, com a Stéfany destacando-se na primeira fila ao lado da parede e a Kate e os outros no meio da sala.Todos estavam fofocando baixo, alguns estavam olhando para a Stéfany e rindo, ela parecia tensa, muito tensa.Foi quando a Alice entrou na sala ao lado de um amigo que a Stéfany disse alto e claro: "Cachorra!"Ela se levantou, recheou a boca e repetiu, "Cachorra!" Vo
Leer más