DUENDE NEGRO

DUENDE NEGROPT

Léo Pajeú e Léo Bargom  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
8Capítulos
978leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Duende Negro, um herói que se origina com os poderes dos deuses africanos, seu grande rival é Espírito Negro. Tem como companheiros a guerreira Xuan e Curiango. Também com Velho, um dos deuses africano que não pode se manifestar entre os humanos, mas fica na retaguarda orientando e ajudando seus pupilos. Sua fisionomia é de um velho de cor branca para não manifestar atenção, inclusive de Espírito Negro.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
8 chapters
CAPITILO I O ACIDENTE
CAPITILO IO ACIDENTE         Gil sentiu que a primeira corda estava sendo rasgada pelas pedras, parou de descer, avisou pelo rádio, pegou a lanterna para avaliar a situação na escuridão e sentiu o impacto no rompimento da corda jogando-o na parede das pedras, a lanterna caiu caverna abaixo fazendo pequenos raios de luz durante sua trajetória.         Naquela trajetória da lanterna caindo Gil percebeu que a situação era perigosa, pegou o rádio de comunicação para informar a situação, quando sentiu seu corpo balançar de um lado para outro, fazendo com que o rádio também caísse, perdendo seu meio de comunicação.          A sensação de pe
Leer más
CAPÍTULO II A ORIGEM
CAPÍTULO IIA ORIGEM          Gil olhou para todos os lados e estava cercado por seres conhecidos apenas em histórias da mitologia africana. O local da caverna que se encontrava era um grande salão de reunião, a iluminação parcial parecia obra de ficção, não tinha noção de onde surgia.         Apesar de imóvel Gil não sentia medo, sua aflição tinha sumido e a sensação de sobrevivência parecia normal.         Diante daquele círculo o Velho chama atenção de todos os presentes e começa a explicar por que Gil está ali, flutuando e aguardando a missão que lhe será entregue, o Velho se apresenta:    -
Leer más
CAPÍTULO III A ORIGEM DE XUAN
CAPÍTULO IIIA ORIGEM DE XUAN         Lin Zu esteve escondida há centenas de anos, em uma época tenebrosa recebemos uma visita inesperada em um ritual entre deuses africanos, sem mais nem menos surgiu do céu uma ave caindo, escutamos um grito humano, mas não sabíamos o que realmente era, desconfiamos de nossos inimigos, mas tudo aconteceu muito rápido, teríamos que tentar salvar o ser que caia do céu, o ser que veio do céu meio humano e meio pássaro caiu justamente em minhas mãos, ainda estava com vida e antes de nos entregar uma linda criança contou o ocorrido.         Xuan Nu, como era chamada foi a deusa que ajudou o Imperador Huangdi a dominar Chi You numa guerra travada durante nove vezes. Depois de transformar este confronto em uma guerra c&iacu
Leer más
CAPÍTULO IV A ORIGEM DE CURIANGO
CAPÍTULO IV A ORIGEM DE CURIANGO           Tentando conter a euforia de Gil o Velho começa a contar como surgiu o Lucas ou Curiango, pássaro noturno que se camufla em qualquer paisagem, nome que deve ser chamado quando estiver combatendo o crime com Xuan e Duende Negro.          O garoto Lucas veio para se juntar a nós de uma forma que até hoje ainda nos deixa temeroso sobre sua existência. Em um dia de reunião ouvimos um grito ecoar entre as montanhas, era um grito de dor e sofrimento, durou um tempo, que virou eco em determinada época do ano, como se as montanhas repetissem o lamento em consideração à mulher que deu o grito como se buscasse alguma resposta para sua dor intensa ou chamasse atenção de um am
Leer más
CAPÍTULO V HOMICÍDIO NA FEIRA DOS IMPORTADOS
CAPÍTULO V HOMICÍDIO NA FEIRA DOS IMPORTADOS           Em uma sala reservada, uma reunião estava acontecendo para resolver problemas de uso dos quiosques da feira dos importados. A noite estava fria após uma leve chuva que deixou ruas molhadas e pouco movimento por perto da feira.         Leandro durante a reunião chamou Pedro atenção alegando que era de sua responsabilidade o que estava acontecendo com o controle dos quiosques da feira.          Pedro mantinha a cabeça baixa, apenas balançando afirmando tudo que Leandro falava como se estivesse com bastante medo.         Leandro usando de sua autoridade fazia ameaças a Pedro chamando dois capangas
Leer más
CAPÍTULO – VI O ATAQUE DOS NINJAS NEGROS
CAPÍTULO – VI O ATAQUE DOS NINJAS NEGROS           A circulação de veículos pelas avenidas espremidas ainda sem pavimentação e esburacadas, com água escorrendo pelas ruas e lixos espalhados por todo lado de Vicente Pires caracterizava mais uma invasão no Distrito Federal.          O movimento de pessoas na mansão naquele fim de tarde parecia discreto, quase ninguém entrava ou saia. Mais a paciência de Lucas era fundamental para sua investigação.         A noite foi chegando levemente ao contrário do movimento de veículos que parecia que não ia acabar tão cedo, a mansão localizada naquele lugar parecia de prop&oa
Leer más
CAPÍTULO VII CONFRONTO NA COBERTURA
CAPÍTULO VII CONFRONTO NA COBERTURA           A noite escondia muitas coisas, o crescimento muito rápido, a quantidade de obras e a chegada de muita gente fazia com que as noites de Águas Claras escondessem um submundo sorrateiro e perigoso, o crime organizado.         Em alguns prédios dava para perceber que havia uma grande quantidade de chineses morando e outros chegando, a feira dos importados era a desculpa para estes trabalhadores semiescravos que chegavam todo dia no Distrito Federal, mas entre eles vinham membros da máfia chinesa disfarçados no intuito de se firmar na Capital do Brasil.         A inauguração da cobertura e o lançamento do Edifício Senador na quadra 104 entre a
Leer más
Capítulo VIII CONFRONTO FINAL
Capítulo VIII CONFRONTO FINAL           O Centro de Convenções de Brasília já se encontra abarrotado de gente, os estacionamentos próximos já não tinham vagas, autoridades, comerciantes, lindas promotoras desfilando, chamando atenção e interessados lotam o pavilhão, o lançamento e apresentações de veículos, a possibilidade de ser montado novas fábricas de carros no Brasil chama atenção, os chineses estão chegando com suas marcas e montadores.         Leonardo chega acompanhado de duas belas mulheres, alguns seguranças circulam pelo pavilhão olhando carros chineses como se fossem interessados, mas aguardam ordem para seguir seu chefe que os olha a dist&acir
Leer más