Índice
111 chapters
Prólogo
Olho em direção à mesa centímetros da minha, e sinto-me devastada assistindo aquela cena. Fred está bem à vontade com a garota ao seu lado, inclusive leva a mão dela à sua boca e a toca carinhosamente. Respirei fundo enquanto bebericava meu martíni. Tem horas que queria entender por que gosto tanto de sofrer assim, ou melhor, perco meu tempo com um homem tão canalha quanto ele?! Talvez acreditando que ele pudesse mudar algum dia! Meu coração quebrou em pedaços quando ele a beijou sem ao menos se importar com a minha presença. Um punhal estava a ser empurrado no meu peito, aquilo doeu muito, que decepção! Passei a mão nos meus cabelos e disfarcei a levar o meu copo de bebida a boca novamente. Deveria ter pensado bem antes de vir para esta festa, contudo, seria egoísmo de minha parte com o meu amigo David. Ele estava tão feliz por terminar o seu doutorado em medicina e queria que os seus amigos se juntassem a sua comemoração. Observei mais uma vez aquele infeliz torturando-me psicologi
Leer más
Capitulo 01
Helena Hernandes   General Cortez continuava a me observar de maneira intensa como se estivesse me estudando, sinto que meu rosto está ficando vermelho igual a um pimentão, não sei o porquê estou me sentindo tão vulnerável perto desse homem, respiro profundamente tentando acalmar meu nervosismo. Ele então abre uma das gavetas de sua mesa pegando uma pasta, a abre analisando algo e depois se pronuncia.  — Soldada Hernandes, eu preciso que termine de preencher sua ficha, está incompleta e não aceitamos isso aqui. Por favor, coloque seus dados bancários com o número do RG e CPF. — o olho de forma surpresa e constrangedora.  — Claro senhor! Poderia me emprestar uma caneta, por favor?  — Aqui está... Nunca se esqueça de colocar seus dados corretamente soldada, ou como espera receber seu salário? — aproximo-me da mesa puxando uma cadeira, sento na mesma e digo enquanto assino os espaços vazios. — Me desculpe senhor! N
Leer más
Capitulo 02
Fernando Cortez A semana que vem aqui no quartel será bastante agitada, pois novos recrutas que acabaram de se formar serão transferidos para cá. O Coronel mandou-me selecionar os novos soldados, soltei um suspiro de frustração porque odiava realizar essa parte, isso deveria ser feito pela administração, mas como o Coronel Matias mesmo fala, nós somos pagos para desenvolver nosso trabalho direito. Você tem o cargo mais alto, entretanto, tenho a função de maior preparação das companhias para a Defesa da Pátria, além de administrar como leis internas do Estado-Maior no Exército Velho desgraçado, como se ele fizesse algo a não ser dar ordens com aquela bunda velha dele sentado o dia inteiro naquele gabinete, não vejo a hora desse homem se aposentar e parar de infernizar minha vida. Pedi ao tenente Klaus para me ajudar, afinal, eram muitas pastas com fichas dos candidatos. Selecionei alguns rapazes pelo físico e sua boa saúde, um exemplo que tomamos é sempre
Leer más
Capitulo 03
Helena Hernandes Sinto meu corpo estremecer ao ouvir as palavras do general Cortez. Sou mesmo uma idiota que não consegue nem disfarça ou se controlar na presença dele, sinceramente, que vergonha que ele tenha percebido isso, ainda bem que não tinha ninguém nesse corredor, se não com toda a certeza que amanhã eu seria os motivos de cochichos e risadas no quartel. Assim que entro no banheiro dou de cara com Míriam e outras duas soldadas, cumprimento com um "boa noite", elas me respondem educadamente e voltam a conversar normalmente, entro no banheiro fechando a porta e começo a retirar minhas roupas, ligo o chuveiro e a água está bem gelada, mas não reclamo, estou mesmo com calor, e ao lembrar-me de agora a pouco do general me confessando... "Se quer saber qual é o tamanho, te confesso ser bem grande…" Meu Deus! É incrível como esse homem consegue me desestabilizar, naquela hora senti minhas pernas mais trêmulas que uma gelatina. Suspiro fundo balançando a cabeça para levar para long
Leer más
Capitulo 04
Fernando Cortez O cheiro forte de café que sinto ao estacionar meu carro em frente a minha casa era inconfundível. Já sabia que tinha a visita de minha mãe, às vezes pensava que a velha adivinhava quando eu voltava para casa, dona Marcela sempre vinha uma vez por semana ver como estava minha casa e me dar puxões de orelhas por ser um bagunceiro desorganizado. Dou um sorriso de lado ao lembrar-me de seus sermões. Abro a porta do meu carro o fechando em seguida, coloco a chave na fechadura e quando entro deixo minha mochila em cima do sofá seguindo em direção a cozinha. Como previsto lá está a dona Marcela, alegre e cantarolando uma de suas músicas antigas, encosto-me na parede a observando, ela se abaixa para retirar o bolo, o cheiro familiar é ireconhecível, meu favorito, incrível que mesmo já sendo um homem de barba feita minha mãe ainda gosta de me mimar como se eu fosse um garotinho de 5 anos, continuo a olhando desenformar o bolo de cenoura em seguida passar a calda de chocolate,
Leer más
Capítulo 05
   Helena Hernandes   Havia se passado algumas semanas desde aquele episódio constrangedor com o general. Não cruzei mais com ele, o tenente Klaus nos informou que nos orientaria enquanto o General se ocupava com outros assuntos pendentes junto ao Coronel Matias. Pelo menos nessa semana estava respirando aliviada, só pelo fato de não encontrá-lo, à noite eu tinha cada sonho mais erótico que outro, sonhei até que ele me possuía em cima de sua mesa e só de lembrar, sinto minha virilha latejar. Realmente eu preciso dar um jeito nessa seca que me encontro há três anos e meio que estou sem transar, se duvidar virei virgem de novo, esse final de semana Luísa e eu ficamos de procurar um apartamento para alugar quando não estivermos no quartel. Estou escovando o cavalo branco quando notei que Felipe estava ali
Leer más
Capítulo 06
Fernando Cortez Os dias passaram rapidamente e retornei ao quartel na semana passada, foquei nas minhas atividades administrativas e em meus treinos, mal encontrava meu grupo, pois eles sempre estavam muito ocupados com suas tarefas, após seus treinos diários, não voltei a encontrar a senhorita Hernandes depois daquele episódio embaraçoso no corredor, poderia apostar que ela estava me evitando após ter dito aquelas palavras. Sabia o impacto que causava nas subordinadas deste quartel, sempre pegava as próprias suspirando e com a soldada Hernandes não seria diferente, acredito que todas às vezes que chego perto ela se desestabiliza ou pelo menos jurava que ela começava a imaginar coisas indecentes. Até tentava disfarçar, contudo, seu rosto lhe entregava e às vezes tinha vontade de rir do seu jeito, mas não sou um homem que procura relacionamentos ou mulher para me envolver, não após ter passado por uma grande desilusão amorosa, para mim nenhuma mulher presta!
Leer más
Capítulo 07
  Helena Hernandes Há quase duas semanas estou vivendo um inferno nas mãos do general Cortez. Realmente o que me disseram sobre ele é totalmente verdade, é cruel quando resolve aplicar seus castigos em quem ousa o desafiar, não seria diferente comigo. Diariamente ele surgi na porta do meu alojamento às 04h00min da manhã para começar os exercícios diários e depois escolhe os piores trabalhos para me colocar, contudo, não me faço de mole, meu treinamento foi esse na escola militar e não desistirei, fui uma das melhores da minha sala e não será esse infeliz que irá me dizer ao contrário. Sento-me um pouco para descansar após terminar de limpar as sujeiras dos estábulos e Luísa me olha preocupada e diz. — Amiga, estou preocupada com você, seu rosto demonstra o quanto está cansada! Esse homem está sendo cruel de mais aplicando essa punição, isso para mim é abuso de poder… — respiro pesadamente e digo passando a mão em meu rosto. — Não
Leer más
Capítulo 08
  Fernando Cortez   Estava terminando de assinar os últimos relatórios para m****r ao Coronel Matias, quando escutei os gritos do tenente Klaus que chamava pelo nome de Helena. Sem entender o que estava acontecendo, me levanto para ir ver do que se tratava, ao sair da minha sala constatei vários soldados olhando para o andar de baixo, me aproximo para olhar o que os outros subordinados estavam vendo. Senti um frio na espinha ao ver Klaus desesperado segurando a cabeça de Helena que parecia estar sangrando pela queda, pelo o que percebi ela havia rolado escada abaixo, além disso, o balde estava de um lado e a pequena escada do outro, saiu do meu transe ouvindo Klaus dizendo. — Helena, abra os olhos, por favor, acorde! Vocês saiam de cima, abram espaço para ela respirar melhor… — a amiga de quarto ao perceber que se tratava de sua companheira, correu desesperada se ajoelhando do lado de Klaus. — Meu deus, o que aconteceu com el
Leer más
Capítulo 09
  Helena Hernandes Ver o general Cortez com aquele buquê nas mãos foi muito estranho e a maneira que tentou se desculpar foi a mais bizarra ainda. Notei o quanto era desconfortável para o próprio pedir perdão, por isso não aceitei nada e muito menos aquelas flores coloridas e cafonas. Aquilo para mim, foi como uma afronta, não estou morta para receber flores. Suspiro pesadamente, sinto que esse homem ainda vai me dar uma grande dor de cabeça. Tentarei me manter sempre ocupada e se for possível o mais longe dele, Cortez não é um cara fácil de lidar, o jeito que o rejeitei e não aceitei as suas desculpas tenho certeza que o deixou abalado, contudo, eu não me importo, ele merece carregar essa culpa, quem mandou me fazer trabalhar como um animal sem descanso, as minhas mãos ainda estão com calos pelo serviço pesado que fui obrigada a realizar nas hortas. Às vezes questionava-me o quão azarada era para ainda senti-me atraída por um babaca como ele
Leer más