Índice
24 chapters
Prologo
     Querido príncipe Julian, peço perdão por não ter podido continuar ontem minha narrativa sobre meu mundo perdido e sobre a origem de sua linhagem, a doença avança devastadora e mina minhas forças, mas não estou reclamando, como sabe bem vivi e vi mais que qualquer outra pessoa neste mundo, já era hora de Gaia me permitir o descanso ao qual mereço, pois conclui minha missão, sem desviar, sem me negar, apenas desejo que me escute agora, que conheça e que com o conhecimento ponha em pratica a justiça neste mundo, ele necessita de bons homens e mulheres, e principalmente de lideres sábios por isto quero que conheça e ponha em pratica as lições do passado, pois foi no momento mais tenebroso para este mundo que os sentimentos mais nobres foram usados para trazer a liberdade e a união, ouça com atenção e aprenda! Tenho ci&ecir
Leer más
Capitulo 1: Petra e Hogan
153 anos antes Petra olhava a frente do castelo as centenas de guerreiros que tentavam desesperadamente conter as hordas de parademônios que os atacavam ferozmente, foram comandados através de um portal aberto a frente do castelo de Behemoth, o mais promissor império na época o império do dragão do ar, o ataque se iniciara muito antes que a sétima Dragonesa e o Cavaleiro Dragão pudessem se dar conta de que algo havia saído errado em seus planos e o inimigo havia feito um movimento inesperado, ele jamais poderia abrir um portal em meio a cidade capital pois era defendida por magia muito antiga e poderosa provinda da lagrima do dragão do ar Orion, o poder de tal jóia possibilitou criar uma barreira mística que impediria qualquer força demoníaca de invadir o espaço protegido por ela. Há algumas semanas Petra descobrira os planos de Nasthirt para a invasão então ela e o Sétimo Cavaleiro dragão traçaram um plano de contra ataque e proteção da cidade, envia
Leer más
Capitulo 2: Piratas
         Desde o dia em que as embarcações de Anthron começaram a singrar os mares do norte nenhuma embarcação militar, imperial ou pirata teve mais paz ou liberdade, os navios fantasmas do inferno como logo ficaram conhecidos atacavam indistintamente qualquer embarcação, mas eles não atacavam pelos motivos que as outras atacavam, militares atacavam como forma de defesa do seu império, companhias defendia seus carregamentos e passageiros, piratas queriam ouro, os navios de Anothron saqueavam os tripulantes, as pessoas era o alvo, cada embarcação que cruzava o caminho deles tinham a tripulação raptada para virarem mais soldados zumbis, e o navio quando não afundado era incorporado a frota do inferno, não eram belonaves etéreas ou que surgiam do nada como vindas das profundezas do oceano, eram reais, muito reais, sua fama de fantasma ficou em parte p
Leer más
Capitulo 3: Mudança de rota
         Os ventos sopravam com fúria como se a própria natureza estivesse conspirando a favor deles, e Layla sabia que esta era a mais real verdade, Gaia estava com eles, Décimo em pé na proa olhava apara as feras aladas que pareciam não se cansar, e apesar dos fortes ventos conceder uma velocidade grande ao navio deles sabia que não demoraria a alcançá-los, foi para o lado de Ninrood que estava ao leme e começou a gritar para os soldados:         --Guerreiros de Hyperion, em nosso encalço vem feras sedentas de sangue e destruição, estes mesmos há dias atrás assassinaram muitos de nossos irmãos e irmãs, não pretendo perder nenhum de vocês, mas vou ser sincero, o poder deles é muito grande, estamos muito distante de casa e de qualquer ajuda, em terras estrangeiras a qual não
Leer más
Capitulo 4: As trevas em Hyperion
         Arion estava sozinho na sala do trono, dispensara os soldados pessoais e todos os serviçais, precisava estar só para dar o seu passo mais ousado em direção às trevas, terminara de ler pela terceira vez a carta que escrevera de próprio punho, seus planos corriam como o desejado, mas com o Décimo metido bem no centro dos acontecimentos tudo podia se tornar imprevisível, a única coisa que lhe dava um pouco de paz era saber que a nova Dragonesa não se manifestara até o momento, talvez Anothron já dera um fim a ela e o estava testando, o mago investira muito nesta nova era que eles estavam tentando iniciar, mas o preço para ele também era alto, precisava conquistar Behemoth e sua única moeda era Aghata, concretizando o matrimonio ele teria poder e influencia sobre o antigo império, seus lideres eram fracos, Mariel Frost nã
Leer más
Capitulo 5: Hagardia
         Anothron estava sentado em seu trono, a sua frente uma pequena base de pedra sustentava seu espelho de fogo, a mesma bacia rasa de metal onde ardia uma chama vermelha, acabara de ler a mensagem de fogo no ar e as letras estavam se apagando enquanto ele refletia sobre a mensagem de Arion, era muita generosidade ele lhe presentear com Eliel mesmo colocando sua filha em perigo, escreveu uma resposta rápida mandou e refletiu um pouco, ele sorriu para si sarcástico, não pela informação ele já tinha conhecimento de tudo aquilo, sorriu por ter a confirmação de seu controle total sobre o monarca, um individuo realmente baixo, o mago não havia tido o menor trabalho para iludi-lo a um ponto que o levou a vender a vida da própria filha, Anothron conhecia a reputação de Gregory Arion o antigo monarca, homem justo, honesto e corajoso, pensou intrigado, como este imperador podia s
Leer más
Capitulo 6: O fim de uma era de segredos
         Tarcilio acabava de se comunicar com Ábánigbéro, o sacerdote de Algron que representava as terras negras, muitos vivendo em seu estreito mundo constituído de quatro impérios desconheciam a existência de outros povos e terras, pouquíssimas era as pessoas que tinham contato com outras localidades do mundo, ou se quer imaginavam que em outras partes alem do mar existiam muitos outros reinos e impérios, os lideres da sua parte do mundo tinham visão estreita e acreditavam que aqueles dois continentes eram tudo o que existia neste mundo, e isto por um lado era bom, e este equilíbrio era a grande missão da sociedade secreta a qual Tarcilio fazia parte, através de magia e influencia os maiores sacerdotes e magos de cada canto do mundo mantinham seus territórios separados, mas freqüentemente se relacionavam para ajuda mutua trocar conhecimento, dividir descobertas
Leer más
Capitulo 7: O chamado do dragão
         Eliel estava distraído recostado à amurada do navio observando o sol se por, desde o começo da tarde as imagens dos dragões reapareceram no horizonte e pareciam ficar cada vez mais próximas moviam-se mais rápido, muitos outros navios já podiam ser notados por suas velas, estavam chegando cada vez mais para dar suporte as feras, Morghot era conhecida por entre seus feitos os maiores e mais resistentes navios para carga, foi uma grande conquista para Anothron, mas apesar desta grande preocupação o que tomava a sua mente neste momento, era o chamado na sua cabeça cada vez mais forte, uma poderosa voz que lhe assaltava a todo o momento, em algum lugar Calmon o príncipe dragão do fogo o chamava, bem que ele próprio poderia vir por si só, não entendia por que criatura tão poderosa precisava de ajuda ser liberto, ignorava que Algron fizera isto e
Leer más
Capitulo 8: No navio pirata
         Daholk estava na sua cabine no Orca, conseguira com Arkady uma bandeja para criar o fogo místico por onde poderia entrar em contato com seus irmãos, Etriel conseguira entrar em contato com ele mesmo sem o uso desta ferramenta, não era por acaso que ele era um dos quatro maiores da ordem, mas ele não conseguia entrar em contato com o mago de Huiswart, porem agora tinha a ferramenta para enviar pelo menos uma mensagem avisando que entrariam em sua terras  para apoiar na guerra que se seguiria, afinal estando ele dado como morto um aviso seria necessário, precisava saber o que o mestre Ábánigbéro poderia ter como plano, é certo que Etriel já o avisara da presença dele mas tinha que avisar o quanto estavam próximos! O fogo acendeu-se na bandeja de prata suja emprestada de Arkady, escreveu a missiva curta e rápida e a queimou, quando Etriel o contatou avisando
Leer más
Capitulo 9: El-Don
         El-Don estava orgulhoso de sua missão, antes vivia uma vida abastada na corte e pode estudar magia logo cedo, pois seu pai um rico administrador da coroa também era amigo do mago conselheiro do rei, mas a vida como um mago menor na corte de um pequeno reino não era o que lhe aguardava, tinha vontade de sair ir para os grandes impérios e conhecer magos mais poderosos para aprender e aperfeiçoar seus poderes porem estava preso ao juramento feito ao mago real de que seria seu sucessor e que não teria outro mestre, isto foi até Anothron invadir e dominar seu reino um dos dezessete que constituía o império de Hagardia, ele e o mago da corte lutaram contra a dominação uma luta vã mesmo assim deu o melhor de si, Anothron reconheceu seu moderado poder e lhe propôs clemência em troca de lealdade, e como recompensa pela lealdade lhe ensinaria o real potencial da ma
Leer más