Obsessão

ObsessãoPT

San Athayde  concluído
goodnovel16goodnovel
10
Avaliações insuficientes
51Capítulos
25.0Kleituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Depois de uma grande decepção, Bernardo se torna um cara obsessivo pelo que faz, dominar mulheres... tudo piora quando Manuela entra em sua vida sem a sua vontade, por obrigação e medo da morte... Aquela obsessão se torna ainda mais perigosa.Pode Manuela fazer Bernardo voltar a ser o que era antes?Um novo amor cura a dor da perda de um antigo amor?Todas as histórias de amor tem finais felizes?Saberemos em breve..."Obsessão", minha nova história."Lembrando que, não passa de mera ficção, não há nada que se passe na vida real."

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
51 chapters
Capítulo 1
Manuela.Morar em uma comunidade requer muito cuidado, assim como tem pessoas muito boas e trabalhadoras também a pessoas ruins e que fazem de tudo pra se dar bem, como os traficantes por exemplo… Meu pai foi vítima deles, ele era alcoólatra e vivia pegando dinheiro emprestado para suprir seu vício, eu tentava de tudo para que ele parasse com isso mas não conseguia, até que ele acabou morrendo e eu herdando suas dívidas com os tais traficantes, alguns que eu até conhecia pois cresceram comigo na comunidade e talvez por conta disso eles não me mataram ainda… mas com certeza algo muito ruim me espera, já que não posso pagar a dívida imensa que meu pai fez com eles, então eles me disseram que eu pagaria de alguma forma, eu já estava desesperada e presa em um quarto sujo onde eu esperava para ver o que eles fariam comigo. Sempre fui muito corajosa, mas confesso agora estou com um medo imenso, não sei o que vai acontecer comigo e com a min
Ler mais
Capítulo 2
- Qual seu nome? Perguntou ele.- Manuela… respondi.- Manuela, pra você eu sou Chefe OK?- Sim…- Sabe meu nome?- Não…- Me chamo Bernardo, mas aqui ninguém me chama pelo nome, somente de chefe, entendeu?- Sim chefe…- Boa menina… ele disse tirando os óculos… tenho que confessar, ele é lindo.- Manuela eu sei que você não queria está aqui… que você foi mandada como pagamento de uma dívida a minha casa de luxo, então eu vou ficar com você…- Que? Perguntei.- Isso, vou ficar com você por um tempo e depois vejo o que você pode fazer aqui.- Eu não quero ter problemas com a Marisol… eu disse.- Problemas? Porque teria? Eu que mando aqui, ela faz o que eu mando senão é castigada.Eu não disse nada, apenas fiquei de cabeça baixa.- Preste
Ler mais
Capítulo 3
Me virei para olhá-lo e ele me encarava.Caminhou até a varanda do quarto e eu fui em seguida, ele tirou o seu paletó preto e a gravata também jogando em cima de um sofá que havia na varanda.- É assim que você deve se vestir todas noites… disse ele.- Sim chefe… eu disse.- Logo você se acostuma… escute não vai mais acontecer o que aconteceu hoje, eu não quero o rosto das minhas garotas marcados.- Sim chefe…- Venha aqui… disse ele.Me aproximei e ele pegou no outro lado de meu rosto e ficou olhando com atenção.- A maquiagem esconde bem…- Sim… Eu disse olhando pra ele, com um olhar meigo, ele me encarou mas depois se afastou rapidamente de mim.- É… eu vou dá um jeito de resolver o seu problema
Ler mais
Capítulo 4
ManuelaBernardo é um homem amargurado, acho que ele nunca foi amado, por isso não sabe o que é amar, ele se sente o dono mundo, como se ele pudesse fazer tudo que quiser com qualquer mulher que ele desejar… Eu gostaria de saber sobre o seu passado, o que o tornou esse homem rude e cruel, sem dó e nem piedade de machucar alguém, principalmente uma mulher, será que ele tem família, o que aconteceu com ele pra ser assim? Eu sofri muito na vida, mas jamais quis ser mal desse jeito.Será que no fundo ele tem sentimentos? Será que é capaz de gostar de alguém, de amar alguém, de sentir compaixão, dor, tristeza? Ele é um homem sem emoções.Estava perdida em pensamentos quando Clarice entra no quarto.- Olá gata, sou sua babá hoje.- Olá Clarice… eu sorri.Clarice era ruiva e linda, cabelos longos e um corpo maravilhoso.-
Ler mais
Capítulo 5
BernardoDepois de me deliciar com o corpo maravilhoso de Manuela eu estava exausto, mas queria dar uma liçãozinha em Marisol, ela pensa que pode me questionar, está enganada, eu faço o que quero e com quem eu quero.Deixei Manuela dormindo e fui pro quarto dela, tratei de mostrar quem manda e a safada é claro já estava acostumada e gostou muito mais do que sentiu o castigo.Depois voltei pro quarto e tomei um banho, me vesti pois receberia clientes importantes hoje.- Manuela, acorde… eu disse.- Sim chefe… ela disse sonolenta- Se arrume, você vai descer comigo hoje.- Está bem…Ela se levantou e depois de 20 minutos já estava pronta, aproveitei para me sentar na varanda e fumar um charuto.Assim que ela terminou veio até mim, estava d
Ler mais
Capítulo 6
Bernardo voltou do banheiro vestindo um terno preto e gravata vermelha.Caminhou até mim e ficou me admirando.- Perfeita! Ele disse deslizando seus dedos pelos meus braços.- Você acha mesmo? Perguntei.- Se eu não achasse não teria escolhido você… já viu que um homem é capaz de pagar milhões por você não viu?- Sim, vi.- Pois é, estou perdendo uma boa grana mantendo você comigo, com você atendendo aqui eu ficaria bilionário.- E porque me quer só pra você?- Porque sou o chefe e a mulher do chefe não pode ser mulher de mais ninguém… e chega disso, vamos logo.Descemos as escadas e fomos lá pra fora em direção ao seu carro. Era um Hyundai ix25 Branco, um carro maravilhoso, enorme.Entramos no carro e ele saiu… depois de quase meia hora nós chegamos ao centro dá cidade, nossa como era bom ver novame
Ler mais
Capítulo 7
Entrei no quarto e me joguei na cama satisfeita, eu teria conseguido que ele ficasse com ciúmes de mim? Acho que sim, pois ele estava destilando fogo pelos olhos.Estava me revirando de felicidade quando ele entra no quarto e bate a porta com tudo, me assustei dando um pulo da cama, ele veio rapidamente até mim e me pegou pelos braços com força.- Nunca mais deixe nenhum homem tocar você! Disse bravo.- Mas foi você que… eu dizia mas ele me interrompeu com um beijo violento, mordendo e devorando os meus lábios, seus braços se envolveram em mim me apertando a ele, eu fiquei imóvel.- Você é minha entendeu, só minha… ele dizia entre o beijo.- Tá me deixando sem ar… eu disse com dificuldade.Ele me soltou rápido e foi para a varanda, sentou em uma cadeira e ficou fitando o horizonte, parecia pensar… fui até lá fora, me sentei ao seu lado.- O que foi?&nbs
Ler mais
Capítulo 8
Estava distraída e nem percebi a hora passar, já era 17h e eu nem estava pronta ainda… alguém bateu na porta do quarto, eu disse que podia entrar, era Marisol. - O que quer Marisol? Perguntei.- Você não vai sair daqui com o meu Chefe, ele é meu sua vadia, você não vai com ele… ela dizia com raiva.- Eu não escolhi isso, foi ele que disse que vai me levar.- Mas você chegou aqui agora, não merece isso, eu sim mereço.- Marisol eu estou atrasada, o chefe disse que vem me buscar às 17h.- Você não vai com ele… ela disse vindo pra cima de mim e pegando em meu braço.- Me solta Marisol! Eu gritei puxando meu braço. Ela agarrou meus cabelos e começamos a br
Ler mais
Capítulo 9
Os meses foram passando e Henry e eu nos tornamos amigos, claro que sem o Bernardo saber... eu pedi a ele que mantivesse a nossa amizade em segredo pois Bernardo era muito ciumento e podia implicar e ele concordou... minha relação com Bernardo era a mesma, nada havia mudado, eu estava me sentindo tão mal, acho até que estava depressiva, todos os dias eu era submissa e fazia o que ele queria, mas ele não se importava com o que eu sentia... estava na varanda de casa sentada em um pequeno sofá de balanço suspenso pelo teto... abraçada as minhas pernas eu olhava o horizonte e chorava, pois minha vida não era nada como eu havia imaginado pra mim... eu estava vivendo em modo automático... de uma coisa eu sabia, me apaixonei por ele, mas não pelo Bernardo que ele era e sim pelo que pensei que ele seria se eu conseguisse fazê-lo mudar e só tinha uma saída para não sofrer mais, era ir embora... distraída nem vi Bernardo chegar.- O que faz aí? Perguntou el
Ler mais
Capítulo 10
Chegando em casa eu subi correndo pro quarto, entrei e quando me virei dei de cara com Bernardo sentado em uma poltrona, meu coração gelou.- Estava aonde? Perguntou ele.- Eu.. fui dar uma volta.- Sozinha?- Sim… sozinha.- Tem certeza? Disse ele se levantando e vindo até mim.- Tenho, eu estava sozinha… respondi.- Mentirosa! Disse ele virando em meu rosto um tapa me fazendo cair no chão… não negue, você estava com um homem, eu te disse, eu disse que não deixasse nenhum homem se aproximar e nem tocar em você.- Ele é meu amigo! Gritei, minha boca estava sangrando… ele me escutava, me dava conselhos, me ajudava a ficar bem todos os dias, você só me faz sofrer, todos os dias!- Cala a boca! Disse ele me pegando pelos cabelos e me arrastando até a cama, me jogou com tudo sobre a mesma… eu vou
Ler mais