Ravens um história de rock

Ravens um história de rockPT

E.J.L Spiekovski  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
26Capítulos
785leituras
Ler
Adicionado
Denunciar
Resumo
Índice

Tiago é um funcionário de uma empresa de turismo e um cantor de barzinho, que foi rejeitado pela mãe biológica assim que nasceu tendo sido abandonado na porta de uma desconhecida e entregue a própria sorte, por mais que a mãe adotiva Catherine fizesse de tudo para vê-lo feliz ele nunca se sentiu completo por achar que lhe faltava uma explicação por sua existência. Érika é a irmã adotiva de Tiago, filha de Catherine e Nicolas um relacionamento que nunca deu certo, a menina que possui uma identidade desconhecida até por ela mesma, sempre fez o possível para ser aceita pela mãe, mas nunca se sentiu bem com isso, pois acreditava que a mãe amava muito mais o filho adotivo do que ela que era biológica. Após a morte de Catherine Tiago fica frente e frente com seu passado e descobre que sua mãe sempre soube onde ele estava durante todos estes anos, já Érika acaba indo parar nas garras do pai que nunca quis saber dela e sempre deixou bem claro que não gostava da garota, por mais que os dois não tenham nenhuma ligação sanguínea eles iram descobrir que o que importa mesmo são as ligações afetivas e longe um do outro um sentimento desconhecido vai começar a brotar. Tiago acaba saindo de Porto Alegre para assumir uma promoção na empresa matriz localizada em São Paulo, lá ele encontra Sebastien que possui uma banda de rock na garagem do pai que é um antigo rock star e também o novo patrão de Tiago na empresa, Tiago decide entrar para a banda, mas mal sabe ele que ele está frente a frente com na verdade seu irmão mais velho e seu pai biológico.

Ler mais

Você também vai gostar de

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
26 chapters
1º Capitulo
Por trás da vidraça da grandiosa cobertura, Lílian olhava o sol nascente que começava a dar seus tons dourados e alaranjados por entre o azul perdido no horizonte, aquele seria um dia lindo, pensou e que sorte ele teria em ter um dia tão abençoado justamente quando completava seus 20 anos, Chuck se aproximou da porta e observou a amiga com semblante triste que parecia divagar em pensamentos.- É hoje o grande dia?- Sim, é hoje.- Aposto que não dormiu a noite toda.- Nem mesmo um minuto. – Disse ela sorrindo, apesar de parecer tranquila ele sabia reconhecer aqueles olhos, eram olhos tristes, os mesmos olhos tristes que há 20 anos á acompanhavam.Calmamente ele se aproximou dela depositando suas mãos em seus ombros.- Deveria deitar-se e descansar um pouco, não esqueça que tem plantão hoje, Catherine irá ligar assim que o pre
Ler mais
2º Capitulo
Mas, como toda história tem um começo, que tal iniciar esta pelo início? Agora que você já conhece nossos personagens principais e será mais fácil compreender o perfil de cada um na sequencia, para isso vamos viajar ao passado, mais o menos vinte e um anos atrás. Há vinte e um anos atrás Lílian vivia um dos momentos mais felizes de sua vida, ela que tinha nascido em Porto Alegre, agora vivia em São Paulo junto com o namorado Seven e o irmão dele Chuck, os dois tinha uma banda de rock de muito sucesso na época, os shows que aconteciam praticamente todos os dias estendiam-se em turnês pelo país e até mesmo fora dele e é claro ela ia a todos, acreditando ser a única na vida de Seven, porém um belo dia seu sonho foi destruído, depois de uma ligação inesperada Lílian descobriu que Seven tinha outra namorada, Cib
Ler mais
3º Capitulo
Érika desceu a rua chorando, era sempre assim no aniversário de Kurt, sua mãe fazia todas as vontades dele e ela ficava em segundo plano, no fim das contas ela terminava o dia chorando em seu quarto, mas hoje tinha sido um pouco pior ela não tinha ido para o seu quarto, mas tinha saído de casa e gritado com a mãe, tinha dito que a odiava, ela nunca tinha dito para Cat que a odiava até então... E no fundo ela sabia que não era verdade, só estava irritada e quando estamos irritados falamos sem pensar a primeira coisa que nos vem à cabeça.Ela estava tão perdida em seus pensamentos que não viu Chuck que vinha subindo a rua e acabou esbarrando nele.- Érika?Ela olhou para trás e assim que viu quem era correu até ele e o abraçou com força.- Chuck...- O que é essa carinha de choro?- Briguei com a Cat, ela
Ler mais
4º Capitulo
O dia amanheceu pesado, sobre uma camada muito densa de nuvens que anunciavam ventos e chuva, Emanuel entrou cumprimentando todos na empresa e passou pela mesa de Tiago notando sua falta, olhou para Suzy que digitava alguma coisa no bate papo rindo.- Suzy?Ele precisou chamar pelo menos mais duas vezes até que finalmente ela levantou os olhos para ele, ficando um pouco incomodada por não tê-lo visto entrar.- Desculpe, estava concentrada nessa planilha.Disse ela dando uns cliques fora da janela, como se ele já não tivesse percebido que sua atenção estava em outro lugar e não na planilha.- Você sabe do Tiago?Ela se levantou chorosa.- Óh não você não soube?Emanuel piscou algumas vezes sem saber se ela estava debochando ou se tentava falar sério, ela não era uma pessoa ruim, mas às vezes o tirava do sério, se n
Ler mais
5º Capitulo
Em São Paulo...Eduardo chegou tarde para o ensaio aquele dia, eles já estavam quase desistindo quando finalmente ele adentrou na garagem.Maikon foi o primeiro a largar os instrumentos e ir a sua direção, Maikon era o vocalista deles.- Pô cara, você se atrasou de novo meu, desse jeito não vamos nem passar pela triagem, qual é a sua afinal atrasar a gente?- Desculpa pessoal, eu tive uns problemas em casa e acabei ficando preso no transito.Sebastien foi até os dois.- Calma vocês dois, tenho certeza que Eduardo não se atrasaria se não tivesse tido um problema grave para resolver, ele não deixaria a banda em apuros.- Pois eu adoraria saber, quais são os problemas graves dele? Afinal essa é a terceira vez que ele se atrasa!Todos olharam para Eduardo, o que ele poderia dizer? Que as crises de sua irmã estavam f
Ler mais
6º Capitulo
Tiago acordou com o sol do meio dia queimando seu rosto, levou um susto ao ver que horas eram ele tinha dormido demais, olhou para o telefone celular, havia três chamadas perdidas, droga eram todas do hospital e uma de um número desconhecido, devia ser a doutora, será que tinha acontecido algo com sua mãe? Como ele podia ter apagado daquele jeito?Ele lavou o rosto freneticamente e começou a se vestir enquanto tentava ligar de volta para o numero desconhecido, uma voz feminina atendeu sonolenta.- Quem?- Oi, doutora? Desculpe se lhe acordei, imagino que seu plantão já terminou, é o Tiago, filho da Catherine.- Oi, sim Tiago, eu lhe liguei por volta das oito horas da manhã, sua mãe apresentou uma melhora fantástica durante a noite, ela acordou chamando seu nome, os médicos voltaram a sedá-la para que ela se recuperasse do transe, mas vemos isso como um milagre ao con
Ler mais
7º Capitulo
Tiago recebeu uma ligação durante a madrugada, era do hospital, eles queriam vê-lo com urgência, assim que ele chegou no hospital percebeu que Lílian já estava lá, sem maquiagem com o rosto abatido e cabelo bagunçado ainda, provavelmente ainda devia ser sua folga.- Algum problema doutora?Os olhos tristes dela diziam tudo que Tiago não queria ouvir.- Ela piorou, muito... Não esperávamos por isso, sinto muito.- Foi por causa da nossa conversa? Será que ela se esforçou demais?- Eu não sei Tiago, eu realmente não sei, mas ela não parou de chamar por você um sequer segundo desde que eu cheguei, talvez fosse bom você entrar.- Mas isso não vai deixá-la pior?Lílian abaixou a cabeça, ela não queria ser a responsável por dar essa noticia a ele, mas era sua função
Ler mais
8º Capitulo
Já em São Paulo as cenas foram invertidas...Seven adentrou no quarto do filho, queria agradecer por ele ter comparecido a empresa, queria dizer que estava orgulhoso, mas assim que cruzou pela porta se deparou com a cena que Sebastien sempre se deparava, dessa vez era o filho que tinha apagado antes de chegar à cama, Sebastien estava debruçado sobre os livros e dormia um sono pesado, Seven o apoiou em seus ombros e o deixou cair na cama, o cobriu com cuidado e lhe deu um beijo no rosto, estava saindo quando se deparou com Thereza que olhava fascinada a cena.- Acredito ser a primeira vez que presencio uma cena de afeto tão linda entre vocês.Seven sorriu.- Eu sei, estive muito ausente e nem percebi o quanto ele cresceu, prometo ser um melhor pai de agora em diante, obrigada por ter sido mãe dele e minha mãe por todos esses anos.Thereza segurou o rosto dele entre as mãos e lhe
Ler mais
9º Capitulo
No Rio de janeiro...         Angélica tinha decidido seguir o marido, temia pelo que Nicholas pudesse fazer em Porto Alegre, deu um beijo em Lucas e outro em Hermione.- Comportem-se e obedeçam a irmã de vocês Stefany é a mais velha e por isso é a responsável aqui.Stefany cruzou os braços.- Não acredito que você vai mesmo, quem vai cozinha? Não acha que eu vou néh? Mãe eu não sei nem fazer miojo.Hermione ajeitou os óculos.- Mamãe não seria louca de por você na cozinha, quem vai cozinhar sou eu!- Isso mesmo, Hermione é uma cozinheira excelente!- Eba! Adoro a comida da Hermione! – Disse Lucas dando um pulo alto.- O papai vai odiar saber que vai nos deixar sozinhos!- Pois por mim ele pode surtar o quanto quiser, aliás, se qu
Ler mais
10º Capitulo
Em São Paulo...Eduardo estava contente com o progresso de Suélen, a noite observava que ela escrevia em seu diário, era estranho como ela tinha se apegado ao hábito de escrever tudo que sentia, se estava triste, feliz, pensativa, era estranho como ela conseguia se abrir para a escrita, Sebastien percebeu um semblante mais alegre do amigo.- Suélem vem progredindo?- Muito! Ela escreve todos os dias, escreve sobre seus medos, suas ideias, e até mesmo sobre seus sonhos, nunca imaginei que ela tivesse sonhos, acreditava que aquele homem tinha destruído tudo nela, agora tenho esperança.- Ela encontrou no diário um amigo imaginário que não a julga, ele a aceita como ela é.- É, acho que é isso.Enquanto isso em Porto Alegre, Tiago decidia sua vida...Tiago arrumou as malas e deixou tudo pronto, ele não tinha ideia do
Ler mais