A saga do Império Izar

A saga do Império Izar PT

Pedro P.R.  concluído
goodnovel16goodnovel
0.0
Avaliações insuficientes
81Capítulos
1.5Kleituras
Ler
Adicionado
Resumo
Índice

O mundo de Maya sofreu uma grande calamidade que quase o destruiu. Civilizações inteiras foram destruídas e as que sobreviveram estavam fraturadas. 600 anos após a grande catástrofe, Maya volta a ser povoada por vários reinos e impérios onde sábios debatem a causa da desgraça que se abateu sobre o mundo deles, foram os Padrinhos em Fúria ou simplesmente a ambição dos homens que causou calamidade no passado? Agora, os ventos da mudança sopram nas Terras Altas, lar do Império Izar onde o jovem Xi Zhang, sexto filho do patriarca de uma família de Bronzes, a mais baixa casta da nobreza, ira criar seu caminho na Academia Militar Imperial ao lado de muitos outros jovens que tentarão deixar seus nomes vivos durante as eras.

Ler mais
A saga do Império Izar Download gratuito de Novelas Online em PDF

Último capítulo

Você também vai gostar de

Livros interesantes do mesmo período

Comentários Deixe sua avaliação no aplicativo
Não há comentários
81 chapters
Subindo a montanha
A região montanhosa do Império Izar possuía características artísticas que poderiam encantar o coração de um observador atento e pela janela de seu veículo, Xi Zhang observava a paisagem que se desenrolava diante de seus olhos.Pelas longas estradas imperiais esculpidas nas rochas das montanhas, um pequeno comboio de cinco gigantescos veículos metálicos seguia rumo ao pico do grande Monte Fuu. Xi Zhang, que admirava a paisagem tranquilamente, teve sua atenção roubada momentaneamente pelos veículos que vinham logo atrás do seu quando entraram em uma curva. Aqueles eram todos andadores, máquinas magníficas com quatro longas pernas mecânicas que deixavam o corpo principal a mais de dez metros de altura. A forma das pernas muito lembravam as de uma aranha e a forma como se moviam só fortalecia essa compara
Ler mais
Academia Imperial
Um calafrio passou pela espinha de Xi Zhang quando as pernas metálicas do andador se curvaram, descendo o grande corpo metálico em direção ao chão. Lee Bay tinha enfileirado os jovens nobres diante de uma porta lateral que logo seria aberta para o mundo exterior.Com um último solavanco a máquina parou sua descida deixando aqueles jovens em expectativa. Com um estalo e um som de deslizamento a porta de metal escorregou para dentro da parede do andador deixando que o vento frio das altas montanhas arrepiasse a pele pálida dos jovens nobres. Uma rampa se projetou do piso em direção ao chão rochoso criando uma ponte de ligação entre o veículo e a terra firme.— O que estão esperando? — perguntou Lee Bay no final da fila. — Vamos logo com isso. Para fora!Após ouvir tais palavras de seu instrutor, os jovens tiveram que sair para a &a
Ler mais
Colegas de Classe
O quarto de Xi Zhang na Academia era muito diferente do que ele tinha em casa. Uma cama de solteiro ficava de frente para a porta de madeira, a esquerda da cama ficava uma estante para livros e um armário para os pertences. A direita da cama ficava uma mesa de leitura com uma cadeira de metal forrada com um pano marrom claro. Acima da mesa de leitura ficava uma janela retangular que se abria em direção a uma torre solitária. Aquilo era metade do tamanho de seu quarto, sendo gentil em dizer.Xi Zhang se encontrava no momento escorado contra a porta fechada observando seu novo lar. Suas duas sacolas com seus pertences estavam no momento largadas no tapete ao pé da cama trazidas por algum servo, momentos antes. Lentamente ele se moveu para arrumar suas coisas. Colocou alguns livros na estante, suas roupas no armário e um tabuleiro de Xadrez Imperial sobre a mesa de leitura.— Senhor Xi Zhang? — Chamou uma voz infa
Ler mais
Primeiras Aulas
— Isso é o melhor que podem fazer? — Perguntou um irado Tatua Sum para a classe A. — Pensei que vocês fossem os melhores dessa geração, mas mal aguentam uma sessão de treino matinal.Xi Zhang estava curvado sobre o próprio corpo tentando recuperar o fôlego após dar quarenta voltas no gigantesco Salão de Treinamento da Academia. Mal os alunos da classe A tinham se reunido no Salão de Treinamento para sua primeira aula com o Instrutor Tatua Sum, o gigantesco homem mandou que eles descem quarenta voltas no salão para se aquecer para os exercícios matinais.Olhando em volta, Xi Zhang percebeu que mais da metade da classe estava jogada no chão sem forças para se manter de pé, entre esses estavam os primos Q'wem. Surpreendentemente alguns plebeus se mantinham de pé com uma compostura louvável, digna de um soldado, o que indicavam a profiss&at
Ler mais
Amizades e Inimizades
Xi não soube o que dizer perante tamanha demonstração de desprezo por uma única pessoa. Muh era o exemplo perfeito de um nobre prepotente e mimado, alguém acostumado a ter o que quer quando quer, alguém acostumado e ser obedecido e não contestado. Ao lado de Xi, a reação dos três plebeus foi fácil de descrever. O jovem de trança estava vermelho de raiva enquanto os primos Q'wem recuaram cautelosamente para trás de Xi.— Vocês da escoria precisam entender quem possui o poder no mundo — continuou a falar o jovem Muh sem perceber o desconforto que suas palavras traziam — só com o apoio de uma família nobre vocês poderão crescer na vida. Então aproveitem o momento para se curvar antes que comecem a se tornar um incomodo.— Vocês não têm vergonha de andar ao lado dele? — Perguntou o garoto de tran&
Ler mais
Padrinhos
A noite chegou no terceiro dia após a chegada dos novos alunos da Academia e uma silhueta se movia pelos jardins do castelo praticando as oito formas do Ju'gam. Seus movimentos eram fluidos e belos de se observar, era como se a pessoa que praticava as oito formas estivesse praticando uma dança conforme seus braços e pernas se moviam lentamente.Após uma longa hora de pratica, o jovem Xi deixou seus braços caírem ao lado do corpo e soltou um longo suspiro de cansaço. O segundo e terceiro dia tinham passado com uma velocidade assustadora. Tatua tinha feito várias sessões de exercícios para aumentar a resistência dos alunos enquanto Lee e Gon exploravam os conhecimentos dos jovens. O gordo Instrutor tinha feito um debate que durou três dias sobre os acontecimentos da fundação do Império no qual os primos Q'wem e a bela Ling tinham se destacado mais que qualquer
Ler mais
Duelo
— Como vocês podem ver, esse é um Yksha! — Disse o Instrutor Mor Dalu apontando para o holograma de uma aranha sobre sua mesa de aula.Os alunos da classe A tinham tido uma manhã agitada com exercícios práticos sobre a supervisão de Tatua antes de serem liberados para um rápido banho e um humilde jantar antes das aulas teóricas. Mas quando entraram na sala de aula, aquele que os esperava não era o gordo Gon, e sim o magro Mor com sua presença marcial avassaladora.Mal os alunos tinham se sentado em seus lugares o instrutor começou sua aula falando sobre os Predadores da Noite que perturbavam a paz do Império ao longo dos anos após a Calamidade. Mor tinha começado falando sobre o trabalho do exército para erradicar os ninhos de Predadores e proteger o povo dos ataques noturnos das criaturas. Após fazer algumas rápidas perguntas para testar se
Ler mais
Palavras sob as estrelas
Cap 8Três silhuetas se moviam em sincronia pelo jardim da Academia. Xi agora aproveitava da companhia dos primos Q'wem para treinar as formas do Ju'Gam depois que Tatua tinha começado os duelos. No segundo dia de duelo o pobre Buco foi sorteado para enfrentar uns dos subordinados de Muh. O gordinho foi rapidamente dominado pelo adversário, recebendo uma vergonhosa derrota sem nem conseguir reagir. Depois disso ele é Swam tinham se juntado a Xi na esperança de melhorar suas habilidades de luta.Já Xi estava verdadeiramente contente com o empenho dos primos. Se eles conseguissem melhorar suas habilidades físicas com sucesso a aprovação na Academia seria mais garantida. Quando terminaram de treinar os três estavam cobertos de suor, respirando com dificuldade após horas de esforço.— Vocês estão melhorando — Comentou Xi.&mdash
Ler mais
Teste
Os alunos da classe A foram todos reunidos em uma grande sala retangular para o teste de fim de mês. Eles foram organizados em quatro fileiras de cinco cadeiras com distância de um metro uma da outra. Xi estava sentado na quarta cadeira da primeira fila entre Tou e Feng. O Instrutor responsável pelo teste era o velho Lee que tinha organizado eles pelas notas de entrada na Academia.— Hoje vocês completam um mês sob a tutela da Academia — Disse o velho Lee diante dos alunos — Vocês terão toda a manhã para resolverem as questões nas provas sobre suas mesas. Terminando, vocês terão uma pausa para comer e então vamos para os outros testes avaliativos durante a tarde. Podem começar. Rapidamente Xi abriu o caderno sobre sua mesa e olhou para as perguntas encontradas ali. Ele viu de perguntas básicas de histórias sobre onde ficava determinado lugar o
Ler mais
Cartas
A chuva caia lentamente sobre a Academia cobrindo todo o lugar sob uma cortina cinzenta. Em seu quarto, o jovem Xi ouvia o som da chuva caindo deitado em sua cama. Após terminar os testes, o jovem tinha sido guiado em silêncio por um servo até seu quarto onde foi trancado.Xi sentia seu corpo todo dolorido pelo esforço que fez durante todo o dia. Os músculos de suas costas e de seu pescoço estavam ardendo pela posição inclinada que tinha mantido quase o dia todo. Seus dedos estavam latejando e tremendo de exaustão. Seus olhos estavam vermelhos e estava sendo difícil se manter acordado.A única coisa que impedia o Bronze de dormi era sua mente super ativa que ficava repassando os exercícios do teste. Ele não estava muito preocupado pois sabia que tinha se saído bem nos testes, mas o resultado da simulação ainda o incomodava.O número de supostos s
Ler mais