REFÉM DE UM MAFIOSO

REFÉM DE UM MAFIOSOPT

PalomaKemm  En proceso
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
181Capítulos
34.5Kleídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

" Alice cai nas mãos de um mafioso por um erro do seu marido falecido"- Será que foi um erro mesmo?Alice foi completamente apaixonada pelo seu falecido marido, Hugo. Ela achava que ele era o seu príncipe encantado, até que um dia ela descobriu todos os seus negócios e que ele fazia parte de uma máfia, mas ela amava tanto ele que acreditou que ele largaria tudo por ele. Depois da sua morte ela se viu em um buraco negro de tanta tristeza, nada mais fazia sentindo na sua vida. Oque ela não esperava era que Hugo teria deixado bastante adrenalina para sua vida, só tinha vários mafiosos e bandidos atrás dela atrás de uma chave que abriria um cofre a onde teria todos os segredos de Hugo e informações que poderia causar um estrago se caísse nas mãos erradas.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
181 chapters
01
Alice narrando O telefone toca e era a minha mãe , deixo tocar, depois retorno para ela.Olho para o porta retrato vendo a nossa foto, fazia dois meses que ele tinha morrido, dois meses de uma eterna solidão dentro desse apartamento que cada canto me fazia lembrar dele, era simplesmente horrível.- Porque você me deixou Hugo - Falo colocando o porta retrato de volta no lugar. Passo a mão pelo pescoço sentindo o colar que ele me deu, suspiro.Vou até a cozinha e começo a fazer qualquer coisa para comer.A gente estava juntos há 3 anos, três anos de um relacionamento bastante conturbado. Ele viajava muito por causa da empresa que ele tinha, o que fazia eu ficar bastante tempo sozinha, ele era bastante ciumento, então eu parei de trabalhar assim que casamos , a gente estava casados à um ano.Depois eu descobri que ele mexia  com coisas perigosas, algo env
Leer más
02
Alice narrando Sinto algumas vozes em volta de mim, minha cabeça estava explodindo e eu estava muito confusa, as imagens de Hugo voltava na minha cabeça , a sua voz.- Anda acorda - Sinto que alguém me chacoalha, abro os olhos vendo o mesmo cara que apontou a arma parado na minha frente me encarando.- A patricinha acordou Tuca ? - O outro cara que mandou ele ir logo pergunta para ele.- Quase Maraú - Tuca responde para ele .- O chef está esperando - Maraú fala .- Já estou levando ela - Tuca responde para ele.Eu estava com as minhas mãos amarradas e estava deitada em qualquer colchão velho em um quarto imundo. O cara me olhava com o asseblante fechado, seu olhar me fuzilava inteira.- Vamos boneca  - Ele fala colocando uma amordaça na minha boca , eu estava amarrada e amordaçada olha que legal.Ele me leva
Leer más
03
Lorenzo narrando Encaro o cofre na minha frente, não tinha jeito de abrir essa porcaria de jeito nenhum.- Você vai afogar ela? - Rodrigo pergunta .- Não vou matar ela afogada - Eu falo - Ela só vai tomar um banho, até porque se ela morrer não abrimos essa porcaria nunca - Ele assente com a cabeça. .Garota marrenta de mais, mas também muito gostosa, como Hugo conseguiu conquistar uma mulher dessa. Imagina o luxo que ele não deveria dar para ela, a desgraçada deveria sentar para ele só por causa da grana. Ele sempre abriu a boca dele para falar que a sua mulher era parceira em tudo, que nela ele poderia confiar, desdo começo ele sempre disse isso.Hugo era fechamento comigo, a gente era de uma máfia só, mas ele quis brigar, quis separar e antes dele morrer trancou todas as informações que eu poderia usar para juntar as duas máfias de nov
Leer más
04
Alice narrando Acordo tremendo de frio, minha camisola estava toda molhada, eu estava de volta no quarto imundo, estava tudo escuro, eu me encolho no canto do quarto eu não estava mais amarrada, passo a mão pelos meus braços sentindo que eles estão  vermelhos.- Espero que esteja confortável o quarto - Ele abre a porta e acende a luz do , revelando uma pequena mesa no canto do quarto e uma porta que deveria dar para o banheiro - Alice né? - Ele fala trancando a porta - Meu nome é Lorenzo, é um prazer imenso conhecer a mulher do meu antigo parceiro Hugo.- Oque você  quer comigo? - Eu pergunto para ele - Eu não sei de chave nenhuma eu já falei. - Ele para com as mãos no bolso e me encara.- Vamos dizer que quero ser seu amigo - Ele fala abrindo um sorriso - Quero que você compartilhe comigo os seus segredos - Ele se abaixa novamente na minha frente e passa a sua mão pelas minhas
Leer más
05
Lorenzo narrandoVou até o meu escritório ligo a tela do computador e observo ela , encolhida e chorando no canto do quarto.Essa mulher queria me desafiar era isso, ela acha que eu não sei que ela estava mentindo.- Ela falou? - Tuca diz entrando na sala- Não quer abrir o bico - Eu respondo para ele- Lorenzo tá estranho isso - Ele responde - Se ele não tivesse dito várias vezes que ela sabia de tudo, batido no peito falando isso, eu até acharia que era mentira.- Hugo não iria colocar a vida dela em jogo se ela não soubesse de nada - Eu respondo  - Ele falava para nós que ela sabia de tudo - Eu respiro fundom- Mas a garota é gostosa  - Ele fala olhando para o computador  - Poderia liberar para os parça brincar com ela né.- Ninguém vai estuprar ela não  - Eu falo - Vamos torturar, fazer ela sentir b
Leer más
06
Alice narrando - Vamos acorda - Sinto alguém me balançar abro os olhos era uma mulher alta, morena e dos cabelos cacheados. - Veste isso - Ela diz me jogando uma muda de roupa em cima de mim - Anda que a gente não tem o tempo todo não.Eu pego a roupa e vou em direção ao banheiro, me olho no pequeno espelho que tinha ali, e vejo o quanto eu estou acabada. Lavo  o meu rosto, percebo que as roupas que ela me entregou já era às  minhas mesmo.- Precisa de ajuda? - Ela fala do outro lado. - Já estou saindo - Falo abrindo a porta, eu tinha vestido a calça jeans e a blusa preta.- Me dar as mãos - Ela fala segurando uma algema e coloca a algema nas minhas mãos .- Para onde você vai me levar? - Eu pergunto para ela.- Para um lugar especial - Ela fala dando um sorriso sem mostrar os dentes.- Ela já está pronta?
Leer más
07
Alice narrando O carro tinha parado na frente de uma casa enorme, logo Tuca me tira de dentro do carro e me leva para algo parecido com algumas celas de cadeia, me tranca dentro de uma e sai.Tinha um corredor enorme e várias dela, no final do corredor conseguia escutar algumas vozes, mas não dava para identificar oque falavam, se também estão  presos ou não.Alguns dias se passaram e eu estava ali, recebia algumas refeições por dia e uma garrafa da água.- O Chef quer te ver - Tuca fala me olhando, ele abre a cela - Anda sem gracinha - Ele fala assim que passo na frente dele, ele agarra o meu braço e eu viro e dou um soco em seu rosto e um chute no meio das suas pernas.Agradeço a Hugo mentalmente por ter me matriculado em defesa pessoal. Eu só consegui bater nele porque ele estava despreparado no momento.Comecei a correr o mais rá
Leer más
08
Alice narrando Eu estava nua na sua frente e ele me olhava como se fosse um pedaço de carne.Ele vem em minha direção e me pega pelos cabelos e me leva até a cama me jogando no chão.- Para por favor - Eu falo me debatendo, ele dar um tapa no rosto forte.- Cala a porra da sua boca - Ele grita - Hoje você é minha.Ele mete com tudo dentro de mim o seu membro de uma vez só, me fazendo gritar de dor, ele esticava com força , parecia que estava me rasgando tudo por dentro.- Para - Eu gritava ele colocou uma das suas mãos na minha boca e meteu com tudo até gozar. Ele saiu de dentro de mim e começou a me bater. Ele segurou o meu cabelo forte e me empurrou na cama me fazendo bater a cabeça com força na parede.Ele me virou de Costa e meteu com tudo na minha bunda, eu chorava muito, estava doendo muito, quando
Leer más
09
Alice narrando Acordo me tremendo inteira, eu ainda estava nua. Me sento com dificuldade na cama, minha cabeça doía  muito e eu estava com febre.- Aqui  está algumas roupas para você  - Adriana fala deixando elas do lado na cama.Não demorou muito para ela sair e trancar a cela novamente. Eu era prisioneira de um louco sádico.Eu vou até o pequeno banheiro que tinha e tomo um banho e me seco com uma toalha que tinha ali e visto a roupa, olho para todos os cantos mas não tinha como fugir, isso aqui estava sendo pior que uma prisão.Minha cabeça girava o tempo todo apenas com essas palavras : chave,senha e cofre.Eu imaginava que Hugo iria me colocar em perigo mas apenas quando ele tivesse vivo, não quando ele já estivesse morto. Que merda Hugo que você fez na minha vida.Escuto passos e logo Tuca chega com uma bandeja de comida, e
Leer más
10
Aline narrandoOs homens me levam até uma sala e na mesma hora me amarram.- Agora nós  não vamos mais brincar - Márcio fala - Você vai falar tudo que você sabe.- Eu já falei que eu não sei de nada - Eu falo para ele que começa a rir.- Mas é mais teimosa do que eu pensava  - Márcio fala- Tô falando - Lorenzo fala - Eu já estou sem paciência.- Ela vai falar ,não vai ?- Marcio fala me olhando - Até porque ela não vai querer ficar fazendo joguinho com uma sala cheia de mafiosos.Passo o meu olhar pela sala vendo que estava cheio de homens. Era o meu fim, eu não sei oque eu iria fazer, como eu iria fugir da ali.Era o meu fim.Eles começam a rir vendo o meu desespero, menos Lorenzo, ele não ria, ele me olhava com um olhar frio, esse homem era horrível, ele era um monstro. Ele não tinha sentimento
Leer más