Meu melhor amoramigo

Meu melhor amoramigoPT

Jê Agne  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
30Capítulos
496leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Um grande amor que envolve dois grandes amigos que reprimem sentimentos durante anos, mas tudo pode mudar de repente por um deslize onde coloca o amor frente a frente. Dispostos a lutar contra tudo, enfrentam juntos para encaram essa grande mudança em suas vidas.

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
30 chapters
Biografia
Copyright © 2021 por Jê AgneTítulo original: Meu melhor amoramigoRevisão: Shainnee e MSL Jerusa Agne mais conhecida como Jê Agne, nascida e criada em um bairro pobre de Porto Alegre, em meio a tantas adversidades começou a escrever para tentar superar uma crise de síndrome do pânico, começou a pegar gosto pela escrita e surge a primeira obra publicada em 1º de novembro de 2018. Amante de séries, filmes e literatura, divide o seu tempo entre a família e o trabalho. Hoje Jê mora com sua família em uma pequena cidade de Santa Catarina, Taió, onde continua escrevendo.Jê diz que sua vida está no auge da juventude. Alegre, extrovertida, tem a música como companheira para escrever e se inspirar. Além de trazer em suas histórias um pouco de sua personalidade e vivência pessoal.
Leer más
Agradecimentos
                                               Meu melhor amoramigo Dedico este exemplar para todos os amigos, revisores, parceiros e divulgadores que acreditaram e me apoiaram a realizar mais este sonho, em especial minha família, meu marido e minhas filhas que estão sempre ao meu lado me incentivando.                          Aos que em momento algum duvidaram do meu trabalho e se mantiveram firmes em todas as ocasiões, em cada conquista, em cada decepção, alegrias e tristezas.             Fica um forte carinho por tudo que cada pessoa fez e faz por mim, e minha sincera gratidão para todos que de um
Leer más
Primeiro capítulo
- Gaby, podemos fazer o trabalho hoje à tarde?- Tenho que ver, eu estava preparada para hoje de noite depois que o papai chegar. Sabe como é complicado se a senhora Lea estiver em casa.- Eu queria jogar hoje.- Eu te ligo se estiver sozinha. E podemos jogar depois.- Está bem! Pensei em sentarmos lá na frente de casa.- Vernoin!- Que?- Nada não! Esqueça depois te ligo!Entrei em casa rezando para minha madrasta não estar. Na frente do meu pai ela me trata até que bem, assim por dizer, mas passar o dia sozinha com ela é um sacrifício, ainda bem que ela vive viajando. Quando o papai foi transferido para cá sendo diretor da filial de Paris, eu tinha quatros anos, logo depois os pais do Vernoin vieram morar aqui na casa do lado quando ele tinha cinco anos. Meu pai conheceu a Jennie Lea quando a Sofia, irmã do Vernoin nasceu há oito anos,
Leer más
Segundo capítulo
- O que faz aqui na cama?- Não enchemos direito aquela coisa, ou melhor nós não fechamos a válvula, o colchão murchou...- Vernoin, você está brincando com fogo...- Crianças, venham tomar café. Ai filho, você pegou o colchão furado, eu ainda não arrumei...- Tá explicado o motivo de ter murchado.- Não quero mais vocês dois dormindo juntos, já estão grandinhos para isso! Levantem e desçam depois se trocam... Vamos!- Trocou o shampoo, Gaby?- Troquei.- Gostei muito do novo perfume! Vem, vou te ajudar a levantar...- Não me puxa, vai me derrubar... – Blum. – No chão...- Isso foi pelas cinco derrotas consecutivas... Vamos.- Bom dia, tio e tia!- Bom dia, crianças, estão pegando o colchão errado há dias, né Vernoin? E
Leer más
Terceiro capítulo
- Pai, você irá agora conosco ou só na hora do jogo?- Eu irei apenas na hora do jogo junto com eles.  Ontem nós nem conseguimos conversar direito, vocês chegaram tão eufóricos. Parabéns, minha filha!- Obrigada, pai.- O amigo de vocês irá também?- Não sei pai, o Chang é amigo do Vernoin, não meu. Acho que ele estará lá, o time deles ficou em terceiro e a premiação será hoje.- Ele não é seu amigo? Quanta informalidade para quem não é amigo, ele até pegou sua mão. Achei que fossem um pouco mais que isso inclusive.- Mas não é! O senhor está enganado. Nós sempre nos tratamos assim, somos jovens, pai. Para que usar formalidades?... Vou ali na tia, o Vernoin deve estar me esperando.Cheguei correndo, ele já estava me esperando.
Leer más
Quarto capítulo
- Passei na avaliação!- Que avaliação?- Na verdade, eles me viram lá no saguão da escola e fizeram algumas perguntas e as provas.- Jura! Que legal. Como funciona agora?- O papai e a mamãe tem que autorizar, e depois eu irei para o seminário em janeiro...Nos abraçamos muito forte.- Estou feliz por você!- Eu também estou feliz por mim!Voltamos para casa como todos os dias de mãos dadas, ou abraçados. Chegamos na casa dele para darmos a notícia. Depois fui para casa, cheguei e para minha infelicidade Jennie havia voltado da sua viagem. Baixei a cabeça e passei.- Boa tarde!- Onde esteve? Já liguei para o seu pai dizendo que estava atrasada. Ele mandou você ficar no seu quarto sem lanche! E deixe seu note na mesa da sala...- Sim, senhora!Larguei o note e me tranquei no meu quart
Leer más
Quinto capítulo
Estávamos brincando na árvore e conversando sobre a separação do meu pai. Eu estava muito feliz, apesar do meu pai não estar, só que eu não ter que precisava mais me preocupar com horários, nem com apanhar ou ficar sem comer um dia inteiro, ter que fugir pela janela e pedir comida para a tia.- Oi, gente!- Oi, Krys. Vou deixar vocês dois sozinhos...- Não, fica! Estou feliz por você, Gaby. O Verni me contou tudo!- Para mim está sendo um paraíso. Mas meu pai voltou a beber e isso não é bom para ele e pode não ser bom para mim também. Mas isso não importa. Vou achar outros pra incomodar e deixar vocês namorarem.Saí e deixei os dois embaixo da árvore namorando, sentei em um banco do outro lado do pátio e fiquei lendo.- Gaby, quer jogar xadrez? Duas duplas.- Gente, obrigada, mas n&atil
Leer más
Sexto capítulo
- Oi tio, oi tia. O Verni pode ir no shopping comigo?- Pode. Ele está lá em cima!- Obrigada.-Não sobe correndo, menina! Vai cair e se machucar!- Tá, tia!- Ahãm!Entrei no quarto entreabrindo a porta.- Oi, posso entrar?- Entra.- Me leva no shopping?- Agora?- Não, depois que parar de jogar.- Ah não, senta aqui e joga comigo. Não quero ir ao shopping!- AAAh! Por favorzinho! Não quer ir sozinha!- Pede para sua namorada!- Ela não é minha namorada, só estamos ficando, sem compromisso. E você só irá ao show que queria tanto por causa dela.- Então, vai ao shopping com ela. Até as entradas vip, ela consegue para você!- E ViP é o fã clube de outra banda, não da que você irá!- Engraçadinha,
Leer más
Sétimo capítulo
Depois de alguns dias sem nos falarmos direito, hoje ele veio conversar comigo no intervalo. Eu estava sentada lendo e ouvindo música, ele tirou meus fones, coisa que ele sabe que não gosto, mas ele faz mesmo assim.- Ela terminou comigo!- Que pena, por quê?- Não sei bem, mas acho que ela está gostando de outra pessoa.- Sério? Mas eu não vejo ela com nenhum outro menino, ela anda mais com as colegas dela e comigo, ultimamente mais comigo! Acho que não tem como ela gostar de outro.- Eu não falei outro, eu falei outra pessoa!- Ah! Entendi, mas será? Ela é tão “nhenhenhem”.- E você não é também?- É, sou, mas decidi uma coisa, não vou mais ficar com meninas. De quem será que ela pode estar gostando? Será que aquela que tem o cabelo vermelho? Ela é bem bonita!- Es
Leer más
Oitavo capítulo
Estava deitada jogando no celular e conversando com o Chang sobre o baile de formatura, depois de ter virado a popular da escola por ter batido em um dos meninos, ou melhor, no menino mais popular da escola, assumi o posto de a menina linda que derrubou literalmente o capitão do time de basquete, e também assumi o posto de capitã e com o título inédito para escola, o campeonato nacional de futebol, fui escolhida pelos formandos para ajudar na festa e convidada a ser acompanhante dele no baile. Aceitei, vou dar essa oportunidade. Então estávamos falando sobre isso, o baile, eu já estou de férias, passei em todas as matérias com nota máxima... Foi quando comecei a ouvir estouros na sala, espiei pela porta e vi que meu pai estava em casa, acabou de chegar pelo jeito, gritando e jogando tudo no chão. Ele estava bêbado de novo! Juntei minhas coisas, coloquei na mochila e pulei a janela. Entrei corre
Leer más