Carl : A guerra entre dois mundos

Carl : A guerra entre dois mundos PT

Bell J. Rodrigues  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
18Capítulos
682leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

Em um mundo distante chamado Dohers a família real, composta pelo rei, a rainha e o filho deles, o príncipe, governa com amor e sabedoria. Todos ali vivem em harmonia e são felizes. Porém uma família do reino vizinho, Howers, não está feliz com toda a harmonia existente em Dohers e despreza a família real. Após o filho desta família em questão fazer um pacto com uma bruxa, o garoto obtém quase todos os poderes da família real. Em poder de tais poderes declara guerra ao mundo Dohers, fazendo com que o rei e a rainha se mudem para um mundo que não era habitado, já o príncipe é mandado para outro lugar, pois eles queriam ter seu filho protegido. Neste lugar chamado Terra, o príncipe acaba encontrando uma família que irá protegê-lo e amá-lo. Os anos passam e o príncipe se vê apaixonado por uma linda mulher, o que ele não sabe é que esse amor pode vir a arriscar a vida da sua amada, Sue. Será que Sue vai arriscar sua vida para ficar com Carl? Esta história é sobre amor, ódio, vingança e poderes sobrenaturais... Vem descobrir o que a vida reserva para Sue e Carl...

Leer más

También te gustarán

Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
18 chapters
Direitos autorais
Copyright © 2021 J. RodriguesCapa: Hadassa M. Vaz Revisão: Leticia TagliatelliDiagramação: Bell J. RodriguesAutora: Bell J. Rodrigues Título: Carl. A guerra entre dois mundos. Esta é uma obra de ficção. Nomes, personagens, lugares e acontecimentos descritos são produtos da imaginação da autora. Qualquer semelhança com nomes, datas e acontecimentos reais é mera coincidência.Esta obra segue as regras da NovaOrtografia da Língua Portuguesa.Todos os direitos reservados.É proibido o armazenamento e/ou
Leer más
Sinopse
Em um mundo distante chamado Dohers a família real, composta pelo rei, a rainha e o filho deles, o príncipe, governa com amor e sabedoria. Todos ali vivem em harmonia e são felizes. Porém uma família do reino vizinho, Howers, não está feliz com toda a harmonia existente em Dohers e despreza a família real. Após o filho desta família em questão fazer um pacto com uma bruxa, o garoto obtém quase todos os poderes da família real. Em poder de tais poderes declara guerra ao mundo Dohers, fazendo com que o rei e a rainha se mudem para um mundo que não era habitado, já o príncipe é mandado para outro lugar, pois eles queriam ter seu filho protegido.Neste lugar chamado Terra, o príncipe acaba encontrando uma família que irá protegê-lo e amá-lo. Os anos passam e o príncipe se vê apaixonado por uma linda mulher, o que ele não sabe é que esse amor pode vir a arriscar a vida da sua amada, Sue.Será que Sue vai arriscar sua vida para ficar com Carl? 
Leer más
Sobre a autora
Me chamo Jessika Rodrigues, original de Uberlândia - MG, prazer querido leitor. Desde criança amo escrever, todas as minhas histórias são fantasiosas, todas vem da minha imaginação e inspiração, até cidade e afins são inventadas certas vezes, espero que gostem dos meu romances e que eles alegrem meu dia. Nota da RevisoraEsta obra segue as regras da Nova Ortografia da Língua Portuguesa, porém no decorrer do texto poderão ser encontrados termos, gírias e objetos que não estão de acordo com a Gramática Normativa, tornando o texto mais informal com o intuito de deixá-lo mais com a leitura mais fluida e leve.Boa leitura.Leer más
Prólogo
12 de maio de 1985Em um mundo diferente chamado Dohers, habita o rei Raymond, meu marido, meu filho, Carl e eu, a rainha Elis. No nosso mundo há famílias que vivem e trabalham aqui, e posso afirmar que a harmonia e o amor reinam aqui, mas há uma família, que vive em Howers, um mundo vizinho ao nosso, e que é rancorosa e detesta a minha família por motivos que eu mesma não sei quais são.No nosso mundo, apenas nós, a família real, temos poderes. Digamos que temos certas habilidades que passam de geração em geração.Todo ser poderoso sempre tem um ponto fraco e o nosso infelizmente é uma pedra azul, chamada Ohmiris, esta pedra para outros seres é normal, mas para nós ela nos afeta nos deixando sem ar, sem contar que queima nossa pele onde toca e se ficarmos muito tempo expostos a ela nos desintegramos, essa é a única maneira de nos matar. Certo dia, ouvimos boatos de que a família Honody, a família que não suporta a minha, fez um pacto com um
Leer más
Capítulo 1
Dias atuais...Me sinto um estranho usando terno preto, gravata na mesma cor, camisa social branca e sapato social. Minha mãe quer que eu esteja todo elegante para conseguir hoje ser contratado no meu tão almejado trabalho dos sonhos. Faço uma careta ao me olhar no espelho, meu cabelo está bem arrumado, tem inclusive um topete ali, mas isso me deixa até bonito. Meus olhos azuis-escuros fitam o espelho nervoso e repito para mim mesmo. — Respira, tudo vai dar certo... Sempre fico nervoso em entrevistas, até pareço ainda ser um adolescente. Oras, sou um homem barbado e não preciso ficar com medo, afinal é só uma entrevista.Me examino mais uma vez e saio do quarto.Minha mãe me olha com um brilho no olhar, pois me acha lindo de terno. Já eu faço uma careta e ela diz se aproximando não ligando para mi
Leer más
Capítulo 2
Segunda-feira, acordo cedo, como pão de queijo que minha mãe havia acabado de tirar do forno e tomo café com leite. Depois de comer desejo bom dia a eles e entro no meu carro indo em direção a editora.Em alguns minutos chego, pois o trânsito hoje está bom, graças a Deus. Entro e ao chegar na recepção, digo que estou esperando a senhorita Sue. A recepcionista pede para que aguarde um momento enquanto liga para a ela para avisar minha chegada.Bebo um café que me servem enquanto aguardo, até que ouço o barulho de saltos altos e finos vindo em minha direção. Olho em direção ao som e vejo a linda mulher a minha frente. Sue está mais linda do que a última vez que a vi.Observo como os cachos lindos na ponta do seu lindo cabelo ruivo emolduram seu rosto e destaca seus olhos verdes intensos que brilham para mim, além da boca grossa e sexy que completa a pintura perfeita que é seu lindo rosto. Seu físico é impecável
Leer más
Capitão 3
Uma semana depois...Havia tido sonhos estranhos nessa última semana que se passou, na verdade, todo dia tive o mesmo sonho, mas com imagens diferentes. Inclusive uma voz dizia no sonho." Carl, o tempo está chegando, esteja preparado…Não se esqueça, não confie em ninguém, meu filho, quer dizer, somente em seus pais adotivos.Logo estaremos aí com você, na hora certa..."Imagens de destruição surgiam no meu sonho, era uma cena horrível, pessoas gritando e a cidade toda destruída. Literalmente meus pais estão me mostrando algo que irá acontecer, e de algum modo, devo impedir.Mas como??***Quando chego no trabalho na quinta-feira verifico meu e-mail e em uma das mensagens, vejo que Sue está precisando do arquivo do livro da autora para sexta da semana que vem. Respondo imediatamente avisando que a revisão estará pronta no dia combinado, afinal, fal
Leer más
Capítulo 4
Sexta-feira chega e como de costume estou na chácara dos meus pais.Estamos tomando café quando começa a passar o noticiário. Não contei para eles que salvei as pessoas do prédio, certamente, se eles soubessem iriam ficar chocados e preocupados comigo, mas foi minha escolha. Aquelas pessoas mereciam ser salvas e se tiver que pagar um preço por isso que seja. Eu as salvei e isso nunca esquecerei.Assim que acaba o noticiário a primeira a falar é minha mãe, como sempre.— Querido, por que fez isso? Carl, e se eles descobrirem? Você pode ir preso... Vão pensar que não é normal, por caso das suas habilidades... Não posso te perder, meu garoto. — Chora e eu a conforto.— Mãe, está tudo bem, confie em mim... Tudo vai dar certo, afinal, você sabe que sou resistente... Só uma coisa pode me matar e ninguém sabe o que é, então, não se preocupe... — A abraço e ela retribui com um abraço gostoso e apertad
Leer más
Capítulo 5
Dias depois… Sue está mais interativa comigo, e isso é bom... Seu namorado sumiu da editora e não perguntei sobre ele, acho que se estamos construindo uma amizade, não é legal ficar perguntando sobre seu namorado. O importante é que estamos nos conhecendo e isso é muito bom.Sue quis saber o que fiz depois da escola, falei sobre os cursos e as graduações que fiz. Ela me falou que se formou em direito, administração e fez letras também.Descobri que ela é mais velha que eu três anos e confesso que acho mulher mais velha atraente. Já tenho mais um ponto, mas não posso pensar sobre isso. Caraca, cada vez que digo não, mais vontade de conhecê-la tenho, espero que possamos pelo menos ser amigos.... Só isso! Assim que termino meu trabalho, ela me chama para ir a sua sala.Arrumo meu terno, meu cabelo qu
Leer más
Capítulo 6
Assim que chego na casa dos meus pais, sigo para o banheiro para tomar um banho. Nos últimos dias tenho preferido vir para cá e até dormir aqui, do que ficar na minha casa sozinho. Assim que me seco, visto um short e uma blusa, arrumo meu cabelo apenas com as mãos, pois tenho preguiça em penteá-los. Passo perfume, calço meu chinelo e sigo até a sala. Minha mãe está preparando o jantar e meu pai está lendo seu jornal, como sempre. Cumprimento meu velho que diz: — E aí, como foi seu dia filho?? Sorrio para ele enquanto pego pão na mesa e passo manteiga. Pego uma xícara de café e me sirvo. — Foi bom, pai, e seu dia? Vendeu muitas casas, terrenos? Ele sorri satisfeito e diz deixando seu jornal de lado.— Foi sim, alguns clientes vão assinar o contrato amanhã. Mas mudando de assunto estou b
Leer más