Anoitecer Infinito

Anoitecer InfinitoPT

QiShuang  Completo
goodnovel16goodnovel
0.0
Reseñas insuficientes
35Capítulos
437leídos
Leer
Añadido
Denunciar
Resumen
Índice

25 anos se passaram após a Grande Guerra e os vampiros vivem épocas de paz. Nos bastidores da realeza, um crime parece ter sido cometido e todas as convicções anteriores são postas a prova. Enquanto busca se perdoar, Zane procura conforto em seus dois amantes.

Leer más
Comentarios Deje su reseña en la aplicación
No hay comentarios
35 chapters
Glossário e Informações
Nether: Deus-Supremo dos Vampiros, ele existe através do sangue dos vampiros e é o que mantém seus poderes. Dividu-se em nove partes, formando o Conselho dos Nove. Dizem, com isso, que ele criou Nove Filhos, que recebem o nome de Filhos de Nether. Vampiros compreendem que o Sangue é a manifestação do poder do Deus-Supremo, a essência divina, ou seja, a casa em que esse poder reside.Conselho dos Nove: O Conselho é uma união eclesiástica formada por um representante (Príncipe) de cada Casa formada pelo sangue do Deus-Supremo.Livro de Nether: É o livro sagrado dos vampiros, escrito pelo Deus Nether e posteriormente, pelos Filhos de Nether.Filho de Nether: Um dos nomes dados ao Deus-Interior e a pessoa que carrega esse poder em seu sangue.Herança: Existem vários tipos de poder
Leer más
Capítulo 01 - 20 anos de Guerra
AS NAVES ALIENÍGENAS CHEGARAM AO PLANETA EM UMA AMEAÇA NUNCA ANTES VISTA. Os humanos sucumbiram nos primeiros meses de guerra, a tecnologia que eles possuíam não era suficiente para deter seres vindo de origem desconhecida. Os vampiros se viram obrigados a quebrar o Sigilo, sair do mundo oculto e das cidades subterrâneas para retomar o controle do planeta.Não foi por altruísmo. Os vampiros ofereceram aos humanos um acordo simples: proteção em troca de sangue. Vampiros possuem em suas veias o poder do Deus Nether, ele se dividiu em nove partes e criou Nove Casas, ou clãs de vampiros, cada um com um poder diferente e que se completa formando os pilares de proteção do planeta. Com esse enorme poder, revidaram contra os alienígenas, porém, fizeram dos humanos seus escravos. Salvadores, porém, demônios sedentos, que se sentem superiores aos human
Leer más
Capítulo 02 - Das Cinzas à Carne
ENCARO A MESA UM POUCO SEM VONTADE DE ME JUNTAR à todas aquelas pessoas numa noite como essa, mas forço meus passos. Não é nada demais, mas quando a família fica unida dessa forma, há muita gente falando ao mesmo tempo e eu termino o dia com dor de cabeça. Não consigo acompanhar todas as conversas.No castelo, atualmente moramos todos juntos. O Clã Riezdra, Zegrath e Bawarrod, seus respectivos maridos, esposas, filhos, sabe? É muita gente, a família é gigante.Jaylee separa-se de mim, indo sentar-se em seu lugar de sempre, ao lado de Devon. Chegamos exatamente ao mesmo tempo na mesa e meu pai me dá uma rápida encarada feroz antes de pousar seus olhos dourados e brilhantes como uma bomba em cima de Lennon. Ih! Isso foi rápido demais.— Quem é você? — Devon pergunta.— Meu nome é Lennon, mui
Leer más
Capítulo 03 - Culpabilidade
NÃO IMPORTA QUANTO TEMPO EU OLHE, ainda não consigo acreditar. Estou sentado na poltrona ao lado da cama em que Kaiser está deitado, insconsciente. Ele ainda parece ser o mesmo, os cabelos castanhos enrolados e bagunçados, o rosto pequeno, os lábios finos, o queixo oval e a testa grande. Até a marca de nascença que ele tem na bochecha esquerda está lá.Não é um clone nem nada parecido, na realidade, fizeram todos os exames para terem certeza de que é mesmo Kaiser e não um sósia, todos os testes são positivos.Como, nesse planeta, isso seria possível?Jaylee tinha me contado que estava na praia com as outras garotas da família, incluindo minha esposa, quando ele saiu da praia e a chamou, porém, fraco, acabou desmaiando e minha irmã Thalise o segurou nos braços. Foi quando mandaram me chamar, durante a reuni&a
Leer más
Capítulo 04 - Shh. Guarde segredos!
MIL DUZENTOS E CINQUENTA E TRÊS, MIL DUZENTOS e cinquenta e quatro, mil duzentos e cinquenta e cinco...— Zane! — A porta abre com um estrondo ensurdecedor e paro de contar os segundos. — Ótima notícia para te alegrar irmãozinho!Com os cotovelos apoiados na mesa por cima de todos os relatórios do Centro de Pesquisa que eu deveria ter lido, mas não li, deslizo as mãos por meu rosto e encaro Thalise, minha irmã mais nova.Toda vez que verbalizo que tenho três irmãs, sinto-me feliz, mas há um peso de mil toneladas pelas minhas costas. Há dezesseis anos, quando me tornei vampiro e fui coroado Imperador, essas três garotas sidhes apareceram em N-D44 alegando serem minhas irmãs de nascimento. Elas são as Guardiãs de Aesis e estavam procurando pelo quarto Guardião (da água), que, teoricamente, sou eu. Há u
Leer más
Capítulo 05 - Licença artística
— O QUE É? — RESPONDO MEIO GROSSEIRO COMO SE NÃO quisesse falar com ninguém nesse instante. Lucretia precisa parar de rir e coloco a mão na boca dela. — Vista-se. Os dois.— Zane? Você está bem? — É Jay, ela bate freneticamente na porta, talvez esteja preocupada.Caminho até a porta, confiro Lucretia e Lennon que já se escondem entre duas prateleiras. Eu espero que a imagem deles desapareça contra a parede escura. Vampiros da Casa Taseldgar como Lennon tem, entre seus dons, Ocultação nas Sombras. Eles também são muito belos, sabem cantar como os deuses e bons de cama.Abro uma frestinha da porta.— O que foi, Jay? — Eu a encaro.Jaylee se interrompe com o punho fechado erguido, acho que ia bater mais na porta e abre bem os olhos dourados na minha direção, surpresa por me verLeer más
Capítulo 06 - Impostor
LIMPO O VAPOR DO ESPELHO COM A MÃO E ENCARO O MEU REFLEXO. O que eu vejo? Mal reconheço minha imagem. Não mudei nada nos últimos anos, a cor dos olhos e o fato de que na minha arcada dentária superior tenho presas. As mudanças ocorreram mesmo dentro de mim.Visto o roupão, pego uma muda de roupa roubada do varal de pessoas que não conheço de cima da bancada de mármore e vou para o closet, escolho uma gaveta e coloco as roupas em uma caixa velha de papelão.Escolho no closet uma roupa. Normalmente uso calça, botas de salto alto e suéter, mas quando tenho reunião no Conselho ou com os nobres preciso seguir um code-dressing. Ternos. Coloco as joias que esperam que eu use: o anel de Bawarrod, um relógio, abotoaduras e o prendedor de gravata.Ao contrário do que parece, ouro e esse tipo de riqueza material não tem exatamente valor de
Leer más
Capítulo 07 - Decisões
SOU O PRIMEIRO A RETORNAR DA REUNIÃO DO CONSELHO, Román, Devon e Lauralyn possuem compromissos dos quais não faço parte. Além disso, não me sinto muito bem. Fico com um sentimento de culpa quando preciso mentir ou fazer alguma coisa que eu não quero fazer… e bem, mentir é tudo o que eu tenho feito quando estou nessas reuniões.Decidimos algo importante hoje, mas tenho medo de que se minhas decisões não estão sendo feitas por Bawarrod, que talvez elas não sejam legítimas. O que eu tinha que fazer? Expor para todos o que realmente acontece?Agora que Kaiser voltou a vida, estou ainda mais seguro de que Bawarrod não está dentro de mim, mesmo que por quinze anos eu achei que estivesse. Que droga, estou mesmo muito encrencado e preciso resolver isso logo.Entro pela antessala, o castelo está em um perfeito silêncio o que
Leer más
Capítulo 08 - Compasso
AS PREPARAÇÕES PARA A CERIMÔNIA DE PASSAGEM SORETRAT iniciam logo cedo, foi assim também no Rito de Passagem de Bawarrod, eu apenas me esqueci desse detalhe e de que Danielle estaria na antessala do castelo esperando pela condução de Soretrat, vestindo uma armadura UV, antes mesmo do sol se por.Costumo voltar para casa entre quatro e cinco horas, para não correr o risco de que me vejam e como já estou bem longe das vistas de qualquer um, não preciso mais de uma ilusão visual para esconder quem sou. Abro a porta do castelo e tomo um susto que me deixa simplesmente congelado. Danielle está em pé, segurando o capacete e precisa estreitar os olhos por causa da luminosidade, mas é notório que ela me reconhece de imediato, embora eu esteja semi-disfarçado, usando óculos escuros, touca e roupas que furtei para me misturar melhor na multidão.
Leer más
Capítulo 09 - Soretrat
— NÃO PENSE QUE EU ESQUECI NOSSA CONVERSA DE HOJE CEDO, MILAN! — Danielle para do meu lado trajando seu vestido transparente e coloca as duas mãos na cintura.Engasgo com o canudo de doce de leite e preciso recuperar o fôlego. Ela me ajuda dando batidinhas nas minhas costas.— Você tá louca? — Entre tossidas e com a mão na boca, eu a repreendo. — Não vamos falar disso aqui, todos os escravos podem ouvir e os nobres e... a Jay. — Ergo as sobrancelhas enfatizando.Danielle pensa um pouco e solta a cintura, vencida:— Tudo bem. — Concorda, olhando para os lados. — Por hora quero apenas que me diga desde quando foram suscitadas suas suspeitas.— Qual delas? — Dou um sorriso querendo dizer que são distintas e que também não sei se quero responder.— Mãe! — Isis a filha mais velha
Leer más