Índice
23 chapters
Capítulo 11
Los Angeles _Algum sinal daquela vadia?- o segurança nega com a cabeça- Como ela pode ter e evaporado assim? ELA É UMA CELEBRIDADE DROGA! _ Sinto muito chefe- ele começa a suar frio- nós a procuramos por toda a cidade, mas ninguém a vê a mais de uma semana, tentamos rastreá-la pelo celular,  mas o dispositivo foi encontrado totalmente destruído a 200 quilômetros ao norte da metrópole- ele põem o telefone quebrado sobre a mesa- acredito que ela tenha saído da cidade sem que ninguém soubesse. _ E por que- minha voz sai baixa e ameaçadora- você ainda não a encontrou? Você não é a droga de um detetive?  Por que eu te pago se não é capaz de encontrar a porcaria de uma simples mulher mundialmente conhecida?- bato com os pulsos fechados na mesa e ele da um passo para trás-Hein? _ É...qu...que- ele engole em seco- Não tenho muitas informações sobre ela, onde nasceu ou seu nome verdadeiro,  ela mantinha muita a vida em pa
Leer más
Capítulo 12
Luisiana, 1 dia atrás _ E então, ela estava ai?- Charles pergunta assim que entro no carro. _ Não mais- suspiro um pouco irritado-  Estamos procurando ela desde ontem mas nada! Ela simplesmente some, não estava no apartamento, nem no trabalho,  nem no bar que costuma vir, isso está me irritando,  não temos tempo a perder assim, a qualquer segundo Ramirez pode encontrar Alyssa e só Deus sabe que ele pode fazer com ela- imagens de Alyssa sendo levada por Ramirez se formam na minha mente, balanço a cabeça tentando me livrar delas- o dono do bar me deu um endereço que Rebecca costuma usar também- entrego o papel a ele. _ Calma Hugo- Charles pega o papel de mim e olha o endereço- nos vamos achar ela, nada de ruim vai acontecer a sua amada Alyssa- ele debocha da minha cara- vamos averiguar esse lugar- ele da partida no carro _Você parece não ter medo da morte, Charles- ele me olha confuso- rir da cara do seu chefe e me
Leer más
Capítulo 13
Luisiana, 5 dias depois_ Já está tudo resolvido, Rebecca- o médico diz assinando um papel e o entrega a ela- você já pode ir para casa, só tente não fazer muito esforço e beba bastante água, está bem?- Rebecca assente e o médico sai do quarto _ Obrigada por me salvarem- ela tenta sair da cama e Charles a ajuda – Mesmo depois de me negar a ajudar vocês. _ Somos policiais, faz parte do serviço- Charles sorri para ela- E eu não conseguiria dormi a noite sabendo  que não ajudei uma moça bonita- ele pisca e ela cora. _ Charles- o repreendo com o olhar e ele entende- Bem, Rebecca,  o que vai fazer agora? Eles já devem saber que não esta morta e virão atrás de você de novo- ela parece avaliar suas opções- Nossa oferta ainda esta de pé,  pode voltar conosco e contar o que sabe. _ Eu aceito- uma felicidade intensa toma conta de mim mas me contenho- Mas com uma condição,  meu irmão mais novo está com eles, eu cont
Leer más
Capítulo 14
Los Angeles _ Se veio aqui é porque tem novidades sobre ela- deixo o que estou fazendo de lado e presto atenção no homem a minha frente _ Com as informações que você me deu eu encontrei seu verdadeiro nome, pesquisei um pouco e encontrei  40 garotas com o mesmo nome, descartei 25 delas por não terem características compatíveis- ele me estende uma pasta cheia de fichas e fotos de mulheres que se pareciam com ela-  essas são as que sobraram, levarei um tempo, mas irei averiguar cada uma nessa lista, e eu vou encontra-la. _ Muito bem- devolvo a lista para ele- se não tem mais nada a relatar, tenho um serviço mais urgente para você- pego a ficha de informações de Rebecca- quero que encontre essa mulher e quando o fizer, mate ela. _ Sim senhor- ele pega a folha- considere o serviço feito- dizendo isso ele sai. Você pode ter escapado da morte uma vez, mas não vai conseguir uma segunda.AtualmenteLeer más
Capítulo 15
2 anos atrásO telefone chama impaciente mais ninguém atende, tento uma, duas, três vezes e nada, começo a andar pelo quarto sem saber o que fazer, “Tia Rose, onde a senhora está?” penso já ficando desesperado. _ Papai- a vozinha fraca quase inaudível- eu estou com sede- ela tosse um pouco _ Claro meu bem, beba- a ajudo a se sentar e lhe dou o copo com água,  Bella está queimando em febre e tossindo e eu não sei o que fazer, o doutor pediatra não está na cidade e o hospital não considera 33,5 graus uma emergência e eu deveria esperar o  horário para leva-la para uma consulta- Está sentindo dor, meu bem? _ Não, mas é difícil engolir- pego uma lanterna e olho sua garganta,  está inchada. _ Está inchando- passo a mão no cabelo- não importa o que disseram, eu vou te levar para a emergência- pego Bella no colo e a enrolo no seu cobertor. As ruas vazias me ajudam a chegar mais rápido ao hospital,  na recepção u
Leer más
Capítulo 16
Horas antesCheguei a cidade onde Rebecca pode estar escondida, muitas pessoas vieram para cá, pelo visto está tendo alguma festa. Paro o carro enfrente a uma pousada, abro o laptop e vejo a localização dela, hackear seu celular foi extremamente fácil, não acredito que ela foi idiota ao ponto de não se livrar do aparelho, ela realmente quer morrer. O pontinho na tela começa a se mover e me preparo para embosca-la na saída, tiro do porta-luvas a pistola e coloco o silenciador. _ Se prepare Rebecca- gatilho a arma- eu estou indo.- Abro a porta do carro quando a vejo saindo mas paro no mesmo momento, ela não está sozinha. Um homem grande a acompanha até um carro, eles entram e vão embora- Droga!- ligo o carro e começo a segui-los, eles estacionam perto da praça lotada de gente, saem do carro e entram pela multidão,  me apresso em acompanha- los, de uma distância segura, meus olhos não acreditam no que vejo- Olha só que coisa, vim proc
Leer más
Capítulo 17
Los Angeles Minha sala é invadida por Carmen e minha secretaria que insiste para que ela saia, eu a dispenso, ela pede desculpas e se retira. _ O que você quer?- junto as mãos frente ao rosto- já não avisei para não voltar aqui? – Carmen apenas sorri para mim e se dirige as minhas garrafas de bebida- abre logo o bico, cada segundo com você me irrita. _ Ora Erickinho, não seja tão rude- ela se serve- eu vim porque achei que gostaria de saber notícias sobre a sua Alyssa- sua língua se dobra em desprezo ao dizer o nome dela- já que ainda é cadelinha dela. _ Por que eu acreditaria em algo que você disser?- ela se senta na poltrona a minha frente- você é uma manipuladora, mentirosa e sem escrúpulos- ela bebe um gole e revira os olhos _ Você ainda está magoadinho?- essa mulher me dá muita raiva- Realmente não tem porquê acreditar em mim, mas a Alyssa nesse momento está com Ramirez- fecho os punhos pela súbita vontade de socar a c
Leer más
Capítulo 18
Sant Louise _ Senhor, o capitão retornou sua mensagem- Ulisses parece sem fôlego de tanto ir e voltar pela delegacia- Nesse momento um grupo já está indo para o local combinado, aparentemente o Ramirez já tinha sido investigado mas se safou de todas as acusações. _ Canalha!- termino de colocar o colete- Obrigado Ulisses, você está fazendo um ótimo trabalho- dou duas batidinhas em seu ombro- Agora eu tenho uma missão para você- ele ajeita sua postura- minha filha e a mãe de Alyssa estão no hospital, elas devem estar confusas e com medo, sua missão é de protege- las._ Sim senhor, será uma honra- ele sai rápido,  contínuo me preparando quando Romeno aparece protegido com um colete._ Então você é pai?- ele pega um pouco de café no canto da sala._ Não é da sua conta- não sei porque, mas esse cara me dá muito nos nervos- Você nem deveria estar aqui._ Se eu não estivesse aqui, você ainda estaria rodando nessa sala como um
Leer más
Capítulo 19
Escritório de Ramirez - Olá Rebecca,  como está sendo sua estadia aqui?- Ramirez tinha uma arma na mão- Pelo visto, meus homens a trataram muito bem- ele se levanta e vem até mim, a arma em punho e engatilhada brilhava, o cano frio tocou minha testa- Você me deu muito trabalho, sabia? Eu não sei o que passa na cabeça de vocês mulheres que decidem fugir assim- fecho os olhos- você realmente acreditou que eu não te encontraria? Que poderia andar por ai a vontade? Não minha querida- ele se abaixa e passa o cano da pistola na minha bochecha- você sabe demais, é uma ponta solta, e eu não gosto de pontas soltas. _ Vai se ferrar seu desgraçado- cuspo em seu rosto, meu corpo todo tremia pelo medo e a morte já me aguardava, eu  não tinha nada a perder- A morte de Loren não vai ficar impune,  eles vão pegar você,  todos vocês, vão pagar por tudo que fizeram por todas nós- eles riem de mim. _ Seu espírito de justiça é ador
Leer más
Capítulo 20
Los Angeles,  Mansão de Ramirez _ Alyssa!- corro até ela que está no chão- Por favor Deus, não- me ajoelho a seu lado e a tomo nos braços, seu corpo está mole e sujo de sangue- Alyssa, meu amor, por favor não- a abraço já chorando- por favor não me deixe, você não pode, não tem esse direito, Bella  precisa de você, eu preciso de você- minhas lágrimas descem cada vez mais pesadas por meu rosto- ainda não disse o quanto te amo e como eu desejo passar o resto da minha vida com você, que você é minha luz e eu não sou nada sem você... _ Isso... foi... um pedido de casamento? – ouço sua voz fraca e vejo um leve sorriso em seus lábios, toda a tensão e o medo que eu sentia se dissipou como névoa e o que eu sentia agora era apenas alívio por finalmente ter o amor da minha vida de volta em meus braços- se for, eu aceito- seu sorriso se ilumina ainda mais. _ Ainda não- mais lágrimas, agora de felicidade, transbordam de meus olhos- v
Leer más